domingo, 25 de setembro de 2016

Arrependimento!



Jesus explica as Escrituras. A seguir, Jesus lhes disse: São estas as palavras que eu vos falei, estando ainda convosco: importava se cumprisse tudo o que de mim está escrito na Lei de Moisés, nos profetas e nos Salmos. Então, lhes abriu o entendimento para compreenderem as Escrituras; e lhes disse: Assim está escrito que o Cristo havia de padecer e ressuscitar dentre os mortos no terceiro dia e que em meu nome se pregasse arrependimento para remissão de pecados a todas as nações, começando de Jerusalém.(Lucas 24.44-47.

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Disse Jesus: Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se assim não fora, eu vo-lo teria dito. Pois vou preparar-vos lugar.(João 14. 2)

Texto Básico: (Mateus 6. 20)Disse Jesus“Mas ajuntai para vós outros tesouros no céu”.

Essa exortação do Senhor Jesus tem relação com a profética promessa em que Ele mesmo fez segundo está escrito em (Apocalipse 22. 12) “E eis que venho sem demora, e comigo está o galardão que tenho para retribuir a cada um segundo as suas obras”. 

 O que Jesus disse é que o nosso tesouro, o nosso patrimônio celestial, ele é construído a cada dia, de acordo com o material que nos enviamos para Ele.Jesus é o construtor; Ou seja, a cada obra de amor que fazemos em beneficio do nosso próximo, a cada pão repartido, a cada lagrima dividida, a cada mão estendida, a cada ombro oferecido,a cada palavra de esperança partilhada, e acima de tudo o bem maior que o nosso próximo talvez ainda não tenha, o qual é a salvação que somente em Cristo Jesus se pode encontrar. O fato é que existe uma recompensa e, que Jesus disse que vai retribuir a cada um de nós e, por nos amar concedeu o privilégio de sermos nós que definiremos o tamanho deste tesouro. Já pensou meu irmão nessa tremenda promessa de Jesus?
Conta-se que uma empresa de construção civil tinha um funcionário que era pedreiro, ele já estava com o seu tempo vencido para se aposentar. A diretoria da empresa ficou triste em saber que aquele seu funcionário tão diferenciado pelo bom trabalho que executou duramente muitos anos, estava-se desligando da empresa. Então chamando-o pediu para que ele trabalhasse no ultimo projeto, como um favor. O pedreiro não gostou, mas acabou aceitando a tarefa. Não foi difícil ver que ele trabalhava sem entusiasmo, mas mesmo assim prosseguiu no trabalho,  e por estar trabalhando sem motivação começou a usar material de segunda qualidade, e inadequado. Quando o pedreiro terminou a construção a empresa veio fazer a inspeção, e depois da vistoria chamou o pedreiro e tirando do bolso uma chave disse: Esta casa é sua é um presente da empresa para você.

Que grande pena! Se aquele homem soubesse que estava construindo a sua própria casa, ele se esmeraria, usando os melhores materiais e faria o melhor acabamento. Uma grande lição aprendemos aqui. Esse pedreiro errou por não saber que construía a sua própria casa, entretanto nós, sabemos exatamente o que precisamos fazer para construir a nossa morada celestial, para que ela seja esplendorosa.  Isso depende do labor de cada dia, do envio da matéria prima de primeira qualidade que são as nossas obras de amor na causa de Cristo Jesus, para que o construtor Jesus, construa a nossa mansão de alto padrão para habitarmos nela por toda a eternidade.
(João 14. 3) Disse Jesus:E quando eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos recebereis para mim mesmo, para que, onde eu estou, estejais vós também”.

Meu amigo e irmão, você tem se preocupado com a sua morada celestial? Tem procurado se esforçar para que ao chegar no céu encontre a beleza do seu glorioso galardão  que Jesus disse que vai-te dar naquele dia?
Sinceramente o que você espera que vai encontrar ao chegar lá no céu? O Senhor Jesus disse que vai RETRIBUIR, a cada um segundo as suas obras O que você tem feito por fé e amor na seara do Senhor? Pense seriamente nestas palavras do Senhor Jesus! E que Ele te abençoe e te dê forças para ser um obreiro que trabalhe para a gloria do Seu reino, na construção do seu galardão que desfrutará por toda a eternidade.
 Que Deus te abençoe, em nome de Jesus!


Enéas Cândido Lara

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Bendize, ó minha alma, ao SENHOR e não te esqueças de nem um só de seus benefícios Salmo 103.2)
























(Salmo 29. 2)
 
Tributai ao Senhor a gloria devida ao seu nome, adorai o Senhor na beleza da santidade”.
O Salmista Davi nos diz neste salmo; Tributai, ou seja; pague a Deus aquilo que você deve, você que é filho de Deus. (Só os filhos de Deus tem para com Ele esta divida).De qual divida fala Davi?  Divida de adoração, louvor, gratidão, glorificação ao seu Santo Nome. Para tanto Jesus disse que para ser filho de Deus, tem um condicional. (João 14. 22)  “Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará e viremos e faremos nele morada”.
O apostolo Paulo escrevendo á (I Corintios 6. 20) disse: “Porque fostes comprados por preço, agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo”. Como nós podemos fazer isso?  Precisamos O  reconhecer como único Deus soberano, Criador de todas as coisas e, que tem o poder sobre nossa vida, para dá-la, ou tirá-la a hora que quiser. Mas, seu amor é tão grande por nós, que Ele deu a vida do Seu Unigênito Filho para morrer em nosso lugar, para que o nosso pecado fosse perdoado. Mas, pessoalmente para você poder receber esta graça, você precisa pagar essa divida, que é: (A gloria devida ao seu Santo Nome). Você precisa dizer isso para Ele  em oração sincera,  rasgar o teu coração numa confissão de fé, humildemente com,  amor e gratidão.

A NOSSA ORAÇÃO:
Obrigado Senhor; pelos meu olhos, porque com eles posso ver-te no raiar de cada manhã, nas floridas campinas, nos montes e cachoeiras, no enigmático azul celeste obras de tuas mãos.
Obrigado Senhor; pelos ouvidos, porque com eles posso ouvir o som do mundo, e a sinfonia singular dos pássaros, a cantar-te alegremente no raiar de cada amanhecer. 

Obrigado Senhor; pela minha boca, porque com ela não só posso me alimentar meu corpo físico, mas dizer para as pessoas que tu és meu Deus e, cada dia poder cantar-te uma canção.
Obrigado Senhor; pelas minhas pernas que conduzem o meu corpo na luta pela sobrevivência enquanto aqui e, permitas que os meus pés nunca resvalem em desvios dos retos caminhos teus.
Obrigado Senhor; por todo o meu ser, em permitir que embora eu seja só neste mundo um forasteiro de passagem pela vida, de gozar no recôndito familiar os amados que Tu me deste. 
Obrigado Senhor; porque me amaste sem que eu nada fizesse para ser merecedor deste amor e, que chegaste ao extremado ato de em Jesus Cristo teu filho morrer numa Cruz maldita, para que eu tivesse vida e, não fosse condenado á perdição eterna.

Obrigado Senhor; pela vida que me deste e, não permitas que eu seja só mais um a passar por aqui infrutiferamente, mas que eu possa fazer a diferença na minha família, no meu trabalho, na sociedade, alguém que tenha o privilegio gracioso de poder dizer,(Sou filho do Deus eterno por Cristo Jesus) e, quando o mundo olhar pra mim, possa ver na minha vida, no meu proceder o resplendor gracioso do teu amor, a dirigir meus passos e, quando acabar o meu peregrinar neste mundo, saudoso possa voltar pra casa, a morar contigo na gloria celestial para toda a eternidade.

Obrigado Senhor;  pela dádiva do teu amor divino na pessoa de Jesus Cristo teu Filho amado, que contemplou a minha vida tão insignificante com a graça da tua salvação. Que seu nome seja por mim honrado, glorificado, exaltado, engrandecido por toda a minha vida e, que nem um dia sequer, eu esqueça de dizer; Obrigado Senhor; porque se eu fizer isso, não é virtude minha, mas sim (Tributo que lhe devo por toda a minha existência.
Que Deus grandemente te abençoe, em nome de Jesus!

Enéas Cândido de Lara

domingo, 18 de setembro de 2016

DESVENDA-ME OS OLHOS PARA QUE VEJA!

Texto básico: "O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus"(Romanos 8.16)

Segundo bem afirma  o apostolo Paulo no texto básico acima, os mistérios insondáveis da graça de Deus registrados na Sua palavra a "Bíblia Sagrada" são direcionados para o nosso espírito, e não para a nossa carne, mesmo porque, se quiséssemos entender os mistérios divinos  jamais  conseguiríamos. Disse Deus:"Porque, assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos, mais altos do que os vossos pensamentos".(Isaías 55.9) Dai, o leitor que tentará entender a grandeza imensurável do amor de Deus, revelado através da Santa Escritura, usando para isso tão somente os olhos carnais, correrá o risco das costumeiras e distorcidas interpretações equivocadas, pois será como um cego a tatear pelas ruas da cidade, sem contudo poder ver a beleza do raiar do sol, nem tão pouco as emocionantes flores de um  jardim florido...... Assim, são aqueles que embora tendo perfeita visão humana, mas espiritualmente são cegos. Que embora, nós o vejamos a declamar longos textos Bíblicos, contudo, reproduzindo somente a fria letra do texto, sem poderem ver por trás, os mistérios grandiosos de uma mensagem divina e profunda, da graça  do amor de Deus o Pai. 

 Para que possamos ter  essa transcendente visão e, ao lermos  a "Bíblia Sagrada"entendermos  a voz de Deus, é preciso que o façamos precedentemente com sincera oração, buscando a Deus a graça maravilhosa da intervenção do Espírito Santo, para que os nossos olhos se abram para que possamos ver além da fria letra, o recado de Deus para o nosso coração. Esse foi o pedido que o Salmista fez.  no (Salmo 119. 18)"Desvenda os meus olhos, para que eu contemple as maravilhas da tua lei". Sem a intervenção do Espírito Santo de Deus, jamais poderemos contemplar as riquezas da Sua glória, na manifestação do Seu imensurável poder.   Geazi o moço do profeta Eliseu, ao levantar certa manhã, ele viu toda a cidade de Dotã cercada por inimigos, então foi tomado de grande aflição e voltou  apressadamente para dentro, e disse a Eliseu:"Ai! Meu Senhor! Que faremos! Respondeu Eliseu: "Não temas, porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles"(2 Reis 6. 16) Mas, como convencer o moço Geazi dessa realidade? Se o que ele  podia ver era algo completamente diferente.  Então Eliseu orando disse: "SENHOR, peço-te que abras os olhos para que vejaO SENHOR abriu os olhos do moço, e ele viu que o monte estava cheio de cavalos e carros de fogo, em redor de Eliseu"
Que semelhantemente a oração de Eliseu, seja também a nossa de  todos os dias, para que essa mesma realidade possamos ver e sentir pela fé, nas infalíveis promessas do Senhor Jesus Cristo que disse:"E eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século"(Mateus 28. 20).  Quando o crente crendo inteiramente nas promessas do Senhor Jesus, poderá também pela fé, calmamente descansar, ainda que esteja vivendo na turbulências de uma grande tempestade. "Entrega o teu caminho ao SENHOR, confia nele, e o mais ele fará"(Salmo 37. 5)

Que Deus te abençoe  grandemente, e te faça enxergar além do horizonte da vida os mistérios da Sua graça e amor. 
Enéas Cândido de Lara

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

A IMPRESCINDÍVEL SEPARAÇÃO !


Uma jovem crente que não via qualquer mal, e ou prejuízo em participar de tardes dançantes em um clube, certa vez enquanto dançava com um jovem quis evangelizá-lo. Então, este  perplexo parou, e perguntou: Não me diga que você é crente? Sim respondeu a jovem. “Sou cristã” “Bem, então pelo amor de Deus o que você está fazendo aqui? Pensei que crente fosse alguém diferente.

Há.........O mundo espera que o cristão seja alguém como uma incandescente luz que não se mistura com as trevas, porque se não houver uma linha demarcatória, então como é que as pessoas saberão de que lado estamos nós? A separação foi sempre o padrão de Deus. Abraão teve de deixar a sua terra, e a casa de seus pais, sem saber para onde ir. Moisés recusou ser chamado filho da filha de Faraó, escolhendo antes sofrer aflições com  o povo de Deus do que gozar durante algum tempo os prazeres do pecado. Assim, também aconteceu com os Israelitas. Eram um povo especial, inteiramente separado das nações representando o Senhor dos Senhores, o Deus todo poderoso.
Também, podemos ver em (Esdras 9- 10) e em (Neemias 13), quando o povo quebrou a linha de demarcação através de casamentos mistos, então, Deus agiu severamente para com o pecado praticado da mistura com povos pagãos. Os casamentos tiveram de serem desfeitos e as esposas tiveram de serem devolvidas. A santificada separação continua hoje a ser o padrão e a chamada de Deus para o seu povo, (Hebreus 12. 14) Sem santificação ninguém verá a Deus”. Somos peregrinos, estrangeiros numa terra estranha, porque embora nós amemos esta vida, aqui não é o nosso lugar, muito pelo contrario disse Jesus:Vós não sois deste mundo porque dele vos escolhi (João 15. 19). E por sermos forasteiros em peregrinação enquanto aqui, foi que os poetas sacro (E.R.Smart – E.T. Cassel) escreveram este belo hino (288 do Hinário Evangélico)

Sou forasteiro aqui, em terra estranha estou,
Celeste Pátria, sim, é para ponde vou.
Embaixador por Deus, do reino lá dos céus,
Venho em serviço do meu Rei!.....
Porque, a evidência da vida separada está nas atitudes de um coração transformado“Não ameis o mundo nem as cousas que há no mundo. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele”(I João 2. 15) Somos humanos e esta carne que nos reveste é daqui, e se deixarmos ser dominados por nossos corruptos corações, (Jeremias 17. 9) então seremos seduzidos pela irresistível especiarias da mesa de satanás, que fartamente nos é oferecida. E isso ocorre quando copiamos as praticas do mundo e, trazemos para dentro das igrejas, até por uma boa intenção, mas tendo a aparência  das obras pecaminosas do mundo, estaremos cometendo pecado. O apostolo Paulo nos diz:Fugi de toda a aparência do mal”.“Infiéis, não compreendeis que a amizade do mundo é inimiga de Deus? Aquele, pois, que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus” (Tiago 4. 4). Aquele que ama o mundo não ama a Deus. Qual é pois a sua atitude?  Já se fez esta pergunta? Tenho amado mais o mundo, ou a Deus? Tenho sido imitador de Deus, ou do mundo? (Efésios 5. 1) Pense nisso!

Enéas Cândido de Lara


segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Rosânia M. dos Santos Com muito Louvor.



(Salmo 150. 6) Todo o ser que respira louve ao SENHOR. Aleluia!

A doxologia final do Livro dos Salmos, nos conclama a estarmos com grande alegria e gratidão, louvando o Nome Santo de nosso Deus, por Seus grandes e maravilhosos feitos. E, eu destacaria entre tantos; o amor tão antigo e tão presente em nossas vidas, nos concedendo o privilégio de aqui estarmos,  como forasteiros e peregrinos em terra estranha, a caminho da glória, sendo neste mundo testemunhas, luz a resplender nas trevas de pecados, a beleza do seu gracioso amor divino, misericordioso para todo o que por fé Nele crer. Este imensurável amor que se dispôs a pagar o maior de todos os preços; o sacrifício de Cristo Jesus numa maldita cruz; para que o Seu derramado sangue nos purifique de todo o pecado. Se você entendeu a dimensão imensurável desse amor, então com grande gratidão cante... mas, cante... com todas as veras de sua alma, e faça com qualquer tipo de instrumento, assim como nos convida  a fazer o Salmista.   Porque, Deus não olha para o requinte do seu instrumento musical, mas sim, para a verdade e sinceridade do seu coração adorador. Porque, essa é uma dívida nossa, e  que Deus faz questão de receber(Salmos 96. 8).

Que Deus te abençoe, em Nome de Jesus!

Enéas Cândido de Lara

sábado, 10 de setembro de 2016

Disse Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim(João 14.6).

.Texto Básico: Apocalipse 3. 20

É facultado a todos os homens, sábios e ignorantes, ricos e pobres a consciência e o conhecimento que ele é um ser falível, limitado e, que sua vida por mais recursos que possua, por mais cultura que tenha, ele continua sendo vulnerável, frágil  e que um dia será vencido pela força implacável da morte, que o colocará fim na sua existência humana. O certo é que nós estamos aqui de passagem, nossa vida é uma peregrinação transitória, que o supremo Senhor nosso Deus nos permitiu, o privilégio  glorioso de aqui podermos ter esta experiência fantástica de humanamente viver.
Desde a fecundação ocorrida no útero de nossa mãe, já a começar dali, ao se humanizarmos, recebemos a herança desastrosa do pecado de nossos primeiros pais (Adão e Eva) cuja herança pecaminosa é transmitida  há todo ser humano que aqui nasce neste mundo. E por ser assim herdeiros do pecado original do (Éden) somos afastados de Deus. (Romanos 5. 12) diz: Portanto assim como por um só homem(Adão) entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram”. Sendo assim, o homem precisa urgentemente encontrar o Salvador.

Na seqüência deste texto, no versículo (v. 19) esta escrito:Porque como, pela desobediência de um só homem, muitos se tornaram pecadores, assim também, por meio da obediência de só,  muitos se tornaram justos. Sobreveio a lei para que avultasse a ofensa; mas onde abundou o pecado, superabundou a graça, afim de que, como o pecado reinou pela morte, assim também reinasse a graça pela justiça para a vida eterna, mediante Jesus Cristo, nosso Senhor. O apostolo  Pedro falando do único meio de graça em que podemos alcançar salvação, ele disse: (Atos 4. 12) E não há salvação em nenhum outro, porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos”( A não ser Jesus).O apostolo  Paulo também afirma em(ITimóteo 2. 5)Porque há um só Deus, e um só mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus homem”. O apostolo  João também disse: (IJoão 1. 7) E o sangue de Jesus o seu Filho nos purifica de todo o pecado.Vamos ver agora o próprio Jesus falando da Sua missão salvadora e, que João o evangelista registrou,João 3. 16)” Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. E ainda no  (v.36) Jesus disse: “Por isso quem crê no Filho tem vida eterna; o que todavia se mantém rebelde contra o Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus”.

Diante de tudo isso, se faz urgentíssima a necessidade de estarmos preparados, vigiando o tempo todo, e se reconciliando com nosso Deus, através de Cristo Jesus, porque vivemos hoje numa insegurança tamanha, que somos ameaçados o tempo todo, é a violência das ruas, do transito, é assalto, sequestro, assassinato, além de tudo isso, tem vírus, bactérias, micróbios, dengue,  câncer, Aids......eu acho que a vida humana nunca esteve tão ameaçada como nos nossos dias.

O Senhor Jesus nos advertiu por tantas vezes, para que estejamos vigilantes o tempo todo, porque não sabemos o dia, e nem a hora em que haveremos de sermos chamados para encontrá-lo. Para isso, Ele nos contou a parábola das (10 virgens) que se acha escrito no evangelho segundo (Mateus 25. 1/13) cuja lição é, a de que só entra nas bodas do Cordeiro, ou seja; no descanso eterno, aquele que estiver devidamente preparado. (Aquele que já tenha feito o (Check- in) ou seja; tenha entregado a sua vida aos pés benditos de Cristo Jesus, e assim, então; esteja de posse do passaporte do céu, pago e carimbado com o sangue do Cordeiro. O único meio de graça que nos habilita, e que é oferecido gratuitamente a todo aquele que crendo em seu sacrifício na Cruz infamante do calvário, tenha como o seu único salvador pessoal, e assim então, possa estar preparado para viajar e tomar posse da herança gloriosa na Cidade Santa, a Jerusalém Celestial para toda a eternidade.
Pense nisso meu querido amigo! Você que ainda não tem certeza da sua salvação; o Senhor Jesus disse:Eis que eu estou a porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo”( Apocalipse 3.20). 
O Senhor Jesus através desta mensagem está batendo a porta do teu coração agora, não demore atendê-LO, porque Ele poderá ir embora, e talvez você não tenha outra oportunidade. Que Deus te abençoe em nome de Jesus!

Enéas Cândido de Lara
Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger