quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Video Clip Bem de manhã


 Salmo 95. 1 “Vinde cantemos ao Senhor, com jubilo, celebremos o Rochedo da nossa Salvação”.

 No amanhecer deste novo dia que Deus nos deu, vamos ter um momento especial de sincero agradecer. Não vamos trazer nenhuma mensagem de teologia, mas sim;  tributar ao Senhor nosso Deus, uma mensagem de louvor e adoração. Vamos chegar diante do Santo Trono do Pai, glorificando o seu Santo Nome . Não vamos pedir bênçãos, não vamos interceder, não vamos chorar as nossas dores e mazelas, não vamos reivindicar nenhuma providência da graça divina, mesmo porque, Ele sabe de todas as nossas necessidades. Hoje!....... Só queremos agradecer, expressar nossa gratidão, nosso louvor, glorificar, exaltar, engrandecer o Deus da nossa salvação, por todas as bênçãos que nos tem agraciado nossas vidas.  Por isso hoje, se você também reconhece que tem algo para agradecer a Deus, junte-se á nós neste momento de louvor através deste (hino abaixo)  abaixo, e faça dessas palavras a sua oração de gratidão.
Esqueça por alguns minutos o mundo lá fora com seus problemas e aflições, e faça como a Maria de Betânia, que  hospedando o Senhor Jesus em casa, esqueceu das responsabilidades de uma boa anfitriã e, despreocupadamente sentou-se aos pés de Jesus para ouvir os seus ensinamentos, e tendo sido censurada por sua irmã Marta, teve a gloriosa defesa feita por Jesus, quando disse: (Lucas 10. 41) “Marta! Marta! Andas inquieta e te preocupas com muitas coisas. Entretanto, pouco é necessário ou mesmo”uma só cousa”; Maria, pois, escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada”.
Que você também faça a melhor escolha ao iniciar este novo dia, gastando alguns minutos para ter o privilégio de estar com Jesus. Com certeza o seu dia será bem melhor. Eu não posso saber quem é você, mas Deus sabe, e  eu oro para que Ele te abençoe e te guarde, no seu Santo Nome,   Amém.


segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

O BOM PASTOR !



    Davi o grande poeta de Deus, vivia a vida conectada com Ele. Sabia da sua total dependência do Seu amor e providência, então, quando ele na calmaria dos campos daquelas longas noites de vigília, quem sabe, olhando para o firmamento, via a grandeza do seu Deus, através das obras de Suas mãos.  Então, todo aquele clima de beleza impar motivasse o grande poeta Davi  a compor as suas musicas, falar deste Deus zeloso, amoroso, cuidador,e providente. Davi  talvez tenha pensado, como haveria de fazer isso, como seria mais verdadeiro, como expressaria com mais ênfase a grandeza deste amor  do seu Deus. Então, não encontrou outra coisa, para descrever a grandeza desse amor de Deus, como falando do amor que ele mais conhecia, o de ser pastor de ovelhas. Então, ele se coloca agora  na condição de ovelha que é conduzida, zelada, guardada por aquele que é o Pastor por excelência que é Deus. 

Há... quão profunda, rica, belíssima  é essa expressão de Davi !  O Senhor é o meu pastor! Quando o Senhor Jesus ministrando o Seu ensinamento do evangelho da graça, Ele também usou a mesma figura usada por Davi; dizendo:"Eu sou o bom pastor; conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem a mim, assim como o Pai me conhece a mim, e eu conheço o Pai; e dou a minha vida pelas ovelhas"(João 10. 14-15) Que possamos entender que guando nós dizemos "O SENHOR É MEU PASTOR", estejamos confessando sinceramente a nossa total dependência que nós temos Dele, e que  assim, possamos estarmos descansando Nele, a despeito dos rumores do mundo, das tempestades, e das ameaças que tentam afligir nossas vidas, nós estamos seguros, guardados, protegidos pelo bom pastor que é Jesus Cristo o nosso tão amado  salvador. Este homem de Deus Davi, escreveu o Salmo 37.4) Agrada-te do SENHOR, e ele satisfará os desejos do teu coração. Muitas vezes nós não entendemos as razões das nossas dores, das perdas, frustrações e impossibilidades, mas uma coisa devemos nunca esquecer, é que somos dirigidos, amparados, guiados por Aquele que é o amoroso Pastor de nossas almas. E se tivermos que andar por vales escabrosos, escuros, sofríveis de dores tantas, que saibamos que nunca estamos sozinhos, mas que o SENHOR JESUS prometeu que: E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século (Mateus 28.20)
 Pense nisso! E que Deus te abençoe!

Enéas Cândido de Lara

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Não se deixe enganar pela mensagem do falso cristo!



“Muitos, naquele dia, hão de dizer-me: Senhor, Senhor! Porventura, não temos nós profetizado em teu nome, e em teu nome não expelimos demônios, e em teu nome não fizemos muitos milagres? Então, lhes direi explicitamente: nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, os que praticais a iniqüidade”.(Mateus. 7. 22/23).
O Senhor Jesus deixa muito claro que, tem muita gente enganada seguindo a mensagem de um falso cristo. Mas, como identificá-lo? Como reconhecê-lo? O Senhor Jesus respondeu a essa indagação: Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! Entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus”. PRESTE ATENÇÃO NO QUE DISSE JESUS NO TEXTO EM DESTAQUE! Ele disse que é uma “igreja,” que são homens que aparentam grande santidade, poder, que operam sinais, grandes milagres, expulsam demônios usando o nome de Jesus, e que por isso arrastam multidões pelos sinais que fazem. No entanto Jesus disse; que não os conhece, e acima de tudo que eles não tem parte com Ele.
Bem, os sinais e milagres tão explorado por tantos ministérios hoje, disse Jesus; que acompanharia a igreja, mas que isso não era o foco da sua missão terrena, veja bem o que disse Jesus a respeito desse assunto.(Lucas 4. 25/27) Na verdade vos digo que muitas viúvas havia em Israel no tempo de Elias, quando o céu se fechou por três anos e seis meses, reinando grande fome em toda a terra; e a nenhuma delas foi Elias enviado, senão a uma viúva de Sarepta de Sidom. Havia também muitos leprosos em Israel nos dias do profeta Elizeu, e nenhum deles foi purificado, senão Naamã o Siro. O que Jesus estava dizendo era que sua missão terrena não era fazer milagres, (muito pelo contrário), mas sim, fazer a reconciliação com Deus, quebrar a barreira, rasgar o véu do templo, desimpedir o obstáculo que impedia o homem de relacionar-se com Deus, pelo pecado e, isso só foi possível no derramar do seu sangue inocente naquela maldita Cruz. A mensagem do falso Cristo usa de certos textos Bíblicos principalmente as promessas de bênçãos, milagres, curas, para fundamentar teologicamente as suas bases doutrinárias, torcendo o foco principal da encarnação de Jesus que é a salvação do perdido pecador, para a gloria do aqui e agora, ou seja; "a gloria da carne". Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas operando grandes sinais e prodígios para enganar, se possível, os próprios eleitos” (Mateus 24. 24).
Vejam o que pregam! Ao invés de pregar Cristo o salvador, pregam o Cristo dos milagres, e dizem: Venham pra Jesus e todos os seus problemas vão ser resolvidos, mas primeiro tem que semear para depois colher. Ou seja; contribua primeiro($$$$$) e, se a benção não vier a culpa é sua, por falta de fé. E insistem Jesus tem poder para curar a sua enfermidade, resolver seus problemas financeiros, lhe dar prosperidade, riqueza, conquista de bens materiais a melhor casa, o melhor carro, muito dinheiro no banco, o melhor emprego enfim, pregam aquilo que as pessoas querem ouvir, ou seja; a gloria da carne. (É a falsa mensagem) Porém a mensagem de Cristo Jesus o verdadeiro Filho de Deus, é bem diferente “Não ajuntai tesouros na terra, mas ajuntai tesouros no céu, porque onde está o teu tesouro estará o teu coração”(Mateus 6. 19) “Assim, pois todo aquele que dentre vós não renuncia a tudo quanto tem não pode ser meu discípulo(Lucas 14. 33).
Povo de Deus não se deixem enganar, sejam como o povo de Beréia que,  ouvindo a pregação do apostolo Paulo iam conferir na Bíblia para ver se o que falava era verdade. (Atos 17. 11) O Senhor Jesus sabendo de todas essas coisas, Ele recomendou: Examinai as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim”. E quando você examina a palavra de Deus, então você deixa de ser enganado comprando uma Bíblia da prosperidade para enriquecer por (1.000,00 reais) um galão de água benzida também por (1.000,00 reais) um pedacinho da camisa do apostolo por (300,00 reais) e tantas coisas abusivas que fazem em nome da fé. Isso é lamentavelmente a conseqüência do povo não ouvir o conselho de Jesus (Mateus 5. 39) que é ler, meditar, esmiuçar, conhecer a verdade da palavra de Deus.
“O meu povo está sendo destruído porque lhe falta conhecimento” (Oséias 4. 6). Que Deus abençoe a tua vida meu querido leitor desta mensagem, em nome de Jesus!
Enéas Cândido de Lara

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

André Rier - Mais Perto Quero Estar



# Ninguém jamais poderá entender essa tremenda glória, desse fascinante e indescritível momento, no expressar deste emocionante louvor. Se antes, não tenha passado pelo toque gracioso e misericordioso do Espírito Santo, transformando o seu viver em uma nova criatura. Só os salvos pela mediação de Cristo Jesus que por tão grande Amor, quis morrer naquela maldita cruz do calvário, derramando ali, o Seu precioso sangue para nos lavar de todas as nossas injustiças e pecados.Ai, então; pela graça mediante a fé, poderá alegremente cantar, vislumbrando a glória do descanso eterno. Ouçam a execução musical deste belo hino. Que Deus abençoe a sua vida, em nome de Jesus!

UNIÃO COM DEUS. hino 116 do hinário Novo Cântico

Mais perto quero estar, meu Deus de ti,
Inda que seja a dor que me una a ti !
Sempre hei de suplicar:"Mais perto quero estar,
Mais perto quero estar, meu Deus de ti!"

Mesmo vagando aqui, na solidão,
De noite, a descansar, dormindo ao chão,
Em sonhos vou chamar:"Mais perto quero estar,
Mais perto quero estar, meu Deus de ti!.

Minha alma cantará a ti, Senhor!
Betel aqui verei por teu favor.
Eu sempre hei de rogar:"Mais perto quero estar,
Mais perto quero estar, meu Deus de ti!"

E quando a morte, enfim, me vier chamar,
Nos céus, com o Senhor, irei morar!
Então me alegrarei, perto de ti, meu Rei!
Perto de ti, meu Rei, meu Deus, de ti!

(S.F. Adamis--J.G. Rocha) 

hino 198 salvaçao graciosa



domingo, 8 de janeiro de 2017

Os verdadeiros discípulos de Jesus !


Texto básico: (João 15. 8) Nisto  é glorificado meu Pai, em que deis muito fruto; e assim vos  tornareis meus discípulos.

Poderá existir um discípulo de Jesus sem frutos?  Observando há enfática dissertação do Mestre, fica muito claro que não! Um discípulo de Cristo é aquele que O segue, pratica os Seus ensinamentos vivendo uma vida em função do reino dos céus, assim como Jesus o fez. Quais são esses principais frutos? AMOR; é fruto indiscutível de quem segue a Cristo (V.12). Todos os Seus atos, mesmo os que O levaram à cruz foram motivados pelo amor.
OBEDIÊNCIA; é outro fruto (V.10). Jesus mostrou plena obediência ao Seu Pai, e, por esta obediência, enfrentou o sofrimento (V.18). O sofrimento o acompanhou durante Seu ministério, em forma de provação, oposição, perseguição e morte. Para darmos estes frutos, temos de lutar contra nosso egoísmo, negando a nossa vontade própria que é contrária a Deus. Não há alternativa no caso de insistirmos em preservar nossa vida ligada ao Senhor, sem vencermos o nosso maior inimigo de nossas almas, ou seja,(nós mesmos).Porque, se não houver mudança, nascimento de novo, transformação de vida em uma nova criatura, jamais seremos aptos para o serviço de Cristo Jesus.  (João 12. 24-25) Como é triste ver uma arvore que é frutífera, mas, sem frutos. Na melancolia de sua própria solidão, sua presença causa apenas um vago sentimento de nulidade, de um plano frustrado. A arvore frutífera, ao contrário, onde o vento, pássaros e crianças disputam seus galhos, sombras e frutos, evoca beleza e alegria. Tenho-vos dito estas cousas para que o meu gozo esteja em vós, e o vosso gozo seja completo” Devemos amar e obedecer como Cristo amou e obedeceu. Assim, seremos Seus discípulos.
Todo o ramo que, estando em mim, não der fruto, ele o corta; e todo o que dá fruto limpa, para que produza mais fruto ainda(João 15. 2) Na dinâmica de Jesus o Senhor, frutos são imprescindíveis, não admitindo por tanto; ociosos, improdutivos que tentem estar ligados à Ele
e não produzindo frutos para a glória do Seu reino.
Pense seriamente nessa advertência do Senhor  Jesus!
E que Deus assim, te abençoe!

Enéas Cândido de Lara

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

ARREPENDIMENTO E OU, REMORSO ?

# Judas foi um dos discípulos do Senhor Jesus por todo o Seu ministério. Exteriormente, é verdade. Contudo, no intimo ele era um traidor. Você pode imaginar a desfaçatez de tamanha vilania? Viveu por todo o tempo ouvindo os preciosos ensinamentos de Jesus, viu os milagres, que operava, as curas milagrosas, até ressurreição de mortos, mas nada disso mudou o seu coração. Passaram três longos anos e, ninguém suspeitava do tipo de homem que ele era. Um frio e insensível ladrão. Em sua ganância por dinheiro, ele tirava para si as ofertas que eram dadas para o ministério do Senhor Jesus. Ele era o responsável por guardar o dinheiro.

"Essa maldição que aplaca o coração humano pelo fascínio do dinheiro, não foi um mal que afetou somente à Judas no passado, mas hoje, continua dominando os corações de muitos lideres de algumas denominações, que querem arrancar impiedosamente o “couro” dos seus fiéis, adulterando e torcendo os textos Bíblicos, com promessas mirabolantes, inverídicas como por exemplo; pregar a prosperidade e  milagres..... dizendo que quem não contribui, não recebe a benção. Tudo isso para ludibriar os incautos e analfabetos Biblicamente. Tirar para si as ofertas que eram dadas para o ministério de Jesus, foi o que Judas fez, e o que muitos hoje continuam a fazer, para se enriquecerem. Um assaltante para poder apossar-se do dinheiro alheio, ele usa uma (Arma, revolver)para ameaçar a vítima, e os espertalhões dos tempos modernos, usam o poder de maior  convencimento que existe, que é: O Nome Santo de Deus, e a  fé".
Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará (Gálatas 6. 7)
O Senhor Jesus Cristo, o Filho de Deus, que se fez carne para habitar entre os homens, foi rejeitado por seu próprio povo e, odiado pelos líderes da nação Judaica, que queriam matá-Lo. Mas, como poderiam chegar até Ele? Já tinham tentado algumas vezes, porém ninguém Lhe tocou, pois Sua hora ainda não havia chegado. Então surgiu a oportunidade para Judas. Que me queres dar, e eu vô-lo entregarei!. (Mateus 26. 15). Como os sacerdotes se alegraram! Eles deram ao traidor (trinta moedas de prata) como recompensa. Então Judas veio juntamente com os “príncipes dos sacerdotes e os anciãos” para prender o Senhor Jesus, saudou-O com um beijo hipócrita e assim, O traiu. O Senhor Jesus não evitou a prisão como em outras ocasiões. Ele foi levado à corte e condenado. Quando Judas viu isso, tentou devolver o dinheiro dizendo:Pequei, traindo o sangue inocente, Mas os chefes dos sacerdotes não mostraram nenhum interesse nisso: Que nos importa? Isso é contigo. Ao ouvir isso, Judas jogou as moedas no chão do templo e foi se enforcar. A desesperada atitude de Judas não foi um sincero arrependimento, mas “remorso”, que pelas circunstanciais gerada pela prisão e, condenação de Jesus,  e os rumores daqueles acontecimentos, trouxeram-lhe a luz a grave conseqüência do seu desastrado ato.
O remorso é diferente de arrependimento; não justifica ninguém e, pode levar o homem como levou a Judas a cometer suicídio. Mas, o verdadeiro arrependimento é o caminho que nos leva de volta para Deus e, receber Dele reconciliação e o  Seu gracioso Perdão.
Pense nisso!

Enéas Cândido de Lara
Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger