quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

MINHA GRATIDÃO !




MINHA GRATIDÃO !

NATAL!...dia de festas, dia de manifestarmos alegria pelo maior e mais precioso de todos os presentes que ganhamos do Pai; a sobrenatural, graciosa e divina encarnação de Cristo Jesus o nosso amado Salvador. Mas, também é dia de agradecermos a todos os amigos e amigas, irmãos e irmãs que durante este ano de 2011 passaram por aqui; assídua ou esporadicamente leram meus postes, e que deixaram seus comentários, e assim, incentivaram-me a continuar o meu trabalho. Portanto, prostro-me diante do trono da graça do Pai em oração, pedindo que as ricas bênçãos dos céus recaiam sobre a vida de todos vocês, meus amados .

UM FELIZ NATAL! E PROSPERO ANO NOVO COM CRISTO JESUS, O NOSSO MAIOR PRESENTE, RAZÃO DA NOSSA ETERNA ALEGRIA!!!

Um forte abraço
Enéas C. Lara

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

NÃO FAÇA DA GRAÇA O SEU LEILÃO!!!

"Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie"(Efésios 2. 8-9)


Se tornou comum nas grandes capitais principalmente, a prática de grandes leilões de bens diversos oriundos de bancos, financiadoras, seguradoras que anunciam em jornais com antecedência, o local e os bens a serem vendidos ao sabor de cada batida do martelo. Essas vendas atraem um grande numero de pessoas interessadas na aquisição de bens por um preço bastante reduzido, e daí, o despertar a concorrência de numerosa multidão.
No mundo Espiritual, infelizmente temos visto uma espécie de leilão. Há leilões cujo convencimento, é pregação de que salvação só é possível através de penitencias, muitas rezas, sacrifícios diversos para que o pecador alcance perdão dos seus pecados. Há leilões que afirmam que é pela caridade, e esmolas que fizermos, ou seja; é pelo mérito de boas obras. Há leilões que pregam que só seremos salvos e vitoriosos se dermos o tri-dízimo, além de generosas ofertas porque quem não semeia não colhe.

E há ministérios que para arrebanhar seguidores andam oferecendo o Céu por um preço de uma barata pechincha. Alguns falsos profetas oferecendo prosperidade, riqueza, bens materiais, saúde, a solidez de um matrimônio feliz, a reconstrução de lares destruídos etc. Para isso, dizem aos incautos que postulam conseguir toda essa felicidade que é preciso primeiro semear, porque, quem não semeia não colhe.
Contudo, a palavra de Deus e o seu ensinamento contradiz tais vantajosas ofertas, as quais tem seduzido milhões de pessoas. São leilões fictícios; são balcões de negócios que iludem as almas. (Boas obras não salvam. A caridade não salva. Crenças não salvam.) O demônio também tem fé, e faz caridade como anjo de luz, embora caído, o qual se fez um contumaz mentiroso. E está eternamente perdido para sempre! Só o evangelho genuíno da graça não oferece leilão ao povo.
O evangelho é diferente. Ele traz aos pecadores o convite de um banquete gratuito, sadio, bom, de vida eterna, de águas cristalinas, de pão generoso e abundante, de perdão eterno. (Isaias 55) Este grande profeta de Deus fez ecoar as boas novas da vinda daquele que haveria de vir trazer descanso, refrigério, salvação, esperança para todas as almas. Ele começa no (Ver. 1) “Ah! Todos vós, os que tendes sede, vinde ás águas; e vós, os que não tendes dinheiro, vinde comprai e comei; sim, vinde e comprai, sem dinheiro e sem preço, vinho e leite”.
Assim, quando a bendita promessa se cumpriu na vinda de Cristo Jesus ao mundo, Ele prosseguiu a fazer o mesmo convite: “Vinde a mim......todos!” Pedi, buscai, batei”.......”Quem tiver sede, beba de graça”.........”Eis que estou a porta e bato”.........O evangelho de Cristo Jesus não busca interesses escusos, não engana os homens com falácia, com promessas tendenciosas e desvirtuadas do contexto santo da palavra de Deus. A gloria celestial não é conquistada meritóriamente através de barganha com Deus, por sermos generosos ofertantes, por passarmos noites em vigílias nos montes, fazermos costumeiros jejuns, mas sim, ela nos é oferecida por graça mediante a fé (e isso não vem de nós) é um presente de Deus (Efésios 2. 8)
Agora, quando a graça é acionada por intermédio do agir do Espírito Santo que nos convence de pecados, então somos invadidos por uma grande tristeza que nos traz arrependimento, e assim pela somos salvos através do sacrifício do vertido sangue de Cristo Jesus naquela infamante Cruz.

A grande infelicidade da família Brasileira é viver hoje bombardeado pelos anúncios de atraentes leilões religiosos. Portanto, se faz necessário uma ação urgente, que as igrejas e ministérios realmente compromissados com a verdade do Evangelho genuíno da graça de Deus, que eles apregoem, assim como (Isaias 55) fez, a oferta de graça, sem preço, e sem dinheiro.
Que você meu amado irmão reflita nesta palavra, e como um servo fiel cumpra o seu dever da outorgada missão do “IDE” de Jesus!
Que Ele de nós tenha misericórdia. Amém

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

UM POÇO CHAMADO BEER-LAAI-ROI !



Texto Básico: (Gênesis 16. 14)

A Palavra de Deus nos relata uma emocionante história da vida de um grande servo de Deus, chamado Abrão. Ele era casado com Sarai, e tinha recebido de Deus uma grande promessa de ser Pai de uma grande nação. Contudo, a sua mulher Sarai era estéril. O tempo passava e a promessa não se cumpria. Então, Abrão reclama com Deus dizendo: “Senhor Deus, que me haverás de dar, se continuo sem filhos?(Gênesis 15. 2). Deus então, conduz Abrão até fora da casa e lhe disse: “Olha para os céus e conta as estrelas, se é que o podes. E lhe disse: “Será assim a tua posteridade”.

Contudo, os anos se passaram, e com eles as possibilidades físicas e humanas também. Abrão agora com (100 anos de idade) e sua esposa Sarai com (90 anos) a esperança da divina promessa humanamente tinha-se desvanecido. Então, um pensamento terrível ocorreu no coração de Sarai. Ela disse a Abrão: “Já que Deus tem me impedido de dar a luz filhos,(Gênesis 16. 2)eu vou resolver este problema”. Toma a sua serva egípcia por mulher, e assim a promessa vai ser cumprida. Mas quando Hagar fica grávida, Sarai enciumada, passou a desprezar, e maltratar ela, tanto que teve que fugir para o deserto. Quando Hagar vagando pelo deserto se aproxima de uma fonte de água, eis que lá estava um anjo do Senhor que lhe questionou sobre o porque de ela se encontrar naquele lugar. Ela respondeu: “estou fugindo da minha senhora”. Disse-lhe o anjo: “volte à sua senhora e humilha-te sob suas mãos”, e acrescentou o anjo do Senhor: “Multiplicarei sobremodo a tua descendência, de maneira que, por numerosa, não será contada”

Após ter recebido essas palavras, Hagar chama aquele poço de (Beer-Laai- Roi), o que significa “poço Daquele que vive e me vê”. Há!.......existe em nossas vidas momentos em que sentimos sozinhos e, temos a impressão de estarmos completamente abandonados, e até chegamos a duvidar de que Deus esteja vendo o nosso sofrer, e permitindo a nossa dor. Isso pode ocorrer, quando nós tiramos os olhos de Deus e começamos a olhar para nós mesmos, e então começamos a ter pena de nós e pensar; (eu não merecia isso). Jamais devemos esquecer que os olhos de Deus percorrem toda a terra, e está atento para todas as nossas necessidades.

Meu irmão, amigo, leitor desta mensagem, deixa eu te dizer uma coisa: aquele que investiu em você nada menos do que a vida do Seu unigênito Filho, que pagou o mais alto de todos os preços com a doação da Sua vida, derramando o Seu sangue inocente naquela maldita Cruz do calvário para te salvar, você acha mesmo que depois desta prova imensurável, inquestionável de amor maior, Ele vai- te abandonar?
Fique seguro de que Ele estará com você, seja quais forem as circunstâncias desfavoráveis em que estiver, Ele sempre estará presente. E se puder crer nisso, ainda que a dor e o gemido arranque dos seus olhos quentes e abundantes lágrimas, saiba que os Seus braços eternos estarão abertos para te acolher, e oferecer do Seu bálsamo curador o consolo e conforto para a tua vida.

Não devemos nunca esquecer estas palavras de Hagar:Beer-Laai-Roi”, que significa: “AQUELE QUE VIVE E ME VÊ.”
Que o Deus que nos vê e que sempre está conosco, te abençoe em nome de Jesus!

sábado, 10 de dezembro de 2011

O DIA DA BIBLIA !



BIBLIA; O VIVO E ETERNO MILAGRE DE DEUS !
Texto Básico: (I Pedro 1. 24)
Seca-se a erva, e cai a sua flor; a palavra do Senhor, porém, permanece eternamente
.

É nestas palavras que reside a nossa perseverança e a segurança de nossa caminhada da fé. O termo usado – palavra – significa o registro, o livro, a voz impressa, a promessa amorosa, irrefutável, inquestionável por Deus feita . Que revelação grandiosa, imensurável é a desse livro!. Sobre ele tem passado o fogo, a água e o sangue! Nenhum outro livro jamais foi tão odiado pelos homens perversos e, tratado de modo tão irreverente e abusivo pelos homens chamados de “fiéis”. Ele foi perseguido, proscrito, interditado, excomungado, queimado pelos homens oriundos da era diabólica que, com todo o empenho tentaram destruí-lo; todavia, ele continua sua marcha com toda firmeza. No passar dos tempos surgiram opositores contra ele de várias formas; alguns se gloriando de novas descobertas, ou de encontrar nele alguma falha fatal que viesse comprometê-lo, e desacreditá-lo.

Todavia, os críticos e inimigos passam, suas asseverações dogmáticas são desmascaradas, e, assim, o grande e antigo livro adquire força cada vez mais crescente. Com grande tristeza ainda vejo hoje, quanto abuso tem ele sofrido dos seus supostos amigos e seguidores! Tem sido mal traduzido, distorcido, incompreendido, e erroneamente ensinado. Tem sido adorado como um ídolo e consultado como um oráculo supersticioso. Sua mensagem tem sido torcida, adulterada para provar quase tudo em conformidade com escusos interesses pessoais. Foi usado como justificativa em favor da escravatura, da poligamia, da terrível inquisição, da queima das chamadas bruxas, do poder opressivo e dominante e, conseqüentemente das justificadas depravações em todos os tempos. Não obstante, a despeito de tão ferrenha e obstinada oposição, a Bíblia permanece triunfante, vitoriosa em poder, majestade, gloria porque ela não simplesmente contem a palavra de Deus, mas ele é a palavra de Deus.

O Senhor Jesus falando dela disse: “Examinai as Escrituras, porque julgais ter nelas, a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim”(João 5. 39).
E ainda (João 5. 24)” Disse: “Em verdade, em verdade vos digo: quem ouve a minha PALAVRA e crê naquele que me enviou tem a vida eterna, não entra em juízo, mas passou da morte para a vida”.

Por tudo isso, é inegável ser a Bíblia o vivo e grande milagre de Deus, que por sua misericórdia e graça nos permitiu tê-la, e dela recebermos ensinamento, admoestação, fé, alimento nutritivo para nossas almas, e a consoladora esperança da nossa eterna salvação.

Com sincera gratidão louvamos ao nosso Deus, por este presente grandioso, esta dádiva de imensurável amor; a BIBLIA SAGRADA.



Que a Ele seja a honra, o domínio, a gloria, poder, majestade para todo o sempre Aleluia..........!

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

ESTE IMPLACÁVEL E PRECIOSO TEMPO !




Existiu em cada um de nós, o momento divino, gracioso, magistral em que recebemos do criador a ordem: “COMEÇA!!!..... Então, o milagre do primeiro pulsar do nosso coração, deu inicio a nossa existência humana. E tão somente por este decreto, o (Tum, Tum,) ritmado do nosso coração começou a marcar a vida e, sua continuidade. Por outro lado, esse mesmo (Tum, Tum,) que pela ordem de Deus começou a funcionar, também implacavelmente marca o tempo regressivo que nos conduz a morte.

Se ao festejarmos a cada acrescido segundo, que o pulsar marca em nossas vidas, não podemos esquecer que também é esse mesmo segundo, que o relógio regressivo implacavelmente, diminui o tempo da nossa existência humana. O qual jamais poderemos recuperá-los. Permita-me fazer-te uma pergunta: Qual é a coisa mais preciosa que você tem em sua vida? Acho que talvez respondesse; é a minha família, ou, minha casa, meu emprego, bens materiais etc, etc. É claro que tudo isso é bastante relevante mas, a pergunta é; qual a mais preciosa? Considerando o (Salmo 139. 16) onde diz: “Que todos os nossos dias, foram escritos e determinados, quando nenhum deles havia” Isto é; quando Deus deu ordem ao inicio da vida, ele também determinou o momento do fim. Estamos circunscritos à limitação do tempo, e isso o faz imensamente precioso para nós, cada segundo desta concessão graciosa.

Não existe nada de maior valor para nós, do que o tempo. Porque cada segundo vivido é irrecuperável. Você pode perder a saúde mas, a recupera, perde bens materiais e torna recuperá-los, perde a família, e pode reconquistá-la novamente. Contudo, o tempo perdido é impossível reconquistá-lo. Tempo é um presente que Deus nos deu para usufruirmos dele, diligentemente com prudência, e com grande alegria e manifestada gratidão. Se você ainda não percebeu o valor do tempo, pense no atleta Olímpico que por causa de um milésimo de segundo perdeu o titulo. No condenado a morte vivendo a véspera da execução. Nos namorados aguardando o reencontro, e coisas assim, que faz com que encontremos no tempo o seu precioso valor.

Se o tempo é algo tão precioso, deixa-me fazer-te outra pergunta: O que você tem feito com o seu tempo? Tem vivido na presença de Deus?, tem usado deste privilégio glorioso para retribuí-lo com incansável trabalhar na sua seara? Todos nós somos servos do Senhor, e haverá um dia em que ele vai pedir conta da nossa mordomia. E aquele que for negligente, improdutivo, já tem o veredicto anunciado. (Mateus 25. 14). A palavra de Deus nos adverte a remir o tempo, porque os dias são maus (Efésios 5. 16)

Que possamos estar alerta com a advertência do Senhor Jesus em (Apocalipse. 1. 3) Diz o Senhor: "Bem-aventurado aqueles que lêem e aqueles que ouvem as palavras da profecia e guardam as cousas nelas escritas, pois o TEMPO está próximo".



Que Deus te abençoe grandemente meu amigo e irmão. Amém !

domingo, 4 de dezembro de 2011

O NATAL !



Texto Básico: (Lucas 2. 10-11)
Hoje vos nasceu, na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor”. Acredite aconteceu!!!.O imensurável amor que se revelou na simplicidade de uma humilde manjedoura.
Para quem conhece Deus, e tem com ele um relacionamento,um compromisso de vida, esta data do Natal (seja ela real ou não), deve ser vista por nós como a prova de um amor imensurável, por Ele um dia ter-nos criado, e amado com amor eterno. Ele preparou um jardim, um pedacinho do Céu aqui na terra, um lugar maravilhoso, e ainda Santo, onde as delicias de frutíferas arvores eram para seu alimento. Um lugar criado pelos dedos de Deus. Você pode imaginar com que carinho e grande amor Deus criou este lugar?

Mas, o homem por seu orgulho em querer ser igual a Deus, se livrar da sujeição do seu criador, ele deu ouvido ao diabo, e assim, trocou a dádiva do presente do glorioso jardim do Éden, por uma enganosa, falsa, e maligna promessa que o diabo fez, e assim, caiu em pecado afastando-se do seu criador. Mas, o amor de Deus ele é verdadeiro profundo eterno, ele poderia ter destruído essa criatura infiel, desobediente, e ter criado outra sem pecado.
Contudo, esse AMOR incompreensível, divino, gracioso que extrapola, a nossa capacidade humana de entender, Ele disse: Gênesis 3-15; “Da semente da mulher virá um que esmagará a cabeça da serpente”. Você pode entender o que prometia Deus por causa do amor a sua criatura? Qual era o tamanho do preço a ser pago? Qual o limite da sua humilhação? Até onde chegou o Criador por causa do pecado do homem? Você pode entender o quanto custou a tua Salvação? Por favor pare aqui!..... reflita?... Pense?.....Que ele um dia viria a este mundo se entregaria para morrer numa cruz, e que se humilharia a tal ponto de se fazer criatura, para morrer por essa criatura, e assim restaurá-la, reerguê-la, refazê-la, lavando o seu pecado no seu sangue vertido naquela até então maldita Cruz, para assim satisfazer a sua justiça..

Sua promessa foi cumprida. Ele veio e nasceu um dia em Belém da Judéia, data esta da nossa comemoração, do nosso jubilo, da nossa alegria, e da nossa eterna gratidão por este amor tão antigo, e tão presente, que nos aquece, que nos da alento, razão e sentido para viver na esperança de reaver, o nosso paraíso que um dia fora perdido. E, por tamanho amor cumpriu a sua missão de resgate, pagando o preço do nosso odioso pecado. Ele vitorioso rompendo as cadeias da morte, triunfante subiu a gloria, e foi preparar-nos lugar, agora para nunca mais perder, mais para que nós possamos ficar com ele por toda a eternidade no gozo eterno.

Que esta noite, seja só de gratidão por nosso Deus que tem um amor fiel, extremado e pede que nós o amemos assim como ele nos amou. Que haja envolvimento, compromisso, renuncia e que seu amor e santidade, seja a transparência viva e refletida em nossos corações, e em nossas ações e atitudes, para glorificação do seu Santo Nome. No entanto, se Deus em seu agir extrapolou a nossa limitada capacidade de compreender seu amor, de igual modo também o é a sua justiça . Disse Jesus: João 3-36Quem crê no filho tem vida eterna; o que todavia se mantém rebelde contra o filho não Vera a vida, mais sobre ele permanece a ira de Deus”.
Que nesta noite de Natal, a nossa razão seja só para agradecer a Deus pelo presente recebido, e por tudo o que ele nos fez, pelo seu nascimento na humilhação de uma manjedoura, pela gloriosa e divina passagem por este mundo, e pela redenção feita na cruz infamante do calvário. Se o seu nascimento é para nós razão de festa, de alegria, de vitória, a sua ressurreição redentora, é o glorioso passaporte pago, selado, e carimbado com o Seu precioso sangue, para a vida eterna, o qual graciosamente ele nos outorgou, para que vivamos com ele harmoniosamente no cumprimento da sua palavra.

A Ele seja toda a gloria, honra, poder, majestade para sempre. Amém !.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

SEPARAÇÃO UMA REALIDADE IMPRESCÍNDIVEL!



"VÓS NÃO SOIS DO MUNDO, DELE VOS ESCOLHI"
Texto Básico:(João 15. 19)


Uma jovem crente que não via qualquer mal ou prejuízo em participar de tardes dançantes em um clube, certa vez enquanto dançava com um jovem quiz evangelizá-lo. Então este perplexo parou, e perguntou: Não me diga que você é crente? Sim respondeu a jovem. “Sou cristã” “Bem, então pelo amor de Deus o que você está fazendo aqui? Pensei que crente fosse alguém diferente. Há!.........O mundo espera que o cristão seja alguém como uma incandescente luz que não se misture com as trevas, porque se não houver uma linha demarcatória, então como é que as pessoas saberão de que lado estamos nós? A separação foi sempre o padrão de Deus.---- Abraão teve de deixar a sua terra, e a casa de seus pais, e em completa separação teve de ir, sem saber para onde. Moisés recusou ser chamado filho da filha de Faraó, escolhendo antes sofrer aflições com o povo de Deus do que gozar durante algum tempo os prazeres do pecado; considerou sobremaneira a sua fidelidade ao Deus do seu povo, do que as riquezas e prazeres do Egito. Assim, também aconteceu com os Israelitas. Eram um povo especial, inteiramente separado das nações representando o Senhor dos Senhores, o Deus todo poderoso.

Também, podemos ver em (Esdras 9- 10) e em (Neemias 13), quando o povo quebrou a linha de demarcação através de casamentos mistos, então, Deus agiu severamente para com o pecado praticado da mistura com povos pagãos. Os casamentos tiveram de serem desfeitos e as esposas tiveram de serem devolvidas. A santificada separação continua hoje a ser o padrão e a chamada de Deus para o seu povo, (Hebreus 12. 14) “Sem santificação ninguém verá a Deus”. Somos peregrinos, estrangeiros numa terra estranha, porque embora nós amemos esta vida, aqui não é o nosso lugar, muito pelo contrario disse Jesus: “Vós não sois deste mundo porque dele vos escolhi” (João 15. 19). E por sermos forasteiros em peregrinação enquanto aqui, foi que os poetas sacro ( E.R.Smart – E.T. Cassel) escreveram este belo hino (288 do Hinário Evangélico)
Sou forasteiro aqui, em terra estranha estou,
Celeste Pátria, sim, é para ponde vou.
Embaixador por Deus, do reino lá dos céus,
Venho em serviço do meu Rei!.

Porque a evidência da vida separada está nas atitudes de um coração transformado.. “Não ameis o mundo nem as cousas que há no mundo. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele”(I João 2. 15) Somos humanos e esta carne que nos reveste é daqui, e se deixarmos ser dominados por nossos corruptos corações, (Jeremias17. 9) então, seremos seduzidos pela irresistível especiarias da mesa de satanás, que fartamente nos é oferecida. E isso tem ocorrido quando copiamos as praticas do mundo e trazemos para dentro das igrejas até por uma boa intenção, mas tendo a aparência das obras pecaminosas do mundo, estaremos cometendo pecado. O apostolo Paulo nos diz: “Fugi de toda a aparência do mal”.
Infiéis, não compreendeis que a amizade do mundo é inimiga de Deus? Aquele, pois, que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus” (Tiago 4. 4). Aquele que ama o mundo não ama a Deus. Qual é pois a tua atitude? Já se fez esta pergunta? Tenho amado mais o mundo, ou a Deus?. Tenho sido imitador de Deus, ou do mundo (Efésios 5. 1)

Que possamos estar refletindo na advertência da palavra de Deus. Que Ele vos abençoe em nome de Jesus. Amém!





segunda-feira, 28 de novembro de 2011

O REFUGIO VERDADEIRO !




Me permita fazer-te uma pergunta?

Como vai a tua vida? Esta navegando em águas tranqüilas e serenas? Goza de todas as bênçãos dos Céus?. Muito dinheiro, muita fartura, saúde, alegria? Não !.....Hum !..... A vida não tem sido “um mar de rosas” não é mesmo?. Se fosse assim Jesus não teria dito: “No mundo passais por aflições”. Mas, a misericórdia de Deus é tão grande que ele providenciou um meio de graça para alcançar um refugio verdadeiro no meio das tormentas e das tempestades que abater sobre nós.” Que é a oração” um direito glorioso da GRAÇA, de podermos dialogar com o Pai, contar à ele das nossas necessidades e, aflições.

O grande Servo de Deus Davi escreveu o (Salmo 46. 1) E ele disse: “Deus é o nosso refugio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações”. Entretanto, para acessar à esse refugio naquele tempo não era tão fácil assim. Tinha todo um processo à ser seguido. Somente o sacerdote depois de se purificar com a imolação de um animal sobre o altar, podia então interceder a favor de alguém, e isso, demandava muito tempo diante das necessidades de milhares de pessoas.

O amor incomensurável de Deus o levou a entregar o seu Unigênito filho Jesus como sacrifício vivo e eternamente eficaz para socorrer o necessitado nas suas tribulações. Um dia a terra e Céus foram testemunhas de um “Santo Brado” que mudou a historia do mundo. Estávamos separados de Deus pelo pecado, de comunicação totalmente cortada, com um véu que nos impedia a aproximação com Deus. Por que o pecado faz separação entre Deus e o homem. Um dia um angustiante e sofrido Grito;Esta Consumado!!!. Ecoou naquele maldito, horripilante, e revoltante monte das Caveiras, transformando a aparente derrota em gloriosa vitória, rasgando o sofrido véu que nos separava de Deus e dando-nos o divino privilégio de poder falarmos com o Pai a hora que quisermos, e no lugar em que estivermos. Agora a comunicação foi restabelecida, o entrave foi retirado, a divida foi paga.

E agora, quando Deus olha para o indigno pecador que clama por seu nome, ele não vê nenhum pecado, nenhuma impureza, nenhuma mácula, porque ele olha através do sangue precioso do seu filho Jesus derramado naquela infamante Cruz. Então, ele pode ver-nos dignos, santos, purificados, alvo mais que a neve. (1 João 1. 7) “O Sangue de Jesus o seu Filho, nos purifica de todo o pecado”. Agora meu irmão quando você orar, os ouvidos de Deus se abrem para ouvir o seu clamor, e a sua misericórdia santa se move para te socorrer.
Talvez a resposta não seja exatamente conforme o seu pedido, porque Deus sabe o que realmente é bom para você, e como ele é um Pai amoroso dará sempre a melhor benção.

Meu irmão, você que esta lendo esta mensagem creia com toda fé do teu coração, que por mais que seja a tua angustia, por mais que seja a tua dor, ainda que não veja humanamente nenhuma saída, não olhe para o problema com olhar de Sara, que desistiu de Deus e quis resolver o problema por si mesma. Mas use o expediente gracioso da desimpedida linha diuturnamente e fale com Deus, Ele esta esperando a tua ligação. Ore quando precisar, mais Ore também quando não precisar, somente para agradecer. DEUS TE ABENÇOE!.
.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

terça-feira, 22 de novembro de 2011

A INÚTIL ANSIEDADE DE CADA DIA !



Texto Básico: (Filipenses 4. 6)”Não andeis ansiosos de cousa alguma

O Senhor Jesus conhecendo profundamente a criatura humana e, sabendo que é inerente em nós existir algo desconfortável e prejudicial que tem roubado de muitas pessoas, anos de sua existência que é a Ansiedade. Então, ele passou-nos a ensinar segundo o registro do grande sermão do Monte (Mateus 6. 25-34). Porque a ansiedade não controlada, trás acentuada tristeza, e isso provoca desencadear outras enfermidades do sistema emocional, cujo resultado muito faz sofrer o ansioso, como também a todos que convivem ao seu lado.

Para tanto disse Jesus: “Qual de vós, por mais ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado ao curso de sua vida? (Mateus. 6. 27). O que Jesus está nos ensinando é que, ficar ansioso não resolve problema algum, é inútil, é perca de tempo, é como correr atrás do vento. Aqui neste maravilhoso sermão do Monte, ele disse que a única solução é aprender a confiar nas providências de Deus. No (ver. 31) “Não inquieteis com o amanhã”. Ou seja; não sofra por antecedência, confie em Deus. O Salmista Davi nos aconselha dizendo: “Entrega o teu caminho ao Senhor confia nEle”. Porque a ansiedade além do natural sofrimento que trás ao homem, é uma violência, uma afronta contra o amor com que Deus cuida de nós. Ser ansioso é o mesmo que duvidar das promessas e do amor de Deus.

Preste atenção no que disse Jesus no (ver. 32)” Porque é os gentios que procuram essas coisas”. São os gentios que vivem correndo pra lá e pra cá atrás do seu pão, e nessa busca obstinada, fazem da vida uma guerra sofrível, que para conseguirem seus objetivos muitas vezes gananciosos usam de meios ilícitos como mentir, trapacear, roubar, matar. Entretanto, a nós que somos filhos de Deus, é inadmissível tal procedimento, porque será uma grande ofensa perante Deus a nossa manifestada insegurança da nossa ansiedade. É como dizer a Deus, que nós estamos sozinhos, e que Deus nos abandonou. Este sentimento que é sem duvida um pecado, uma afronta, uma ingratidão à aquele que nos amou sobremaneira com amor eterno. Infelizmente este mau é universal que tem abrangência entre todos os povos,o qual é uma grande tolice humana, e uma inútil perda de tempo.

O apostolo Paulo juntamente com o apostolo Pedro se preocuparam também com esta séria e perturbadora incidência nos corações dos homens, e Pedro nos aconselhou dizendo: “Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós”(I Pedro 5. 7) Tanto Pedro como ultimamente Paulo, viveram e aprenderam com Jesus que a ansiedade é um sentimento inútil . “Qual de vós pode acrescentar um dia, uma hora um minuto no curso de sua vida? (Mateus 6. 27) Por outro lado o Senhor Jesus nos conforta dizendo: “ Se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada ao fogo, não vestirá muito mais a vós, homens de pequena fé” (Mateus 6. 30).

"Agrada-te do Senhor, e Ele satisfará os desejos do teu coração" (Salmo 37. 4)

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

SEDE IMITADORES DE DEUS COMO FILHOS AMADOS!



Texto Básico: (Efésios 5. 1)

O grande filósofo Aristóteles discípulo de Platão, disse que imitar é algo congênito no ser humano. Já nascemos com essa forte tendência para imitação. É justamente o que comprovei certo dia estando sentado em uma praça de alimentação de um grande Shopping na cidade de São Paulo. Enquanto aguardava a garçonete trazer meu pedido, observava ao meu lado muitos jovens que possivelmente fossem torcedores do time do (Santos Futebol Clube) e ou, simpáticos do jovem atleta Neymar. Porque, um grande numero deles usavam o mesmo corte de cabelo(diga-se de passagem um tanto estranho) mas, que fez a cabeça dos adolescentes, jovens, e até de pessoas de maior idade.

Então, ponderei nas razões das pessoas para imitar uma outra. Talvez, seja um ídolo do esporte, um ator de teatro, telenovelas, um comediante, escritor, poeta etc, etc. Os estudiosos desse comportamento afirmam ser uma atitude complexa, pois vai de uma simples homenagem, até uma doentia e descontrolada paixão que se nutre por seu ídolo. Entretanto, por outro lado o grande apostolo Paulo conhecendo essa tendência humana, e aproveitando este gancho, usa deste fator que nos é natural para trazer-nos uma grande lição.(Efésios 5. 1) “Sede imitadores de Deus como Filhos amados”. A grande diferença é, que na imitação humana por outro ser humano, por mais apaixonada que seja, ela é descompromissada, temporal, limitada, falível, restrita as circunstâncias. Contudo, ser um imitador de Deus não depende de fantasias, paixões, forças humanas, vontade própria, e nem tão pouco por merecimento através de boas obras que praticarmos. Depende antes de tudo, da escolha que é feita unicamente pelo próprio Deus.


O Senhor Jesus é que fez esta afirmação.(João 6. 44) “Ninguém pode vir a mim se o Pai, que me enviou, não o TROUXER”.
Porque, Deus é Senhor da eternidade e nós não sabemos o porque fomos escolhidos, agraciados, salvos pelo beneplácito de sua vontade. Entretanto, diferentemente do ídolo e seus seguidores humanos, Deus exige de nós uma total transformação de vida, um comprometimento de tal forma que precisamos nascer de novo, renunciar a nós mesmos, tornando-nos em nova criatura

Deus não aceita seguidores simpáticos, nem tão pouco os pretensos postulantes que dizem crerem, contudo negando-O com suas obras. Para ser um imitador de Deus tem quer ser um seguidor convertido, compromissado, envolvido, que foi capaz de renunciar o mundo e sua gloria visível, palpável por uma invisível estabelecida num futuro porvir. E só pode fazer isso, aquele que foi tocado pela ação irresistível do Espírito Santo, que o ressuscitou dentre os mortos espirituais, dando-lhe vida e, injetando fé suficiente para crer, abrindo-lhe seus olhos para contemplar a graça maravilhosa do amor imensurável do nosso tão grande Deus. Porque, antes de tudo, não é por vontade própria, e ou, por decisão pessoal, muito pelo contrário é chamamento, é escolha, eleição predestinada que ocorreu antes da fundação do mundo por decisão unicamente de Deus.

(Efésios 1. 4) “Assim como nos escolheu nele, antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor nos predestinou para ele, para adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade”.
Se você meu querido irmão, é hoje um seguidor, cuja persistência de vida seja imitar a santidade de Deus, não se orgulhe disso, mas tema aquele que por misericórdia operou o milagre da salvação em tua vida. O qual disse: “Sede vós perfeito com perfeito é vosso Pai celeste”.


Que Deus te abençoe em nome de Jesus ! Amém



terça-feira, 15 de novembro de 2011



2 Reis 6. 17


Que honrosa e divina outorgação foi a nós concedida por Cristo Jesus, quando disse: (Mateus 5.14)Vós sois a luz do mundo, e o sal da terra”. Mas, tem muito mais promessa, (João 14. 23)Disse Jesus: “Que Ele faz morada, habitação em nosso coração” nos permitindo partilhar de sua Santidade, muito embora, vivendo aqui neste vale de lágrimas, mas com o coração inundado de sua divina gloria. Porque, por sua imensurável misericórdia nos comprou por preço tão grandioso, através do vergonhoso e sofrível calvário. Precisamos ser fiel a Ele, a este Senhor que não nos obriga, não nos força a fazer a sua vontade, mas simplesmente pede com amor, que andemos em novidade de vida. Não como um escravo que foi comprado por um altíssimo preço, mas sim, como Filho amado.

(Salmo 119. 18) diz: “Desvenda os meus olhos, para que eu contemple as maravilhas das tuas leis”. Que possamos pedir ao Senhor que nossos olhos sejam abertos, desvendados, para que possamos contemplar a beleza do nosso tão grande Deus, através das obras de suas mãos e, assim, possamos encontrar nEle descanso, proteção, regozijo como Davi, que contemplando a beleza de um céu estrelado, obras grandiosas de Deus o criador, podia ver nelas o próprio Deus. Mas, não só ver, como também ouvir está mensagem real, gloriosa, altissonante proclamada onde Deus continua ininterruptamente a nos dizer: “EU SOU O TEU DEUS!”.
(Hebreus 13. 5)De maneira alguma, te deixarei, nunca jamais te abandonarei”

Meu irmão! Se conscientize da gloria tremenda que é a tua vida. Tire os olhos das restrições circunstanciais sofríveis que limitam o teu viver e, estenda o teu olhar para a infinitude visível da gloria de Deus e, se encontrar em ti gratidão por tudo o que Deus fez em tua vida; então glorifique-O agora Aleluia !!!!

sábado, 12 de novembro de 2011

A PRECIOSA LIÇÃO DO MESTRE !



O Senhor Jesus disse: “Vós me chamais o Mestre e o Senhor e dizeis bem; porque eu o sou”(João 13. 13).

Quando olhamos para Jesus nós aprendemos com ele não só de suas ricas e preciosas palavras de vida eterna, mas aprendemos também com seu modo de viver e agir. Descobrimos a comunhão, a seriedade, a pontualidade com que mantinha contato com seu Pai. E uma das coisas importantíssima que fazia, era que ele era madrugador, ou seja; levantava antes do raiar da manhã, para estar em comunhão com seu Pai. Aliás, ele vivia rigorosamente o que pregava. “Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça”.(Mateus. 6. 33). Também em (Marcos 1. 35) “Levantando-se de manhã, muito cedo, fazendo ainda escuro, saiu e foi para um lugar deserto, e ali orava”. (Ele não começava seu dia de atividade sem antes estar em comunhão com seu Pai. Que possamos aprender com Jesus, pois ele disse: “Porque eu sou Mestre e Senhor”.

Sabe meu querido, porque muitos de nós temos dias tumultuados, e passamos por angustias, perdas, aflições, tristezas? É porque muitas vezes começamos o nosso dia confiantes em nossas próprias forças, e nem sequer lembramos da dependência tão grande que temos de Deus. Muitas vezes, ao levantarmos cedo arrumamos tempo para organizar nossa agenda, nossos compromissos tomamos café e saímos para o trabalho esquecendo do principal,... (o tempo para ficar com Deus). O Senhor Jesus nos deu a maior de todas as lições, Ele disse: “Primeiro é o reino”, você pode entender porque Ele estabeleceu essa ordem? porque, se você buscar em primeiro lugar o seu reino, estará manifestando fé, esperança, dependência que Ele providenciará todas as outras coisas . “Pois ele mesmo é quem a todos dá vida, respiração e tudo mais”.(Atos 17. 25)

Meu irmão você quer uma vida abençoada e vitoriosa? Então aprenda com Jesus a dar prioridade do seu tempo para aquele que é detentor de todo o poder, e que tem tua vida em suas mãos, e pode transformar as suas impossibilidades em vitórias, seu choro em abundante riso. E ainda que, o nosso peregrinar nesta vida seja num vale estreito, de sombrio caminhar, tenha paciência resignação, mesmo que não entenda o porque, tem uma coisa; Ele sabe qual é a forma mais segura de te conduzir ao triunfo da gloria eterna. Lembramos do apostolo Paulo que estava sofrendo terrivelmente e que ele chamava de “espinho na carne” e ele orou por três vezes pedindo que o Senhor o curasse, (2 Coríntios 12. 8) O Senhor lhe respondeu: “A minha graça te basta” ou seja; (você vai continuar sofrendo com este espinho, porque ele lhe servirá de estimulo), “porque o poder se aperfeiçoará na fraqueza” então, Paulo entendendo o recado do Senhor disse: “ De boa vontade, pois, mais me gloriarei nas fraquezas, para que sobre mim repouse o poder de Cristo”.

Meu querido não questione a forma com que Deus dirige a tua vida, por mais sofrível que seja teu viver, você pode até não entender, mas Ele sabe o que é melhor pra você, afinal Ele por te amar tanto, investiu em tua vida o maior de todos preços, a vida do seu unigênito Filho. Há!.....Não esqueça do grande conselho do apostolo Paulo (ICoríntios 11. 1) “Sede meus imitadores, como também sou de Cristo”

Que Deus grandemente te abençoe em nome de Jesus. Amém!

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

DEUS É AMOR !








DEUS É AMOR!
Texto Básico: 1 JOÃO 4. 8

O apostolo João não diz que Deus tem amor, mais sim que “Ele é Amor” em toda a sua essência, em toda a sua natureza. E nós temos o grande privilégio hoje, de conhecê-Lo, ainda que obscuramente. Ele é um Deus de amor imensurável grandioso que se revela, que se deixa conhecer através da leitura da sua palavra, e visivelmente nas obras maravilhosas de suas mãos. Mais acima de tudo é um Deus de uma inflexível justiça. Quando Adão e Eva foram criados e colocados no jardim do Éden, e sendo tentados pecaram, a sua justiça tinha que ser cumprida, Então, como pecadores foram expulsos, porque o relacionamento foi cortado, interrompido porque Deus é Santo e não se relaciona com pecadores.
Mas, Deus que é amor, não deixou de continuar amando essa sua criatura que ele criou, e tanto foi grandioso seu amor que Deus fez a promessa.( Gênesis 3. 15) diz: “Da semente da mulher virá um que esmagará a cabeça da serpente”. Naquele exato momento, era Deus que se doava, se entregando a si mesmo na pessoa do seu unigênito filho para sacrifício de justiça, para levantar o homem caído, para resgatá-lo, justificá-lo e se tornar santo, mediante o lavar regenerador do sangue de Cristo Jesus.
Humanamente não podemos entender, a dimensão desse Amor de Deus, até onde Deus foi, numa extremada atitude, diante do pecado, da queda do homem, em se doar a si mesmo, de se humilhar ao ponto de fazer-se homem, nascer um dia na cidade de Belém da Judéia, e viver como um dos mais humildes cidadãos nazareno, vir a este mundo e morrer por esse próprio homem, para que pudesse, restaurá-lo para satisfazer sua justiça, e assim, esse homem pudesse tornar-se Santo e justo como ele é. (1Pedro 1- 16) disse Deus: “SEDE SANTO PORQUE EU SOU SANTO”.
Se Deus exigiu que nós sejamos Santos, como ele é, em suma dizia Deus: (Tenha em sua maneira de viver, em seus ideais, atitudes e ações, o viver na pratica de um principio, cujo valor entranhado no mais profundo da alma, seja o AMOR. Viva norteado e abalizado por esse Amor que é a essência mais gloriosa de Deus o Pai.

(1João 4-18) diz: “Aquele que não ama não conhece a Deus, Pois Deus é Amor.” No (Ver 11) diz; “Amados se Deus de tal maneira nos amou, devemos nós também amar uns aos outros”. Qual é a mais visível pratica de amor que nós podemos demonstrar ao nosso próximo?........
Conta-se a historia, que em uma cidade da china, havia uma praça, uma espécie de parque, onde muitas pessoas freqüentavam ali, e no fundo ainda em obras, tinha um grande precipício uma vala muito profunda, e esta ainda sem proteção. E para tanto contrataram um homem para vigiar e impedir que alguém se aproximasse daquele lugar perigoso. Um dia, um homem com problemas visuais caminhava em direção daquele lugar e, o vigia olhando para ele não o avisou do perigo, e este veio a cair e morrer em decorrência da queda.
O vigia foi preso e condenado à pena máxima. Porque?


Primeiro: ele deixou de cumprir sua obrigação e não avisou aquele homem, o perigo dos seus passos em caminhar naquela direção.

Segundo: agiu com indiferença a sorte daquele homem, foi frio, sem misericórdia, sem amor para com aquele homem que sendo cego, não podia ver o perigo que estava correndo, caminhando naquela direção.
Sabe meu irmão, e amigo leitor nós semelhantemente estamos aqui através deste blog, pra te avisar do perigo que é estar vivendo sem Jesus. (João 14. 6) disse Jesus: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim”. Só Jesus pode te salvar, só Jesus pode te levar junto a Deus, só Jesus pode perdoar teus pecados, porque só ele foi que um dia, se deixou morrer numa Cruz, para que você pudesse ter vida.
Em ultima estatística feita pelo (IBGE), se constatou que na cidade de São Paulo reside,

(11 Milhões de pessoas) e pelas respostas das pessoas, com respeito a sua religião, temos aproximadamente (Nove milhões de pessoas) que não conhecem Jesus o Salvador, e que portanto caminham a passos largos para o precipício do inferno. É o que esta escrito em (João 3. 36) “Por isso quem crê no filho (Jesus) tem vida eterna; o que, todavia, se mantém rebelde contra o filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus”.
Também a estatística nos afirma que morre aqui na cidade de São Paulo (+- 320 pessoas todos os dias) São pessoas partindo desta vida para a eternidade, muitas delas sem terem sidas avisadas do grande perigo, que é fazer esta passagem para a outra vida , sem ter aceitado a graça do Senhor Jesus que salva, redimi, purifica, justifica através do sangue precioso derramado na cruz do calvário.
Diante desse quadro alarmante, o que temos feito para demonstrar amor ao nosso próximo?. O que foi que Jesus nos mandou fazer?(Mateus 22-39,) “ Amai o teu próximo como a ti mesmo.”e disse mais, (João 15-14);Vós sois meus amigos, se fazeis o que eu vos mando". Será que eu tenho amado de verdade o meu próximo? este que muitas vezes caminha nesta vida ao meu lado, que goza da minha amizade, mora no mesmo prédio, e eu nunca lhe falei do evangelho de Jesus Cristo, da graça que salva, que transforma vidas,da condenação eterna para a gloria do senhor Jesus.
(Efésios 2- 10) diz o apostolo Paulo, “que nós somos feituras de Deus, criados em Cristo Jesus para as boas obras”. Isto quer dizer, que nós somos agora o resultado da vontade provinda da natureza Santa, misericordiosa, graciosa que emana do coração do Pai. Porque uma vez criados Nele, ou seja, saídos Dele, temos que transparecer, exteriorizar, refletir a mais cristalina essência da sua natureza Santa , que é AMOR.

O sinal mais evidente desta herança, desta graça a nós concedida por Cristo Jesus, é quando nós sentimos paixão pelas almas perdidas e, não nos acomodamos a ficar só dentro das quatro paredes da igreja, mas saímos em busca do pecador onde ele estiver (Mateus 28. 19) Disse Jesus: “IDE!........”, ou seja; saia do lugar confortável, e vá pregar, falar, testemunhar e para isso Ele nos deu a mais linda de todas as mensagens, que é a esperança da vida eterna, que só em Jesus se pode encontrar, porque ele nos comprou com o seu vertido sangue na Cruz sofrível do calvário
Que possamos ser como os lírios da pântano, que embora o mau cheiroso lodo circundante, em que vive, ele brota verdejante e desabrocha em uma linda flor perfumada, cuja fragrância suavizante, nos dá a lição, que embora vivamos num mundo mergulhado no fétido pecado que nos rodeia, devemos viver como Paulo escreveu (2Corintios 2. 15)Nós somos o bom perfume de Cristo",perfume que irradia fragrância de vida, de vitória, de transformação e, como um luzeiro colocado no velador, nossas vidas possam refletir o imensurável amor com que Deus nos amou. Porque DEUS é AMOR!.......

Que a graça do Senhor Jesus te abençoe , Amém !

domingo, 6 de novembro de 2011

O TRABALHO !




Texto Básico: (Gênesis 3. 17- 19) Disse Deus: “Maldita é a terra por tua causa; em fadigas obterás dela o sustento durante os dias de tua vida. No suor do teu rosto comerás o teu pão”.

Será o trabalho uma maldição? Ou conseqüência dela?
Ao olharmos para o texto acima, notamos que Deus ao amaldiçoar a terra por causa do pecado do homem, Ele não disse que o trabalho em si seria uma maldição. Vejamos a citação de (Gênesis 2. 15) Que Deus colocou o homem no jardim do Éden, e antes mesmo de pecar, quando ainda era santo, sua função era a de cultivar, e guardar o jardim. Portanto, foi criado para trabalhar. Em contrapartida o pecado cometido agregou ao trabalho o sofrimento, lutas, dificuldades, fadigas, suor do rosto etc........veja o (Ver. 18) “A terra produzirá cardos e espinhos”. Ou seja; diversas pragas que devorariam, e que na verdade continuam devorando as plantações, além do árduo trabalho do seu cultivo.

Hoje com mais evidência notamos que se faz acentuar o labor, o sofrimento principalmente dos nossos bravos agricultores para conseguirem produzirem os frutos da terra. Porque não se colhe os grãos, legumes, hortaliças sem que o agricultor faça uso de fortes “Agrotóxicos” que por vez acabam contaminando os frutos da terra, e por conseguinte, também somos envenenados lentamente todos os dias. A alta tecnologia usada hoje como; implementos agrícolas, maquinários ameniza o sofrimento, mas não os isenta de conseqüências sofríveis do seu labor. Evidentemente que tudo isso é conseqüência da gravidade do pecado que maculou toda a criação de Deus. Mas, voltando para o tema “Trabalho” onde muitas pessoas desafeiçoadas a ele, dizem ser o trabalho um castigo, veja o que disse Jesus: (João 5. 17)Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também”.

O trabalho tem procedência divina, emana da natureza santa de Deus, Ele é quem mais trabalha está de plantão 24 horas por dia, seu Ser não dormita, não toscaneja um segundo sequer, seja para ouvir a oração de um aflito durante o dia, ou em alta madrugada , dentro da igreja ou na solidão de um deserto.(Salmo 34. 15) “Os olhos do Senhor repousam sobre os justos, e os seus ouvidos estão abertos ao seu clamor”. Portanto, o apostolo Paulo nos diz: (Efésios 5. 1) Sede imitadores de Deus como Filhos amados.” Deus em toda a sua essência, em toda sua natureza Ele é AMOR , e por nos amar Ele guarda, Ele sustenta, e protege, e tanto foi imensurável este amor, que Ele se doou a si mesmo na pessoa de Cristo Jesus seu Filho amado, para nos salvar da condenação eterna.


Demonstre ser Filho de Deus sendo um bom e honesto trabalhador, começando com seu trabalho secular, sem descuidar do principal que é a seara do Senhor que já se faz branqueada para ceifa.

Que Deus te abençoe e te guarde em nome de Jesus. Amém !

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

ULTIMAS PALAVRAS !




Conta-se que um homem estava deitado na mesa de cirurgia, e a seu lado estavam médicos cirurgiões e também o anestesista, quando este se aproximou deste homem e lhe disse: “Se tiver vontade de falar suas ultimas palavras, a hora é esta, porque devo te dizer que serão as ultimas que poderá pronunciar”. O homem estava ciente de que iriam tirá-lo a língua, já toda dominada por um câncer. Então, fez gesto com a mão para que lhe dessem um tempo.—O que falar pela ultima vez? Quais palavras dizer?.......... Depois de refletir naquele momento tão difícil, emocionalmente aflitivo, quando tanto tinha pra falar. Então, pausadamente disse:--“Deus!......Glorificado seja o teu santo nome, por teu amor tão grande que não poupaste o teu único Filho pra salvar este miserável pecador.

Quais serão nossas ultimas palavras?.

Pensando nisso, vamos recordar o que disseram os grandes homens de Deus: “Eis que morro, mas Deus será convosco”, disse Jacó a seu filho José (Gênesis 48. 21).

“O Deus eterno é a tua habitação, e por baixo de ti estende os seus braços eternos”, disse Moisés aos filhos de Israel (Deuteronômio 33. 27).

“Eu vou pelo caminho de todos os mortais. Coragem, pois, e sê homem” palavras do grande servo de Deus, Davi à seu filho Salomão (I Reis 2. 2)

Ao Senhor “A Ele seja a gloria pelos séculos dos séculos Amém”.......”A graça seja convosco” disse Paulo (2 Timóteo 4. 18- 22).
E estas foram as ultimas palavras do homem Deus (Jesus Cristo) no suplicio do maldito calvário. Pai nas tuas mãos entrego o meu espírito (Lucas 23. 46).ESTÁ CONSUMADO” (João 19. 30)

Não fique preocupado com as ultimas palavras que vais dizer na tua vida. Precisa sim, se preocupar, com as palavras que pode dizer hoje, e tem-se calado. Com o amor que podes repartir hoje, e o tem retido. Com o abraço que podes dar hoje, e o tem encolhido. Com o sorriso que podes dar hoje, e o tem evitado. Com a manifestação de amor maior que é falar para o teu próximo, que em Cristo Jesus há salvação, mas impiedosamente tem retido pra si a boa nova de salvação, e com isso deixando de cumprir um dos maiores de todos os mandamentos do Senhor Jesus que é; “amar o nosso próximo como a nós mesmos”. Se nossas ultimas palavras forem silenciadas por circunstâncias abruptas, então gloriosamente será substituídas pelo divino convite: “Vinde Bendito de meu Pai, entra no gozo do teu Senhor! .Aleluia!!!...........

Para você refletir...........

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

COM QUEM VOCÊ SE PARECE ?





Texto Básico: (Lucas 11. 35)


Disse Jesus: “Repara, pois, que a luz que há em ti não sejam trevas”.



Não!.......não é de traços físicos geneticamente herdados de seus familiares que estou perguntando, mas é algo intrínseco profundo que não ostenta somente a mudança da aparência exterior, mas a conduta, o caráter, o procedimento em tudo o que é, e faz. Ou seja; uma profunda e completa transformação. Mais precisamente de um milagre que faz com que o homem continue a viver no seu próprio corpo, tendo a aparência e o comportamento de uma pessoa que não vive segundo a carne, mas segundo o espírito. Ou seja; passa a viver segundo o Espírito, e não mais pela carne. Bem, já descobriram do que estou a falar. É justamente da pessoa que um dia encontrou-se com Jesus, e todo aquele que teve um encontro verdadeiramente com Ele, nunca mais será a mesma pessoa.( Atos 4. 13) “E reconheceram que eles haviam estado com Jesus”. Porque visivelmente passaram a serem, e a viverem no poder gracioso e transformador de Cristo Jesus.

O homem quando recebe Jesus em sua vida, ele passa a ter da sua natureza, e conseqüentemente a ser parecido com Cristo. (Efésios 5. 1)Sede, imitadores de Deus, como Filhos amados” essa não é simplesmente uma sugestão, mas uma implícita ocorrência que tem que se verificar na vida do homem que um dia encontrou-se com Cristo. e Paulo fazendo isso escreveu em (Gálatas 2. 20)Já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim”. Era tanta a assimilação a aparência que tinha com Cristo, vivendo o ensinamento do mestre, a preocupação do mestre, o amor com que o mestre tinha para com as almas perdidas, que ele Paulo, olhando para si, já não o reconhecia mais como o homem Saulo nascido na cidade de Tarsis. Mas, alguém à qual Cristo tinha requisitado para o seu glorioso propósito. Assim, também, nós como resgatados, comprados pelo amor maior, temos que imitar o nosso tão grande salvador.

. “Deus criou o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou”(Gênesis 1. 27) Quando lemos esta declaração do Criador em Ele dispensar à nós tamanha honra em sermos criados à sua imagem e semelhança, ficamos a pensar na grande responsabilidade de sermos imagem do Criador, e acima de tudo de O representá-LO entre os homens, recebendo a ordem; “Sede Santos, porque eu sou santo”.(I Pedro 1. 16).

Ser santo significa; separado, diferente, contrastante da normalidade no pensar, e no agir com respeito as demais pessoas que ainda vivem segundo a carne, e no proceder segundo ao seu corrupto coração. Jesus disse: “Aquele que não nascer de novo não entra no reino dos céus”. Isto é; ter mudança radical de comportamento, de atitudes, de pensamento tão profundamente que passamos a ser luz do mundo, e sal da terra. Aquele que é diferente, reconhecível por parecer-se com Cristo Jesus. É dessa forma que devemos apresentarmos diante de um mundo corrompido, de homens perdidos mergulhados num lamaçal nojento de pecados.

Fico muito triste quando vejo certas igrejas, deixando-se de parecer com Cristo que é luz, para parecer com o mundo que é trevas, do qual fora resgatado.
Justificam-se que fazendo assim, vão atrair a atenção dos jovens do mundo para a igreja. Mas se esquecem que Jesus disse: “Brilhe a vossa luz diante dos homens”, ou seja; tenha comportamento contrastante com as trevas, porque você é luz, e a verdadeira luz não mistura com as trevas, porque ao chegar, as trevas se dissipam. Quer cativar as pessoas?, atraí-las para a igreja? Então dê testemunho de vida transformada, santificada, compromissada com a verdade do evangelho que é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê. Infelizmente o que temos visto, são ministérios procurando crescimento numérico de seus membros, sem primar pela santidade.

01) Cometem o erro crasso, em querer agradar os homens, em vez de agradar a Deus. Descem no patamar corrompido dos homens e, se amoldam as suas práticas mundanas trazendo-as para dentro da igreja e de suas liturgias, como por exemplo; o poder de maior atração que é a musica. E em vez de convencê-los pela verdade, pela santidade de vida, por vida transformada, compromissada com Deus, o fazem tornando-se um seu igual.

02) O nosso louvor por milhares que sejamos dentro de uma igreja, só terá sentido se for dirigido e aceito por um só expectador, que é Deus. Caso contrário, estamos perdendo nosso tempo, porque por mais avivado, eufórico, brilhante seja nosso louvor ele, não passará do telhado. Salvo se em contrapartida o fazemos para agradar-nos a nós mesmos por um fútil orgulho pessoal, e ou; escusa estratégia de sedução por um objetivo que não é a gloria de Deus, mas a gloria do homem.
Com quem você se faz parecer?

(Filipenses 2. 12) “ Desenvolvei a vossa salvação com temor e tremor.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

BIBLIA SAGRADA: O VIVO E GRANDE MILAGRE DE DEUS!









Texto Básico: (I Pedro 1. 24)
Seca-se a erva, e cai a sua flor; a palavra do Senhor, porém, permanece eternamente.
É nestas palavras que reside a nossa perseverança e a segurança de nossa caminhada da fé. O termo usado – palavra – significa o registro, o livro, a voz impressa, a promessa amorosa, irrefutável, inquestionável por Deus feita . Que história grandiosa, imensurável é a desse livro!. Sobre ele tem passado o fogo, a água e o sangue! Nenhum outro livro jamais foi tão odiado pelos homens perversos e, tratado de modo tão irreverente e abusivo pelos homens chamados de “fiéis”. Ele foi perseguido, proscrito, interditado, excomungado, queimado pelos homens oriundos da era diabólica que, com todo o empenho tentaram destruí-lo; todavia, ele continua sua marcha com toda firmeza. No passar dos tempos surgiram opositores contra ele de várias formas; alguns se gloriando de novas descobertas, ou de encontrar nele alguma falha fatal que viesse comprometê-lo, e desacreditá-lo.

Todavia, os críticos e inimigos passam, suas asseverações dogmáticas são desmascaradas, e, assim, o grande e antigo livro adquire força cada vez mais crescente. Com grande tristeza ainda vejo hoje, quanto abuso tem ele sofrido dos seus supostos amigos e seguidores! Tem sido mal traduzido, distorcido, incompreendido, e erroneamente ensinado. Tem sido adorado como um ídolo e consultado como um oráculo supersticioso. Sua mensagem tem sido torcida, adulterada para provar quase tudo em conformidade com escusos interesses pessoais. Foi usado como justificativa em favor da escravatura, da poligamia, da terrível inquisição, da queima das chamadas bruxas, do poder opressivo e dominante e, conseqüentemente das justificadas depravações em todos os tempos. Não obstante, a despeito de tão ferrenha e obstinada oposição, a Bíblia permanece triunfante, vitoriosa em poder, majestade, gloria porque ela não simplesmente contem a palavra de Deus, mas ela é a palavra de Deus.

O Senhor Jesus falando dela disse: “Examinai as Escrituras, porque julgais ter nelas, a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim”(João 5. 39).
E ainda (João 5. 24)” Disse: “Em verdade, em verdade vos digo: quem ouve a minha PALAVRA e crê naquele que me enviou tem a vida eterna, não entra em juízo, mas passou da morte para a vida”.

Por tudo isso, é inegável ser a Bíblia o vivo e grande milagre de Deus, que por sua misericórdia e graça nos permitiu tê-la, e dela recebermos ensinamento, admoestação, fé, alimento nutritivo para nossas almas, e a consoladora esperança da nossa eterna salvação.

Com sincera gratidão louvamos ao nosso Deus, por este presente grandioso, esta dádiva de imensurável amor; a BIBLIA SAGRADA. Que a Ele seja a honra, o domínio, a gloria, poder, majestade para todo o sempre .Aleluia..........!

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

A OUSADIA DO AMOR QUE FAZ UM INTERCESSOR!



Texto Básico: (Êxodo 32. 31/32)

Disse Jesus; o meu mandamento é este: “que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei” A maior expressão manifestada de amor que alguém pode dar, é ser um intercessor. Aquele que se doa, que se entrega, que gasta tempo no desconforto muitas vezes de dobrados joelhos, em orações, não para pedir benção pra si próprio, mas em favor de uma outra pessoa. Este, estará cumprindo a maior missão que o Senhor Jesus lhe outorgou. A palavra de Deus destaca com relevância maior a figura de grandes homens de Deus que foram intercessores. E no texto em destaque (Êxodo 32. 31/32) Aqui encontramos o grande Moisés tomando uma atitude intrépida e ousada ao interceder pelo povo que tinha cometido grande pecado diante Deus, ao fazer um bezerro de ouro para adorá-lo. Disse Moisés: “Agora, pois, perdoa-lhe o pecado; ou, se não, risca-me, peço-te do livro que escreveste”.

Que oração arrojada, que intercessão amorosa mesmo a despeito da indignidade que cometera o povo contra Deus. Era expressão de angustia de profunda dor, de desespero quase até a morte, quando ele pede: “Perdoa-lhes, ou, risca-me do teu livro”. Ele preferia ficar eternamente perdido do que ver o povo ser condenado. Quão admirável foi essa intercessão, quanto amor foi manifestado nesta até incompreensível petição. Quando olhamos para este grande intercessor frente a nossa postura, como avaliamos nosso desempenho de intercessor?. Como temos amado nosso próximo? Como temos cumprido o mandamento do Senhor em (João 15. 12)?.Ameis uns aos outros ASSIM, como eu vos amei!”. Isso nos dá a idéia da grandeza de amor, guardadas as devidas proporções, com o amor sacrificial que Ele Jesus nos amou, morrendo em nosso lugar.

Fico preocupado com a seqüência do texto, quando Jesus disse: “Vós sois meus amigos”.(aqui quis dizer Jesus; vós tereis parte comigo, recebereis do meu favor, da minha salvação, se fazeis o que eu vos mando). Voltando para o (Ver. 2) Jesus nos fala da severidade com que o Pai “agricultor” trata aquele que insiste permanecer comodamente sem produzir frutos de amor. Ele diz: que extirpa, corta, elimina da sua comunhão.

Certa feita, ao terminar uma reunião quando a mensagem por mim pregada, foi sobre a parábola dos talentos (Mateus 25. 14) uma pessoa me procurou e disse: Eu acho que pra mim Jesus não me deu talento nenhum, porque não sei pregar, não tenho cultura, sou semi-analfabeto e portanto; o que poderia fazer eu no reino de Deus?. Muitas vezes as pessoas pensam que o maior de todos os talentos para Deus, é daquele grande pregador que arrasta atrás de si grandes multidões. No entanto, o ensinamento de Jesus nos diz; que é aquele que ama o seu próximo, e demonstra esse amor sendo um intercessor em favor de sua alma.

Será que nós temos sido de fato intercessores?
Será que temos cumprido o mandamento do Senhor em (Mateus 5. 44)? “Amai os vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem, para que vos torneis Filhos do vosso Pai celeste”.(Que Dificílimo condicional Jesus estabeleceu!!!!) A continuação deste texto (Ver. 46-47) Jesus disse que; nós temos que extrapolar os padrões da justiça dos homens, porque somos diferenciados não pertencemos a este mundo, mas somos Filhos de Deus. Jesus termina no (Ver.48) Dizendo:”Sede vós perfeitos como perfeito é o vosso Pai celeste”.

Que Deus grandemente te abençoe, em nome de Jesus. amém!

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

UMA PARADOXAL CONFISSÃO !



Texto Básico: (Marcos 9. 24)

Um pai vivia um angustiante e desesperado momento em sua vida, seu filho era possesso de um espírito imundo, e sofria terrivelmente por isso. Ele ouviu falar de Jesus, então foi procurá-lO. Aquele pai a principio foi atendido pelos discípulos de Jesus, que não puderam ajudá-lo. Aquele pai desesperado já não sabia mais o que fazer, e talvez essa insegurança, o levasse a confessar paradoxalmente a sua fé a Jesus, quando disse: “Eu creio! Ajuda-me na minha falta de fé”. Sem dúvida foi uma confissão insegura e conflitante, contudo o fato dele ter procurado Jesus, era sinal de que ainda restava lá no fundo do seu coração uma pontinha de fé e esperança ainda que vacilante fosse.

Será que nós também não temos chegado a Jesus muitas vezes de forma semelhante? quando orando cremos em nosso pedido, também cremos que ele tem poder para nos atender, entretanto ficamos inseguro do seu pronto atendimento. Um tremendo e grande mistério Jesus revelou, para o pronto atendimento.(Mateus 21. 21) Disse Jesus: “Se tiverdes fé e não duvidardes”. Este é o segredo de uma oração que move o coração de Deus, e faz o milagre acontecer. Voltando ao sofrido pai, ele por certo já teria feito de tudo para solucionar o problema, e até a pouco instante tinha falado com os discípulos de Jesus, mas eles não puderam ajudá-lo, foi então que vendo Jesus, o interveio. Enquanto conversavam, este pai viu seu filho ser outra vez oprimido pelo maligno, então desesperado roga a Jesus dizendo: Se tu podes alguma coisa, tem compaixão de nós!.

Respondeu Jesus: Se podes! Tudo é possível ao que crê. Diante disso; então o surpreendente pedido daquele pai: “Eu creio ! ajuda-me na minha falta de fé”. Diante de tanto sofrimento já vivido sem solução, ele queria crer, era o que mais desejava, mas já lhe faltava forças, entretanto arrancando do fundo da alma um resquício de esperança que não podemos chamar de fé, ele pede rogando a Jesus para que o ajude. Sem duvida que era um sinal de uma desfigurada fé, sufocada por sofrimentos e frustrações, então profere o seu contraditado pedido. Com certeza não foi o único, também em nossos dias, quantos que pelo muito sofrer, tem buscado soluções sem contudo, crer de fato que poderão alcançar.

Meu amigo, se esse for seu caso, eu quero te dizer que Jesus conhece o teu coração e a profundeza de tua alma, assim como via naquele sofrido pai a disposição para crer, embora as frustrações e o sofrimento o sufocasse. A despeito da sua fragilizada fé, ou a falta dela, Jesus curou seu filho. Se você precisar de uma benção, se precisar muito mais que isso, precisar de um milagre, mas sente-se impotente até para crer que Jesus pode fazer isso, não desista, faça como este pai aproxime-se de Jesus e peça: Ajuda-me Senhor na minha falta de fé!.......E receberás com certeza o gracioso socorro do Senhor.

Que a graça misericordiosa de Cristo Jesus esteja contigo, meu amado leitor desta mensagem. Amém!

terça-feira, 18 de outubro de 2011

O MARAVILHOSO CONVITE !



Texto Básico: (Apocalipse 3. 20)

Você já recebeu um convite que te deixou imensamente feliz e honrada? Talvez, para um cerimonial, uma festa, uma reunião importante que terminada, fica somente a lembrança da sua participação. Pois é..., acho que você é realmente uma pessoa de sorte, iluminada porque estás recebendo o mais precioso de todos os convites que poderá ganhar em toda a sua vida. Porque se aceitar este convite, estará entrando para uma festa que nunca mais terá fim, mas eterna nos céus. O dono da eterna festa chama-se JESUS CRISTO, e ele esta agora batendo a sua porta para lhe entregar o convite. (Apocalipse 3. 20) “Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e cearei com ele e ele comigo”. Observe a mensagem escrita: “Eis que estou à porta, e bato”. Ele está do lado de fora, e querendo ser recebido por você. Veja: que Ele não força a porta, nem entra automaticamente. Mas, só quando você abrir a porta e permitir sua entrada.

Você já recebeu a sua visita? Já abriu a porta da sua casa para Ele entrar? Como aconteceu isso?........ Foi no dia que você arrependido tendo consciência da sua miséria, do seu pecado, da necessidade de perdão consciêntemente abriu seu coração para o salvador, o Senhor Jesus Cristo. Se você já fez isso recebendo o divino hóspede, estará a gozar a verdadeira paz da certeza da tua salvação. Mas, se isso não aconteceu ainda, não protele esta decisão, ao ouvir Jesus bater corra e abra, escancare a porta do seu coração para que Ele entre, e retire os empecilhos, os cacarecos, que estão entulhados trazendo impedimento para uma plena comunhão com Ele, que são os seus pecados, porque por amor a ti Ele os levou encravando-os na sangrenta Cruz. O castigo que era teu, Ele suportou em teu lugar. Agora, Ele quer poder entrar no teu coração e dividir com você a gloria desta grande e eterna festa, a salvação de tua alma.

Ouça o convite que Ele está fazendo: “Se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e cearei com ele, “e ele comigo”. As vezes as pessoas não se detém no final do convite; e ele comigo. Muitas vezes queremos abrir nosso coração para recebê-lO como nosso hóspede, mas Ele está dizendo que ao entrar em nosso coração, passa a ser o Hospedeiro que nos oferece da sua ceia. É isso que Ele quer fazer o tempo todo oferecer do seu alimento que nutre nossas almas para a vida eterna. Porque Ele ao entrar num coração deixa de ser apenas um visitante,um hóspede, para ser o proprietário que veio tomar posse da sua propriedade comprada pelo altíssimo preço do seu vertido sangue derramado na infamante cruz do calvário

(Hebreus 4. 7) nos diz: “Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso coração

Que as misericórdias eternas de Cristo o SENHOR esteja com você meu amado leitor, despertando-te para receberes o precioso convite do divino Salvador, abrindo a porta para que Ele entre, fazendo morada em teu coração. Amém!

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

SEM FÉ É IMPOSSÍVEL AGRADAR A DEUS !




Texto Básico: (Salmo 139. 5) “Tu me cercas por trás e por diante e sobre mim pões a mão”!

Quando a palavra de Deus nos diz; que sem fé é impossível agradar a Deus, ela está falando do poder miraculoso que opera a fé em nossos corações. Mesmo porque, a sua definição em (Hebreus 11. 1) diz: “Ora a fé é a certeza de cousas que se espera, a convicção de fatos que se não vêem. Ou seja, é uma realidade invisível, abstrata, entretanto com um poder imensurável de transformação de perdidas causas, em grandes vitórias.

Nada é mais confortador do que ter fé na presença de Deus em nossas vidas. Nós sentimos isso com mais evidência, quando estamos vivendo em meio à uma tempestade. É isso que vamos ver o que aconteceu na vida do apostolo Paulo. Ele estava preso sendo ameaçado, passando por momentos sombrios, com muitos sofrimentos quando o Senhor lhe apareceu colocando-se ao seu lado disse: “CORAGEM !”. As orações que Paulo vinha fazendo a dias, parecia não passar do telhado, contudo, todo o seu sofrimento estava sendo acompanhado pelo Senhor, que embora não visível fazia-se presente todo o tempo ao seu lado. Isso me faz lembrar o poeta sacro que escreveu o (hino 156 do( H.E) que diz:

Descansa, ó alma, eis o Senhor ao lado;
Paciente leva, e sem queixar-te, a cruz,
Deixa o Senhor tomar de ti cuidado,
É imutável teu fiel Jesus!
Prossegue, ó alma, o amigo celestial
Protegerá teus passos no espinhal!.

Para isso nos alertou o Senhor Jesus (João 16. 33)No mundo passais por aflições, mas tende bom ânimo! Eu venci o mundo”.


O grande John Bunyan autor do livro o “Peregrino”, preso por acusa da sua fé, certo dia recebeu a visita de uma pessoa que, ao encontrá-lo, disse: “Amigo, o Senhor Jesus me mandou vir aqui te visitar, para trazer-te uma revelação”. Porém, demorei muito para te encontrar procurando por várias prisões. Bunyan então respondeu; “impossível” se o Senhor te mandou vir aqui, ele também teria lhe dito onde me encontrar, porque o Senhor sabe exatamente onde estou, pois me faz companhia diariamente.
Meu caro irmão e amigo, quando nós fomos reconciliados com Deus, através do sacrifício vicário da cruz de Cristo, passamos a ser para Deus a menina dos seus olhos, ele passou-nos a dispensar especial atenção, cuidado e proteção, e muito mais que isso, Jesus disse; que ele e o Pai viria e faria em nós morada, habitação partilhando conosco a nossa peregrinação enquanto aqui.

Insensatamente nós entristecemos o coração de Deus quando frente à uma luta nós desanimamos, chegamos a duvidar do seu amor para conosco, quando ficamos a perguntar: “(Porque Senhor estou sofrendo tanto assim”?........Muitas vezes a nossa fragilizada fé, embota nossas mentes diante da dor e do sofrimento, em reconhecer que se Deus habita em nós, então, estará a passar junto de nós aquele momentâneo vale, e que ali bem na frente, já tenha preparado a nossa grande vitória. É essa a verdade que conclui o poeta sacro neste confortador (hino 156).
Descansa ó alma; agora há pranto e dor;
Depois o gozo, a paz, o Céu de amor.

Podemos fazer nossas as palavras do Salmista Davi, no (Ver. 6) “Tal conhecimento é maravilhoso demais para mim: é sobremodo elevado, não o posso atingir”.
Você está sofrendo meu irmão? Está passando pelo vale? Fique firme, confia no Senhor Ele não está indiferente á sua situação. (Salmo 37. 5) “Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais ele fará”

Que Deus grandemente te abençoe, em nome de Jesus!

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

SE NÃO TORNARDES COMO CRIANÇA !?........



Disse Jesus: Se não vos converterdes e não tornardes COMO CRIANÇAS, de modo algum entrareis no reino dos céus”

Um dia desses estava ouvindo um famoso pregador da TV falando da facilidade de conseguirmos a salvação. Dizia Ele, é de graça não custa nada, é só dizer Jesus eu te amo, perdoa os meus pecados e pronto está salvo. Mas quando olhamos para o ensinamento do Salvador Jesus, o dono da salvação dizer: “Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me”(João 3.3) Se alguém não nascer de novo não entra no reino dos céus”. (Coloss. 3.5)Fazei morrer a vossa natureza terrena”.

Sabe, tem muito evangelho barato sendo pregado por ai, vulgarizando o altíssimo preço pago por Cristo na Cruz do calvário. A recíproca de nós exigida por Jesus nos impele a viver uma vida em consonância guardadas as devidas proporções, com a sua obra sacrificial do calvário. É preciso morrer para que se possa viver. (Mateus 16. 25)” Porquanto, quem quiser salvar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a vida por minha causa achá-la á”.
Quando nós lemos os ensinamentos do senhor Jesus e, entendemos a profundidade da sua amplitude, então é impossível não extravasar, ainda que num contido e inflamado grito. (Aleluia!...........). E assim sorrir, tendo o rosto a marejar por copiosas lagrimas!
Você já teve essa experiência?. Já se emocionou, chorou, sorriu lendo o ensinar de Jesus ?
Quantas saudades eu tenho da minha infância, quando ia passear na casa do meu tio João. Ele era um lavrador. Eu era um garoto que sempre tive problemas com minha garganta, era de vez em quando irritada, vezes por outra, inflamada e tossia muito. Mas, quando chegava na casa do meu tio, ele tinha lá seus remedinhos. Me lembro de algo preto parecido com uma barra de chocolate o qual ele chamava de (Acassú) era muito doce a principio mas, depois de alguns instantes se tornava insuportavelmente amargo.

Quando Jesus disse que se nós não tornarmos como crianças, de modo nenhum entraremos no reino dos céus, a principio parece um doce ensinamento o ser comparado com a inocência das crianças. Mas, o ser criança grande, o ser adulto com cabeça de criança, ou seja: Com a inocência de mente, de atitude, de comportamento vivendo no meio de um mundo corrupto, cheio de violência, de injustiça, do (salve-se quem puder) como é difícil viver e agir assim. Hoje até no relacionar entre irmãos, como a coisa tem sido complicada!.Como este imprescindível ensinamento do Mestre, esta esquecido hoje no coração de muitos crentes!

O Senhor Jesus conhece a essência da natureza humana, o resquício nojento do pecado adquirido, e sabe que nossa estrutura foi abalada, corrompida, maculada e o egoísmo, o individualismo, o desamor flui natural e, principalmente na vida daquele que ainda não passou pelo processo gracioso da regeneração. Quando o Senhor Jesus usou uma criança e a colocou diante dos homens e disse: “Se não tornardes como esta criança de modo nenhum entrareis no reino dos céus”. Qual era a qualificação daquela criança para ser usada como merecedora do reino dos céus? O que Jesus estava querendo ensinar com essa criança?

É notório o saber que, o Ser humano ao nascer já traz consigo a nódoa gravíssima do pecado original. (Portanto, já nascemos pecadores!. (Rom. 5. 18). Porém a criança usada por Jesus ainda na sua “Inocência” não tem assimilado um dos mais graves pecados que Jesus, destacou em relevância que é o (Orgulho). Orgulho é o pai de todos os pecados, porque foi por orgulho em querer ser igual a Deus que Eva foi tentada e caiu.


Vejamos o grande ensinamento do Mestre!


É certo que as crianças se estranham vez por outra, e até se engalfinham em lutas, choram copiosamente a dor sofrida, mas a riqueza do ensinamento do Mestre, esta justamente num importante detalhe dessa desavença. É que cinco minutos depois da briga, estão se abraçando sorrindo e jamais lembram da razão do atrito passado. Como ainda não tem orgulho perdoam, não guardam rancores nem ressentimentos. É isso que o Mestre delimita como condição irrevogável para quem almeja entrar no reino dos céus.

Sendo assim, ele ensinou a nós crianças crescidas de cabelos brancos, mais muitas vezes imaturos espiritualmente, que a virtude que nos qualifica entrar no reino dos céus é ser Humilde como as crianças. (Mateus 5.3)Disse Jesus: “Bem-aventurado os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus”. O tesouro mais precioso a ser almejado por cada um de nós, é a vida eterna, e disse Jesus tem que ser humilde. Porque quando aprendemos a ser realmente Humildes, então somos como as crianças que Jesus aqui destacou no (Ver. 4) Disse Jesus: “Aquele que se humilhar como esta criança, esse é o maior no reino dos céus”. O contrario disso, Jesus nos diz; que é um impedimento para entrarmos no descanso eterno.
(Tiago 4. 10) “Humilhai-vos na presença do Senhor, e ele vos exaltará”

Pense na seriedade desta advertência do Senhor Jesus !

terça-feira, 11 de outubro de 2011

JESUS; "A UNICA ALTERNATIVA"!




Texto Básico:Disse Jesus: “Eu sou o caminho, e a verdade e a vida: ninguém vem ao Pai senão por mim”(João 14. 6).

Um dia desses entrando numa sala de “bate papos”, onde acirrado debate ocorria, cujo tema era: A vida após a morte! Diante de pensamentos conflitantes notei; heréticos, legalistas, ateus, e até um suposto ortodoxo, pessoas que se intitulavam religiosas, e conhecedoras de assuntos espirituais. Então, por algum tempo fiquei em oculto com grande tristeza a observar tanta ignorância e desconhecimento da palavra de Deus. Quando alguém parecendo liderar o debate disse: Podemos estar em lados opostos, e caminhando separadamente, mais um dia chegaremos num mesmo lugar. Pensamento este, que estranhamente ouve unânime concordância, salvo a intervenção de um silencioso participante que os advertiu dizendo: A única verdade é a da Bíblia, somente ela nos mostra o caminho, e a direção segura para o céu.

Quando vamos viajar para um pais distante, temos que providenciar o passaporte, o visto de concordância com as leis deste pais. Assim também, se quisermos entrar nas moradas eternas do céu, devemos se portar em conformidade com as leis do Senhor. No texto acima em destaque; Jesus fala das moradas celestiais quando disse:” Eu vou preparar-vos lugar”. Então, diante dessa afirmação o cético Tomé lhe disse: “Senhor não sabemos para onde vais, como saber o caminho? Então Jesus disse: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim”. Com essa afirmação estava declarando que só há um jeito, uma única possibilidade de chegarmos nas moradas eternas do céu; que é crendo na oferta da obra graciosa e redentora do calvário.

(Hebreus 19. 23) “Pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou pelo véu”. Isto é, pela sua carne. Quando derramando o seu precioso sangue, nos comprou para Deus, e agora na condição de servos, redimidos, resgatados, lavados, purificados podemos achegarmos a Deus, com a dignidade adquirida dos méritos do imolado cordeiro, que se doou morrendo substitutivamente, a todos aqueles que arrependidos se achegarem a ele, confiantes no seu sacrifício, será salvo.

Preste atenção para o que disse Jesus: “Vós sois meus amigos, se fazeis o que eu vos mando”. (João 15. 14) É um condicional estabelecido por quem é o dono da gloria, Senhor absoluto da vida e da morte, e que pagou com o sacrifício da própria vida o preço do resgate do perdido pecador, que crendo em sua graciosa oferta e obedecendo os seus mandamentos, será salvo. E por isso, ele disse: Que só há um caminho, um só jeito, uma só possibilidade de conseguirmos salvação, que é através dEle, e somente por ele. Nesse caminho não pode haver discrepâncias, divisões e nem tão pouco alternativas. “Agora, porém vos reconciliou no corpo da sua carne, mediante a sua morte, para apresentar-vos perante ele santos, inculpáveis e irrepreensíveis”. (Colossenses 1. 22)


Porquanto há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem”( I Timóteo 2. 5).


Que a graça de Cristo Jesus te abençoe meu amigo leitor desta mensagem! Amém
Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger