sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

COMO VAI A TUA CASA ?.

Hoje quero falar especialmente com minhas queridas irmãs.


Como vai você? Como vão as coisas? E a tua casa como esta? Hum?!....... Não se preocupe com a esquecida louça suja lá encima da pia e, nem tão pouco com roupa sem lavar, quem sabe o pó a ser tirado dos móveis, o piso precisando ser encerado, que sufoco é ser dona de casa não é mesmo?. Mas, fique tranqüila, não é isso que eu estou perguntando!. Eu estou querendo saber como vai a tua casa espiritual?. Ela esta em ordem?. O Senhor Jesus disse que ele é o único que pode por em ordem nossa casa. Se Jesus não esta habitando realmente em nossa casa, mas, esta do lado de fora, ela com certeza esta em grande desordem!.

(Apocalipse 3. 20) Disse Jesus: “Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e cearei com ele e ele comigo”. ----Você entendeu?Eis que estou à porta e bato”. O que Jesus esta dizendo que esta do lado de fora querendo entrar. Veja bem!: Ele não disse que vai forçar a porta. Também não disse; que vai entrar contra a nossa vontade. Mas sim, quando nós abrirmos a porta. Como esta a tua casa? Você se lembra do dia em que abriste a porta pra Jesus entrar? . Tem certeza que fez isso de verdade? . Ou talvez ao bater de Jesus abriste só uma fresta, com vergonha da sujeira da pia, é!.........daquele roupa suja não lavada, e tenha pensado, como vou receber Jesus numa condição dessa?. ( 1 João 1. 7) “ O sangue de Jesus, seu Filho nos purifica de todo o pecado”.

Minha irmã e amiga, não se preocupe com a desordem da tua casa, nem com a sujeira mais incrustada que tenha. O que você tem que se preocupar é com a porta que esta fechada! . E quando ouvir o bater de Jesus, corra de coração aberto e abra a sua porta e a deixe escancarada para ele entrar, porque ele vai restaurar, purificar e fazer dela o aconchego sagrado da sua habitação, tornando-se nosso eterno “Hóspede”.

Por falar em hóspede, temos que agir de forma que o sejamos bons anfitriões não é verdade?. Mas, quando um hóspede prolonga muito a sua estada, em nossa casa nós começamos a cansar. Quem já não sentiu isso?. Eu me lembro das histórias da minha saudosa tia. Por vez, quando uma visita estava demorando muito à ir embora, ela ia na cozinha e virava a vassoura de ponta cabeça, e colocava atrás da porta. Bem,....... ela não era macumbeira, mas dizia que funcionava !. rsrsrsrsr.

Partilhar nossa vida com outro, as vezes cansa. Hoje tem mulher cansando do marido, tem marido cansando da mulher e as separações acontecem em grande escala. Então, o que fazer com nosso eterno Hóspede Jesus?. Já sentiu-se cansado com ele? Ele é um Hóspede exigente basta ler o “Sermão da Monte” (Mateus 5./6/7 ). Já sentiu-se incapaz de lhe ser fiel ao seus mandamentos?. A canseira e a sobrecarga tem sido pesada aos seus ombros?. Se por acaso isso tem acontecido é porque Jesus em teu coração continua a ser somente um Hóspede. E como um hóspede, será difícil de o ser suportável !.

Quando Jesus bater a porta do seu coração, ele não esta querendo entrar para ser apenas um Hóspede, mas, Hospedeiro. Talvez você não tenha entendido!. Quando ele bater a tua porta não é para te visitar, mas para tomar posse da sua Propriedade, comprada por um preço imensurável, do seu vertido sangue derramado por ti naquela maldita cruz. Vamos entender o que ele disse: (Apocalipse 3. 20) Disse Jesus: “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e cearei com ele(E ele Comigo) ou seja; Jesus ao entrar em nossa vida passa a ser o nosso Senhor, e nós passamos a ser o seu servo. Que coisa maravilhosa é poder compreender isso!.

Como esta a tua casa?. Você ainda é o dono ? Ou Senhor Jesus já tomou posse dela? .

Para você refletir!.............


quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

UMA INFELIZ E DESASTRADA TROCA !.

Texto Básico: 1 Samuel 8. 6/7.

Uma das dores mais cruéis é, quando nós somos preteridos, trocados, substituídos por outro que sabemos ser inferior á nós. E até quando por amar uma pessoa fazemos de tudo por ela, devotamos o nosso tempo, nosso amor, o nosso carinho os nossos bens materiais, e um dia sem nenhuma razão, ela vira as costas e vai embora, esquecendo tudo aquilo que de nós recebeu. Este dissabor já tornou realidade na vida de muitos de nós. Esta dolorosa atitude tem um nome. Ingratidão. Quando olhamos para este texto acima, descobrimos a grandeza misericordiosa do amor do nosso Deus, que sendo preterido, trocado pelo desvario do seu povo, mesmo assim não o abandonou.

(1 Samuel 8. 7) “Disse o SENHOR a Samuel: Atende à voz do povo em tudo quanto te diz; pois não te rejeitou a ti, mas a mim, para eu não reinar sobre ele”.

Infelizmente muita gente inconseqüentemente continuam agir assim. Aproximam-se de Deus quando a “corda esta no pescoço” quando estão passando por sérias crises financeiras, conjugais, enfermidades, dores ai prostram-se diante do Senhor e fazem votos, promessas, campanhas de oração mas, quando Deus da libertação, cura, restabelecimento das áreas afetadas, eles tão logo sintam restaurados se esquecem, não só do vencido problema, mais acima de tudo do seu Deus. E o trocam pela inconsistência transitória, da alegria de um momento.

O povo de Israel queria um Rei que eles pudessem ver, falar, mostrar para outros povos a sua gloria, a sua valentia e os seus feitos e, poder se orgulhar dele. E para tanto desvairadamente resolveram destronar, substituir, trocar o seu Deus que com poder sobrenatural e grande misericórdia tinha sustentado o povo até ali. A palavra de Deus nos diz: Que se nós não conseguimos amar o nosso irmão que estamos vendo, como poderemos amar a Deus que não podemos ver. A ingratidão interrompe o favor gracioso do Pai. Já a gratidão abre as portas das bênçãos para sermos honrados.

(1Samuel 2. 30) Disse Deus: “Aos que me honram, honrarei; porém os que me desprezam serão desmerecidos”.

Meu irmão quer trocar?..... então troque!, quer desprezar?....... despreze! quer afastar? ......Afaste!. Desde que isso seja infelizmente o uso do seu livre arbítrio humano com relação ao seu semelhante, mas, de MANEIRA NENHUMA cometa o erro tão grande do povo de Israel que trocou a majestade divina do Deus todo poderoso o Senhor dos senhores, o Rei dos Reis pela vida de um homem falível limitado que trouxe ao povo dias de grande sofrimento. Só porque queriam se orgulhar de serem iguais á todos os outros povos.----(“Mas eles eram muito mais“) ( 1Pedro 2. 9) “Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus”. Aleluia !.

(Salmo 37. 4) “Agrada-te do SENHOR, e ele satisfará os desejos do teu coração”.

domingo, 23 de janeiro de 2011

RESPOSTA DE UMA INDAGAÇÃO QUESTIONADA!..



Algum tempo atrás uma mulher jovem lindíssima, procurou uma Clinica de Cirurgia Plástica para fazer uma correção que, segundo ela à incomodava. Submetida aos procedimentos teve complicações e morreu antes da cirurgia terminar. Essa fatalidade tornou manchete de grande repercussão, e as pessoas olhando para sua foto publicada perguntavam: Porque uma mulher tão bonita estava insatisfeita com sua aparência?.

Hoje virou febre Nacional a procura por Clinicas de Cirurgia Plástica para melhorar a aparência. Quem tem lábios carnudos quer reduzir, quem tem finos quer aumentar, quem tem nariz grande quer diminuir, quem tem muito pequeno quer aumentar. O fato é que muita gente esta insatisfeitas com o que tem. (O espelho que o diga). Essa insegurança muitas vezes é porque a pessoa não se conhece a si mesma. E porque três perguntas não foram devidamente respondidas e assimiladas.

Quem sou eu ?

De onde eu vim ?

E para onde eu vou ?.

Todos nós para aceitarmos a realidade das nossas vidas, e as implicações que emanam dela, precisamos aprender a conhecermos. Quando temos convicção de quem somos, nada poderá influenciar-nos a querer transformar a dádiva maravilhosa que recebemos de Deus que é este corpo físico, vestimenta temporária do nosso imortal espírito. Disse Deus: ( 1Samuel 16. 7) “Porque o SENHOR não vê como vê o homem. O homem vê o exterior, porém o SENHOR, o coração”. E mais: (João 14. 23)“Vós sois morada ,habitação do espírito santo de Deus”. Há ......como devemos amar esse corpo que Deus nos deu, seja ele branco, negro, amarelo, alto, baixinho, magro, fofinho, tenha deficiência física ou não, ele é obra do Criador, e aqui estamos vivendo esta fantástica experiência humana por concessão graciosa da sua misericórdia (Salmo 139. 13). “Pois tu me formaste o meu interior, tu me teceste no seio da minha mãe”.


Quem não sabe para onde vai, não chegará a lugar nenhum. Quem não tem esperança vive insatisfeito e se torna em um dos mais infelizes de todos os homens. Quando Deus cria uma vida Ele predetermina o seu futuro, não só o tempo da nossa existência mas, como também a destinação que teremos no final dela. (Jeremias 1. 5 )Disse Deus: “Antes que eu te formasse no ventre materno, eu te conheci, e, antes que saísses da madre, te consagrei, e te constitui profeta as nações”.

Como é maravilhoso saber que o poder não esta em nós, mas, esta em Deus quando o homem entende de verdade; Quem é.---De onde veio.---E para onde vai, com certeza viverá sendo o mais feliz de todos os homens, ainda que para o padrão humano de beleza ele seja horrível, mas para Deus ele é a obra prima da sua criação Aleluia ! .

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

QUAL É O TEU NOME ?...

TEXTO BÁSICO: GENESIS 32. 24


Na historia do povo de Deus o nome era algo muito importante, era a manifestação e as circunstancias que determinavam o nome a ser dado. (Gênesis 21. 6) Abraão colocou o nome no seu primeiro filho de Isaque; que quer dizer: Riso. E o nome também era dado até por características físicas como por exemplo: Esaú, que quer dizer: “Cabeludo”. (Gênesis 25. 25). Assim também como foi dado a seu irmão o nome de Jacó; que quer dizer, o “Suplantador” por ele desde o ventre lutar com seu irmão, e nascer segurando-lhe o calcanhar. É neste personagem que vamos focalizar nossa meditação.

Acho que o nome Jacó caiu como uma luva, porque ele foi exatamente o que seu nome significava. Suplantador, aquele que para conquistar seus objetivos não tinha escrúpulos. Se mentir, trapacear, enganar, ser ardiloso, impiedoso isso ele fazia com grande naturalidade . (Gênesis 25 . 27) Aqui vemos a insensibilidade ao aproveitar da fraqueza do seu irmão para se apossar da sua primogenitura. E como, (um abismo chama outro abismo), ele teve que continuar mentindo e enganando. E até seu próprio Pai foi vitima das suas armações ardilosas. Como Suplantador continuou vivendo e enganando e até seu sogro que o acolheu foi vitima das suas espertezas.

Mas, a sua trajetória de espertalhão, chegou ao fim quando resolveu voltar para sua terra. Ele tinha construído uma grande família, e muitos bens mas, retornando chegou ao vau do Jaboque. Ali atravessou toda a sua família em segurança, e ficou só. (Gênesis 32. 24) Diz o texto; que lutava com ele um homem a noite toda até ao romper da aurora. E esse homem era Deus. O interessante dessa descrição, é que como Jacó o Suplantador ele possuía a tempera dos bravos, e o (Ver. 25) diz; Que o homem Deus teve que tocar na sua articulação deslocando a sua perna, ou seja, inutilizando-a para que pudesse controlar o seu ímpeto. Então Jacó com uma perna só, com dores terríveis, com que sofrimento sobre-humano lutava com Deus. Ele superava os limites humanos, porque ele sabia exatamente com quem estava lutando.

(Ver.26) No auge da acirrada luta O Homem Deus disse: “Deixa-me ir, pois já rompeu o dia”. Respondeu Jacó: Não te deixarei ir se me não abençoares. Deus então, antes de conceder-lhe a benção era necessário que ouvisse uma indispensável confissão. Deus então pergunta: “Como te chamas? Ou seja, qual é o teu nome? . Ele então respondeu: Jacó. Deus queria ouvir dos seus lábios quem era ele, o suplantador, o enganador, trapaceiro, mentiroso porque ali naquele momento Deus mudaria a sua historia, o seu caráter e acima de tudo o seu nome.

Há!........quando nós encontramos com Deus tudo muda, porque a primeira coisa que temos que fazer é responder a sua pergunta: “Qual é o teu nome?. Qual tem sido o teu caráter? Porque é só através de uma arrependida confissão de todo o nosso pecado, toda a nossa nojenta historia de vida pecaminosa, tudo aquilo que éramos, nesse momento então, cai por terra, nossa vida é transformada, nossa historia reescrita, recebemos novo nome porque nascemos de novo, já não somos mais o que éramos mais somos nova criatura recriada em Cristo Jesus nosso Senhor e Salvador.

Deixa eu fazer-te uma pergunta!. Quando encontraste com teu Deus, Você respondeu a sua pergunta ? Já disse a Ele quem és de verdade ?. Jacó para receber a benção de Deus teve que confessar, não adiantou lutar com Deus a eternidade de uma noite, ele só conseguiu o que queria depois que respondeu a pergunta.------Qual é o teu nome ?.

Para você Pensar!......................

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

O FILHO DO HOMEM VEIO BUSCAR E SALVAR O PERDIDO!.


O Senhor Jesus foi censurado por escribas e fariseus, por ele se envolver com pecadores, homens que segundo a visão DOS ESCRIBAS E FARISEUS eram indignos. E Jesus sempre os surpreendiam em conversa com essa gente marginalizada socialmente. (João 4. 7) Jesus fez isso quando assentado no poço de Jacó e apareceu a mulher Samaritana para tirar água. Então, ele entabulou uma conversa com ela, ele sabia exatamente com quem estava falando. ( Ver. 18) Disse Jesus: “Já tiveste cinco maridos, e o que tens agora não é teu marido”. (João 8. 3) Outra vez, os escribas e fariseus trouxeram uma mulher flagrada em adultério para testar Jesus, e ele a defende. (Ver.7) Disse Jesus: “Aquele que dentre vós estiver sem pecado atire a primeira pedra”.

Mas os escribas e fariseus continuaram a perseguir e questionar Jesus. E desta vez apontando o dedo para Jesus disseram: (Lucas 15. 2) “Este recebe pecadores e come com eles”. Então, Jesus diante dessas acusações resolveu contar três parábolas:

01) A parábola da ovelha perdida
02) A parábola da dracma perdida
03) A parábola do filho pródigo

O sentido dessas parábolas era explicar o porque ele ia atrás de certos homens considerados indignos? porque ele os defendia? porque ele perdoava seus pecados?. E acima de tudo porque ele não fez isso com todos os homens que lhe procuravam?. Mas, apenas com alguns. A explicação começa com a primeira parábola contada: A Parábola da ovelha perdida. O que disse Jesus?: “Se uma ovelha desgarrar do aprisco o pastor deixa as 99 ovelhas em segurança e sai atrás daquela que se perdeu. Ele disse que o pastor procura, procura até encontrar, e achando-a coloca em seus ombros e trás de volta para o aprisco. Veja bem o ensinamento!."Primeiro tem que ser ovelha". Jesus esta falando de ovelha que já pertence á um Pastor, só que circunstancialmente pode estar longe do aprisco, desgarrada, fugida inebriada pelas (verdejantes pastagens que circundam o perigo do precipício). Contudo, ela tem um dono um proprietário e, que no tempo oportuno esse proprietário irá fazer o seu resgate.


(Efésios 1. 14) O qual é o penhor da nossa herança, até ao resgate da sua Propriedade, em louvor da sua gloria”. Você entendeu meu irmão? Eu e você somos propriedade de Jesus. Já nascemos predestinados pertencendo ao rebanho do bom Pastor. Não foi por minha escolha pessoal, muito menos por meu Livre Arbítrio, foi o Amor do bom Pastor que nos resgatou das entranhas da perdição (Efesios 1. 4) “Assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor nos predestinou para ele; para adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade.(Tem revelação mais linda do que essa?) (João 6. 44) Disse Jesus: “Ninguém pode vir a mim se o Pai, que me enviou, não o trouxer”. Sabe meu irmão, O Senhor Jesus nunca mentiu pra você, mesmo porque ele não precisa de você, mas é você que precisa dele, e ele aqui revela como foi que você um dia chegou ele. Ele disse: "Ninguém tem poder para vir á mim, se não for trazido pelo meu Pai" . Graças a Deus que a sua misericórdia foi tão grande, e hoje, eu e você, somos ovelhas do seu Pastoreio. Amém.

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

O DEUS DOS IMPOSSÍVEIS !.


Quando Deus disse a Abraão que sua mulher, Sara, teria um filho, Sara sorriu porque ela olhou para seu já amortecido corpo, e viu como pode acontecer isso?. O Senhor não sabe, mas o meu ciclo menstrual já acabou faz tempo.......!. Como pode depois de tão idosa vir a ser mãe? (Gênesis 18. 13). Mas o que Sara não sabia era que Deus estava vendo o seu riso questionador, e então Deus responde a Sara com uma pergunta. “Existe alguma coisa impossível para o Senhor?”. A palavra de Deus despertou fé no coração de Sara. E ela passou a confiar naquele que fez a promessa (Hebreus 11. 11).


Como é bom saber que, embora Sara e Abraão primeiro sorrissem um pouco meio desconfiados, depois puderam sorrir de fato e de verdade, ao ver a benção de Deus ser realizada em suas vidas. Algumas vezes cultivamos o primeiro sorriso desconfiados. Quando estamos diante de uma necessidade, de uma luta, as vezes rimos de nós mesmos com certa ironia disfarçando a nossa decepção. Precisamos ter fé e saber que quando Deus quer que algo aconteça em nossas vidas, isso vai acontecer apesar dos empecilhos, e de impossibilidades que existirem. Era vontade de Deus que Sara e Abraão tivessem um filho. Era plano de Deus abençoar a terra por meio da geração de Abraão. Por isso, nada poderia impedir a sua vontade, nem mesmo a avançada idade de Sara, e até da sua infertilidade.


As bênçãos de Deus em nossas vidas vão ocorrer de acordo com o seu plano, e com as suas promessas já registradas na sua palavra. Nem sempre será como nós queremos, ou como nós desejamos, mas, será como Ele quer e no seu tempo determinado. Veja aqui o caso de Sara. Deus lhe deu um filho, cumprindo a sua promessa, ainda que tivesse que alterar toda a lei natural da vida, quando Sara já idosa com 90 anos, e de repente um dia ela começa a sentir os sinais naturais de gravidez e ela então procura o velho patriarca e diz: Meu velho aconteceu, Estou grávida !..... então posso imaginar a alegria, a emoção o abraço, o choro misturado com riso, ao mesmo tempo com reverência, adoração de verdadeira vitória, de uma promessa feita por Deus mas, que seria tão sobrenatural que a principio eles duvidaram.


Você acredita realmente em teu Deus meu irmão? Saiba que Ele é o Deus dos impossíveis e, poderá ti surpreender um dia com o cumprimento de um sonho de uma benção tão grande, e até pode ser aquela que você o aguarda por tantos anos. Tenha fé no sobrenatural do teu Deus. Por que Ele é o Deus dos impossíveis.



terça-feira, 11 de janeiro de 2011

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

É COM GEMIDOS INEXPRIMÍVEIS !


(Romanos 8 -26: “Também o espírito semelhantemente, nos assiste em nossa fraqueza; porque não sabemos orar como convém, mas o mesmo espírito intercede por nós sobremaneira, com gemidos inexprimíveis”.

Quando Paulo aqui, escrevendo á igreja de Roma, ele fala das dificuldades, lutas, problemas que enfrentava, os quais nós também enfrentamos em nossa jornada terrena, aguardando com expectativa o dia da nossa redenção. no Versículo 22/23. diz Paulo: “Porque sabemos que toda a criação, a um só tempo, geme e suporta angustia até agora, e não somente ela, mas também nós, que temos as primícias do espírito, igualmente gememos em nosso intimo aguardando a adoção de filhos, a redenção do nosso corpo”.

No versículo 26. Paulo diz: “Também o espírito, semelhantemente, nos assiste em nossa fraqueza; porque não sabemos (Orar )como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós sobremaneira, com “gemidos inexprimíveis”.-----Estas palavras usadas por Paulo, retratam a operosidade sofrível do Espírito, o amor gracioso substitutivo, intercessório do espírito Santo á nosso favor.
(Certa feita num velório onde uma mulher velava o corpo do seu marido, e do seu único filho os dois mortos em um acidente automobilístico, ela tinha perdido toda a sua família, a sua dor, seu desespero era tamanho que ela não conseguia mais chorar, mas soltava de vez em quando, um lancinante (gemido). Gemer, é uma reação pungente de uma dor entranhada no mais profundo da alma.

Quando Paulo diz que o espírito Santo intercede por nós com (gemidos inexprimíveis) ele esta dizendo da luta incessante sofrível, dolorosa do espírito Santo a nosso favor junto ao trono da graça de Deus. Quando por exemplo; nós fazemos as nossas orações sem poder discernir aquilo que estamos pedindo. O versículo 26 diz: “Porque nós não sabemos orar como convém”. Mas, em contrapartida temos a consoladora promessa do Senhor Jesus segundo o relato de. (Mateus 7 -9/11) disse Jesus; Qual dentre vós é o homem que, se porventura o filho lhe pedir pão, lhe dará pedra? Ou se lhe pedir um peixe, lhe dará uma cobra?.Ora, se sois maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que estas no céu, dará boas cousas aos que lhe pedirem.

É exatamente isso que o apostolo Paulo esta dizendo. Que nós muitas vezes oramos pedindo algo a Deus na expectativa que isso nos traga conforto, alegria, felicidade, entretanto a nossa visão é imediatista, limitada do que realmente é bom para nossa vida, e é por isso que Paulo diz no (Ver.26) “O espírito intercede por nós, porque não sabemos orar como convém”. Ou seja; Graças a Deus há uma “filtragem graciosa”, misericordiosa da ação do Espírito Santo a nosso favor. Intervindo, reformulando os nossos pedidos, que chegam junto ao trono da graça de Deus.

Conheci um homem muito pobre que, era um homem sem cultura ,casado tinha dois filhos, mas ele tinha um sonho, quando na tarde de domingo ele via as pessoas pegarem a suas famílias e colocar no carro e levá-los para passear, ele queria ter a mesma condição para dar essa alegria também para os seus queridos, ele era crente e então começou a orar,e a insistir com Deus. Conceda-me Senhor o recurso necessário para eu comprar um carro. E como isso era um sonho acalentado no fundo do seu coração, ele não desistiu e por anos seguidos insistindo em sua oração. Depois de ter trabalhado vários anos, conseguiu enfim ajuntar o dinheiro suficiente para comprar o tão sonhado carro. Depois de muito pouco tempo de estar usufruindo a grande conquista, um dia ao atravessar um cruzamento de uma via, foi colhido por um caminhão que não respeitou a sinalização, e nessa trombada morreram a sua esposa e os dois filhos.
------No hospital com algumas fraturas, foi visitado pelo pastor, e aquele homem chorando disse: Insensatamente Lutei com Deus por tanto tempo, e cheguei mesmo até pensar que ele não se importava comigo, mas agora eu entendo a razão da sua demorada resposta. Era amor, era misericórdia, era compaixão em preservar o maior tesouro que eu tinha, e que por fixação de um sonho egoísta, que pra mim era benção, eu acabei perdendo a minha felicidade.

Quando Jesus no jardim do (Getsêmani) vislumbrando o momento terrível de ter que enfrentar a Cruz maldita, ele não temia os cravos, ele não temia coroa de espinhos, os açoites, a humilhação, a morte, mas o que ele temia era o fato de ele ser o Santo filho de Deus, ter que, substituir o homem perdido, ter que se fazer maldição, carregar nos seus ombros a iniqüidade, o pecado nojento de todos os homens se fazendo maldito, e ter que ver seu Pai o abandonando, virando o rosto, para não contemplá-lo naquela ignominiosa situação.
Por isso, Jesus nos deu a grande lição ali no Jardim do Getsêmani, quando orou a seu Pai e pediu :” Pai se possível, Passa de mim este cálice Todavia não seja como eu quero, e sim como tu queres” . Quando o homem insistentemente fica orando e chorando e pedindo algo a Deus, Deus pode até conceder tal pedido, como aconteceu com o Rei Ezequias. Deus havia mandado Isaias ir até sua casa com o seguinte recado.

“Arrume a tua casa porque vais morrer, era uma decisão tomada decidida, mais diante da atitude de Ezequias, que depois que Isaias saiu da sua casa ele virou para o canto da cama, e orou e chorou e pediu e insistiu até que Deus mandou Isaias voltar para sua casa e dizer o seguinte recado: “Eu vi as tuas lagrimas, e ouvi as tuas orações, por isso lhe darei mais 15 anos de vida”.----- Entretanto, foi um tempo de derrota, de sofrimento, de perdas que aconteceu na sua vida, e que Deus queria que ele não tivesse que passar por isso.

Quando o homem quer-se colocar no lugar de Deus, ensinar Deus a fazer as cousas, sempre acaba em grande enrascada. A Bíblia relata a vida de algumas pessoas que anteciparam o agir de Deus, por acharem que ele estava demorando muito para tomar decisão, e agiram por conta própria, e se deram muito mal.

Nem Abraão o Pai da fé, escapou dessa fraqueza, quando o filho prometido por Deus não chegava, as circunstancias físicas já eram contraditórias, e eles não viam humanamente nenhuma possibilidade da promessa de Deus se cumprir.(Gênesis 16 -2) Então Sarai fala a Abraão, Eis que o Senhor me tem impedido de dar a luz; toma pois, a minha serva, e assim me edificarei com filhos por meio dela. -----Sabe o que Sara estava dizendo? Já que Deus não quer fazer, eu faço. Eu resolvo esta situação no lugar de Deus.
E nós conhecemos a conseqüência dramática que teve de enfrentar, por não esperar o tempo de Deus, essa clara falta de confiança no agir de Deus. Que possamos estar confiantes na promessa da ação do Espírito Santo de Deus em nossas vidas, O qual nos diz o apostolo Paulo, ele nos assiste, nos protege em nossas fraquezas, intercedendo por nós junto ao trono da graça do Pai. Que possamos aprender a descansar esperando nas consoladoras promessas da sua palavra. Amém.

eneaslara.blogspot.com

sábado, 8 de janeiro de 2011

DESPEDIDA SEM REENCONTRO !

Algum tempo atrás um Jumbo Japonês que voava com 524 passageiros, sofreu uma pane incontornável, e o piloto teve a triste missão de comunicar aos passageiros que fatalmente iriam cair em poucos minutos. Entre aqueles passageiros estava um homem de negócios por nome Hirotsugu de 52 anos de idade. Nos últimos minutos angustiantes de vida ele pegando a sua agenda registrava uma triste e desesperançada despedida, a qual foi encontrada nos despojos daquele avião. Em sua agenda ele escreveu a seguinte mensagem a seu filho Tsuyoshi de 21 anos:

Filho viva em paz e trabalhe diligentemente.
Ajude a sua mãe.
Estou muito triste, mas sei que não vou escapar.
Não conheço a razão.
Isso já dura cinco minutos.
Nunca mais quero voar.
Deus me ajude!......
fumaça agora sai de uma turbina que se incendeia,
ouço explosão na cabine, e estamos caindo
O que acontecerá agora?.
Filho eu confio em ti.
Mãe, quem teria pensado que isso aconteceria?
É uma grande pena. Adeus, cuida das crianças!
Agora são 18: 30 horas, o avião balança muito e perde rapidamente altitude.
Estou grato pela minha vida realmente feliz até aqui .
A torre de controle registrou o desaparecimento daquele avião as 18: 37 horas.


Lamentavelmente essa triste e dolorosa despedida não tem nenhuma palavra sequer de esperança de reencontro. Por mais que este homem demonstrasse frieza no seu relato, as suas palavras era como um grito de uma eterna despedida. (Nunca mais nós vamos se ver).

Um dia, meu amigo e irmão chegará também a nossa vez de fazermos a nossa despedida.
(Salmo 139. 16) diz: “No teu livro foram escritos todos os meus dias, escritos e determinados”. Pode ser que nós não sejamos vitimas de um acidente como o de Hirotsugu mas, para cada um de nós vale a mesma pergunta inevitável: Como será para nós essa hora? Podemos enfrentá-la com tranqüilidade, com esperança na certeza que a nossa travessia nos conduzirá para o descanso eterno?.

(1Corintios 15. 22) “Visto que a morte veio por um homem, também por um homem veio a ressurreição dos mortos. Porque, assim como, em Adão, todos morrem, assim também todos serão vivificados em Cristo”. Que consolação maravilhosa é para aquele que um dia entregou a sua vida a Jesus e assim, teve o seu pecado lavado, regenerado, purificado, no sangue do cordeiro e, ainda que tenha que passar pela dolorosa morte a qual é algo inevitável, podemos fazer com grande tranqüilidade certos da nossa vitória que em Cristo Jesus esta assegurada.

(João 5. 24) Disse Jesus: “Em verdade, em verdade vos digo: quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem vida eterna, não entra em juízo, mas passou da morte para a vida.” Não, não! fique triste por saber que você vai morrer um dia, tenha a fé de Paulo o apostolo (Filipenses 1. 21/23) “ Porquanto, para mim, o viver é Cristo, e o morrer é lucro, (22) Entretanto, se o viver na carne traz fruto para o meu trabalho, já não sei o que hei de escolher.(23) Ora de um e outro lado, estou constrangido, tendo o desejo de partir e estar com Cristo, o que é incomparavelmente melhor”.
Pode descansar meu irmão assim, como Paulo tinha a certeza da sua salvação e entre viver ou morrer, ele disse que morrer e estar com Cristo é infinitamente melhor. Assim também, esta palavra aqui se faz registrar para tua consolação e a certeza da gloria que esta preparada para ti, e para tantos outros que aceitaram pela fé a salvação que só em Cristo Jesus se pode encontrar.


A Deus seja toda a gloria pelos séculos dos séculos. Amém,






quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

AMAS- ME TÚ ?....



João 21. 15

Quando leio este texto, a divagar meu pensamento projeta a intrigante cena. A aurora matutina que graciosamente se mostrava nas colinas os primeiros sinais de um novo dia, afastando assim, silenciosamente as sombras da noite. Quem sabe, naquela calmaria de mais um amanhecer, talvez ouvisse um cantar isolado de uma gaivota que se juntava as ondas a quebrar na praia, o silencio da expectativa de uma inquietante pergunta.

Amas-me ?

Ali o pequeno grupo sentado á volta do fogo, na praia do mar da Galileia, voltaram rapidamente os olhos para Quem falava. E o Mestre, com olhos brilhantes expectativos senta –Se serenamente fitando um deles, à espera de uma resposta.

Toda aquela estafante noite de trabalho, estes experimentados pescadores não conseguiram pescar nada. Então, frustrados já ao romper da manhã voltavam para a praia, e notam uma figura estranha, misteriosa que se fazia em pe a beira mar. Com olhos fitos esforçavam-se por penetrar a densa neblina que se levantava nessas horas da manhã, mas em vão o identificavam. Subitamente o mais novo deles reconhece a enigmática figura, e grita : “È o Senhor!...”.
Então, Pedro de coração partido, agasalhando o remorso da sua atitude covarde, ele lança-se nas águas com uma emoção quase sub-humana, e com fortes braçadas alcança a margem da praia. Os outros discípulos o seguem. As redes são puxadas para o barco.
Eles notam um fogo aceso e alguns peixes sendo assados, à silencio de ambas as partes, até que o Mestre se pronuncia:

“Vinde e comei”.

Comem silenciosamente. Ninguém ousa falar. Quem sabe a vergonha, a reverência impossibilitava a troca de palavras, até que Jesus quebra o silencio e olhando para Pedro pergunta-lhe: “Amas-me?”. Este discípulo que cometera um erro tão crasso, covarde negando seu Mestre por três vezes, agora o Senhor Jesus por três vezes faz a ele a mesma pergunta provando o seu arrependimento fazendo-o que confesse por três vezes que de verdade o ama.

“Simão filho de João, Amas-Me ?”

Pedro a essa altura esta inseguro com a resposta que daria a Jesus, ele falhou uma vez covardemente, e não queria incorrer em outro erro, e usa palavras que expressavam um amor meramente emocional: “Sim, Senhor, Tu sabes que eu te amo”. Então a pergunta é feita pela terceira vez: “Simão Filho de João, tu me amas?. Há !........isso penetrou ao recôndito mais incrustado da alma, e então pode sentir a mais gloriosa de todas as sensações porque ele via no olhar de Jesus Perdão, reconciliação, restauração, então com coração latejante e voz tremula confessa: “Senhor, Tu sabes todas as coisas, Tu sabes que eu te amo!.”

Nos dias que se passam Jesus Cristo continua a chamar homens e mulheres para seu reino. Não usa de força, nem tão pouco o medo, mas pelo amor. (Mateus 4. 9 ) O diabo levou Jesus à um alto monte e, mostrou a gloria do mundo e disse: Tudo isso te darei se, prostrado, me adorares. O diabo queria forçar Jesus a lhe ser submisso. Ao contrario a estratégia do diabo, Jesus não veio para forçar homens a serem seus seguidores. Há, isso não! Ele atrairia (João 12. 32) “E eu quando for levantado da terra, atrairei todos a mim mesmo”. Ele atrairia, e não forçaria; ganharia e não impeliria; (João 16. 8) “Quando ele vier (Espírito Santo) convencerá o mundo do pecado”. Os homens agora portanto, escolhem motivados tão somente pelo trabalhar do Espírito Santo, abrindo o entendimento, e o coração, para que entendam a obra graciosa, revelação maior do amor de Deus o Pai.


(João 3. 16) Disse Jesus: “Porque Deus amou o mundo de Tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna”.

-------O amor trouxe Jesus à terra; o amor o fez encarnar, o amor o levou à morrer substitutivamente numa maldita cruz, por homens perdidos, e indignos e o amor vivido, manifestado, explicitado em sua obra redentiva continua hoje a atrair homens e mulheres para o seu reino. Por isso Jesus quando para restaurar o seu discípulo medroso, covarde, ele simplesmente perguntou: “Amas-me Tu?...----Jesus haveria de partir muito em breve, e esta talvez seria a ultima oportunidade para discipular o seu servo inseguro.----- Mas ele não teve outra palavra ? não teve outra recomendação a fazer? Não determinou credo, doutrina, ou formula de igreja para ser seguido? Não nenhuma!. E porque?. Porque “Amas-me” inclui, e abrange tudo. Todas as outras coisas se ajustarão em seus devidos lugares, quando o amamos ele em primeiro lugar.



Hoje Jesus continua a fazer-te a mesma pergunta: “AMAS- ME TÚ”?....................... .



segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

ANO NOVO !...

Texto básico: Deuteronômio 1. 26/30.

Quando o povo de Deus chegou na proximidade do rio Jordão, depois de 40 anos de peregrinação naquele deserto abrasador, Deus mandou que eles parassem ali. Daquele lugar eles podiam avistar do outro lado do rio, a sua tão sonhada promessa, a terra que Deus disse; que “Manava leite e mel”. Era só atravessar o Jordão e tomar posse da benção.

Mas, o que eles não sabiam é que tinham que enfrentar uma grande e terrível batalha, a terra estava ocupada pelos Amalequitas, e filhos dos guerreiros gigantes Enaquins. Os espias quando viram esses gigantes ficaram apavorados e se sentiram como se fossem “gafanhotos”. A cidade era fortificada por muros impenetráveis, não era preciso nenhum estrategista militar para se chegar a conclusão que a invasão seria uma luta inglória. Se não fosse um detalhe!. O comandante do exercito era o Deus invencível nas batalhas, o Senhor dos Senhores, o qual eles tão depressa tornaram esquecidiços, menosprezaram a sua mão que tão poderosamente tiraram eles do Egito, com poder sobrenatural.


Eles agora olham para aquele problema sobe a ótica de suas impossibilidades humanas, e no versículo ( 27) diz; que eles começaram a murmurar e revoltar-se contra Deus. O (Salmo 78. 8) comentando a postura deste povo, disse: “E que não fossem, como seus pais, geração obstinada e rebelde, geração de coração inconstante, e cujo espírito não foi fiel a Deus”.
Deus é extremamente misericordioso e longânimo, apesar da falta de fé, e de coração impenitente do seu povo. Deus continuou a falar com seu povo, e no versículo (29) disse:”Não espanteis, nem os temais, O Senhor vosso Deus, é que vai adiante de vós, ele pelejará por vós”. O que Deus estava dizendo era: A luta, a guerra, a batalha não é de vocês mas é minha, ou seja; vocês serão coadjuvantes dessa minha vitória. O que o povo de Deus precisava era confiar no seu Deus.----Ter fé era tudo o que o povo precisava para conseguir a vitória.

Meus irmãos sabe porque estou falando tudo isso? É porque na nossa frente tem o ano de 2011 que começamos a viver, e (1João 5. 19) diz: “O mundo inteiro jaz no maligno, é dominado pelo maligno, e nós sofremos os influxos circunstanciais desta vida em que vivemos neste mundo conturbado, e cheio de injustiças de corrupção de sobressaltos e por certo fará com que nós enfrentemos no decorrer deste ano que se inicia certas dificuldades naturais do meio em que vivemos. Não é por que somos filhos de Deus que estamos isentos de sofrimentos, enfermidades, lutas, dores: (João 16. 33) Disse Jesus: “No mundo passais por aflições”. Deus não impede que a aflição chegue a nós mas, ele é misericordioso para nos dar libertação no meio do sofrimento.

Que nenhum de nós tomemos a posição que tomaram o povo de Israel, revoltando-se contra Deus. Porque como Deus disse a Israel no passado, e continua a dizer hoje: Eu vou adiante de vós, a guerra não é de vocês é minha. Deus queria que o povo de Israel tivesse fé,e aprendesse a descansar nas suas promessas, ainda que para isso tivessem de passar por provações e lutas, Deus nunca jamais iria desampará-los. O Senhor Jesus na Grande Comissão após sua ressurreição ele disse aos seus discípulos : (Mateus 28. 20) “E eis que estou convosco todos os dias até a consumação do mundo”.

Se neste ano que se inicia meu irmão, você sentir dor, tristeza, e deparar com montanhas intransponíveis, ainda que estes obstáculos não seja teus, mas, do teu irmão; então chore com ele, partilhe do seu sofrimento, “pegue a ponta da sua cruz e coloque em seus ombros ajudando-o a carregar”, apresente-o junto ao trono da graça do Pai em orações a seu favor. (Romanos 12. 15) diz: “Alegrai-vos com os que se alegram, e chorai com os que choram. (Gálatas 6. 2) diz: “ Levai as cargas uns dos outros e, assim, cumprireis a lei de Cristo”. Quer ter um ano feliz? Então primeiramente tenha fé aprenda descansar nas promessas do Senhor, e segundo, ame a seu irmão e veraz que nenhum contratempo será tão grande que seja capaz de roubar a sua alegria.

Tenha um Ano cheio das bênçãos de Deus, e para isso “viva-o como se fosse o ultimo” !

Que as misericórdias do Senhor nos ajude a sermos melhores servos neste ano, do que fomos no ano passado.----- A Deus toda gloria, honra, adoração e louvor para todo o sempre Amém.

sábado, 1 de janeiro de 2011

A NOSSA IDENTIFICAÇÃO REVELADA !

01) Que a nossa verdadeira identidade, é espiritual. (Romanos 8. 16) “O próprio espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus”.

02) Que nós não somos deste mundo. (João 17. 14) “Eu lhes tenho dado a tua palavra,e o mundo os odiou, porque (Eles não são do mundo, como também eu não sou”.

03) Que a nossa existência, precede o tempo, a historia, e a própria criação do mundo.(Jó 38. 21) “Tu o sabes, porque nesse tempo eras nascido e porque é grande o numero dos teus dias”.

04) Que somos neste mundo, só um forasteiro de passagem pela vida, e que com isso, definiremos a recompensa (galardão) que desfrutaremos na eternidade. (Apocalipse 22. 12)”E eis que venho sem demora, e comigo esta o galardão que tenho para retribuir a cada um segundo as suas obras”.

05) Que nós já existíamos, em espírito quando Deus criava o mundo, e nós juntamente com os anjos rejubilávamos, fazíamos festa a cada obra criada por Deus.( Jó 38. 7) “Quando as estrelas Dalva (anjos) juntas alegremente cantavam,”E rejubilavam todos os filhos de Deus”.


Ps. diante de toda essa revelação, glorifique a Deus por esse amor tão antigo, e por essa presença tão real hoje, que se faz sentir no decorrer do tempo que se chama hoje.

















06)
Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger