quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

DISSE JESUS: EU NÃO ROGO PELO MUNDO!...

JOÃO 17. 9

O Senhor Jesus estava vivendo um momento dramático na sua vida, porque ele vislumbrava que a sua hora estava chegando e, ele seria entregue nas mãos dos pecadores e estes o crucificariam numa Cruz. Naquele momento de despedida, de ter que deixar os seus discípulos e estes é, que teriam a ardorosa e difícil missão de continuar levando aos homens perdidos, a gloriosa mensagem de salvação.

Sabia Jesus, das dificuldades que os seus discípulos iriam enfrentar, das perseguições, das lutas, e até do sacrifício da vida de alguns deles, para que a sua igreja após sua morte fosse instituída, fosse criada, para que fosse na terra um canal, um meio de graça para levar conhecimento, salvação a todos aqueles que Deus por sua misericórdia tivesse eleito, e escolhido.-----Por tudo isso, foi que Jesus (Orou, intercedeu junto ao Pai em favor daqueles discípulos bem como, em favor de cada um de nós hoje, que também somos discípulos seus). No(versículo 20) disse Jesus:” Não rogo somente por estes, mas também por aqueles que vierem a crer em mim, por intermédio da sua palavra”.-----Você meu irmão entendeu isso? Que Jesus a mais de 2.000 anos atrás orou ao Pai, em favor da tua vida?. Que grande conforto espiritual é sabermos desta intercessão graciosa do Senhor Jesus.

É justamente nessa oração que vamos estar pensando agora.(Abra tua Bíblia neste texto). João 17. 1/9.


(Versículo. 1) ele disse: “Pai é chegada a hora, glorifica o teu filho, para que o filho glorifique a Ti”. Em seguida ele começa falar da importância maior, gloriosa da sua missão.(Ver. 2) “Assim como lhe conferiste autoridade sobre toda a carne, a fim de que Ele conceda a vida eterna (A todos os que lhe deste) entenderam o que Jesus falou?. Que a salvação é limitada á aqueles que Deus lhe deu. Que essa escolha não é do homem,(Muito pelo contrario). ((João 15. 16)) Disse Jesus: “Não fostes vós que me escolhestes a mim, pelo contrario, eu vos escolhi a vós outros”.

Portanto, fica muito claro que não é o homem que aceita Jesus, mas é Jesus que aceita o homem, que elege, escolhe, predestina que vai buscar, e muitas vezes tem que trazer até arrastado.-----Eu sei que essa afirmação pode até chocar certos crentes, mas é exatamente o que esta escrito aqui. (João 6. 44) disse Jesus:“Ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou, não trouxer”. -----Na língua original (Grega) a tradução para a palavra “Trouxer”, é exatamente isso: Aplicar força irresistível sobre algo, como que pegar e arrastar. È sem duvida uma afirmação assustadora, tremenda, contudo; sem deixar de explicitar a soberania de Deus em seu divino propósito.

A palavra de Deus nos diz que, a escolha dos salvos foi feita por Deus antes da fundação do mundo. Entretanto, se um eleito seu que acha hoje que tem (Livre Arbítrio) para fazer escolha, resolver não o aceitá-lo, neste caso Deus acabaria ficando frustrado. Porque ele escolheu essa pessoa para ser salvo, mas essa pessoa o rejeitou.-----(Jó 42. 2) diz:”Bem sei que tudo podes, e nenhum dos teus planos pode ser frustrados”. Paulo escrevendo aos (Efesios 1. 4)diz: “Assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor nos predestinou para ele”. Deus nunca se engana, nunca perde, nunca fica frustrado porque ele é; ( Onisciente, onipotente, onipresente).

Deus é soberano, e quando ele escolhe alguém para a salvação, não há nenhum sobressalto, nenhum empecilho, nenhum inferno com todos os seus diabos juntos, que possa impedir que a sua vontade seja cumprida. Além de tudo graças a Deus, a salvação não é por obras. Não tem participação do homem, porque não é por mérito nosso, não é porque nós somos bonzinhos, crentes fervorosos, dizimistas, ofertantes que nós somos salvos. ----Mas é por graça, mediante a fé. É o que Paulo nos diz; (Efesios 2. 8) isso não vem de vós, é dom de Deus, não de obras para que ninguém se glorie. ---- (Portanto graça, é favor imerecido).

Quando chega aqui (João 17. 6) disse Jesus: “Manifestei o teu nome aos homens que me “DESTE”. Quando Jesus pregava muitas pessoas ouviam, porque ele pregava ao ar livre, porém a sua palavra tinha direção certa para aqueles que Deus lhe dera, e (estes) ouviam, e criam. E em seguida Jesus faz uma gloriosa revelação, veja ai no texto: “Porque Eram teus”. Essa expressão esta colocada no passado,(Eram) isto significando que os que criam na pregação de Jesus, era porque já pertenciam a Deus, os quais já de antemão tinham sido eleitos, escolhidos, predestinados antes da fundação do mundo.

Em seguida disse Jesus: ( Tu mos confiaste).-----(João 14. 6) disse Jesus; “Eu sou o caminho, a verdade e a vida e ninguém vem ao Pai senão por mim”. O único meio de graça que alguém pode chegar a Deus, é através de Jesus, por isso é que Jesus disse que Deus lhes confiou os seus escolhidos a ele. Mas, Deus fez muito mais do que confiar a Jesus as nossas almas, (João 6. 44) disse Jesus: “Ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou, não Trouxer”. Isso significa que nós fomos um dia procurados, buscados, trazidos, e entregues a Jesus, para que através do seu sacrifício vicário da Cruz, pudéssemos ser justificados, purificados no seu sangue remidor.

Qual é o mistério? Qual é o segredo? Como posso ter certeza, que eu sou um eleito de Deus?.
(João 10. 27) disse Jesus:”As minhas ovelhas ouvem a minha vós, e me seguem”. Isso só pode fazer quem é ovelha, porque ao ouvir a vós do pastor á reconhecimento, á identificação, porque á esperança, porque á confiança na vós do seu pastor, porque quem de fato é ovelha, tem sensibilidade já pré-estabelicida, tem natureza de ovelha, tem ouvidos de ovelha, e assim confiantemente pode segui-lo, como nós o fazemos hoje, certos de que o Senhor Jesus é o Bom Pastor, e nos levará em segurança de volta pra casa, após ter vivido esta fantástica experiência humana.

Essa é a nossa experiência, porque um dia nós ouvimos a vós do supremo Pastor a nos chamar através da sua palavra, que foi ouvida, pregada, que foi cantada, que foi anunciada e nós ao ouvirmos, o nosso coração se encheu de esperança, e de fé e nossa vida foi transformada.-----Este é o sinal característico de que somos ovelhas do seu pastoreio, porque ele disse: “As minhas ovelhas ouvem a minha vós e me seguem”.(João 10.26) também disse Jesus:”Mas vós não credes, porque não sois das minhas ovelhas” o que Jesus diz aqui é, que neste mundo existe os salvos que são chamados de (Ovelhas) e os não salvos chamados de (Cabritos) (Mateus 25. 32) E todas as nações serão reunidas em sua presença, e ele separará uns dos outros, como o pastor separa dos cabritos as ovelhas.

O Senhor Jesus aqui na sua oração sacerdotal, intercedendo a favor dos seus discípulos, no (Ver. 9)Ele diz: “É por eles que eu rogo, não rogo pelo mundo”. O que podemos entender é que Jesus orando a seu Pai dizia; é por ESTES que eu oro---- é por estes que eu intercedo---- é por estes que eu vim ao mundo---- é por estes que eu morro numa Cruz maldita--- é por estes que eu assumo a maldição dos seus pecados---- e em seguida ele disse: “Eu não faço isso pelo mundo, mas por aqueles que tu me deste”. (Exclusividade gloriosa, restrita dos eleitos do Pai) Oh! Gloria, Aleluia..
Há!........ quando um crente pode entender isso, que alegria indizível invade seu coração, em saber, eu também faço parte desta “Galeria gloriosa dos redimidos do Pai”, porque um dia ele abriu os meus ouvidos para que eu pudesse ouvir a sua vós, porque um dia eu fui chamado, buscado, trazido, por sua misericórdia e graça e levado como um presente precioso aos pés benditos de Cristo Jesus, e recebemos, Salvação, justificação, purificação no seu sangue, derramado na Cruz infamante do calvário.

( 1 João 1. 7) “O sangue de Jesus o seu filho nos purifica de todo o pecado”. É garantia inquestionável, segura da nossa vitória, porque ela foi comprada, paga, carimbada com o sangue que nos lava, que nos regenera, purifica, justifica, e que nos da o direito de entrarmos pelas portas no descanso eterno por graça e misericórdia, de um amor tão antigo e eterno de Deus o nosso Pai.

A ele toda gloria para sempre, Amém.
Sermão pregado em 05-05-10

2 comentários:

Samuel Balbino disse...

Graça e paz amado! Obrigado pela visita ao meu blog, é uma honra tê-lo me prestigiando. Realmente a Graça de Cristo me atraiu a ele irresistívelmente, não entendo por que nossos irmãos pentecostais negam essa verdade e limitam a soberania do nosso Deus. Mas que possamos apesar disso continuar levando a palavra da Verdade. Fomos chamados para esse propósito! Gostei muuito desse seu post, essas é uma das doutrinas que mais me apaixona.

Rev. Alex disse...

Irmão Eneas parabéns pelo Blog. Estou seguindo.
Abraços,
Pr. Alex

Postar um comentário

Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger