quarta-feira, 19 de maio de 2010

UMA CONSOLAÇÃO GLORIOSA.

“UMA CONSOLAÇÃO GLORIOSA”

Salmo 90. 10: “Os dias da nossa vida sobem a setenta anos ou, havendo vigor, a oitenta; neste caso, o melhor deles é enfado e canseira, porque tudo passa rapidamente e nós voamos”. Parece até desalentador essa verdade que o grande servo de Deus Moisés escreveu neste Salmo, quando ele diz; que a nossa vida um dia vai ter um fim, e muito mais do que isso, que ela é passageira e ele diz aqui;”Acabam-se os nossos anos como um breve pensamento”. ----O homem natural talvez por desconhecer o grande plano de Deus para a sua vida, tenta buscar uma razão para continuar vivendo, para que a vida tenha algum sentido,alguma esperança, então ele se apega em coisas, objetos, naquilo que ele vê, naquilo que ele pode granjear com suas mãos, como por exemplo; os bens materiais, fama, poder diversões, festas, boates, e se conforma com as migalhas inconsistentes e temporais desta vida.

O apostolo S.Paulo diz;( 1Corintios 15. 19)” Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida, somos os mais infelizes de todos os homens” Se a nossa vida fosse só isso aqui, que sentido teria viver? Num mundo de homens violentos,corruptos, desonestos, onde existe injustiça social, onde poucas pessoas tem muito, e a maioria não tem nada. Onde existe muita miséria, e por incrível que possa parecer numa cidade rica como São Paulo, tem muita gente passando fome, onde existe muito sofrimento, gente abandonada, passando necessidade, sem um teto pra morar, e sem esperança de dias melhores.

Mais quando nós voltamos os olhos aqui para a palavra de Deus, nós encontramos uma grande revelação. Primeiro: Jesus dizendo a respeito daquele homem especial, diferenciado que nele crê, e que um dia sendo chamado, pela fé entregou a sua vida a ele, ele diz: (João 17. 14) “Eles não são do mundo como Eu também não sou”....... O que Jesus esta dizendo, é que quando um pecador arrependido dos seus pecados, entrega a sua vida a ele, confiando no seu sacrifício na Cruz do calvário, passa a ser cidadão do reino celestial, herdeiro da gloria eterna, filho amado de Deus. É por isso que Jesus disse aqui. (Eles não são do mundo, mas pertence agora, ao reino celestial) porque foram comprados por preço tão grande da vida de Cristo Jesus, que morreu numa cruz maldita, para que pudéssemos ser salvos.
Há um ditado popular que diz; que entre a terra e o céu, á mistério tão grande maior do que pensa nossa vã filosofia. Aqui esta um mistério grandioso, que muita gente ainda não conhece, e que é real. É que o homem pode ser transformado, passar desta vida miserável, limitada, sofrida, cheia de limitações, de angustia, para ser possuidor do maior premio, da maior vitória que um ser humano pode ganhar em toda a sua vida. (O ser adotado por Deus, como filho amado do seu reino).(João 5. 24) disse Jesus: “Em verdade, em verdade vos digo, quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou tem vida eterna”. Sabe o que Jesus esta dizendo aqui?, é que quando o homem ouvindo esta palavra pregada, e abrindo o seu coração, crendo nesta mensagem passa a ter salvação, passa a ser um redimido através do sacrifício de Cristo Jesus. E Jesus continuando aqui no versículo (24) ele diz: “Não entra em juizo”.

(2Corintios 5. 10) “Porque importa que todos nós compareçamos perante o tribunal de Cristo. (No dia do juízo final). Por isso é que Jesus disse; que quem ouvir a sua palavra e crer naquele que o enviou tem vida eterna, e o mais importante de tudo. Ele disse: (Não entra em juízo) ou seja; esta livre deste julgamento final, que muitos crentes tem medo, quando ouve falar do dia do julgamento, ou seja do juízo final, quando seremos julgados, ai se lembra dos seus pecados dos seus erros e pensa, ali naquele dia, tudo o que eu fiz será revelado pelo supremo juiz o Senhor Jesus. Como é que vai ser isso? E fica com medo apavorado.----Não.......meu irmão!, esse dia certamente é um dia terrível sim, desesperadamente sofrível, irremediavelmente para aquele que será julgado e condenado por seus pecados, por ele não ter pela fé conquistado por graça, o “Advogado por excelência, Jesus cristo”,(1João 2. 1)----- Mas que dia de gloria vai ser esse, o dia mais feliz da vida de um crente, porque pela fé já recebeu salvação, justificação, já foi lavado no sangue do cordeiro, no dia que recebeu Jesus como seu único salvador, e agora neste dia do juízo final, vai ser o dia da sua premiação, o dia em que vai receber as honrarias das mãos do supremo Senhor. E o experimentado apostolo Paulo no final de sua vida pode dizer: (2Timóteo 4.8)” Já agora a coroa da justiça me esta guardada, a qual o senhor, reto juiz, me dará naquele dia;

Que gloria será para nós, porque é nesse dia que nós vamos receber a recompensa, o galardão de tudo o que nós fizemos nesta vida, em prol da causa de Cristo. Nesse dia, não precisamos ficar preocupado com o que vai acontecer com o nosso pecado, porque ele já foi lavado, purificado, branqueado no sangue do cordeiro. È por isso que o senhor Jesus disse: “Não entrará em juízo”. Porque nós já fomos julgados, e absolvidos no dia que abrimos o nosso coração para Jesus entrar, que o recebemos como nosso salvador, então ai, todo o nosso pecado foi pago, apagado, cancelado.(Hebreus 8. 12) diz Deus:”Pois para com as suas iniqüidades, usarei de misericórdia e dos seus pecados, Jamais me lembrarei.

O senhor Jesus termina o versículo dizendo: “Mas passará da morte para a vida”. È até natural que nós tenhamos medo da morte, porque morte é preço de condenação, pela ingratidão, irreverência, insubordinação, pecado que todos nós temos que pagar um dia. Um dia todos nós vamos morrer, porque foi um decreto de Deus que foi violado, desrespeitado pelo homem, cujo preço nos temos agora que pagar, ou seja a (Morte). Mas o amor imensurável,divino, maravilhoso do nosso Deus, que mesmo nós sendo pecadores indignos, infiéis Ele nos amou de Tal maneira, que deu o seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crer não pereça mas tenha a vida eterna.


Que consolação tremenda é essa que Jesus nos faz aqui nas suas ultimas palavras, quando disse: “Passará da morte para a vida”, muito embora, nós sabemos que não podemos escapar da morte física, mas é justamente passando por ela, é que nós ganhamos vida, e vida eterna para desfrutar com o senhor para todo o sempre na gloria celestial. Por isso para o crente a temível morte, não é derrota, não é perda, não é uma separação eterna, mas sim, (um até breve) quando voltaremos a estar juntos agora para toda a eternidade.

Que no nome precioso do Senhor Jesus, sua vida seja confortada por esta mensagem. Amém.

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Gênesis 3- 23: “A queda e o restabelecimento”.


Quando o homem pecou, quebrando o vinculo celeste, o relacionamento com Deus, não podiam mais viverem no paraíso, não podiam mais desfrutar da presença de Deus, porque se tornaram infiéis, desobedientes e agora eram pecadores, e como Deus havia anteriormente lhes alertados que se comessem da arvore proibida ,certamente morreriam.

Agora como pecadores que eram, tinham que serem expulsos do Éden, e Deus os lança fora (Gênesis 3- 17) Eles puderam experimentar pela primeira vez a dor, a tristeza, os espinhos, a luta fadigada pelo pão de cada dia, o sabor amargo das primeiras lagrimas, puderam perceber que Deus não mais vem visitá-los na viração do dia, como fazia no paraíso. Estão sozinhos agora, banidos, exilados numa terra estranha e hostil, e sentem pela primeira vez a saudade do lar.

Mais voltar não podiam, Deus fechará a porta colocando querubins com espada inflamada para que não pudessem voltar. O relacionamento com Deus foi estremecido, uma barreira foi constituída, chamada de pecado, e Deus não suporta o pecado, Ele tem aversão, porque não lhe é compatível com sua natureza divina.----- Contudo, Ele nunca deixou de amar o pecador.

A começar daí, a ânsia da alma humana em querer voltar para Deus, em querer restabelecer de novo um relacionamento com o Pai, tem sido ainda que inconscientemente, o grito mais sofrido, mais pungente da alma humana, que atravessou os séculos, milênios e, que até hoje ainda causa tanta dor, tristeza, aflição, angustia nessa busca de reconciliação, deste pacto quebrado no Éden, é a saudade do lar que foi perdido.


Quando o povo de Israel foi cativo pela Babilônia, os soldados pediram para que os israelitas tocassem suas harpas e cantassem as belas melodias de Sião, mais como cantar se estavam em cativeiro, com saudades da sua pátria, e de seus lares.-----Davi no (Salmo -137- 1)diz:”Junto ao rio da Babilônia, nós assentamos e choramos lembrando-nos de Sião.” Éra a cálida e amargurada saudade que maltratava o coração do povo com saudades de Israel e dos seus lares.

-------Todos nós conhecemos de alguma forma este sentimento de perda ,de distancia até de um enti-querido nosso, talvez morando no outro lado do mundo, sem muitas condições de contato, isso nos trás saudades e tristezas.----- Quanto mais pesar senti a alma humana a distancia do seu criador. É o grito, é o desespero da alma, é o anseio mais buscado, mais aspirado do Ser humano, e que provoca inquietação, insatisfação, uma certa neurose por paz interior, uma necessidade maior que a própria razão de viver, que atormenta milhares de pessoas e as tem jogado em hospitais, casas de repouso, hospício.(Isso em muitos casos é por falta, e por carência de Deus).

È o insuportável vazio da alma, que incomoda, trazendo tanta infelicidade á muitas pessoas que tem tudo para serem felizes, como: dinheiro, casas, carros, prestigio social, político, fama, poder, e muitas vezes para o espanto do povo, estes proeminentes cidadãos, passam a serem manchetes de jornais, ao se infiltrarem no submundo das drogas, corrupção, prostituição, orgia, e tanta coisa ruim que existe por ai, talvez porque a entranhada insatisfação da alma, clama por paz, por um pouco de alegria interior, e que nada disso pode trazer.

Merilyn Monhrou ,depois de ter conseguido chegar ao patamar mais alto de sua carreira, de ter conquistado fama, prestigio social, reconhecimento publico, de gozar da amizade pessoal do presidente dos Estados Unidos, um dia deixando um bilhete com a seguinte explicação; (NÃO SUPORTEI MAIS O VAZIO DENTRO DE MIM), e em seguida suicidou-se.

È o gritante e insuportável vazio da alma que leva o ser humano a derrota, a loucura, ao suicídio. È a saudade do lar, é a carência de Deus, é o querer voltar, mais infelizmente para muitos a porta continua fechada, ainda existe a barreira na comunhão com Deus, e as pessoas continuam a procurar alternativas, saídas, respostas, o caminho, a porta, e nessa angustia muitas pessoas desinformadas se atiram a fazer coisas que julgam agradar a Deus, tentando comprar o direito de voltar.

Nós temos visto seitas adotarem rituais os mais absurdos possíveis como; (Auto Flagelo) pessoas que usam cordas com pedaços de ferro, e até laminas amarradas a elas, e batem em si próprios provocando ferimentos profundo, sangramento e alguns morrem em decorrência deste brutal gesto. Isso ainda que inconscientemente, é o grito ansioso pela verdadeira paz que sacia a alma aflita e desesperada.


Desde a queda no Éden que essa busca da volta vem sendo ansiada pelo homem, e a pergunta mais antiga que tem perscrutado a todos os corações humanos em todos os tempos é essa---- (O QUE EU FAREI PARA ERDAR O REINO DOS CÉUS?). Nós somos testemunhas da disposição de muitas pessoas em querer fazer algo, até sacrifícios, mais erram não conhecendo o plano da redenção e, nem tão pouco a graça de Deus o Pai. O amor sobremodo estranho, maravilhoso, glorioso de Deus na pessoa de seu filho, nosso Senhor Jesus Cristo.

A mais contundente resistência, nós encontramos com o povo Israelita, que não aceitaram a mensagem de salvação oferecida por Jesus, que disse: “EU SOU O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA, E NINGUEM VEM AO PAI, SENÃO POR MIM.” A salvação não é pelas obras, mais sim, pela graça mediante a fé.----- O povo judaico estavam alicerçados na lei mosaica, porque achavam que tinham que fazer alguma coisa para serem salvos, o exemplo mais vivo disso, é a entrevista do chamado( moço rico) que era um proeminente cidadão da alta roda judaica, mas o que parece ele não estava em paz consigo mesmo, faltava alguma coisa, então ele foi falar com Jesus e perguntou:----“MESTRE O QUE FAREI EU, PARA ERDAR O REINO DOS CÉUS? (Marcos 10- 17).

Amados, este Deus que é justiça, também é imensuravelmente amor, quando dos seus lábios saíram a ordem de expulsão do jardim do Éden para Adão e Eva, também saíram a gloriosa, magnânima, bendita promessa que (Gênesis 3- 15) relata; “DA SEMENTE DA MULHER, VIRÁ UM QUE ESMAGARÁ A CABEÇA DA SEPENTE.” Era a derrota de satanás que estava decretada, era o poder do maligno que estava com dias contados, era a reconciliação, era a porta que seria aberta novamente.

No tempo oportuno veio Jesus o salvador, a luz do mundo, o caminho, a verdade e a vida, para reconciliar, desobstruir o entrave que impedia o relacionamento com Deus, concluir o caminho de volta para Deus, e quantos problemas teve que enfrentá-los, além disso, encontra aqui o velho inimigo (satanás) sempre astuto sagaz e trava com Jesus acirrada contenda. (Mateus -4 -8) diz que satanás levou Jesus á um alto monte e tenta comprar Jesus com a gloria do mundo, como ele faz com todos os homens ao encitá-los ao apego aos bens materiais, aos prazeres, as orgias, dinheiro, posição social, fama, forças essas que amarram, desvirtuam, escravizam e impedem a alma sequiosa da graça de Deus, de voltar-se para Ele.

Graças a Deus que satanás não comprou Jesus e nem poderia fazê-lo.----- Mas para tristeza dos nossos olhos, como ele tem comprado a humanidade, como a gloria celeste tem sido trocada pela gloria do mundo, como a velha serpente ainda é sedutora, como o fruto é saboroso aos olhos dos homens, quando se apresenta apetitoso, convidativo, inebriante e até camuflado de inocência para tentar ludibriar se possível até os filhos de Deus.


Mas o amor maior de Deus manifestado em Jesus, veio para destruir as artimanhas de satanás, para ser nosso escudo forte, nossa defesa ele desceu a este mundo, humilhou-se fez maldição por nós indo até o fundo de um abismo, deixou-se trair, foi rejeitado, preso insultado, cuspido, condenado e junto com ladrões e salteadores, o levaram para um lugar de horror chamado de (Montanha das caveiras.) Ali numa cruz maldita, porque a cruz era o instrumento mais cruel, vil, asqueroso de tortura, era a imagem da morte dolorosa, impiedosa que se morria pelo nojento e revoltante ato de tortura.


Os soldados romanos deitaram Jesus sobre a cruz, e com pregos pontiagudos começaram a pregá-lo .----(Eu fico pensando naquele momento, quando o martelo foi batido e aquele prego rasgou a carne de Jesus, e o seu sangue começou a escorrer, e quando a primeira gota umedeceu (O MADEIRO MALDITO, AQUELE NOJENTO E REVOLTANTE INSTRUMENTO DE TORTURA, SE TRANSFORMA NO MAIOR E MAIS GLORIOSO SIMBOLO DE AMOR, DE PREÇO PAGO, DE VENERAÇÃO, DE ESPERANÇA, DE SALVAÇÃO PARA TODOS OS CRISTÃOS QUE HOJE PELA GRAÇA SE ACHEGAM A DEUS.)

AQUELE TÉTRICO, HINÓSPITO, MALDITO, HORRIPILANTE LUGAR DE MORTE.

-----Transforma-se em porta do céu, A morte se fez vida, A derrota se fez vitória , As muralhas se desfizeram, As barreiras são destroçadas, Desimpedidas, O véu do templo se rasga do alto abaixo, e quando Jesus na Cruz exclama: “Tudo esta consumado”. Selava definitivamente a vitória de Jesus sobre satanás, e o Passaporte do céu que é carimbado com o seu sangue, é o direito de voltar a ter comunhão com o Pai.



Esse direito meu irmão agora também é teu, de ser um cidadão do céu, porque o CAMINHO foi restabelecido, a porta foi aberta, o PASSAPORTE foi pago, carimbado, e o convite de Jesus se estende a todos nós. (Hebreus -4- 7)diz;” Se hoje ouvirdes a sua voz, não endureçais os vossos corações”.-----Venha meu amigo leitor desta mensagem gozar as maravilhas de Jesus no celeste e doce lar, que o Mestre conseguiu para nós na Cruz, porque foi pensando também em você, no seu pecado, nos seus descaminhos, na perdição eterna de sua alma, que Jesus subiu o monte do Calvário e ali morreu em teu lugar, para ser a propiciação por teu pecado, bem como de todo o mundo.

.----Agora quando Deus olha para o homem que é seu filho, Ele olha através de Jesus, Ele vê a cruz, Ele vê a expiação, o resgate, o alto preço da redenção consumado, o pecado lavado, a culpa expiada, o PECADOR abrigado atrás da cruz com vestimentas brancas e resplandecentes, santos, purificados, dignos, porque o----- (SANGUE DE JESUS NOS PURIFICA DE TODO O PECADO.)

E assim Deus pode nos receber como filhos amados na mansão celestial. Se você meu amigo e irmão esta com dificuldade de vislumbrar o caminho, de ver a porta aberta novamente, esta cansado, sedento, venha para Jesus, porque Ele disse: “QUEM TIVER SEDE VENHA A MIM E BEBA SEM PREÇO, E SEM DINHEIRO ÁGUA VIVA QUE FARÃO EM TI RIOS QUE JORRARÃO PARA A ETERNIDADE.”

Você ainda continua indeciso ? procurando o caminho,? ouça o que Jesus disse;(João 14- 6) “Eu sou o caminho a verdade e a vida, e ninguém vem ao Pai, senão por mim.”----Mais Jesus ainda te faz mais um convite e diz: (João -5- 40) “Não quereis vir á mim, para terdes vida, e vida em abundancia?”----- Isto é vida eterna, morada eterna com Ele na gloria celestial.


Que a graça de Cristo Jesus,nosso Senhor, abençoe a tua vida meu irmão e amigo, e que você tenha o privilegio santo de poder entender o recado de Deus para o teu coração.

Amém.

segunda-feira, 3 de maio de 2010

(João 10. 27) “As minhas ovelhas ouvem a minha voz eu as conheço; e elas me seguem”.

Nós conhecemos a conseqüência desastrosa do pecado de (Adão e Eva no paraiso) nos sentimos isso hoje na própria pele,o resultado desta tremenda tragédia . Adão e Eva foram criados sem pecado e a semelhança dos anjos viviam no paraíso sendo (Santos).-----Entretanto após o pecado, foram expulsos do jardim, porque agora eram pecadores, indignos, infiéis trazendo para toda a raça humana a conseqüência desastrosa da sua infidelidade. Mas isso não é todo o mal que aconteceu. O pecado trouxe a existência de uma nova criatura, (O filho do diabo). Do ventre agora pecaminoso de Eva nasceram duas sementes.----Isto é, duas gerações, (Os filhos de Deus) e os filhos do diabo.

Vamos comprovar isso? (1 João 3. 12) “Não segundo Caim, que era do Maligno e assassinou a seu irmão” (veja; ele não tornou-se do maligno por ter assassinado seu irmão, mas por ja ser do maligno, é que matou a seu irmão).

Aqui começou a existir dois tipos de homens no mundo, os filhos de Deus, e os filhos do diabo. Os inscritos no livro da vida para salvação, que tiveram a sua eleição antes da fundação do mundo. (Efesios 1. 4)diz Paulo; “Assim como nos escolheu Nele antes da fundação do mundo, para sermos Santos irrepreensíveis perante ele, para adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade”. -----Como também depois do pecado, Deus ter criado aquele homem procedente da malignidade, do ímpio Caím. Os quais não foram eleitos para salvação, muito pelo contrario, são frutos da resultante desobediência dos nossos primeiros pais.(Como vamos entender isso?).


(Romanos 9. 22)diz Paulo:” Que diremos, pois, se Deus querendo mostrar a sua ira e dar a conhecer o seu poder, suportou com muita longanimidade os vasos de ira (Preparados) para perdição”. Aqui então fica muito claro, que Deus criou um homem para ser salvo, e outro para ser condenado. Para aquela pessoa que a primeira vista discorda deste posicionamento que aparentemente é tão duro, drástico tomado por Deus, veja os versículos (20- 21) “ Quem és tu, o homem para discutires com Deus?! Porventura, pode o objeto perguntar a quem o fez: Por que me fizeste assim? Ou não tem o oleiro direito sobre a massa, para do mesmo barro fazer um vaso para honra, e outro para desonra?.


Nós temos convivido com as pessoas de raças e de continentes deferentes, de classes sociais também diferentes, num planeta terra que abriga hoje um pouco mais do que (6.5 bilhões de pessoas) entretanto, andando pelas ruas muitas vezes não podemos identificar pela aparência, nenhuma anomalia exterior que indique que aquela pessoa é um inimigo, (Não nosso, mas que é inimigo de Deus). Com exceções; dos homens que deixam extravasar a malignidade dos seus atos na pratica de crimes hediondos, como: Seqüestradores, pedófilos, assassinos e coisas assim.

No entanto, nós temos convivido com pessoas que são amáveis, caridosas, prestativas, de bom coração, pessoas que até fazem parte da nossa família, cresceram juntos de nós, e que temos estreito relacionamento com eles, e que embora não confesse a mesma fé nossa, é muito melhor relativamente em suas obras, do que muitos crentes que enchem muitas igrejas por ai. E as vezes a gente até diz; essa pessoa só falta ser crente.

(Mateus 25. 33)disse Jesus; Que no ultimo dia, o do julgamento, Ele como o pastor vai separar os cabritos, das ovelhas.------Comece meu irmão a prestar a atenção no significado de cada expressão de Jesus a partir daqui: Primeiro. Jesus esta dizendo que no mundo tem homens que são completamente diferentes uns dos outros, muito embora, essa diferença não seja até visível á olhos nus, (ou seja á olhos humanos). Contudo, Jesus disse: Quando vier o filho do homem na sua gloria, ele vai separar uns dos outros, como o pastor separa os cabritos das ovelhas. Porá as ovelhas a sua direita, mas os cabritos, a sua esquerda. Jesus usou a figura da ovelha para identificar o filho de Deus, como também usou o cabrito para identificar o filho do diabo.

(João 10. 27) disse Jesus: “As minhas ovelhas ouvem a minha vós”.-----Primeira coisa a observar é que Jesus só chama ovelha, que já lhe pertence. Como explicar uma conversão de uma pessoa que pelos seus atos nefastos praticados indicam ser ela um filho do diabo?.E de repente ela se converte muda de vida, o que temos visto acontecer com ladrões, assassinos, seqüestradores. ----A verdade é que nenhum filho do diabo se converte. O que converte é aquela ovelha que nascendo no meio dos cabritos e, vivendo como cabritos, banqueteando dos manjares dos cabritos, e que tendo ainda que temporário prazer na sua infâmia, ela é ovelha tem ouvidos de ovelha, tem sensibilidade de ovelha, e que um dia a misericórdia graciosa do Senhor vai buscar, resgatar, chamar e quando ela ouvir a sua vós de amor, prontamente vai identificar, reconhecer e imediatamente vai deixar a vida nefasta de cabrito, e correr para os misericordiosos braços do bom pastor. Isso aconteceu na minha vida, na tua, e de todos os que hoje vivem na graça de Cristo Jesus.


Nunca Jesus disse que chamaria os cabritos deste mundo para o transformar em ovelhas, mas Jesus disse, que chamaria as suas ovelhas. Mesmo porque, se ele chamasse os cabritos com vós de pastor que ele é, diz nos a história dos grandes criadores de ovelhas, que jamais cabritos vão entender a vós do pastor, pode o pastor ficar o dia inteiro chamando que nenhum cabrito vai atendê-lo, porque não há compreensão, identificação, entendimento. ----Mas, as ovelhas entendem porque tem sensibilidade, natureza, ouvidos de ovelhas. Porém isso não acontece com os cabritos, porque não entendem o chamar de um pastor. (João 10. 26) disse Jesus; “Mas vós não credes, porque não sois das minhas ovelhas”.


Graças a Deus, porque um dia, nós ouvimos o chamar de amor do supremo pastor e, corremos para os seus braços,e espero que você também tenha tido esta mesma experiência. você que é ovelha que pertence a ele, você é aquele que Deus o amou antes da fundação do mundo, para que vivendo estes dias aqui pudesse testemunhar ao mundo que é filho do Deus eterno, ovelha do seu pastoreio, até aquele dia em ele vier buscar- nos para com ele irmos morar para todo o sempre na gloria eterna. Amém

domingo, 2 de maio de 2010

Tributai ao Senhor a gloria devida ao seu nome

(Salmo 29. 2) “Tributai ao Senhor a gloria devida ao seu nome, adorai o Senhor na beleza da santidade”.

O Salmista Davi nos diz neste salmo; “Tributai”, ou seja, pague a Deus aquilo que você deve, você que é filho de Deus.-----(Só os filhos de Deus tem para com ele esta divida). De qual divida fala Davi?. Divida de adoração, louvor, gratidão, glorificação ao seu santo nome. Para tanto Jesus disse; que para ser filho de Deus,tem um condicional.
(João 14. 22) disse Jesus: “Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará e viremos e faremos nele morada”.

O apostolo Paulo escrevendo aos (1.Corintios 6. 20) disse: “Porque fostes comprados por preço, agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo”.-----Como nós podemos fazer isso?. Primeiro. Precisamos o reconhecer como único Deus soberano, criador de todas as coisas e, que tem o poder sobre nossa vida, para dá-la, ou tirá-la a hora que quiser. Mas seu amor é tão grande por nós, que ele deu a vida do seu unigênito filho para morrer em nosso lugar, para que o nosso pecado fosse perdoado. Mas pessoalmente para você poder receber esta graça, você precisa pagar essa divida, que é, (A gloria devida ao seu nome). Você precisa dizer isso para ele) precisa rasgar o teu coração numa confissão de amor e dizer; (Deus eu te amo, eu te adoro, eu quero ser teu servo,que a minha vida, o meu corpo, os meus atos sejam só para fazer a tua vontade, e que a partir de agora a tua lei seja a minha lei, que a tua vontade seja a minha, e que o resplendor da tua santidade, e da tua gloria seja um visível sinal na minha vida, visto por todos que de mim se aproximarem.

-------- E por reconhecer a dependência que tenho de Ti, venho agradecer-te nesta humilde. Oração;
Obrigado, pelos meu olhos, porque com eles posso ver-te no raiar de cada manhã, nas floridas campinas, nos montes e cachoeiras, no enigmático azul celeste obras de tuas mãos.
Obrigado, pelos ouvidos, porque com eles posso ouvir o som do mundo, e a sinfonia singular dos pássaros, a cantar alegremente no raiar de cada amanhecer.

Obrigado, pela minha boca, porque com ela não só posso me alimentar meu corpo físico, mas dizer para as pessoas que tu és meu Deus e, cada dia poder cantar-te uma canção.

Obrigado, pelas minhas pernas que conduzem o meu corpo na luta pela sobrevivência enquanto aqui, e permitas que os meus pés nunca resvalem em desvios dos retos caminhos teus.
Obrigado, por todo o meu ser, em permitir que embora eu seja só neste mundo um forasteiro de passagem pela vida, de gozar no recôndito familiar os amados que Tu me deste.
Obrigado, porque me amaste sem que eu nada fizesse para ser merecedor deste amor e, que chegaste ao extremado ato de em Jesus teu filho morrer numa Cruz maldita, para que eu tivesse vida e, não fosse condenado á perdição eterna.

Obrigado, pela vida que me deste e, não permitas que eu seja só mais um a passar por aqui infrutiferamente, mas que eu possa fazer a diferença na minha família, no meu trabalho, na sociedade, alguém que tenha o privilegio gracioso de poder dizer,(Sou filho do Deus eterno por Cristo Jesus) e quando o mundo olhar pra mim, possa ver na minha vida, no meu proceder o resplendor gracioso do teu amor a dirigir meus passos e,quando acabar o meu peregrinar neste mundo, saudoso possa voltar pra casa, a morar contigo na gloria celestial para toda a eternidade.
Obrigado, pela dádiva do teu amor divino na pessoa de Jesus Cristo teu filho amado, que contemplou a minha vida tão insignificante com a graça da tua salvação. -----Que seu nome seja por mim honrado, glorificado, exaltado, engrandecido por toda a minha vida e, que nem um dia sequer, eu esqueça de dizer;
Obrigado Senhor, porque se eu fizer isso, não é virtude minha, mas sim (Tributo que lhe devo por toda a minha existência.,........Amém.

sábado, 1 de maio de 2010

Verdade absoluta que um filho de Deus tem que saber.

01)Que a sua verdadeira identidade, é espiritual. (Romanos 8. 16) “O próprio espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus”.
02) Que nós não somos deste mundo. (João 17. 14) “Eu lhes tenho dado a tua palavra,e o mundo os odiou, porque (Eles não são do mundo, como também eu não sou”.
03) Que a nossa existência, precede o tempo, a historia, e a própria criação do mundo.(Jô 38. 21) “Tu o sabes, porque nesse tempo eras nascido e porque é grande o numero dos teus dias”.
04) Que somos neste mundo, só um forasteiro de passagem pela vida, e que com isso, definiremos a recompensa (galardão) que desfrutaremos na eternidade. (Apocalipse 22. 12)”E eis que venho sem demora, e comigo esta o galardão que tenho para retribuir a cada um segundo as suas obras”.
05) Que nós já existíamos, ( em espírito) quando Deus criava o mundo, e nós juntamente com os anjos rejubilávamos, fazíamos festa a cada obra criada por Deus.( Jô 38. 7) “Quando as estrelas Dalva(anjos) juntas alegremente cantavam,”E rejubilavam todos os filhos de Deus”.

Ps. diante de toda essa revelação,glorifique a Deus por esse amor tão antigo, e por essa presença tão real hoje, que se faz sentir no decorrer do tempo de cada dia.

Disse Jesus; “Eu não rogo pelo mundo”.

(João 17. 9)
O Senhor Jesus estava vivendo um momento dramático na sua vida, porque ele vislumbrava que a sua hora estava chegando e, ele seria entregue nas mãos dos pecadores e estes o crucificariam numa Cruz.-----Naquele momento de despedida, de ter que deixar os seus discípulos, “E estes é que teriam a ardorosa e difícil missão de levar aos homens perdidos, a gloriosa mensagem de salvação”.

Sabia Jesus das dificuldades que os seus discípulos iriam enfrentar, das perseguições, das lutas, e até do sacrifício da vida de alguns deles, para que a sua igreja após sua morte fosse instituída, fosse criada, para que fosse na terra um canal, um meio de graça para levar conhecimento, salvação a todos aqueles que Deus por sua misericórdia tivesse eleito, e escolhido.-----Por tudo isso, foi que Jesus (Orou, intercedeu junto ao Pai em favor daqueles discípulos,bem como, em favor de cada um de nós hoje, que também somos discípulos seus). No(versículo 20) disse:” Não rogo somente por estes, mas também por aqueles que vierem a crer em mim, por intermédio da sua palavra”.-----Você meu irmão entendeu isso? Que Jesus a mais de 2.000 anos atrás orou ao Pai, em favor da tua vida. Que grande conforto espiritual é sabermos desta intercessão graciosa do Senhor Jesus.

É justamente nessa oração que vamos estar pensando agora.(Abra tua Bíblia no texto).

Ver. 1) ele disse: “Pai é chegada a hora, glorifica o teu filho, para que o filho glorifique a Ti. ----Em seguida ele começa falar da importância maior, gloriosa da sua missão.(Ver. 2) “Assim como lhe conferiste autoridade sobre toda a carne, a fim de que Ele conceda a vida eterna (A todos os que lhe deste) entenderam o que Jesus falou?. Que a salvação é limitada á aqueles que Deus lhe deu. Que essa escolha não é do homem,(Muito pelo contrario). ((João 15. 16)) Disse Jesus: “Não fostes vós que me escolhestes a mim, pelo contrario, eu vos escolhi a vós outros”.

Portanto fica muito claro, que não é o homem que aceita Jesus, mas é Jesus que aceita o homem, que elege, escolhe, predestina que vai buscar, e muitas vezes tem que trazer até arrastado.-----Eu sei que essa afirmação pode até chocar certos crentes, mas é exatamente o que esta escrito aqui. (João 6. 44) disse Jesus:“Ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou, não trouxer”. -----Na língua original (Grega) a tradução para a palavra “Trouxer”, é exatamente isso: Aplicar força irresistível sobre algo, como que pegar e arrastar. È sem duvida uma afirmação assustadora, tremenda, contudo; sem deixar de explicitar a soberania de Deus em seu divino propósito.

A palavra de Deus nos diz que, a escolha dos salvos foi feita por Deus antes da fundação do mundo. Entretanto se um eleito seu que acha hoje que tem (Livre Arbítrio) para fazer escolha, resolver não o aceitá-lo, neste caso Deus acabaria ficando frustrado. Porque ele escolheu essa pessoa para ser salvo, mas essa pessoa o rejeitou.-----(Jô 42. 2) diz:”Bem sei que tudo podes, e nenhum dos teus planos pode ser frustrados”. Paulo escrevendo aos (Efesios 1. 4)diz: “Assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor nos predestinou para ele”. Deus nunca se engana, nunca perde, nunca fica frustrado porque ele é; ( Onisciente, onipotente, onipresente).

Deus é soberano, e quando ele escolhe alguém para a salvação, não há nenhum sobressalto, nenhum empecilho, nenhum inferno com todos os seus diabos juntos, que possa impedir que a sua vontade seja cumprida. Além de tudo graças a Deus, a salvação não é por obras, não tem participação do homem, porque não é por mérito nosso, não é porque nós somos bonzinhos, crentes fervorosos, dizimistas, que nós somos salvos. ----Mas é por graça, mediante a fé, é o que Paulo nos diz; (Efesios 2. 8) isso não vem de vós, é dom de Deus, não de obras para que ninguém se glorie. ---- Portanto graça, é favor imerecido).

Quando chega aqui (João 17. 6) disse Jesus: “Manifestei o teu nome aos homens que me “DESTE”. Quando Jesus pregava muitas pessoas ouviam, porque ele pregava ao ar livre, porém a sua palavra tinha direção certa para aqueles que Deus lhe dera, e (estes) ouviam, e criam. E em seguida Jesus faz uma gloriosa revelação, veja ai no texto: “Porque Eram teus”. Essa expressão esta colocada no passado,(Eram) isto significando que os que criam na pregação de Jesus, era porque já pertenciam a Deus, os quais já de antemão tinham sido eleitos, escolhidos, predestinados antes da fundação do mundo.

Em seguida disse Jesus: ( Tu mos confiaste).-----(João 14. 6) disse Jesus; “Eu sou o caminho, a verdade e a vida e ninguém vem ao Pai senão por mim”. O único meio de graça que alguém pode chegar a Deus, é através de Jesus, por isso é que Jesus disse que Deus lhes confiou os seus escolhidos a ele. Mas Deus fez muito mais do que confiar a Jesus as nossas almas, (João 6. 44) disse Jesus: “Ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou, não Trouxer”. Isso significa que nós fomos um dia procurados, buscados, trazidos, e entregues a Jesus, para que através do seu sacrifício vicário da Cruz, pudéssemos ser justificados, purificados no seu sangue remidor.

Qual é o mistério? Qual é o segredo? Como posso ter certeza, que eu sou um eleito de Deus?.-----( João 10. 27) disse Jesus:”As minhas ovelhas ouvem a minha vós, e me seguem”. Isso só pode fazer quem é ovelha, porque ao ouvir a vós do pastor á reconhecimento, á identificação, porque á esperança, porque á confiança na vós do seu pastor, porque quem de fato é ovelha, tem sensibilidade já pré-estabelicida, tem natureza de ovelha, tem ouvidos de ovelha, e assim confiantemente pode segui-lo, como nós o fazemos hoje, certos de que o Senhor Jesus é o Bom Pastor, e nos levará em segurança de volta pra casa, após ter vivido esta fantástica experiência humana.

Essa é a nossa experiência, porque um dia nós ouvimos a vós do supremo Pastor a nos chamar através da sua palavra, que foi ouvida, pregada, que foi cantada, que foi anunciada e nós ao ouvir, o nosso coração se encheu de esperança, e de fé e nossa vida foi transformada.-----Este é o sinal característico de que somos ovelhas do seu pastoreio, porque ele disse: “As minhas ovelhas ouvem a minha vós e me seguem”.(João 10.26) também disse Jesus:”Mas vós não credes, porque não sois das minhas ovelhas” o que Jesus diz aqui é, que neste mundo existe os salvos que são chamados de (Ovelhas) e os não salvos chamados de (Cabritos) (Mateus 25. 32) E todas as nações serão reunidas em sua presença, e ele separará uns dos outros, como o pastor separa dos cabritos as ovelhas.

O Senhor Jesus aqui na sua oração sacerdotal, intercedendo a favor dos seus discípulos, no (Ver. 9)Ele diz: “É por eles que eu rogo, não rogo pelo mundo”. O que podemos entender é que Jesus orando a seu Pai dizia; é por ESTES que eu oro, é por estes que eu intercedo, é por estes que eu vim ao mundo, é por estes que eu morro numa Cruz maldita, é por estes que eu assumo a maldição dos seus pecados, e em seguida ele disse: “Eu não faço isso pelo mundo, mas por aqueles que tu me deste”. (Exclusividade gloriosa, restrita dos eleitos do Pai) -----Há....!!!, quando um crente pode entender isso,-----que alegria indizível invade seu coração, em saber, eu também faço parte desta galeria gloriosa dos redimidos do Pai, porque um dia ele abriu os meus ouvidos para que eu pudesse ouvir a sua vós, porque um dia eu fui chamado, buscado, trazido, por sua misericórdia e graça e levado como um presente precioso aos pés benditos de Cristo Jesus, e recebemos, Salvação, justificação, purificação no seu sangue derramado na Cruz infamante do calvário.

( 1 João 1. 7) O sangue de Jesus o seu filho nos purifica de todo o pecado. É garantia inquestionável segura da nossa vitória, porque ela foi comprada, paga, carimbada com o sangue que nos lava, que nos regenera, purifica, justifica, e que nos da o direito de entrar no descanso eterno por graça e misericórdia, de um amor tão antigo e eterno de Deus o nosso Pai.

A ele toda gloria para sempre Amém.
eneaslara194@ig.com.br
Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger