sexta-feira, 30 de julho de 2010

DISSE JESUS: "DEIXA OS MORTOS SEPULTAR OS MORTOS"

(Lucas 9. 60) “Deixa aos mortos sepultar os seus mortos”!!!!!!!!.

Depois de Jesus ter feito grandes milagres, curas maravilhosas, multiplicação dos peixes e dos pães para saciar a fome da multidão, Jesus passou a ser para aquela gente, a pessoa mais desejada, tanto assim, que elas queriam estar sempre ao seu lado, era imprescindível para elas a presença de Jesus.-----Era ele que rompia as barreiras da ciência médica, e curava as enfermidades incuráveis, era ele que saciava a fome da multidão, era ele que tinha sempre uma palavra de esperança aos desesperançados, era ele que trazia esperança no amanhã e botava em pé o prostrado e sem alento, e por ser assim, muitos queriam serem seus discípulos.

O texto que nós lemos, relata três situações de homens que manifestaram o desejo de serem seus discípulos. Vejamos bem o discorrer do texto:

O primeiro e o terceiro foram apresentarem espontaneamente ,para seguirem Jesus, mas somente o segundo teve de Jesus uma atenção especial foi (Convidado) e muito mais do que isso, diz o texto que Jesus insistiu com ele . É neste detalhe, neste diferencial que ao meu ver, esta a mais preciosa lição deste texto, e portanto é, neste homem que nós vamos estar pensando neste momento.

Para quem ligeiramente olha para o texto, vai pensar que o convite de Jesus veio em hora inadequada, inoportuna para aquele homem.-----Veja bem a sua situação!. “O seu pai tinha acabado de morrer”. Não pode existir momento mais doloroso do que este, mais grave, urgente do que a morte do nosso querido progenitor.-----Eu fico pensando, que Jesus olhando para aquela multidão a sua volta, ele viu aquele homem, ele sabia do seu grave problema, e talvez aproveitou a oportunidade para lhe fazer o gracioso convite. (Versículo 59) Disse Jesus: Segue-me!.-----Veja que aquele homem ao ouvir o chamar de Jesus, ele não recusou o seu precioso convite, mais diante da gravidade dos acontecimentos, ele pediu permissão, um tempo suficiente para sepultar o seu pai e em seguida o seguiria.


O que aquele homem não sabia, é que existia uma prioridade, uma urgência muito maior do que a sua fútil vida com suas mazelas e conseqüências.----Existia um reino eterno!, existia uma promessa!, existia uma esperança!, existia uma boa nova de salvação que urgentemente precisa ser pregada!, existia almas sedentas aflitas que precisavam saber que agora em Jesus há esperança!, há salvação!. E isso era a boa nova que precisava prioritariamente ser pregada.-----Por isso, Jesus pregando o seu majestoso sermão do monte segundo relata(Mateus 6.33) Jesus enfatiza: “Buscai em primeiro lugar, o seu reino e sua justiça, e as outras coisas vos serão acrescentadas”.


Em nossa concepção humana o pedido deste homem foi perfeitamente negociável, aceitável, humano, de dignidade e de amor, de dever social, familiar, o estar naquele momento de dor, de despedida do seu querido progenitor. Tudo isso era compreensível, e Jesus sabia entender o afeto, o amor familiar, a sensibilidade humana. Entretanto, Jesus sempre falava palavras de grande ensinamento, até em horas que ao nosso ver, seria imprópria, como no caso deste homem.---- Mas tem uma coisa ,Jesus jamais foi insensível a dor humana, ele como homem conhecia, e conhece as nossas aflições, as nossas dores, e isso ele viveu na sua carne como ninguém.

Mas, uma coisa nós temos que aprender com Jesus, que a gloria eterna, a mansão celestial, a cidade santa, a Jerusalém celestial é algo tão maravilhoso que o apostolo Paulo diz: (1Corintios 2. 9) “Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam”. É algo indescritível, imaginável e por ser assim, tão grandioso temos que priorizar essa gloria já conquistada por Cristo Jesus em nosso lugar, e não perder as oportunidades para estar falando deste reino eterno que nós já somos herdeiros, nós fomos eleitos, chamados, predestinados para sermos participantes, e testemunhas suas deste galardão glorioso.

Mas voltando aqui para o texto, a presença destes (três) homens que tiveram um contato com Jesus, Vejamos bem; (dois deles se apresentaram espontaneamente, dispostos a ser discípulos de Jesus, contudo; todos os (três) tinham igualmente embaraços, laços de dificuldades que circunstancialmente os prendiam á este mundo e, que assim o tornavam indisponíveis de imediato para seguir a Jesus.-----Ainda que as justificativas apresentadas por eles fossem aparentemente justas, Jesus os recusou,(Com exceção do segundo homem). (Versículo 59/60) Veja bem, que foi Jesus que tomou a iniciativa partiu do seu coração misericordioso, a decisão de chamá-lo. ( Então disse-lhe: Segue-me!.)


Porque será que Jesus no meio de tanta gente, de uma multidão, convidou esse homem com um problema tão grande?. Jesus conhecia os corações das pessoas, muito mais do que nós podemos imaginar. Eu penso que quando ele olhou para aquele homem, ele viu que ali estava um eleito do Pai, razão pela qual ele Jesus, tinha vindo ao mundo, por isso ele insistiu com aquele homem, e não só insistiu, como também deu uma ordem expressa, mesmo a despeito da dificuldade por este apresentada: ( Disse Jesus; “Tu porém, vai e prega o reino de Deus”,) Jesus sabia muito bem da sua dor, da sua responsabilidade tão inadiável que era o sepultar o seu pai.

O texto diz que Jesus “Insistiu com aquele homem”. Coisa esta que ele não fez com mais ninguém, -----O que ele não fez com os outros dois, ele fez com este homem. Aqui eu vejo o diferencial revelador da graça misericordiosa do Pai.( Efesios 2. 10) diz: “Pois somos feitura Dele, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus de ANTEMÃO preparou para que andássemos nelas”. Essas afirmações do apostolo Paulo, vem em consonância com o que ele diz em (Efesios 1. 4) Que nós fomos escolhidos, separados, eleitos antes da fundação do mundo, e Jesus que é o próprio Deus encarnado, sabia reconhecer um beneficiário da sua graça e, por isso é perfeitamente compreensível a sua insistência com aquele homem.

As vezes as palavras de Jesus era tão profunda, e que até seus discípulos não entendiam e, tinham que perguntarem a ele em particular, (explica-nos Senhor porque nós não entendemos). ----Eu acho que aquele homem ao ouvir Jesus insistir com ele dizendo: “Segue-me”! Segue-me! deixa os mortos, sepultar os seus próprios mortos, Tu porem, vai e prega o reino de Deus”!. Eu acho que ele não entendeu nada, e ficou a indagar, como é que um morto pode enterrar outro morto?.

Quando Jesus na proximidade da hora mais triste da sua vida, ao ter que enfrentar a Cruz, ele naquele momento de despedida ele precisava injetar nos corações dos seus discípulos fé, coragem, esperança maior, para poderem suportar aquela dolorosa separação, então; ele disse: (João 14. 6) “Eu sou o caminho, a verdade, e a” VIDA” Eu sou vida disse Jesus, por isso quem esta com Jesus tem vida, e quem esta sem Jesus esta morto. Por isso é que Jesus disse aquele homem; deixa os mortos sepultar os seus mortos, Tu porém vai e prega o reino dos céus (Efésios 2. 1) diz: “Ele vos deu vida, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados”.

Quando eu olho para estes três pré-candidatos a discípulos de Jesus, eu aprendo uma lição maravilhosa, é que dois se apresentaram por livre decisão pessoal, mas somente um foi chamado por Jesus e, incumbido de uma missão. (Tu porém, vai e prega o reino de Deus). Você se lembra meu irmão do teu encontro com Deus? Do teu chamado? Do dia que você se rendeu aos seus pés de Jesus confiante no seu sacrifício? Tem muita gente que nasceu num lar evangélico, e por isso fica difícil identificar esse momento.

Como tem sido meu irmão a tua vida como um eleito de Deus?. Tem encontrado problemas, lutas, dificuldades tem coisas na tua vida que tem atrapalhado o seu desempenho como servo do senhor?. As vezes você tem sido induzido a olhar pra traz, e tem visto pecado, falhas, erros graves e tem pensado, eu não posso, eu não tenho condições de fazer a obra do Senhor!. (Ver. 62) disse Jesus; “Ninguém que tendo posto a mão na arado, olha para trás é apto para o reino de Deus.

Se você meu irmão; foi chamado um dia por Jesus para ser seu discípulo, cumpra com fé o teu ministério, ainda que, precise estar lutando bravamente neste mundo, nunca perca de vista o teu redentor, o autor e consumador da tua salvação, até o dia glorioso do teu galardão, ao encontrá-lo no reino celestial. Que dia glorioso vai ser este dia! Quando nós encontrarmos com Jesus. Pela graça de Deus, e o seu misericordioso amor eu vou estar lá, e espero que você também esteja.

A ele toda gloria para sempre, Amém.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Salvação!...È realidade, ou ainda tem dúvida??????

(João 5 -24): “Em verdade, em verdade vos digo; quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem vida eterna, não entra em juízo, mas passou da morte para a vida”.

Este aqui é, um dos mais belos sermões de Jesus. Ele conseguiu sintetizar, num único versículo, toda grandeza revelada do evangelho da graça que salva. Vejamos a importância, da seqüência de alguns passos que Jesus aqui descreveu:

01) Jesus disse: “Em verdade, em verdade vos digo”. Essa insistente afirmação de Jesus era para despertar nos seus discípulos a, insofismável e gloriosa promessa que ele estava transmitindo era, uma verdade realmente absoluta.

02) Jesus disse: “ Aquele que ouve” -----Este ouvir não é o ouvir simplesmente dos nossos ouvidos carnais, mas, é ouvir da Alma. Porque com os ouvidos da carne, milhões e milhões de pessoas ouvem todos os dias em todo o mundo. Aliás, nunca se falou tanto em Jesus, nunca se falou tanto de Evangelho, de igrejas aqui no Brasil, como se fala hoje. É só ligar a TV, o radio, abrir uma revista que tem gente falando de Jesus. Tem igrejas pregando, tem pastores falando hoje nos meios de comunicação, que até algum tempo atrás, isso era impossível uma igreja poder pagar um programa televisivo que é caríssimo.

Hoje, tem pastores pregando o dia inteiro, e até de madrugada, tem programas evangelisticos no ar. È bem verdade, que tem até aqueles “espertalhões”, que tentam tirar proveito do precioso nome de Jesus, usando da piedade do evangelho de Cristo, para tirar proveito pessoal, financeiro, fama, poder, e por assim dizer; (entraram na festa sem serem convidados).

(Mateus 22 -1) disse Jesus aqui em sua parábola: Que um certo rei fazendo uma festa de casamento de seu filho, convidou muitas pessoas, e a certa hora ele entrando na festa para ver os que estavam a mesa, olhou e viu um homem que não tinha vestes de núpcias, e perguntou; Como entraste aqui sem veste nupcial ? No versículo 13. disse Jesus, que o rei mandou que este homem fosse amarrado de pés e mãos e jogado para fora, e Jesus disse: “Ali haverá choro e ranger de dentes” e continuando no versículo (14), disse; “Muitos “Serão chamados” mas poucos os escolhidos”

Jesus disse, “Aquele que ouve”, não é simplesmente ouvir com ouvidos da carne, mas com ouvidos da alma, porque seu chamamento é espiritual e tem endereço certo e destinatário já preestabelecido antes da fundação do mundo. ( Esta é a grande verdade da palavra de Deus).
Veja, Ninguém pode ouvir a voz e seguir o pastor, (Se não for ovelha). Primeiramente tem que ser ovelha, para poder entender a vós do pastor. Um cabrito pode ouvir a vós do pastor o dia inteiro, jamais vai atender, porque não tem compreensão, não tem sensibilidade, porque não tem natureza e nem ouvido de ovelha . (João 10. 27) disse Jesus; “As minhas ovelhas ouvem a minha vós; e eu as conheço e elas me seguem”. Preste atenção! no que Jesus disse: (As minhas ovelhas ouvem a minha vós) isto é: Só é chamado por Jesus aquele que já lhe pertence. (Efésios 1 -4) Diz;” Assim como nos escolheu nele, antes da fundação do mundo, para sermos Santos irrepreensíveis perante ele, e em amor nos Predestinou para ele”. (João 10. 26) aqui Jesus explica porque duas pessoas ouvem a mesma mensagem, e um crê, e outro não. Jesus disse; “Mas vós não credes, porque não são das minhas ovelhas”. Por isso Jesus nunca disse; Eu vim chamar os cabritos deste mundo para transformá-los em ovelhas, (Não!.....) o cabrito vai ser sempre cabrito, e a ovelha ainda que esteja andando no meio dos cabritos, banqueteando dos manjares dos Cabritos , e tendo temporário prazer na sua infâmia, ela é ovelha, tem ouvidos de ovelha, tem sensibilidade de ovelha, e que um dia a misericórdia graciosa do Senhor vai chamar, buscar, resgatar, e nesse dia, ao ouvir sua voz , prontamente vai identificar, reconhecer e imediatamente vai deixar a vida nefasta de cabrito, e correr para os braços misericordiosos do bom Pastor. Porque foi para resgatá-la que Jesus veio a este mundo e morreu naquela Cruz, até então “Maldita”. E só será possível este resgate por intervenção da graça de Deus.

(João 6 -44) disse Jesus; “Ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou não o trouxer”. Esta expressão no( Grego )quer dizer: “Imprimir força irresistível sobre algo como pegar e arrastar”. Isso quer dizer, que á um momento da busca, da procura, do trazer de volta, e isso só acontece por vontade exclusiva de Deus.

O homem pode ouvir o evangelho de Jesus a vida inteira, mais se ele não for o eleito,o predestinado, o chamado, o escolhido, ovelha do aprisco de Cristo Jesus, eleito antes da fundação do mundo, jamais ouvirá a sua voz e, nem tão pouco seguirá os seus passos. Isso esclarece que se tratando de salvação, o homem não pode fazer nada. Não é o homem quem tem decisão, Livre arbítrio para crer e seguir a Jesus. Porque se nós crermos nisso, que somos nós que temos o poder de decisão. Então! estaremos chamando Jesus de (Mentiroso).
Eu tive na minha família um parente, que viveu a vida inteira familiarizado com o evangelho, freqüentava a igreja, e cantava hinos, e até orava junto com todos nós, mas quando perguntado se queria entregar totalmente sua vida a Jesus como seu salvador, ele dizia ainda não, eu quero mesmo por enquanto é, gozar a vida porque ela é muito curta. E assim, ele morreu sem ter entendido a vós do divino Pastor, sem ter ouvido o chamar gracioso e salvador de Cristo Jesus.

Mas, Jesus continuando disse; “Aquele que ouve a minha palavra” , e crê. Não é simplesmente ouvir, mas também crer. Esse crer que Jesus aqui falou tem conseqüências profundas e radicais. Isto é, ter com Cristo uma experiência tão grande, um envolvimento, um compromisso que transforme a sua vida, que faça-o(Nascer de novo) ser nova criatura, que passe a viver a vida não mais buscando o seu interesse pessoal, mais o de Cristo Jesus, porque descobriu que passou a ser Servo comprado, resgatado pelo mais alto preço do calvário.
(Gálatas 2. 20) Disse Paulo: “Logo, já não Sou Eu quem vive, mas Cristo vive em mim ”. Era tal a sua assimilação com o evangelho de Jesus, que ele pode olhar retrospectivamente, e perceber que em seus atos, em suas atitudes, ele não vivia mais como o homem Paulo de Tarso, porque os seus desejos, as vontades da carne, as fraquezas naturais da vida não tinham mais influencia no seu coração, porque a sua alegria era agora fazer a vontade do Senhor.
Jesus continuando disse;”Aquele que ouve a minha palavra e Crê”. (TEM VIDA ETERNA.) Jesus não disse que talvez, quem sabe daqui algum tempo, se você for um bom crente, um bom dizimista, Não!..... O verbo usado por Jesus esta no presente TEM, é bem verdade que esta no condicional, ou seja; (Tem que ouvir e, Crer) ------Uma das reações mais verdadeiras que um ser humano expressa, é na hora da morte. Ali, é hora da verdade, isso quando a pessoa passa por um momento terminal com consciência, com lucidez a gente pode notar reações diferenciadas.

Esta é uma verdade Bíblica,-----Veja o que aconteceu com o Diácono Estevão, quando estava sendo apedrejado, (Atos 7 -56) antes de morrer ele disse: “ Eis que vejo o céu aberto, e o filho do homem em pé a destra de Deus”.------( A minha esposa tinha amizade com uma família, e esta família tinha uma filha que era Madre, e foi vitima de câncer no pulmão. Depois de longo tratamento foi desenganada e, foi levada para morrer em casa. A minha esposa então, deu assistência aquele mulher até os seus últimos momentos de vida. E a minha mulher disse que nunca mais na sua vida, quer assistir a morte de uma pessoa que não tem esperança, que não tem Deus no seu coração. Porque essa mulher antes morrer, ela gritava desesperada e dizia; Que coisa horrível estou vendo!......., não me deixem eles me levarem para esse lugar!....., era tanto o horror estampado no seu rosto, que a minha esposa ao sair de lá estava profundamente traumatizada).

Que diferença tão grande é do crente que ao fazer a sua passagem, desta vida para outra, o faz, com grande tranqüilidade. Quando o meu pai morreu, eu estava ao seu lado e momentos antes da sua morte ele chamava a minha mãe e dizia; Maria!, Maria! venha ver que Beleza de cidade, que lugar maravilhoso, é lindo demais esse lugar, e fechando os olhos partia para a eternidade, deixando em nós a dor da separação, e a evidente saudade, mais um consolo sem preço de saber que ia para o descanso eterno junto de Cristo Jesus, que é incomparavelmente melhor do que este mundo.

(João 5 -24) Jesus disse; Aquele que ouve a minha palavra e crê, naquele que me enviou TEM VIDA ETERNA. Não entra em juízo, MAS PASSOU da morte para a vida. Você pode compreender o tamanho desta consolação?, a grandiosidade desta promessa que Jesus fez pra mim e para você?. Que o seu nome Santo seja glorificado para todo o sempre Amem.

sexta-feira, 16 de julho de 2010

REFORMA: UMA NECESSÍDADE URGENTÍSSIMA

REFORMA: UMA NESSIDADE URGENTÍSSIMA!!!!!!!!.

Hoje, nós vivemos dias que para nós evangélicos poderia ser um momento marcante, singular na história da nossa pátria. Nunca se falou tanto no nome de Jesus como esta se falando agora. Existe um aumento explosivo de implantações de igrejas por ai. Nós caminhando pelos bairros de S. Paulo, a gente se surpreende como existe quase em todos os quarteirões uma placa, Igreja evangélica. Nem se falando na mídia, no rádio, na televisão, nas revistas, nos jornais sempre tem alguém pregando evangelho, e falando no nome de Deus. -----Isso seria razão de grande jubilo para todos nós estarmos alegres, porque o nome do Senhor Jesus esta sendo proclamado, pregado pelos quadro cantos do nosso Brasil.

Mas, como é triste, lamentável que pregadores espertalhões estejam sem nenhum escrúpulo usando o Santo nome de Jesus, a boa nova do evangelho, para salvação dos homens perdidos, para ganhar dinheiro, enriquecerem, fazerem fortuna, conquistarem projeção social, arrebanharem verdadeiras multidões, tudo por um meticuloso plano engendrado, estudado, para convencer pessoas inocentes acreditarem nas suas pregações. Pessoas que estejam passando por problemas, lutas e dificuldades, precisando de socorro, de ajuda, acabam encontrando nesses pregadores uma palavra de esperança, uma promessa as quais elas de imediato acreditam.

O sofrido povo Brasileiro é, como um náufrago que se debate em águas profundas, ele agarra, ele acredita, na primeira tabua de salvação que lhe é oferecida, e ai é, que facilmente é manipulado por inescrupulosos pregadores.------Estou falando isso, porque eu tinha uma pessoa amiga, e que fazia parte de uma dessas igrejas, onde o pregador disse; porque tomar remédio?... Se Jesus é o medico dos médicos!, é só você ter fé e, determinar que a doença vá embora, e pronto. tudo esta resolvido!. Então, esta pessoa ficou determinando a sua cura por um longo tempo, quando viu que estava ficando cada vez pior, procurou um médico, e este disse; se o senhor tivesse vindo antes, a sua enfermidade teria cura, mas agora não tem mais jeito. E ele morreu.

Esta semana eu vi um vídeo na Internet que me deixou muito triste. Produzido por um jornalista da Rede Globo. O qual filmou uma conferencia para formação de novos pastores de uma das maiores igreja evangélica do Brasil. Dizia este líder da igreja; vocês para transmitir confiabilidade, para que as pessoas acreditem nas suas pregações, façam de tudo como por exemplo: ( Pule, gesticule,de grito, fale em línguas, faça pessoas caírem no chão, expulsem demônios, aprontem no culto um clima de atitude, porque as pessoas ficam impressionadas com essas coisas, “isso da crédito”. Ai é só dizer; que para receber as bênçãos tem que semear, porque quem não semeia não recebe,”E assim a contribuição vai aumentar”. E ai este líder religioso usou um palavreado “chulo”.-----“Ou dá, ou desce”.---- (ou seja; contribui, ou cai fora.). Não fica muito distante disso, um outro grande pregador televisivo, quando determinou que as pessoas para receberem a benção de Deus, e principalmente a prosperidade, tinham que contribuírem com um (X) ou seja; um valor alto inacessível á um pobre assalariado poder pagar.

Mas que descalabro doutrinário é esse? Que Deus é esse desse “pastor?”que faz da sua graça um grande balcão de negócios? Que exclui o pobre e, o menos favorecido? . Essa mensagem pode ter qualquer outra finalidade, menos a pregação genuína do evangelho que salva, redime, transforma uma vida aprisionada nas cadeias do pecado, e da perdição eterna, para tornar-se em uma nova criatura, mediante a fé no lavar regenerador do sangue de Cristo Jesus.-----Meu irmão!..... Diante das graves distorções doutrinárias pregadas por ai, quando o homem é a prioridade, quando a gloria terrena é focalizada como objetivo maior a ser conquistado, e abalizam o sucesso financeiro de um crente, como parâmetro para identificar um verdadeiro filho de Deus. Eu peço a Deus que tenha misericórdia e, de novo levante um outro Lutero, capaz de enfrentar toda essa gente, que sutilmente esta arrastando o evangelho da graça, para o ostracismo escravizante da idade média .Quando para receber a benção de Deus, tinha um preço estipulado . Isso é uma vergonha para todo aquele que crê no genuíno evangelho da graça de Cristo, e temos que assistir esta avalanche desenfreada da pregação gananciosa destes supostos “pastores”.

(Oséias 4. 6) Disse Deus:“O meu povo esta sendo destruído, porque lhe falta conhecimento”. ------E o Senhor Jesus nos aconselhou dizendo; (Mateus 5. 39) “Examinai as escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim”. (João 8. 32)disse Jesus:” e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”.

Que Deus nos ajude, em nome de Jesus. Amém

segunda-feira, 5 de julho de 2010

"Mande Lázaro molhar o dedo"

TEXTO BÁSICO: (LUCAS 16. 24)

Esta parábola contada por Jesus, narra de forma dramática a vida de dois homens. Um homem muito rico e, um mendigo chamado Lázaro. Jesus disse que esse rico era um homem que morava num palácio, tinha tudo o que queria, as melhores roupas, muito dinheiro, muita fartura, muita comida boa e,todos os dias na sua casa era uma festa.----- Em contrapartida, Jesus diz que o mendigo Lázaro, além de não ter nada neste mundo, ele passava muita fome, dormia possivelmente nas calçadas das ruas, era um homem doente, ele era leproso e por isso vivia sendo desprezado por todo mundo. Este Lázaro, sempre ficava no portão enfrente da casa deste homem rico, e desejava comer as migalhas que caiam da sua mesa, quem sabe até um pedaço de pão velho, ou um resto de comida para ele matar a fome, mais ninguém lhe dava nada. Aquele homem rico,da a entender que atiçava os cachorros pra cima de Lázaro, e estes, quando chegavam lambiam as suas feridas.

O Senhor Jesus nos diz, que um dia o sofrimento de Lázaro acabou, ele morreu ,e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão, ou seja; para o aconchego da presença de Deus. Mas também este homem rico morreu, e este, foi para o inferno. Estando em agonia no meio das chamas ardentes do fogo eterno, ele olhou para cima e viu o Lázaro desfrutando do gozo no paraíso junto com Deus.-----Então, este homem rico fez três pedidos a Abraão: ou seja; a Deus: Primeiro. Ele pediu; Pai Abraão!.... (Esse termo usado por Jesus referia-se ao próprio Deus), “manda que Lázaro molhe em água a ponta do seu dedo e venha e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama”.

Preste atenção para este pedido!......“Mande que Lázaro molhe o seu dedo em água e me refresque a língua”. -----Sabe o que significa isso??.... É que quando alguém é jogado no inferno onde cair, fica paraplégico do pescoço para baixo, não se pode mover, é por isso que ele pediu; mande Lázaro vir aqui e, molhar a minha língua porque estou atormentado no meio desta chama de fogo. (Era só a língua o que ele podia mover). (Marcos 9. 44) disse Jesus: uma coisa terrível, assustadora a respeito da situação das pessoas que são condenadas ao sofrimento do inferno. Ele diz assim: “Onde não morre o verme, e nem o fogo se apaga”. Sabe o que significa o verme que Jesus aqui falou??.... É uma dor insuportável dentro do peito que nunca acaba, nunca tem refresco, nunca tem intervalo, nunca tem trégua, é para toda a eternidade...... Além disso, enquanto o fogo queima por fora o bicho come por dentro, ou seja; é uma dor insuportável dentro das entranhas que nunca mais vai ter fim.

------Mas este homem rico fez o (Segundo pedido): “Pai Abraão! mande Lázaro lá terra na casa dos meus pais, porque tenho cinco irmãos, para que Lázaro pregue, fale á eles para que não venham para esse lugar de tormento eterno”.-----Meu amigo!..., meu irmão! que esta lendo esta mensagem agora, com toda a dramaticidade deste terrível episódio contado por Jesus, e que tem o ponto central, a sua relevância maior justamente neste pedido deste homem. (É o que nós queremos aqui focalizar). O seu sofrimento era tamanho que ele se preocupou com os seus irmãos aqui na terra, e tentou interceder a favor deles, e o versículo 26 disse Jesus: “Que esse pedido não havia nenhuma possibilidade de ser atendido, porque á um abismo intransponível entre o céu, e o inferno, que não á nenhuma comunicação entre os condenados do inferno, e os salvos no céu, ninguém que tendo caído no inferno jamais poderá sair de lá, é um caminho sem volta, é uma situação irreversível que jamais poderá ser mudada, e o pior de tudo é, que esse estado de sofrimento é para toda a eternidade, nunca jamais vai ter fim. O que Jesus esta nos ensinando, é que a única chance meu amigo, meu irmão de mudar o teu destino o teu futuro é, aqui e agora, enquanto você ainda esta vivo.

(O versículo 29) Jesus disse que Abraão em resposta deste pedido disse: “Lá na terra seus irmãos tem Moisés e os profetas que eles “Ouçam”.-----O que Jesus esta dizendo é, que á uma esperança, uma chance para todo ser humano escapar deste terrível sofrimento da condenação do inferno. Que é justamente, ouvindo a mensagem de salvação que os seus profetas estão pregando hoje ai pelo mundo, a exemplo do que nós estamos fazendo aqui, nesta página deste “Blog”. Alertando você que existe uma esperança, que existe uma saída, uma única possibilidade de os seus passos serem desviados dessa trajetória terrível de condenação eterna, para a gloria da salvação que foi conquistada, comprada pelo mais alto preço que se teve que pagar, a vida preciosa do Senhor Jesus Cristo, que por ti amar tanto derramou o seu sangue inocente naquela Cruz maldita, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha vida eterna.

Mas o texto diz, que este homem fez o (terceiro pedido) insistindo com o Pai Abraão, para que ele mandasse alguém dentre os mortos para falar com os seus irmãos, e que assim eles acabariam se arrependendo, e crendo. (Versículo 31 disse Abraão: “Se não ouvem a Moisés e aos profetas, tampouco se deixarão persuadir, ainda que ressuscite alguém dentre os mortos”.

Por isso o Senhor Jesus nos aconselhou dizendo.(João 5. 39) “Examinai as escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim”. É através da busca do conhecimento da palavra de Deus que você meu irmão, meu amigo lendo a “Bíblia Sagrada” este livro Santo, esta palavra bendita que do amor divino, celeste, gracioso, “Nele” você encontrará as suas misericordiosas promessas, as quais pela fé receberá perdão, reconciliação, justificação, salvação para sua alma. (João 5. 24) “Disse o Senhor Jesus: Em verdade, em verdade vos digo; quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem vida eterna, não entra em juízo, mas passou da morte para a vida”.

O que o Senhor Jesus quis ensinar aqui através desta parábola, é que é preciso aprender ouvir, dar ouvidos a mensagem graciosa da palavra de Deus, para que seu coração seja aberto, para que sua mente entenda o recado de Deus aqui registrado para perdão dos seus pecados, e assim, você creia e receba o maior de todos os tesouros que um ser humano pode ganhar em toda a sua vida, a salvação da sua alma. (João 14. 6) disse Jesus: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim”. O que o Senhor Jesus esta dizendo, é que não tem alternativa, não tem outro jeito, não tem outro caminho, outra forma de você encontrar salvação, a não ser, reconhecer o Senhor Jesus como o seu único salvador pessoal, e crendo, entregar a sua vida a ele, confiando no seu sacrifício que por ti amar tanto, ele morreu para que você pudesse ter vida.

O apostolo S. Pedro disse: (Atos 4. 12) “E não á salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos”. (A não ser Jesus)----O profeta (Isaias 55. 6) disse: “Buscai o Senhor enquanto se pode achar, invocai- o enquanto esta perto. Portanto á uma necessidade urgentíssima, que se você ainda não fez, faça-o agora, aceitando a oferta graciosa do Senhor Jesus, para que quando ele ti chamar não seja pego de surpresa e, ir parar no lugar deste homem rico. E que a graça misericordiosa de Cristo Jesus o Salvador, abençoe a tua vida, Amém.
Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger