terça-feira, 31 de maio de 2011

A SUBLIMIDADE DE UM SANTO OBJETIVO !


“Fiz—me fraco para com os fracos, com o fim de ganhar os fracos. Fiz-me tudo para com todos, com o fim de, por todos os modos, salvar alguns. Tudo faço por causa do Evangelho, com o fim de me tornar cooperador com ele”(1Corintios 9. 22/23).

O apostolo Paulo era um homem com objetivos e determinação em sua vida. Há porém vidas que oscilam entre tantos objetivos, ao mesmo tempo, que se assemelham certos rios que se dividem em tantos canais rasos e estreitos que não servem para objetivos maiores como por exemplo; a navegação de um barco. Mais para vida com um nobre objetivo e inteiramente entregue ao poder de Deus é como um rio poderoso, fluindo entre as margens, levando rumo ao oceano navios, espalhando fertilidade e progresso em ambas as margens.

O grande Charles Haddon Spurgeon disse: “Dêem-me um homem cheio de santo amor em seu coração, cheio de alguns pensamentos santos em sua mente e tal homem será bem conhecido onde quer que esteja e, eu me aventuraria a profetizar que seu nome seria lembrado muito depois que o lugar do seu sepulcro fosse esquecido”.-----Esse homem existiu. Esse homem é o apostolo Paulo. Pois foi ele quem disse:”Fiz-me tudo para com todos, com o fim de, por todos os modos salvar alguns”.(1Corintios 9. 22) Seria bom que todos nós crentes em Cristo, chegássemos aos mesmos resultados que o apostolo Paulo chegou.!. Porque nós possuímos também o mesmo Espírito Santo que habitava em Paulo. Nós devemos ser portanto possuídos pela unção do mesmo Espírito Santo, quanto Paulo foi, na mesma intensidade e no mesmo grau.

Nós também tivemos como Paulo um encontro com Cristo,(um caminho de Damasco) não por certo com a intensidade de sobrenaturais manifestações, mais com certeza com o mesmo efeito. Porque depois dele fomos transformados em novas criaturas, redimidos no sangue precioso de Cristo Jesus. E passamos como Paulo, ser cheios do Espírito Santo e ter, como perseguido objetivo de vida, a gloria de Jesus Cristo a inundar nosso Ser. Se a plenitude espiritual existe, porque não à buscá-la?, porque não vivê-la?. O Senhor Jesus quer que cada um de nós, a busquemos e possamos desfrutá-la, porque isso é a vitória que nos é oferecida por Ele!

Como está a tua vida Cristã, comedida limitada, sem crescimento? Então precisa pedir a Deus a capacidade de (ser e ver) o que o coração do Senhor deseja que você (seja e possua), então, a plenitude da Gloria de Cristo inundará sua vida!

Pense nisso !................

domingo, 29 de maio de 2011

O CORDEIRO DE DEUS !


Quando tomamos conhecimento da majestade gloriosa e Santa de nosso Deus, o vemos que Ele em sua Onipotência subsiste em três pessoas. Ou seja; O Pai, Filho, Espírito Santo. Entretanto, somente o Filho assumiu a forma humana e, era o Cristo-homem o qual deveria morrer. Isso jamais aconteceria com o Cristo Deus. Por isso quando Cristo encarnou-Se, já trazia consigo a destinação de morrer naquela maldita Cruz. Foi sem duvida um momento memorável, que se registrou para a eternidade quando João Batista, (O maior Profeta dentre os nascidos de mulher) Mateus 11. 9/11 disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo”. Essa é uma das mais gloriosas narrativas evangélica. João Batista não era um pregador por decisão pessoal, mas ele foi enviado com a ordem de pregar e batizar, preparando assim a chegada de um outro infinitamente superior a ele.( João 1. 22/34). O seu ministério, entretanto, atingiria a maior culminância quando Ele, João Batista, pudesse cumprir sua missão de mostrar ao mundo o Cordeiro de Deus.

Somente Jesus Cristo poderia assumir tal ministério! Aos anjos, faltava-lhes importância e autoridade suficientes, então, nem se fale dos homens. No concerto glorioso da Trindade, o Deus Filho assumiu toda a competência para divina tarefa da Redenção. Somente Ele reunia todas as qualificações indispensáveis para ser o Cordeiro de Deus. Cristo, unicamente Cristo, permanece para sempre sendo verdadeiro Deus e verdadeiro Homem. Não há outro Deus-homem, nem jamais haverá.

É por demais emocionante quando lemos em (Apocalipse 5), onde está escrito a cena celeste de acontecimentos decisivos para a história da criação, dos quais destaco o episódio do livro selado que deveria ser aberto e não foi encontrado. “No céu, nem sobre a terra, nem debaixo da terra, quem pudesse abrir o livro, ou mesmo olhar para ele”. Então o apostolo João chorou muito, sentindo o peso daquela expectativa, então, um dos vinte e quatro anciãos celestes, disse à ele: “Não choreis: eis que o Leão da Tribo de Judá, a raiz de Davi, venceu para abrir o livro e seus sete selos”. Quando o apostolo João olhou então, viu.....”um Cordeiro como tinha sido morto”.

É interessante notar que o ancião falou em Leão, e o apostolo viu um Cordeiro. Ai esta os dois atributos do Cordeiro de Deus, o meigo e humilde Salvador, e ao mesmo tempo o implacável juiz que virá julgar e ferir as nações com sua espada; que virá regê-las com vara de ferro e, pessoalmente pisará o lagar do vinho, do furor da ira de Deus Todo Poderoso. Nesse lagar, em vez de uvas, estarão milhares de seres humanos e do lagar pisado escorrerá não vinho, mas sangue humano, quando o Juiz de Vivos e de mortos vier implantar a sua justiça na terra. Quem desprezou o Cordeiro, humilde e eterno, haverá de enfrentar, obrigatoriamente, o Leão.

A mortandade será tão grande que não será possível o sepultamento dos cadáveres e as aves do Céu e animais carnívoros comerão carne humana como jamais aconteceu antes (Apocalipse 19. 11 /21).----- Mas até aquele dia da volta do Senhor Jesus , estará em vigência o ministério do Cordeiro de Deus, no qual, Ele, pleno de misericórdia, oferece o Seu sacrifício na Cruz aos homens, como o Único meio de salvação e de Vida eterna. Portanto não deixe passar essa oportunidade aceite-O agora porque amanhã pode ser muito tarde.

sexta-feira, 27 de maio de 2011

quinta-feira, 26 de maio de 2011

QUANDO OS JOELHOS SE DOBRAM !?




Qual seria a nossa melhor postura diante de Deus? A oração feita de joelhos é mais forte? É irreverência orar deitados? Existe uma oração forte e uma fraca ? Deus olha para nossa postura, e ou, para o coração?.Enfim, qual é a forma que devemos orar e que Deus nos atende?. Bem, é bom que se diga; que nenhuma forma faz da nossa oração ser mais forte, e ou, mais fraca. Só existe uma forma conhecida de oração que move o coração de Deus. É aquela que provém de um coração que se humilha e reverentemente arrependido clama por misericórdia -----Veja, dois homens foram ao templo orar; um deles Deus atendeu, o, outro Não. Porque? (Lucas 18. 14) Disse Jesus: “ Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque todo o que se exalta será humilhado; mas o que se humilha será exaltado”.

É interessante notar, que Deus ao criar o homem ele o fez ereto, mas este precisa aprender a se curvar, sobretudo diante do seu Criador. O homem não tem facilidade para fazer isso, somos resistentes a qualquer tipo de curvatura. Veja a repreensão de Deus feita a Israel. (Isaias 48. 4) “Porque eu sabia que eras obstinado, e tua cerviz é um tendão de ferro, e tens a testa de bronze”. O que dizia Deus era ( sois criatura irreverente, incurvável que não se dobra, não se ajoelha, não coloca o rosto em terra, És dura, teimosa, orgulhosa e obstinada). Nós precisamos descobrir a necessidade de se dobrar os joelhos, porque eles devem substituir nossos pés quando estivermos orando. Porque ao fazermos isso, manifestamos humildade, reverência frente a grandeza daquele à quem oramos.

Os grandes milagres que Jesus operou, nós podemos ver que foram para pessoas extremamente necessitadas que achegavam-se a ele e, punham-se de joelhos para suplicar a sua graça. Vejam o pedido de um leproso que de joelho pediu: “Se quiseres, podes purificar-me?.(Marcos 1. 40). E ainda aquele moço rico que ajoelhando perguntou: “Bom mestre o que farei para herdar a vida eterna”?.(Marcos 10.17). Há!.......meus queridos como se faz necessário o dobrar os joelhos para chegarmos diante do trono da graça do Pai, numa expressão sincera que parte de um coração compungido e contrito assim, como fizeram os grandes homens de Deus do passado. Veja a inauguração do templo de Jerusalém feita por Salomão: (2 Crônicas 6. 13) “Porque Salomão tinha feito uma tribuna de bronze, de cinco côvados de cumprimento, e cinco de largura e três de altura, e pusera no meio do pátio; e pôs-se em pé sobre ela, e ajoelhou-se em presença de toda a congregação. (para orar).

O Senhor Jesus após ter lavado os pés dos seus discípulos numa demonstrada atitude de humildade ele disse: “Vós me chamais o Mestre e o Senhor e dizeis bem; porque eu o Sou”. Então se para nós Jesus é nosso Mestre, e nós somos aprendizes e discípulos, temos que praticar o que ele nos ensinou em palavras e ações. Veja na agonia do Getsêmani: Jesus se afastou dos discípulos a uma pequena distância de (mais ou menos 30 metros), e ajoelhou-se e começou à orar.(Lucas 22. 41) e o evangelista (Mateus 26. 39) nos diz: “O Senhor prostrou-se com o rosto em terra e orou”. Ele é o Deus Filho encarnado que na presença do Pai, para falar com Ele se ajoelhou e prostrou-se de rosto em terra. Como você esta orando? Como você esta adorando a Deus? Como estão seus joelhos estão flexionados, calejados, e ou, ociosos?. Saiba que nossos joelhos foram feitos também para se dobrarem diante da majestade gloriosa do nosso grande Deus.
O Salmista tendo a convicção da grandeza gloriosa do nosso Deus, ele nos convida: “Venham! Adoremos prostrados e ajoelhemos diante do Senhor, o nosso Criador (Salmo 95. 6). E para concluir lembramos o que disse Paulo em (Filipenses 2. 10/11) “ Para que ao Nome de Jesus se dobre todo joelho, nos Céus, na terra e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é SENHOR, para gloria de Deus Pai.




Devemos orar constantemente mas, não se prender basicamente numa forma somente mais sim, na verdade que emana de um coração compungido o qual não desprezará o SENHOR!.

terça-feira, 24 de maio de 2011

SOLI DEO GLORIA!!!....



SOMENTE A DEUS TODA A GLORIA !



Eu sou um apaixonado por musica e, entre os grandes compositores do gênero; (digamos clássico), tenho predileção especial por um dos maiores e antigos compositores que deixou indelevelmente marcado no cenário mundial da musica, a sua passagem pelas inesquecíveis composições que escreveu. Estou falando de( Johann Sebastian Bach) nascido na cidade de (Eisenach na Alemanha e que viveu entre (1685-1750). Este inesquecível compositor era um homem que tinha recebido de Deus um grande e especial talento, e ele o usou de forma magistral nas composições que criou. Ele era um homem sobretudo de comportamento humilde tendo a consciência da majestade divina do seu grande Deus. E por isso ao terminar uma composição sempre agregava as iniciais ( S.D.G – SOLI DEO GLORIA: “Somente a Deus seja a Gloria”!. Também se verificou que em muitos manuscritos encontrados freqüentemente tinha as letras ( J.j: ) ou seja; Jesus juvat---Jesus ajuda.

Bach nunca esqueceu de destacar em suas composições as expressões, “pecado, culpa, morte e situações relacionadas”. E por ser assim, as expressava com vibração, força no tocante a misericórdia e o perdão divino. É emocionante ao nosso coração quando ouvimos
por exemplo uma das suas grandes obras. (Jesus a alegria dos homens) e saber que esse homem era crente um grande servo de Deus que nos deixou entre tantas outras, essa bela composição para alegria nossa, e conforto para o nosso coração. Se o Bach gloriosamente desenvolveu o talento que Deus lhe deu, por outro lado nós não estamos isentos do imperativo que Jesus nos outorgou, quando disse: “IDE”, e anunciai á todas as nações o evangelho, e para isso ele nos deu talentos, ainda que seja somente um, nunca devemos agir imprudentemente como aquele servo que covardemente enterrou o talento recebido.

Talvez na vida, nunca consigamos como o Bach a técnica, competência e o sucesso em desenvolver brilhantemente o nosso talento, recebendo do mundo os seus aplausos como o ilustre Bach recebeu. Mas, trabalhemos com todo amor e dedicação o nosso talento, para que possamos receber ainda que seja um só aplauso, mais o será mais glorioso de todos os aplausos, quando Jesus nos disser: “Vinde Bendito de meu Pai, entra no gozo do teu Senhor”. Por isso, faça do seu talento uma musica, e da musica o seu talento para encher os ouvidos do mundo com a sonoridade da rica promessa que em Jesus à salvação, reconciliação, perdão, justificação, no precioso sangue do cordeiro, que graciosamente foi derramado naquela infamante Cruz do calvário. Assim, concedendo-nos na individualidade de cada um de nós indignos pecadores que somos, a gloria de sermos chamados filhos do Deus eterno.

Por isso, com a nossa eterna gratidão terminamos nossa mensagem agregando as palavras do grande Bach. (S. D.G.)- “Soli Deo gloria”: somente a Deus seja a gloria .

sexta-feira, 20 de maio de 2011

UM SINGELO, MAIS GLORIOSO FEITO!



Texto básico: Marcos 14. 3

Aconteceu na casa de Simão, o leproso; ou melhor, aquele que era leproso, mas fora purificado pelo Senhor Jesus. Maria surpreendentemente apareceu com um vaso de precioso perfume de alto valor, e quebrando-o derramou sobre Jesus, então toda a casa encheu-se daquele rico perfume. É óbvio que tudo isso aconteceu na casa de Simão, porém ele certamente não à convidara, e nem considerava digna a sua presença ali. Simão como todos os demais, não entenderam a atitude de Maria, e por ser assim, o criticaram. O Senhor Jesus ainda não havia assumido Seu lugar como o majestoso Rei, pois o fará somente no milênio, quando os redimidos do mundo chegarão à Sua presença não precisando mais do precioso ungüento de Nardo Puro, mais da verdadeira adoração, para O glorificá-lo, e render-lhe graças.

(João 12. 1/8) Jesus ainda estava vivendo em humilde aparência humana, mais Maria especialmente o reconhecia como o verdadeiro filho de Deus. O Senhor Jesus recentemente tinha vivido momentos dramáticos, contudo; sem deixar de explicitar a sua gloriosa divindade, quando frente ao sepulcro de Lázaro, ele vivendo seu lado humano como homem, sentiu tristeza, dor, a grande impotência, e miserabilidade em que o pecado condicionou o homem transgressor . E ali, como homem Ele chora o nosso choro junto com Marta e Maria, partilhou as dores humanas, mais não ficou só olhando para o frio sepulcro de Lázaro, Ele agiu, e disse: “Lázaro sai para fora”! e o ressuscitou. Maria sabia que ali estava o Filho de Deus, o dono da vida e da morte, aquele que dissera que iria morrer e ressuscitar, pois nessa ocasião, Ele afirmou: “Esta fez o que podia; antecipou-se a ungir o meu corpo para sepultura”. (Marcos14. 8) A fé de Maria era convicta na declaração de Jesus, a qual se evidenciava maior do que os seus próprios discípulos, os quais nem sequer creram quando Jesus ressuscitou!.

O texto nos diz: “Encheu a casa do cheiro do ungüento”. Há!......que belo ensinamento, que bela figura do que deveria ser a verdadeira adoração na casa do Senhor. O valor tão grande e a preciosidade daquele ungüento, simboliza a adoração em espírito e em verdade, dos redimidos pelo Sangue de Cristo Jesus, em resposta ao Seu grande sacrifício na infamante Cruz do Calvário. (2Corint. 2. 15) diz: “Porque nós somos para com Deus o bom perfume de Cristo”. Temos que ser adoradores verdadeiros que o adorem em espírito e em verdade, porque são "Estes" que o Pai procura para seus adoradores. ( João 4. 23). Faça da sua adoração uma oferenda de gratidão ao Senhor, com a singeleza com que Maria quebrava aquele rico e precioso frasco, para oferecer o melhor que ela tinha na expressão do tamanho da sua gratidão e da sua fé em Cristo Jesus, o seu Senhor e Salvador.

quarta-feira, 18 de maio de 2011

TRIBUTAI AO SENHOR A GLORIA DEVIDA !



TEXTO BÁSICO; SALMO 96.8

Há dias atrás, eu vi na TV uma reportagem que a policia federal estava prendendo no Rio de Janeiro, varias pessoas que deixaram de pagar o tributo devido ao governo. Isto é, não pagaram os impostos que por lei deveriam pagar. Então, me lembrei do autor do (Salmo 96- 8), que nos adverte a pagar o que nós devemos a Deus. E ele diz: "Tributai ao Senhor"!

A primeira coisa que nos vem a consciência é, que devemos a Deus a nossa vida, pois somos feitura dele, foi ele que nos fez fecundar no seio de nossa mãe de modo assombrosamente maravilhoso. Esta expressão foi usada por Davi ao escrever o (Salmo 139) ele começa falando do nosso estreito relacionamento com Deus, e de nossa total dependência do seu amor, e de sua proteção e no (v.1) ele diz : “Senhor Tu me sondas e me conhece, sabe quando me assento, e quando me levanto e de longe penetras os meus pensamentos, esquadrinhas o meu andar e o meu deitar, e conheces todos os meus caminhos”.

. E no (Ver 5)diz; “Tu me cercas por trás e por diante, e sobre mim colocas a sua mão”.Que narrativa gloriosa da explicitude do amor do Pai, em quem podemos descansar confiantes que em suas mãos estamos seguros. ( Salmo -139- 13) diz: “Pois Tu me formaste o meu interior, e me teceste no seio de minha mãe.( assim como tecelão tece um grande pano: fio por fio). e no V.16 diz: “Os teus olhos me viram a substancia ainda sem forma", Ou seja; eu ainda não existia e já ali, foram escrito todos os meus dias, quando nenhum deles ainda existia”.

Sem duvida que devemos a Deus a nossa existência humana, essa primorosa obra das mãos do criador que é o nosso corpo, que cientista, pesquisadores da raça humana dizem que o corpo humano é simetricamente harmonioso, perfeito e que, no seu conjunto é inegável a ação do criador. A nós porem que sabemos a nossa origem, e a razão porque aqui estamos, temos motivo de sobra para agradecer o privilégio de nossa peregrinação terrena. Mas, o salmista esta nos dizendo que nós devemos algo a Deus e, que precisamos pagar, o qual ele chama de tributo (v.8) “Tributai ao Senhor”. Ou seja , pague aquilo que você deve a Deus, não sonegue, não seja um insensível caloteiro espiritual que recebeu a dádiva da vida, e muito mais do que isso, recebeu a graça de sermos alçados ao patamar glorioso, divino de sermos chamados de filhos do Deus eterno por Cristo Jesus seu filho amado.

Há!..... quantas bênçãos nós temos recebido de Deus.-----Nós enxergamos isso é benção, nós falamos é benção, nós andamos é benção, nós ouvimos é benção, nós temos a capacidade de raciocinar e decidir entre uma coisa certa ou errada é benção, nós somos seres sociais, temos razões sentimentos, mas, a qualificação mais preciosa que Deus nos dotou, foi com a capacidade de AMAR. Só por isso, teríamos razões de sobra para agradecer a Deus. Mas, o que texto nos diz é; “Tributai ao senhor a gloria devida ao seu nome”.----- “Qual é o fim principal do homem”? . È glorificar a Deus e gozá-lo para sempre. Quando Deus nos criou foi com um propósito definido, para que nós o glorificássemos e exaltássemos o seu santo nome. (João 4- 23) disse Jesus a mulher Samaritana: “Vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores, adorarão o Pai em espírito e em verdade. E são estes que o Pai procura para seus adoradores”.

Como fazer isso? (1Corintios -6- 20) “Porque fostes comprados por preço, agora pois glorificai a Deus no vosso corpo”. È através das nossas atitudes, comportamento, da nossa postura diante dos homens, nos negócios, no trabalho, na vida familiar, no prédio onde moramos, no transito, (por falar em transito), à dias atrás eu estava na marginal Tiete, em São Paulo e, caminhava dois metros e parava. Na minha frente tinha um carro com um versículo bíblico no vidro traseiro que dizia assim:“Os que confiam no Senhor, são como os montes de Sião, que não se abalam”, Dai a pouco, vem um motorista fazendo (zique-zaque) cortando todos os demais e, passa por mim e ao passar por este carro do versículo Bíblico, ele da uma fechada brusca, ao que este, sai do seu carro esbravejando falando palavrões impronunciáveis, e chamando o outro para briga. Ai, eu tive a certeza que aquele motorista não era o dono daquele carro, porque o que saia dele, não se coadunava com o que estava escrito no pára-brisa.
Nós temos que viver tão junto de Deus, que a nossa vida seja a transparência da Santidade do Senhor, de modo que as pessoas ao olharem para nós, notem a diferença que nós refletimos. Não se pode esconder dos olhos dos homens a intensa claridade do fulgor de uma incandescente luz.

(Mateus 5 -16) disse Jesus; “Assim brilhe a vossa luz diante dos homens para que vejam as vossas boas obras, e glorifiquem a vosso Pai que estas no céu”.. È exatamente este o Tributo que o Salmista nos ordena a pagar, Tributo de honra, Tributo de gloria,Tributo de gratidão, Tributo de adoração, Tributo de louvor, de exaltação, glorificação, Tributo pelo imensurável amor que é graça, nós nada fizemos para sermos merecedores, mais mesmo assim, ele nos amou antes mesmo da fundação do mundo. Seja portanto; luz do mundo e sal da terra, isso é um imperativo determinante que Jesus estabeleceu. Pense seriamente nisso!!!. Há quantas coisas temos que agradecer a Deus, porque tudo vem das suas dadivosas mãos, cabe a nós pagar o tributo de honra de gloria que lhe é devido ao seu santo nome. Há muitos anos atrás fui visitar um Tio meu, que morava no campo distante da cidade, sua casa ficava a beira de um grande banhado ao lado de uma mata, e a noite quanto deitei, eu fui embalado pela sinfonia de um coral de Rãs, sapos e pererecas que formavam uma agradável melodia aos ouvidos, então me lembrei do ( Salmo -148- 10) que diz; “Feras, répteis, voláteis louvem ao senhor” e naquela hora eu me dei conta que o dia inteiro tinha passado, sem que tivesse cantado um hino de gloria ao senhor, e que aqueles animais faziam em meu lugar.

O salmista nos adverte, “Tributai ao Senhor a gloria devida ao seu nome”, nunca esqueça disso, porque a palavra do senhor nos diz que isso é obrigação, divida, tributo que nós lhe devemos, e que precisamos pagar.( E DEUS FAZ QUESTÃO DE RECEBER). A Ele toda a gloria para todo o sempre Amém.

terça-feira, 17 de maio de 2011

VÓS NÃO SABEIS O QUE ACONTECERÁ AMANHÃ!




Vós não sabeis o que acontecerá amanhã. Que é a vossa vida? Sois, apenas, como neblina que aparece por um instante e logo se dissipa. (Tiago 4. 14).
A cantora Simone gravou uma musica que fez muito sucesso que diz:
O que será do amanhã,
Responda quem puder
O que irá acontecer ?
O meu destino será
Como Deus quiser.

O homem do mundo é fascinado pelo mistério do amanhã. E muitos gastam dinheiro com (cartomantes, videntes, adivinhos, profetas do ocultismo) para saber o seu futuro. E tem pessoas que são iludidas, trapaceadas por espertalhões e, frustradas acabam até adquirindo enfermidades em decorrência da ansiedade dos prognósticos que ouviram. E que na realidade nunca acontecem. Ou seja; sofrem por antecedência de um mal inexistente. Uma pessoa ansiosa sofre do mal do “SE”: E se eu estiver com Câncer? e Se eu perder meu emprego?, e Se eu for assaltado? Etc etc . A preocupação faz com que a pessoa ansiosa tenha a tendência de focalizar seus pensamentos em coisas negativas como: Perdas, morte, sofrimentos, enfermidades, traições, desprezo e coisas assim.

O apostolo Paulo nos diz (Filipenses 4. 6) “Não andeis ansiosos de cousa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela suplica, com ações de graça”. Isso nos ensina que devemos entregar a Deus todos os nossos problemas e impossibilidades. Entretanto, na prática muitos fazem o contrario. Ficam ansiosos e se esquecem de descansar na sempre presente graça de Deus. Só gozaremos da paz do Senhor, quando entendermos que nossas vidas está na dependência exclusiva da direção do Pai.

Muitas vezes achamos que o problema é tão pequeno, e que Deus não se importa com eles. (Mateus 10. 30) Disse Jesus: “E a vós outros, até os cabelos todos da cabeça estão contados”. Nós não damos importancia para um fio de cabelo que cai, mais Deus se importa com ele. Que consolo é saber que Deus se preocupa até com um fio de cabelo que temos na cabeça, e que todos eles estão controlados e contados. Você acha que Deus ficará indiferente aos nossos problemas mais sérios?. O grande servo de Deus Davi que teve experiências tão grandes vividas com Deus, pode dizer no seu Salmo 37. 5) “Entrega o teu caminho ao senhor, confia nele, e o mais ele fará”

(Hebreus 4. 16)Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna”.

segunda-feira, 16 de maio de 2011

sábado, 14 de maio de 2011

A NOSSA MACULADA NATUREZA HUMANA !




Conheci a historia que ocorreu em determinada igreja, onde existia o departamento infantil chamado (Cordeirinhos de Jesus). Eram crianças na faixa etária de (O a 4 anos).Ali trabalhavam algumas irmãs cuidando daqueles pequeninos. Um dia algo incontornável aconteceu. Uma criança de três aninhos caiu da cadeira e ficou inconsolável. As professoras fizeram de tudo para consolá-la, mas foi em vão, ela continuava chorando e esperneando no chão e, foi tanto o barulho que uma delas lembrou da Dona Rute. Dona Rute era uma psicóloga e antiga professora que tinha trabalhado com crianças por muitos anos. Então, ela foi chamada e, quando chegou tendo grande experiência profissional como psicóloga e, muito mais como serva do Senhor Jesus, conhecedora da nossa natureza maculada pela nódoa do pecado, pediu que todos se afastassem.

Então, pegando a cadeira falou: Izabela, foi essa cadeira que derrubou você? Malvada cadeira! E começou a dar umas palmadas na cadeira e, então a criança surpreendentemente parou de chorar e, começou a sorrir. Porque sentiu-se vingada.

O apostolo Paulo escrevendo aos (Romanos 5.12)disse:”Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram”. Isso quer dizer que em Adão somos todos pecadores, já nascemos pecadores, mesmo ainda como esta criança que não entendia nada da maldade humana, contudo, verificou-se estar entranhada na sua natureza a sede de vingança.

Por conhecer a sua miserabilidade humana, o apostolo Paulo desabafa em (Romanos 7. 24) “Desventurado homem que sou! Quem me livrará do corpo desta morte?. Mais gloria a Deus que Paulo continuando a sua carta em (Romanos 8. 1) ele disse: “Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus. Aleluia!

(Romanos 6. 23) “ Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor.

quarta-feira, 11 de maio de 2011

NOSSO ESTRANHO JARDIM ZOOLÓGICO!





Salmo 19. 12 :"Quem há que possa discernir as próprias faltas? Absolve-me das que são ocultas"


Nós encontramos grandes dificuldades quando fazemos um auto-exame com relação à pecados cometidos no passado. E até o Salmista percebeu isso, como é difícil julgarmos a nós mesmos. E que sem a devida confissão destas faltas e pecados, não obtemos o perdão de Deus. Este é o condicional estabelecido por Deus, o qual tem validade para todo o Ser humano indistintamente.

Conta-se que em uma festa ocorrida em uma grande mansão, durante as conversas entre grupos alguém mencionou a palavra “pecado”, então foi motivação de risos entre todos. Com exceção de um deles que era um grande empresário e que era crente. Então, este disse: É lamentável que a expressão pecado tenha por muitos uma conotação humorística, mais quero dizer uma coisa: Do mais profundo do meu coração. Eu tristemente sou possuidor de um Zoológico. Aqui dentro em mim existia um feroz leão o qual rugia contra minha esposa, uma serpente pronta pra dar um bote, uma enguia sorrateira que infiltrava em todas as partes a custa da minha verdade, e até um ouriço que anti-social feria à quem o tocava. Eu tenho que reconhecer que com as minhas próprias forças nunca jamais conseguiria acabar com essas feras. E que quando elas surgiam, acabava estragando tudo.

Se para vocês a palavra pecado tem sido cômica , então chamem de Stress, falta de caráter, desvio de personalidade, etc, etc. Para mim isso continua chamando pecado. E ele esta dentro de todo o ser humano, queira admitir, ou não. E somente existe um, que tem domínio sobre todas as feras deste estranho Zoológico, que é o Senhor Jesus Cristo. E graças a Deus ele passou a ter as chaves e o domínio, sendo o controlador da minha vida.

Pense nisso !.............

terça-feira, 10 de maio de 2011

DISSE JESUS: NISTO É GLORIFICADO MEU PAI !

Texto Básico: João 15. 8

Todos nós que um dia recebemos Jesus Cristo como nosso salvador, temos a grande alegria de estarmos navegando por águas tranqüilas, na esperança segura da nossa salvação, que nos foi conferida antes da fundação do mundo. É isso que o apostolo Paulo nos diz em (Efésios 1-4). Que grande conforto espiritual, é termos esta certeza que o nosso relacionamento com Deus, precedeu o tempo, a historia e, a própria criação do mundo.

Entretanto, nós não fomos chamados, escolhidos, eleitos, só para ficarmos desfrutando dessa maravilhosa graça, comodamente de braços cruzados, a sombra de uma frondosa arvore, olhando o descortinar do horizonte. NÃO !........, este descanso é prometido a nós por Jesus, quando deixarmos este vale de lágrimas e, formos para sempre com ele morar. Ai então, teremos o prometido descanso. No entanto, enquanto aqui estivermos, neste mundo, o que Jesus nos ordenou a fazer foi; muito trabalho, muita luta, muita semeadura, ininterrupto labor na sua seara .

Mateus 9- 37
Disse Jesus: “Os campos estão brancos para seiva, mais são poucos os trabalhadores”.
Se você meu irmão, sente-se um vitorioso, em Cristo Jesus na (eleição do seu chamamento). Então, fique sabendo de uma coisa; que nesta seara não tem espaço para aqueles acomodados, e desafeiçoados ao trabalho. Deus não aceita em suas trincheiras homens e mulheres que não estejam engajadas por um objetivo único, que é servir ao senhor, nem que isto lhe custe a própria vida. Porque, não há convencimento maior para nós enfrentarmos essa batalha, do que um amor maior, entranhado no mais profundo do coração, que seja a alegria de estarmos servindo a causa de Cristo Jesus, nosso Senhor e mestre, certos do glorioso galardão que vamos receber um dia.

Qual foi a missão, que Jesus nos mandou fazer? (João 15-8) “NISTO È GLORIFICADO MEU PAI, EM QUE DEIS MUITO FRUTO, E ASSIM VÓS SEREIS MEUS DISCIPULOS”. O que Jesus esta dizendo aqui é, que não tem outro jeito, não tem outra alternativa, outra possibilidade de agradarmos a Deus, se não for através da nossa dedicação, do nosso esforço pessoal no trabalho do seu reino. E o imperativo desta missão nossa, é produzir frutos, porque foi exatamente para isso que nós fomos chamados. (João 15-16) disse Jesus; “Não foste vós que me escolhestes a mim, PELO CONTRARIO, eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que (vades e deis frutos.)
(João 15- 1) disse Jesus; "Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que, estando em mim, não der fruto, ele corta; e todo o que dá fruto limpa, para que produza mais fruto ainda.

A chamada de Jesus tem implicitamente a obrigação de uma resposta que se traduz em um resultado de um esforço, de incansável trabalho que ele chama aqui de FRUTO.
Após Jesus ter dito que o Pai é exaltado glorificado, quando nós produzirmos muito fruto, Ele disse colocando num condicional a exigência do Pai. (“E ASSIMtornareis meus discípulos). O ensinamento de Jesus aqui é, que para sermos seus discípulos TEMOS que impreterivelmente produzirmos FRUTOS.

(Mateus 25-14). O senhor Jesus contou a parábola dos Talentos. E aqui ele disse: “Que um homem ao se ausentar-se do seu pais, confiou os seus bens á três servos. Ao primeiro deu cinco Talentos, ao segundo deu dois, e ao terceiro deu um” (O versículo 15 )disse Jesus, que foi segundo a própria capacidade de cada um. Todos tinham igualmente capacidade para administrar o bem que receberam. Porém; o terceiro que recebeu um talento só, não quis trabalhar, não quis produzir, não deu a devida importância ao bem que ele recebeu . Jesus não disse aqui, que o que recebera cinco talentos era mais importante, do que os outros, NÃO! eram exatamente iguais dentro da suas habilidades.

O que Jesus quis enfatizar é que; todos tinham que trabalharem, produzirem com aquilo que receberam do seu Senhor. Mais o que foi que aconteceu? O que recebeu um talento, diz o (versículo 26);Sabendo que és homem severo, que ceifas onde não semeaste, e ajuntas onde não espalhaste,( receoso enterrei o teu talento).” Eis aqui o que é teu.” Analisando a conduta deste servo, nós podemos entender que Jesus na verdade quis dizer, que ele foi negligente, improdutivo, mais o mal maior foi, que ele não deu a devida importância ao valor do bem que recebeu.
Eu queria deixar com os irmãos esta advertência de Jesus, para que nós estejamos pensando hoje nela, o que temos feito com o talento que recebemos de Jesus. Você conhece qual é o teu talento? Ou, ele ainda continua escondido?
Todos nós recebemos talentos quando fomos chamados por sua imensurável graça. Não existe ninguém( SALVO POR JESUS)que não tenha recebido talento, nem que seja um só, foi o que Jesus disse aqui em sua parábola.

Que triste e angustiante dia não será para aquele, que ao ouvir o som da trombeta conclamando a prestar contas da sua mordomia, e ai, se lembrar que o talento recebido do Senhor um dia, foi por ele enterrado e, agora como vai encarar o rosto do seu Senhor na prestação de contas.-----Veja o que Jesus disse para aquele servo improdutivo que recebeu um talento e não quis trabalhar com ele?, (versículo 30); disse Jesus: “Servo INUTIL lançai-o para fora nas trevas. Ali haverá choro e ranger de dentes”.


Que Deus nos ajude, à sermos zelosos, e fiéis servos no desempenho da nossa mordomia . Amém

sábado, 7 de maio de 2011

O TEU FARDO PESADO LHE FAZ AOS OMBROS?

Onde vistes que o SENHOR, vosso Deus, nele vos levou, como um homem leva seu filho, por todo o caminho pelo qual andaste, até chegardes a este lugar”.( DEUT. 1. 31)

Certa vez um homem crente, vivia momentos de aflição em sua consciência por problemas, os quais, punha em prova a sua fé. Ele era um crente, e orou pedindo que Deus, que lhe falasse, e assim seu coração fosse aquietado na doce paz do Senhor. Um dia ao voltar do trabalho, trazendo em mãos um pacote que era um presente para sua esposa, porque estava-se comemorando uma das datas mais bonitas do nosso calendário (o dia das mães) e o abrir a porta deparou com sua filhinha, a qual era paralítica e estava em sua cadeira de rodas, e lhe perguntou:
---- Onde está a tua mãe filha?
---- Lá em cima.
-----Então vou subir.
-----Papai, me deixe levar esse presente para ela!
-----Minha querida como?
-----Com um sorriso respondeu: É simples, Papai. O senhor me pega no colo e me leva até ela. Então, aquele pai pegando a sua filhinha nos braços, subiu ao andar de cima e, enquanto subia os degraus daquela escada, entendeu o responder de Deus para com a sua oração. Que Deus também nos tem carregado em seus braços nos momentos em que nós fraquejamos, e sucumbimos . Assim, pode entender que aquela aflição que o amargurava, não estava nele o poder da solução, mais em Deus.

Quando somos afligidos por lutas, problemas, impossibilidades temos a tendência de olhar a primeira vista com a limitada visão humana. Ai, então somos acometidos pela conseqüente aflição. Foi assim com o povo de Deus diante do rio Jordão, ao saber que a tão sonhada terra prometida estava ocupada e, que teriam que enfrentar uma grande batalha, contra um povo guerreiro, de homens gigantes, de uma cidade de muros impenetráveis.

Então, inconseqüentemente revoltam-se contra Deus. Obstinados,ingratos, esquecidiços dos braços poderosos com que o Senhor os guiara até ali. (Deuteronômio 1. 31) . Deus jamais nos desampara. Veja (Isaias 49. 15)”Diz: Acaso pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de ti”.

Diante de uma declaração gloriosa de amor como essa, nosso coração se enche de júbilo na certeza que o Deus que não pode mentir prometeu.(Tito 1. 2)

“Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós”. (1Pedro 5. 7)
Confia os teus cuidados ao Senhor, e ele te susterá; jamais permitirá que o justo seja abalado”.(Salmo 55. 22). “Descansa no Senhor e espera nele” (Salmo 37. 7).

Esta é a realidade de uma promessa que é benção para tua vida. Creia nisso!

quinta-feira, 5 de maio de 2011

quarta-feira, 4 de maio de 2011

O DEUS QUE OUVE NOSSAS ORAÇÕES !

Eis que Deus é meu ajudador, o SENHOR é quem me sustenta a vida (Salmo 54. 4)

Certo comportor por nome Alex, estava numa estação ferroviária esperando o trem. Sua arriscada missão era transportar uma mala cheia de Bíblias para uma cidade do (regime Comunista) onde essa literatura era rigorosamente proibida. Quando o trem parou, ele embarcou receoso em ser identificado. Sentou e silenciosamente ”OROU!”. De repente, um pensamento invadiu sua mente, como se Deus estivesse lhe falando: “Desça na próxima parada”. Como descer se falta ainda outra estação para meu destino? E ainda num lugar deste que é desprovido de meios de transporte?. Contudo, quanto mais questionava mais acertada lhe parecia a decisão. Então, desceu do trem e caminhou até uma estrada paralela. De repente ouviu um barulho de motor. Automaticamente levantou a mão. O veiculo parou. Surpreso, porém disfarçando o medo por se tratar de uma viatura da policia, pediu carona.

-----Para onde vai, senhor ?
-----Para cidade vizinha.
-----Então entre que nós estamos com pressa!

Alex sentou no banco traseiro, segurando firmemente a sua preciosa mala. Os policiais conversavam entre si. E Alex escutava, feliz por não lhe perguntarem nada. De repente, um deles falou:
----Toca rápido, senão não estaremos na estação quando o trem chegar.
----Tem razão, respondeu o outro. Não vejo a hora de prendermos este homem com a mala cheia de Bíblias! Sem olhar para o Alex o motorista perguntou: Onde quer descer? No primeiro semáforo. Então descendo da viatura, e feliz da vida viu ela se afastar, e agradeceu a Deus pelo maravilhoso livramento

Tu és o meu esconderijo; tu me preservas da tribulação e me cercas de alegres cantos de livramento.(Salmo 32. 7). Disse Deus: De maneira alguma, te deixarei, nunca jamais te abandonarei. Assim, afirmemos confiantemente: O Senhor é o meu auxilio, não temerei; que me poderá fazer o homem?

Fonte: Gideões Internacionais.

segunda-feira, 2 de maio de 2011

NÃO HÁ MAIS NENHUMA CONDENAÇÃO !?


Romanos 8. 1= “Agora pois nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus”


Que afirmação tremenda é essa de Paulo. Que consolação gloriosa em saber que para nós não há nenhuma condenação. Estamos salvos, livres de qualquer julgamento. Mais, quando voltamos aqui para (Romanos. 7) vemos que nós somos humanos, que somos revestidos desta corrupta e pecadora carne, e que o bem que queremos fazer não conseguimos, mais o mal que não queremos isso fazemos. É o que diz Paulo no(Versículo 19). Quando olho pra mim, e faço um auto exame, vejo as minhas imperfeições, meus pecados até por omissão, por pensamento, por pratica, além do mais, tem aqueles que eu nem mesmo conheço. (Salmo 19. 12) diz: "Absolve-me dos pecados ocultos". Daqueles que eu faço e que não tenho consciência. Então, vejo quanto sou indigno perante a Santidade do meu Deus. Ai, lembro das palavras de Paulo em (Rom.7. 24) “Desventurado homem que sou! Quem me livrará do corpo desta morte?

Há! .....Mais quando deixo de olhar para mim, para essa carne corrompida e pecadora e, volto meu olhar para Jesus, e sua palavra, então; com que espanto vejo o maior de todos os milagres se tornar patente a minha vista. “Que não há mais condenação nenhuma”!, estou livre, estou morto para tudo o que sou humanamente como descendente de Adão: Estou morto para o pecado, para a lei, mais vivo para Deus em Cristo Jesus. Portanto, estar em Cristo e, pertencer a Ele significa que “AGORA NÂO HÀ MAIS NENHUMA CONDENAÇÃO”. Aleluia!... Será que nós temos compreendido perfeitamente esta gloriosa mensagem? E realmente temos gozado no descanso desta promessa?.

Que verdade gloriosa nos envolve como mortos e ressuscitados com Cristo. Estamos diante de Deus desfrutando de tudo o que Deus tem, sem nenhuma condenação. Isso é glorioso, é divino, é o amor sobrenatural do Pai no qual fomos graciosamente revestidos. Não há nada que nos perturbe que nos condene como filhos de Deus. Porque foi o próprio Senhor quem pronunciou o “veredicto”: Nenhuma Condenação!. (Romanos 8. 33) “Quem intentará acusação contra os eleitos de Deus? É Deus quem os justifica.

CONTUDO: Paulo continua em (Rom. 8. 1) ele diz: “Nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus. (Ver. 9) “Que não andam segundo a carne, mais segundo o Espírito)” Preste atenção meu irmão!------Nós fomos comprados, salvos por graça, e passamos a ser filhos. Vejam o tamanho desta responsabilidade que temos, em sermos filhos do Deus eterno. Temos que honrar o nosso Pai. Todo filho sensato defende seu Pai, (com unhas e dentes) Tem orgulho em ser igual a seu Pai, fica feliz quando alguém diz: Você parece com o seu Pai, tem os traços de seu Pai, tem a dignidade de seu Pai, tem a honradez de seu Pai em tudo o que você faz.


Deus de tal modo como Pai Celestial, exige reciprocidade de conduta, de caráter, veja o que diz: (1Pedro 1. 16) Palavra de Deus: “SEDE SANTO PORQUE EU SOU SANTO”. Ou seja; (Eu entendo que Deus esta dizendo): Você que foi escolhido, salvo, justificado, buscado, trazido, e agora faz parte da minha natureza santa, procure assemelhar-se à mim, procure parecer comigo, procure ter a minha santidade, procure viver de tal forma que os homens olhando pra você glorifiquem o meu nome. Em suma, o que eu entendo é Deus dizendo: Não me desonre no meio deste mundo corrupto, no meio de homens assassinos, violentos, promiscuos, injustos, adúlteros, mais estando no meio deles; seja Luz do mundo, e seja sal da terra. É por isso que Paulo termina dizendo: “Não há condenação nenhuma”; para aqueles que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito”. Porque estes, são aqueles que nasceram de novo, que vivem em novidade de vida, que não vivem mais para si, mais vive para glorificar o nome do seu Deus. É para estes que a promessa foi feita: (Não há mais condenação) !!!.



-----(João 4. 23) Disse Jesus: Mais vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; "porque são estes" que o Pai procura para seus adoradores. Deus é espírito; e importa que seus adoradores o adorem em espírito e em verdade.







Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger