sábado, 16 de junho de 2018

Ensina-nos a contar os nossos dias!


Senhor Tu tens sido o nosso refugio de geração em geração”(Salmo 90. 1).

 Nessa oração Moisés revela toda a eternidade de Deus, e o Seu Poder sobre todas as coisas, mas principalmente no que diz respeito a nossa vida, a nossa transitoriedade tão passageira, como uma nuvem branca que aparece no céu, e logo impelida pelo vento desaparece, como a flor que hoje irradia  beleza e perfume, mas amanhã murcha e cai.  Assim é a nossa vida.  Moisés aqui preocupado com a limitação do nosso tempo, ele no ( Salmo 90.12) faz um pedido especial a Deus: Ensina-nos a contar os nossos dias. Evidentemente que não era uma aula de matemática que ele pedia, mas a sabedoria do fazer no tempo de cada dia, no viver de cada minuto, de cada segundo o saber escrever nas paginas de nossa existência humana, uma somatória de vida que glorifique, o nome santo do Senhor.
 Ele pede:  Ensina-nos Senhor, ensina essa sabedoria, esse conhecimento de poder contar, somar, multiplicar em atos e atitudes, adoração, o descobrir o mistério glorioso de nós vivermos na dependência exclusiva do Seu amor.

O grande servo de Deus Davi, escreveu o (Salmo 139) aqui, ele narra a revelação gloriosa do amor do Pai para com seus filhos, e o conhecimento total  que Ele tem de nossas vidas. Sabe quantas células temos em nosso corpo, quantos fios de cabelo temos em nossa cabeça, conhece o recôndito mais profundo de nossas almas, e é isso que Davi começa aqui relatar: no (Salmo 139 .1)Senhor Tu me sondas e me conhece, sabe quando me assento e quando me levanto, de longe penetras os meus pensamentos, esquadrinhas o meu andar e o meu deitar, e conheces todos os meus caminhos, ainda a palavra não me chegou á língua, e Tu já conhece toda.  Tu me cercas por traz e por diante, e sobre mim colocas a sua mão”. Essa afirmação de Davi me dá a ideia daquela mãe que com seu filho recém nascido, envolve-o com os seus braços protegendo-o e a todo resmungo, a toda mexida ela esta atenta para proporcionar á seu filho querido todo o conforto possível, porque ali esta a razão de toda a sua vida, e jamais deixará de dispensar a ele o afeto, o carinho e a atenção que ele precisar. 

  Certo dia eu estava numa esquina de uma grande avenida, aguardando o farol fechar para atravessar. Na minha frente estava uma mulher com um bebe no colo, e quando o farol fechou, aquela mulher apressada atravessou a avenida, e quando, foi subir a guia da calçada ela tropeçou e caiu.  Se essa mulher tivesse segurado o seu bebe com uma mão só, e com a outra amortecido a queda, talvez não tivesse machucado tanto, mas ela não soltou seu bebe, e quando socorrida seus braços sangravam, e quando eu vi gotas de sangue que escorriam em seu vestido, então; me lembrei que um dia Jesus subindo aquele horripilante monte das caveiras, e ali para salvar a minha alma da condenação do inferno, Ele deu a Sua vida e, como o cordeiro Santo de Deus, derramou o Seu sangue inocente, naquela maldita Cruz do calvário, para que eu e você,  pela fé fossemos salvos.

 Você pode entender esse imensurável amor com que és amado por Deus?
 Pense nisso!
Enéas Cândido de Lara

quarta-feira, 13 de junho de 2018

Sem fé é impossível agradar a Deus!


Texto Básico:
(Salmo 139. 5) “Tu me cercas por trás e por diante e sobre mim pões a mão”!

Quando a palavra de Deus nos diz; que sem fé é impossível agradar a Deus, ela está falando do poder miraculoso que opera  a fé em nossos corações. Mesmo porque, a sua definição em (Hebreus 11. 1) diz: “Ora a fé é a certeza de cousas que se espera,  a convicção de fatos que se não vêem. Ou seja, é uma realidade invisível, abstrata, entretanto com um poder imensurável de transformação de perdidas causas, em grandes vitórias. 
Nada é mais confortador do que ter fé na presença de Deus em nossas vidas. Nós sentimos isso com mais evidência, quando estamos vivendo em meio há uma tempestade. É isso que vamos ver o que aconteceu na vida do apostolo Paulo. Ele estava preso sendo ameaçado, passando por momentos sombrios com muitos sofrimentos, quando o Senhor lhe apareceu colocando-se ao seu lado disse: CORAGEM !”. As orações que Paulo vinha fazendo a dias, parecia não passar do telhado, contudo, todo o seu sofrimento estava sendo acompanhado pelo Senhor, que embora não visível fazia-se presente  o tempo todo ao seu lado. Isso me faz lembrar o poeta sacro que escreveu o hino 156 do( H. E. Novo Cântico) que diz:

Descansa, ó alma, eis o Senhor ao lado;
Paciente leva, e sem queixar-te, a cruz,
Deixa o Senhor tomar de ti cuidado,
É imutável teu fiel Jesus!
Prossegue, ó alma, o amigo celestial
Protegerá teus passos no espinhal!.

Para isso nos alertou o Senhor Jesus (João 16. 33) “No mundo passais por aflições, mas tende bom ânimo! Eu venci o mundo”. O grande John Bunyan autor do livro o “Peregrino”, preso por causa da sua fé, certo dia recebeu a visita de uma pessoa que, ao encontrá-lo, disse: “Amigo, o Senhor Jesus me mandou vir aqui para trazer-te uma revelação”. Porém, demorei muito para te encontrar procurando por várias prisões. Bunyan então respondeu; “impossível” se o Senhor te mandou vir aqui, ele também teria lhe dito onde me encontrar, porque o Senhor sabe exatamente onde estou, pois me faz companhia diariamente.
Meu caro irmão e amigo, quando nós fomos reconciliados com Deus, através do sacrifício vicário da cruz de Cristo, passamos a ser para Deus a menina dos seus olhos, ele passou-nos a dispensar especial atenção, cuidado e proteção, e muito mais que isso, Jesus disse; que ele e o Pai viria e faria em nós morada, habitação partilhando conosco a nossa peregrinação enquanto aqui. 
Insensatamente nós entristecemos o coração de Deus quando frente à uma luta nós desanimamos, e chegamos a duvidar do seu amor para conosco, quando ficamos a perguntar: “Porque Senhor estou sofrendo tanto assim”?........Muitas vezes a nossa fragilizada fé, embota nossas mentes diante da dor e do sofrimento, em reconhecer que se Deus habita em nós, então estará a passar junto de nós aquele momentâneo vale, e que ali bem na frente, já tenha preparado a nossa grande vitória. É essa a verdade que conclui o poeta sacro este confortador (hino 156).
Descansa ó alma; agora há pranto e dor;
Depois o gozo, a paz, o Céu de amor.

Podemos fazer nossas as palavras do Salmista Davi, no (V. 6) “Tal conhecimento é maravilhoso demais para mim: é sobremodo elevado, não o posso atingir”.
 Você está sofrendo meu irmão? Está passando por tristezas e dores ? Fique firme, confia no Senhor Ele não está indiferente á sua situação.
(Salmo 37. 5) Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais ele fará”

Que Deus grandemente te abençoe, em nome de Jesus!
Enéas Cândido de Lara

sexta-feira, 8 de junho de 2018

QUEM É JESUS PARA VOCÊ ?

Para muitas pessoas Ele foi apenas um profeta que tinha poderes para fazer milagres. Mas, pra você quem Ele é? Bem, Ele é o DEUS FILHO em natureza e essência como o Pai. Ele mesmo afirmou: Eu e o Pai somos um (João 10. 30), ou seja é a mesma pessoa! Abra sua bíblia no Evangelho segundo (João 1. v. 1): Assim diz o texto: No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as cousas foram feitas por intermédio dele, e, sem ele, nada do que foi feito se fez. A vida estava nele e a vida era a luz dos homens. Leia o(v.10) O Verbo estava no mundo, o mundo foi feito por intermédio dele, mas o mundo não o conheceu. Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.
Ainda não está convencido que Jesus é Deus e, que os dois são a mesma pessoa? Então, abra sua bíblia na segunda Epístola de João (Capitulo. 5.20) está escrito: Também sabemos que o Filho de Deus é vindo e nos tem dado entendimento para reconhecermos o verdadeiro; e estamos no verdadeiro, em seu Filho, Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna.
Caso queira maiores informações envie-nos pelo

e-mail: eneaslara194@.gmail.com..

Enéas Cândido de Lara

segunda-feira, 4 de junho de 2018

O maior de todos os milagres de Deus; um dia aconteceu!

# Um dia os pecados de todos aqueles que creem, foram apagados definitiva e completamente, não ficando rastro de nenhum deles. Quando aquele angustiante e sofrido brado do Salvador Jesus, ecoando naquela maldita e repugnante cruz do calvário: ESTÁ CONSUMADO!....Selava definitivamente a vitória de todos os que pela fé nele crer. É o que escreveu o apostolo Paulo: “Tendo cancelado o escrito de divida, que era contra nós e que constava de ordenanças, o qual nos era prejudicial, removeu-o inteiramente, encravando-o na Cruz”(Colossenses 2. 14).

Há.....como .isso nos enche de alegria e gratidão, por saber que existe no céu uma lembrança, de uma inextinguível memória, guardada eternamente: Que é a obra da redenção cumprida por Cristo Jesus substitutivamente, ou seja; em lugar de todo o que Nele crer.. 
Ela é a minha e a sua garantia meu amigo e irmão, da nossa maior vitória, a Conquista da Vida Eterna. O Senhor Jesus disse:"Eu sou o caminho, e a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai senão por mim"(João 14. 6) 
Só Jesus é salvador, só Ele tem poder para perdoar pecados, porque pagou o preço do resgate em nosso lugar. Se ainda você não fez, pela fé, entregue hoje a sua vida a Jesus Cristo, para que os seus pecados também sejam perdoados, cancelados, apagados, e receba a graça de passar a pertencer a "galeria gloriosa dos redimidos de Cristo Jesus", para morar com Ele eternamente na glória celestial 
Que Deus grandemente te abençoe,  em nome de Jesus. Amém!

Enéas Cândido de Lara