quarta-feira, 10 de novembro de 2010

GENÉRICO OU SIMILAR ?......

2 Corintios 11. 4 “Se, na verdade, vindo alguém, prega outro Jesus que não temos pregado, ou se aceitais espírito diferente que não tendes recebido, ou evangelho diferente que não tendes abraçado, a esse, de boa mente, o tolerais”.

Se você meu amigo(a) que faz uso constante de medicamentos, por certo já alguma vez chegando ao balcão de uma farmácia, foi alertado pelo farmacêutico da existência dos (Medicamentos Genéricos), e da diferença considerável de preço. A produção destes medicamentos no mercado nacional, tem possibilitado uma maioria de pessoas cuidarem melhor da sua saúde.----Fiquei preocupado certa vez, em saber a grande diferença que existe, entre um genérico e um similar.--O “Genérico” é uma cópia fiel do produto de marca e, não somente do principio ativo. O “Similar” apesar de ter o mesmo principio ativo, não apresenta a mesma qualidade, a mesma composição de substancias, o mesmo efeito, tempo de duração, absorção pela corrente sangüínea verificadas nos produtos de marca.

Quero dizer que essa informação não é nenhuma propaganda comercial, apesar da sua veracidade. No caso aqui, é só uma advertência do mal que também pode fazer para sua saúde espiritual, o apossar-se de um “Evangelho Similar”, que largamente hoje é difundido e se propaga nos meios de comunicação e, em suntuosos templos supostamente “evangélicos”. (2Corintios 11. 4) O apostolo S. Paulo naqueles dias estava muito preocupado com a igreja de Corinto, porque os crentes tinham muita dificuldade para assimilar a mensagem do evangelho pregado por ele e, em contrapartida com muita facilidade toleravam pregadores de um outro Jesus, de um outro evangelho, sendo facilmente enganados, assim, como a serpente também enganou Eva.


QUE TIPO DE MENSAGEM ESCREVERIA O APOSTOLO PAULO SE VIVESSE EM NOSSOS DIAS?......


Sinto-me particularmente indignado com o “evangelho similar” que usando o poder gracioso do nome Santo de Jesus Cristo, e da Bíblia Sagrada, como um principio ativo e, poderoso (Marketing) para arrebanhar multidões, isso não quer dizer que produzirá os mesmos resultados do verdadeiro evangelho da graça de Deus. (2 Corintios 11. 5) Paulo diz aqui que estes pregadores se intitulavam apóstolos e profetas, coisas estas bem familiar em nossos dias.

Hoje, astutamente pregam aquilo que as pessoas querem ouvir. Veja o poder de convencimento usado por certos “pastores”.

----- -Venha para Jesus e toda a sua vida vai mudar.
------ Você é um abençoado do Senhor,
-------Você é filho do rei tem direitos adquiridos,
------ Se Deus prometeu agora vai ter que cumprir,
------ Ponha Deus contra a parede,
------Arranque de Deus as bênçãos que prometeu,
------Você vai arrumar o melhor emprego,
------Vai comprar a melhor casa,
----- Vai ter o melhor carro do mercado,
----- Vai ser curado da sua enfermidade,
----- Vai alcançar prosperidade,
----- Vai ser por cabeça e não por cauda, etc, etc.

Veja que diferença tão grande é do verdadeiro evangelho pregado por Paulo em (Tessalonicenses 2. 5)diz Paulo “A verdade é que nunca usamos de linguagem de bajulação, como sabeis, nem de intuitos gananciosos. Deus é testemunha”. Voltando para o versículo (4) Paulo diz: Assim falamos, não para agradar a homens e sim a Deus.

O verdadeiro evangelho não busca a gloria da carne, mas a gloria de Deus porque aqui não é a nossa pátria, aqui não é o nosso lugar, como disse Jesus; (João 17. 16) “Eles não são do mundo, como também eu não sou.” Esses profetas e apóstolos se esquecem que a gloria da carne não tem poder contra o malefício do pecado, que não produz santidade, que não exalta a soberania de Deus, e não demonstra a suficiência que há em Cristo Jesus, e assim, não pode resultar em salvação para ninguém. (Mateus 16. 26) disse Jesus: Pois que aproveitará o homem se ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?.

Povo de Deus ! evangélicos do Brasil! pelo Amor de Deus voltem para as escrituras, ouçam o veemente apelo do Senhor Jesus aqui registrado em (João 5. 39) “Examinai as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim”. Deixem de pregar a gloria da carne, e voltem a pregar a gloria de Deus. Ensine a igreja a buscar com toda avidez, com fome do pão do céu, com sede de dessedentar-se da água da vida que traz refrigério para a alma aflita.

Ouçam o que diz Paulo na carta aos (Gálatas 6. 7/8) Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará. Porque o que semeia para a sua própria carne da carne colherá corrupção; mas o que semeia para o Espírito colherá VIDA ETERNA.


Que Deus de todos nós tenha misericórdia, em nome de Jesus. Amém

4 comentários:

Erlon Andrade disse...

A igreja se corrompeu há muito tempo. Não há um justo sequer. Esta é a palavra de Deus ao povo. O evangelho está deturpado. Não são só os jargões, mas toda uma estrutura falida.
Aquele que está limpo, limpe-se mais ainda e aquele que está sujo suje-se ainda mais!

Ministério Despertai disse...

Olá Eneias, muito bom seu blog, já estou seguindo, a mensagem é uma relidade, o pior cego é aquele que nao quer ver.
Um abraço
Visite também
www.ministeriodespertai.blogspot.com
Um abraço
Osmar Siqueira

Fábio José Lima disse...

Meu Irmão a verdade é que muitos Pastores pregam o que o povo quer ouvir, pois querem o dinheiro das ofertas, dízimos, votos e sobretudo a fama, mas se preocupar com as almas, são poucos, mas devemos orar por eles para que o Espírito Santo de Deus trabalhe nessas vidas e venham mudar de atitude.

Vivendo pela Palavra de Deus!!! disse...

Acredito que se há uma palavra nesses últimos dias para a igreja é VOLTEM PARA A MINHA PALAVRA!!!Uma boa noite irmão Eneas.

Postar um comentário

Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger