segunda-feira, 31 de outubro de 2011

COM QUEM VOCÊ SE PARECE ?





Texto Básico: (Lucas 11. 35)


Disse Jesus: “Repara, pois, que a luz que há em ti não sejam trevas”.



Não!.......não é de traços físicos geneticamente herdados de seus familiares que estou perguntando, mas é algo intrínseco profundo que não ostenta somente a mudança da aparência exterior, mas a conduta, o caráter, o procedimento em tudo o que é, e faz. Ou seja; uma profunda e completa transformação. Mais precisamente de um milagre que faz com que o homem continue a viver no seu próprio corpo, tendo a aparência e o comportamento de uma pessoa que não vive segundo a carne, mas segundo o espírito. Ou seja; passa a viver segundo o Espírito, e não mais pela carne. Bem, já descobriram do que estou a falar. É justamente da pessoa que um dia encontrou-se com Jesus, e todo aquele que teve um encontro verdadeiramente com Ele, nunca mais será a mesma pessoa.( Atos 4. 13) “E reconheceram que eles haviam estado com Jesus”. Porque visivelmente passaram a serem, e a viverem no poder gracioso e transformador de Cristo Jesus.

O homem quando recebe Jesus em sua vida, ele passa a ter da sua natureza, e conseqüentemente a ser parecido com Cristo. (Efésios 5. 1)Sede, imitadores de Deus, como Filhos amados” essa não é simplesmente uma sugestão, mas uma implícita ocorrência que tem que se verificar na vida do homem que um dia encontrou-se com Cristo. e Paulo fazendo isso escreveu em (Gálatas 2. 20)Já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim”. Era tanta a assimilação a aparência que tinha com Cristo, vivendo o ensinamento do mestre, a preocupação do mestre, o amor com que o mestre tinha para com as almas perdidas, que ele Paulo, olhando para si, já não o reconhecia mais como o homem Saulo nascido na cidade de Tarsis. Mas, alguém à qual Cristo tinha requisitado para o seu glorioso propósito. Assim, também, nós como resgatados, comprados pelo amor maior, temos que imitar o nosso tão grande salvador.

. “Deus criou o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou”(Gênesis 1. 27) Quando lemos esta declaração do Criador em Ele dispensar à nós tamanha honra em sermos criados à sua imagem e semelhança, ficamos a pensar na grande responsabilidade de sermos imagem do Criador, e acima de tudo de O representá-LO entre os homens, recebendo a ordem; “Sede Santos, porque eu sou santo”.(I Pedro 1. 16).

Ser santo significa; separado, diferente, contrastante da normalidade no pensar, e no agir com respeito as demais pessoas que ainda vivem segundo a carne, e no proceder segundo ao seu corrupto coração. Jesus disse: “Aquele que não nascer de novo não entra no reino dos céus”. Isto é; ter mudança radical de comportamento, de atitudes, de pensamento tão profundamente que passamos a ser luz do mundo, e sal da terra. Aquele que é diferente, reconhecível por parecer-se com Cristo Jesus. É dessa forma que devemos apresentarmos diante de um mundo corrompido, de homens perdidos mergulhados num lamaçal nojento de pecados.

Fico muito triste quando vejo certas igrejas, deixando-se de parecer com Cristo que é luz, para parecer com o mundo que é trevas, do qual fora resgatado.
Justificam-se que fazendo assim, vão atrair a atenção dos jovens do mundo para a igreja. Mas se esquecem que Jesus disse: “Brilhe a vossa luz diante dos homens”, ou seja; tenha comportamento contrastante com as trevas, porque você é luz, e a verdadeira luz não mistura com as trevas, porque ao chegar, as trevas se dissipam. Quer cativar as pessoas?, atraí-las para a igreja? Então dê testemunho de vida transformada, santificada, compromissada com a verdade do evangelho que é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê. Infelizmente o que temos visto, são ministérios procurando crescimento numérico de seus membros, sem primar pela santidade.

01) Cometem o erro crasso, em querer agradar os homens, em vez de agradar a Deus. Descem no patamar corrompido dos homens e, se amoldam as suas práticas mundanas trazendo-as para dentro da igreja e de suas liturgias, como por exemplo; o poder de maior atração que é a musica. E em vez de convencê-los pela verdade, pela santidade de vida, por vida transformada, compromissada com Deus, o fazem tornando-se um seu igual.

02) O nosso louvor por milhares que sejamos dentro de uma igreja, só terá sentido se for dirigido e aceito por um só expectador, que é Deus. Caso contrário, estamos perdendo nosso tempo, porque por mais avivado, eufórico, brilhante seja nosso louvor ele, não passará do telhado. Salvo se em contrapartida o fazemos para agradar-nos a nós mesmos por um fútil orgulho pessoal, e ou; escusa estratégia de sedução por um objetivo que não é a gloria de Deus, mas a gloria do homem.
Com quem você se faz parecer?

(Filipenses 2. 12) “ Desenvolvei a vossa salvação com temor e tremor.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

BIBLIA SAGRADA: O VIVO E GRANDE MILAGRE DE DEUS!









Texto Básico: (I Pedro 1. 24)
Seca-se a erva, e cai a sua flor; a palavra do Senhor, porém, permanece eternamente.
É nestas palavras que reside a nossa perseverança e a segurança de nossa caminhada da fé. O termo usado – palavra – significa o registro, o livro, a voz impressa, a promessa amorosa, irrefutável, inquestionável por Deus feita . Que história grandiosa, imensurável é a desse livro!. Sobre ele tem passado o fogo, a água e o sangue! Nenhum outro livro jamais foi tão odiado pelos homens perversos e, tratado de modo tão irreverente e abusivo pelos homens chamados de “fiéis”. Ele foi perseguido, proscrito, interditado, excomungado, queimado pelos homens oriundos da era diabólica que, com todo o empenho tentaram destruí-lo; todavia, ele continua sua marcha com toda firmeza. No passar dos tempos surgiram opositores contra ele de várias formas; alguns se gloriando de novas descobertas, ou de encontrar nele alguma falha fatal que viesse comprometê-lo, e desacreditá-lo.

Todavia, os críticos e inimigos passam, suas asseverações dogmáticas são desmascaradas, e, assim, o grande e antigo livro adquire força cada vez mais crescente. Com grande tristeza ainda vejo hoje, quanto abuso tem ele sofrido dos seus supostos amigos e seguidores! Tem sido mal traduzido, distorcido, incompreendido, e erroneamente ensinado. Tem sido adorado como um ídolo e consultado como um oráculo supersticioso. Sua mensagem tem sido torcida, adulterada para provar quase tudo em conformidade com escusos interesses pessoais. Foi usado como justificativa em favor da escravatura, da poligamia, da terrível inquisição, da queima das chamadas bruxas, do poder opressivo e dominante e, conseqüentemente das justificadas depravações em todos os tempos. Não obstante, a despeito de tão ferrenha e obstinada oposição, a Bíblia permanece triunfante, vitoriosa em poder, majestade, gloria porque ela não simplesmente contem a palavra de Deus, mas ela é a palavra de Deus.

O Senhor Jesus falando dela disse: “Examinai as Escrituras, porque julgais ter nelas, a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim”(João 5. 39).
E ainda (João 5. 24)” Disse: “Em verdade, em verdade vos digo: quem ouve a minha PALAVRA e crê naquele que me enviou tem a vida eterna, não entra em juízo, mas passou da morte para a vida”.

Por tudo isso, é inegável ser a Bíblia o vivo e grande milagre de Deus, que por sua misericórdia e graça nos permitiu tê-la, e dela recebermos ensinamento, admoestação, fé, alimento nutritivo para nossas almas, e a consoladora esperança da nossa eterna salvação.

Com sincera gratidão louvamos ao nosso Deus, por este presente grandioso, esta dádiva de imensurável amor; a BIBLIA SAGRADA. Que a Ele seja a honra, o domínio, a gloria, poder, majestade para todo o sempre .Aleluia..........!

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

A OUSADIA DO AMOR QUE FAZ UM INTERCESSOR!



Texto Básico: (Êxodo 32. 31/32)

Disse Jesus; o meu mandamento é este: “que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei” A maior expressão manifestada de amor que alguém pode dar, é ser um intercessor. Aquele que se doa, que se entrega, que gasta tempo no desconforto muitas vezes de dobrados joelhos, em orações, não para pedir benção pra si próprio, mas em favor de uma outra pessoa. Este, estará cumprindo a maior missão que o Senhor Jesus lhe outorgou. A palavra de Deus destaca com relevância maior a figura de grandes homens de Deus que foram intercessores. E no texto em destaque (Êxodo 32. 31/32) Aqui encontramos o grande Moisés tomando uma atitude intrépida e ousada ao interceder pelo povo que tinha cometido grande pecado diante Deus, ao fazer um bezerro de ouro para adorá-lo. Disse Moisés: “Agora, pois, perdoa-lhe o pecado; ou, se não, risca-me, peço-te do livro que escreveste”.

Que oração arrojada, que intercessão amorosa mesmo a despeito da indignidade que cometera o povo contra Deus. Era expressão de angustia de profunda dor, de desespero quase até a morte, quando ele pede: “Perdoa-lhes, ou, risca-me do teu livro”. Ele preferia ficar eternamente perdido do que ver o povo ser condenado. Quão admirável foi essa intercessão, quanto amor foi manifestado nesta até incompreensível petição. Quando olhamos para este grande intercessor frente a nossa postura, como avaliamos nosso desempenho de intercessor?. Como temos amado nosso próximo? Como temos cumprido o mandamento do Senhor em (João 15. 12)?.Ameis uns aos outros ASSIM, como eu vos amei!”. Isso nos dá a idéia da grandeza de amor, guardadas as devidas proporções, com o amor sacrificial que Ele Jesus nos amou, morrendo em nosso lugar.

Fico preocupado com a seqüência do texto, quando Jesus disse: “Vós sois meus amigos”.(aqui quis dizer Jesus; vós tereis parte comigo, recebereis do meu favor, da minha salvação, se fazeis o que eu vos mando). Voltando para o (Ver. 2) Jesus nos fala da severidade com que o Pai “agricultor” trata aquele que insiste permanecer comodamente sem produzir frutos de amor. Ele diz: que extirpa, corta, elimina da sua comunhão.

Certa feita, ao terminar uma reunião quando a mensagem por mim pregada, foi sobre a parábola dos talentos (Mateus 25. 14) uma pessoa me procurou e disse: Eu acho que pra mim Jesus não me deu talento nenhum, porque não sei pregar, não tenho cultura, sou semi-analfabeto e portanto; o que poderia fazer eu no reino de Deus?. Muitas vezes as pessoas pensam que o maior de todos os talentos para Deus, é daquele grande pregador que arrasta atrás de si grandes multidões. No entanto, o ensinamento de Jesus nos diz; que é aquele que ama o seu próximo, e demonstra esse amor sendo um intercessor em favor de sua alma.

Será que nós temos sido de fato intercessores?
Será que temos cumprido o mandamento do Senhor em (Mateus 5. 44)? “Amai os vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem, para que vos torneis Filhos do vosso Pai celeste”.(Que Dificílimo condicional Jesus estabeleceu!!!!) A continuação deste texto (Ver. 46-47) Jesus disse que; nós temos que extrapolar os padrões da justiça dos homens, porque somos diferenciados não pertencemos a este mundo, mas somos Filhos de Deus. Jesus termina no (Ver.48) Dizendo:”Sede vós perfeitos como perfeito é o vosso Pai celeste”.

Que Deus grandemente te abençoe, em nome de Jesus. amém!

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

UMA PARADOXAL CONFISSÃO !



Texto Básico: (Marcos 9. 24)

Um pai vivia um angustiante e desesperado momento em sua vida, seu filho era possesso de um espírito imundo, e sofria terrivelmente por isso. Ele ouviu falar de Jesus, então foi procurá-lO. Aquele pai a principio foi atendido pelos discípulos de Jesus, que não puderam ajudá-lo. Aquele pai desesperado já não sabia mais o que fazer, e talvez essa insegurança, o levasse a confessar paradoxalmente a sua fé a Jesus, quando disse: “Eu creio! Ajuda-me na minha falta de fé”. Sem dúvida foi uma confissão insegura e conflitante, contudo o fato dele ter procurado Jesus, era sinal de que ainda restava lá no fundo do seu coração uma pontinha de fé e esperança ainda que vacilante fosse.

Será que nós também não temos chegado a Jesus muitas vezes de forma semelhante? quando orando cremos em nosso pedido, também cremos que ele tem poder para nos atender, entretanto ficamos inseguro do seu pronto atendimento. Um tremendo e grande mistério Jesus revelou, para o pronto atendimento.(Mateus 21. 21) Disse Jesus: “Se tiverdes fé e não duvidardes”. Este é o segredo de uma oração que move o coração de Deus, e faz o milagre acontecer. Voltando ao sofrido pai, ele por certo já teria feito de tudo para solucionar o problema, e até a pouco instante tinha falado com os discípulos de Jesus, mas eles não puderam ajudá-lo, foi então que vendo Jesus, o interveio. Enquanto conversavam, este pai viu seu filho ser outra vez oprimido pelo maligno, então desesperado roga a Jesus dizendo: Se tu podes alguma coisa, tem compaixão de nós!.

Respondeu Jesus: Se podes! Tudo é possível ao que crê. Diante disso; então o surpreendente pedido daquele pai: “Eu creio ! ajuda-me na minha falta de fé”. Diante de tanto sofrimento já vivido sem solução, ele queria crer, era o que mais desejava, mas já lhe faltava forças, entretanto arrancando do fundo da alma um resquício de esperança que não podemos chamar de fé, ele pede rogando a Jesus para que o ajude. Sem duvida que era um sinal de uma desfigurada fé, sufocada por sofrimentos e frustrações, então profere o seu contraditado pedido. Com certeza não foi o único, também em nossos dias, quantos que pelo muito sofrer, tem buscado soluções sem contudo, crer de fato que poderão alcançar.

Meu amigo, se esse for seu caso, eu quero te dizer que Jesus conhece o teu coração e a profundeza de tua alma, assim como via naquele sofrido pai a disposição para crer, embora as frustrações e o sofrimento o sufocasse. A despeito da sua fragilizada fé, ou a falta dela, Jesus curou seu filho. Se você precisar de uma benção, se precisar muito mais que isso, precisar de um milagre, mas sente-se impotente até para crer que Jesus pode fazer isso, não desista, faça como este pai aproxime-se de Jesus e peça: Ajuda-me Senhor na minha falta de fé!.......E receberás com certeza o gracioso socorro do Senhor.

Que a graça misericordiosa de Cristo Jesus esteja contigo, meu amado leitor desta mensagem. Amém!

terça-feira, 18 de outubro de 2011

O MARAVILHOSO CONVITE !



Texto Básico: (Apocalipse 3. 20)

Você já recebeu um convite que te deixou imensamente feliz e honrada? Talvez, para um cerimonial, uma festa, uma reunião importante que terminada, fica somente a lembrança da sua participação. Pois é..., acho que você é realmente uma pessoa de sorte, iluminada porque estás recebendo o mais precioso de todos os convites que poderá ganhar em toda a sua vida. Porque se aceitar este convite, estará entrando para uma festa que nunca mais terá fim, mas eterna nos céus. O dono da eterna festa chama-se JESUS CRISTO, e ele esta agora batendo a sua porta para lhe entregar o convite. (Apocalipse 3. 20) “Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e cearei com ele e ele comigo”. Observe a mensagem escrita: “Eis que estou à porta, e bato”. Ele está do lado de fora, e querendo ser recebido por você. Veja: que Ele não força a porta, nem entra automaticamente. Mas, só quando você abrir a porta e permitir sua entrada.

Você já recebeu a sua visita? Já abriu a porta da sua casa para Ele entrar? Como aconteceu isso?........ Foi no dia que você arrependido tendo consciência da sua miséria, do seu pecado, da necessidade de perdão consciêntemente abriu seu coração para o salvador, o Senhor Jesus Cristo. Se você já fez isso recebendo o divino hóspede, estará a gozar a verdadeira paz da certeza da tua salvação. Mas, se isso não aconteceu ainda, não protele esta decisão, ao ouvir Jesus bater corra e abra, escancare a porta do seu coração para que Ele entre, e retire os empecilhos, os cacarecos, que estão entulhados trazendo impedimento para uma plena comunhão com Ele, que são os seus pecados, porque por amor a ti Ele os levou encravando-os na sangrenta Cruz. O castigo que era teu, Ele suportou em teu lugar. Agora, Ele quer poder entrar no teu coração e dividir com você a gloria desta grande e eterna festa, a salvação de tua alma.

Ouça o convite que Ele está fazendo: “Se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e cearei com ele, “e ele comigo”. As vezes as pessoas não se detém no final do convite; e ele comigo. Muitas vezes queremos abrir nosso coração para recebê-lO como nosso hóspede, mas Ele está dizendo que ao entrar em nosso coração, passa a ser o Hospedeiro que nos oferece da sua ceia. É isso que Ele quer fazer o tempo todo oferecer do seu alimento que nutre nossas almas para a vida eterna. Porque Ele ao entrar num coração deixa de ser apenas um visitante,um hóspede, para ser o proprietário que veio tomar posse da sua propriedade comprada pelo altíssimo preço do seu vertido sangue derramado na infamante cruz do calvário

(Hebreus 4. 7) nos diz: “Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso coração

Que as misericórdias eternas de Cristo o SENHOR esteja com você meu amado leitor, despertando-te para receberes o precioso convite do divino Salvador, abrindo a porta para que Ele entre, fazendo morada em teu coração. Amém!

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

SEM FÉ É IMPOSSÍVEL AGRADAR A DEUS !




Texto Básico: (Salmo 139. 5) “Tu me cercas por trás e por diante e sobre mim pões a mão”!

Quando a palavra de Deus nos diz; que sem fé é impossível agradar a Deus, ela está falando do poder miraculoso que opera a fé em nossos corações. Mesmo porque, a sua definição em (Hebreus 11. 1) diz: “Ora a fé é a certeza de cousas que se espera, a convicção de fatos que se não vêem. Ou seja, é uma realidade invisível, abstrata, entretanto com um poder imensurável de transformação de perdidas causas, em grandes vitórias.

Nada é mais confortador do que ter fé na presença de Deus em nossas vidas. Nós sentimos isso com mais evidência, quando estamos vivendo em meio à uma tempestade. É isso que vamos ver o que aconteceu na vida do apostolo Paulo. Ele estava preso sendo ameaçado, passando por momentos sombrios, com muitos sofrimentos quando o Senhor lhe apareceu colocando-se ao seu lado disse: “CORAGEM !”. As orações que Paulo vinha fazendo a dias, parecia não passar do telhado, contudo, todo o seu sofrimento estava sendo acompanhado pelo Senhor, que embora não visível fazia-se presente todo o tempo ao seu lado. Isso me faz lembrar o poeta sacro que escreveu o (hino 156 do( H.E) que diz:

Descansa, ó alma, eis o Senhor ao lado;
Paciente leva, e sem queixar-te, a cruz,
Deixa o Senhor tomar de ti cuidado,
É imutável teu fiel Jesus!
Prossegue, ó alma, o amigo celestial
Protegerá teus passos no espinhal!.

Para isso nos alertou o Senhor Jesus (João 16. 33)No mundo passais por aflições, mas tende bom ânimo! Eu venci o mundo”.


O grande John Bunyan autor do livro o “Peregrino”, preso por acusa da sua fé, certo dia recebeu a visita de uma pessoa que, ao encontrá-lo, disse: “Amigo, o Senhor Jesus me mandou vir aqui te visitar, para trazer-te uma revelação”. Porém, demorei muito para te encontrar procurando por várias prisões. Bunyan então respondeu; “impossível” se o Senhor te mandou vir aqui, ele também teria lhe dito onde me encontrar, porque o Senhor sabe exatamente onde estou, pois me faz companhia diariamente.
Meu caro irmão e amigo, quando nós fomos reconciliados com Deus, através do sacrifício vicário da cruz de Cristo, passamos a ser para Deus a menina dos seus olhos, ele passou-nos a dispensar especial atenção, cuidado e proteção, e muito mais que isso, Jesus disse; que ele e o Pai viria e faria em nós morada, habitação partilhando conosco a nossa peregrinação enquanto aqui.

Insensatamente nós entristecemos o coração de Deus quando frente à uma luta nós desanimamos, chegamos a duvidar do seu amor para conosco, quando ficamos a perguntar: “(Porque Senhor estou sofrendo tanto assim”?........Muitas vezes a nossa fragilizada fé, embota nossas mentes diante da dor e do sofrimento, em reconhecer que se Deus habita em nós, então, estará a passar junto de nós aquele momentâneo vale, e que ali bem na frente, já tenha preparado a nossa grande vitória. É essa a verdade que conclui o poeta sacro neste confortador (hino 156).
Descansa ó alma; agora há pranto e dor;
Depois o gozo, a paz, o Céu de amor.

Podemos fazer nossas as palavras do Salmista Davi, no (Ver. 6) “Tal conhecimento é maravilhoso demais para mim: é sobremodo elevado, não o posso atingir”.
Você está sofrendo meu irmão? Está passando pelo vale? Fique firme, confia no Senhor Ele não está indiferente á sua situação. (Salmo 37. 5) “Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais ele fará”

Que Deus grandemente te abençoe, em nome de Jesus!

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

SE NÃO TORNARDES COMO CRIANÇA !?........



Disse Jesus: Se não vos converterdes e não tornardes COMO CRIANÇAS, de modo algum entrareis no reino dos céus”

Um dia desses estava ouvindo um famoso pregador da TV falando da facilidade de conseguirmos a salvação. Dizia Ele, é de graça não custa nada, é só dizer Jesus eu te amo, perdoa os meus pecados e pronto está salvo. Mas quando olhamos para o ensinamento do Salvador Jesus, o dono da salvação dizer: “Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me”(João 3.3) Se alguém não nascer de novo não entra no reino dos céus”. (Coloss. 3.5)Fazei morrer a vossa natureza terrena”.

Sabe, tem muito evangelho barato sendo pregado por ai, vulgarizando o altíssimo preço pago por Cristo na Cruz do calvário. A recíproca de nós exigida por Jesus nos impele a viver uma vida em consonância guardadas as devidas proporções, com a sua obra sacrificial do calvário. É preciso morrer para que se possa viver. (Mateus 16. 25)” Porquanto, quem quiser salvar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a vida por minha causa achá-la á”.
Quando nós lemos os ensinamentos do senhor Jesus e, entendemos a profundidade da sua amplitude, então é impossível não extravasar, ainda que num contido e inflamado grito. (Aleluia!...........). E assim sorrir, tendo o rosto a marejar por copiosas lagrimas!
Você já teve essa experiência?. Já se emocionou, chorou, sorriu lendo o ensinar de Jesus ?
Quantas saudades eu tenho da minha infância, quando ia passear na casa do meu tio João. Ele era um lavrador. Eu era um garoto que sempre tive problemas com minha garganta, era de vez em quando irritada, vezes por outra, inflamada e tossia muito. Mas, quando chegava na casa do meu tio, ele tinha lá seus remedinhos. Me lembro de algo preto parecido com uma barra de chocolate o qual ele chamava de (Acassú) era muito doce a principio mas, depois de alguns instantes se tornava insuportavelmente amargo.

Quando Jesus disse que se nós não tornarmos como crianças, de modo nenhum entraremos no reino dos céus, a principio parece um doce ensinamento o ser comparado com a inocência das crianças. Mas, o ser criança grande, o ser adulto com cabeça de criança, ou seja: Com a inocência de mente, de atitude, de comportamento vivendo no meio de um mundo corrupto, cheio de violência, de injustiça, do (salve-se quem puder) como é difícil viver e agir assim. Hoje até no relacionar entre irmãos, como a coisa tem sido complicada!.Como este imprescindível ensinamento do Mestre, esta esquecido hoje no coração de muitos crentes!

O Senhor Jesus conhece a essência da natureza humana, o resquício nojento do pecado adquirido, e sabe que nossa estrutura foi abalada, corrompida, maculada e o egoísmo, o individualismo, o desamor flui natural e, principalmente na vida daquele que ainda não passou pelo processo gracioso da regeneração. Quando o Senhor Jesus usou uma criança e a colocou diante dos homens e disse: “Se não tornardes como esta criança de modo nenhum entrareis no reino dos céus”. Qual era a qualificação daquela criança para ser usada como merecedora do reino dos céus? O que Jesus estava querendo ensinar com essa criança?

É notório o saber que, o Ser humano ao nascer já traz consigo a nódoa gravíssima do pecado original. (Portanto, já nascemos pecadores!. (Rom. 5. 18). Porém a criança usada por Jesus ainda na sua “Inocência” não tem assimilado um dos mais graves pecados que Jesus, destacou em relevância que é o (Orgulho). Orgulho é o pai de todos os pecados, porque foi por orgulho em querer ser igual a Deus que Eva foi tentada e caiu.


Vejamos o grande ensinamento do Mestre!


É certo que as crianças se estranham vez por outra, e até se engalfinham em lutas, choram copiosamente a dor sofrida, mas a riqueza do ensinamento do Mestre, esta justamente num importante detalhe dessa desavença. É que cinco minutos depois da briga, estão se abraçando sorrindo e jamais lembram da razão do atrito passado. Como ainda não tem orgulho perdoam, não guardam rancores nem ressentimentos. É isso que o Mestre delimita como condição irrevogável para quem almeja entrar no reino dos céus.

Sendo assim, ele ensinou a nós crianças crescidas de cabelos brancos, mais muitas vezes imaturos espiritualmente, que a virtude que nos qualifica entrar no reino dos céus é ser Humilde como as crianças. (Mateus 5.3)Disse Jesus: “Bem-aventurado os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus”. O tesouro mais precioso a ser almejado por cada um de nós, é a vida eterna, e disse Jesus tem que ser humilde. Porque quando aprendemos a ser realmente Humildes, então somos como as crianças que Jesus aqui destacou no (Ver. 4) Disse Jesus: “Aquele que se humilhar como esta criança, esse é o maior no reino dos céus”. O contrario disso, Jesus nos diz; que é um impedimento para entrarmos no descanso eterno.
(Tiago 4. 10) “Humilhai-vos na presença do Senhor, e ele vos exaltará”

Pense na seriedade desta advertência do Senhor Jesus !

terça-feira, 11 de outubro de 2011

JESUS; "A UNICA ALTERNATIVA"!




Texto Básico:Disse Jesus: “Eu sou o caminho, e a verdade e a vida: ninguém vem ao Pai senão por mim”(João 14. 6).

Um dia desses entrando numa sala de “bate papos”, onde acirrado debate ocorria, cujo tema era: A vida após a morte! Diante de pensamentos conflitantes notei; heréticos, legalistas, ateus, e até um suposto ortodoxo, pessoas que se intitulavam religiosas, e conhecedoras de assuntos espirituais. Então, por algum tempo fiquei em oculto com grande tristeza a observar tanta ignorância e desconhecimento da palavra de Deus. Quando alguém parecendo liderar o debate disse: Podemos estar em lados opostos, e caminhando separadamente, mais um dia chegaremos num mesmo lugar. Pensamento este, que estranhamente ouve unânime concordância, salvo a intervenção de um silencioso participante que os advertiu dizendo: A única verdade é a da Bíblia, somente ela nos mostra o caminho, e a direção segura para o céu.

Quando vamos viajar para um pais distante, temos que providenciar o passaporte, o visto de concordância com as leis deste pais. Assim também, se quisermos entrar nas moradas eternas do céu, devemos se portar em conformidade com as leis do Senhor. No texto acima em destaque; Jesus fala das moradas celestiais quando disse:” Eu vou preparar-vos lugar”. Então, diante dessa afirmação o cético Tomé lhe disse: “Senhor não sabemos para onde vais, como saber o caminho? Então Jesus disse: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim”. Com essa afirmação estava declarando que só há um jeito, uma única possibilidade de chegarmos nas moradas eternas do céu; que é crendo na oferta da obra graciosa e redentora do calvário.

(Hebreus 19. 23) “Pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou pelo véu”. Isto é, pela sua carne. Quando derramando o seu precioso sangue, nos comprou para Deus, e agora na condição de servos, redimidos, resgatados, lavados, purificados podemos achegarmos a Deus, com a dignidade adquirida dos méritos do imolado cordeiro, que se doou morrendo substitutivamente, a todos aqueles que arrependidos se achegarem a ele, confiantes no seu sacrifício, será salvo.

Preste atenção para o que disse Jesus: “Vós sois meus amigos, se fazeis o que eu vos mando”. (João 15. 14) É um condicional estabelecido por quem é o dono da gloria, Senhor absoluto da vida e da morte, e que pagou com o sacrifício da própria vida o preço do resgate do perdido pecador, que crendo em sua graciosa oferta e obedecendo os seus mandamentos, será salvo. E por isso, ele disse: Que só há um caminho, um só jeito, uma só possibilidade de conseguirmos salvação, que é através dEle, e somente por ele. Nesse caminho não pode haver discrepâncias, divisões e nem tão pouco alternativas. “Agora, porém vos reconciliou no corpo da sua carne, mediante a sua morte, para apresentar-vos perante ele santos, inculpáveis e irrepreensíveis”. (Colossenses 1. 22)


Porquanto há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem”( I Timóteo 2. 5).


Que a graça de Cristo Jesus te abençoe meu amigo leitor desta mensagem! Amém

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

A PREFIGURADA IMAGEM DA SERPENTE !


Texto Básico: (João 3. 14/15)

Quando em retrospectiva olhamos a história de Israel, e a forma com que Deus conduziu seu povo, ao tirá-los do Egito fazendo-os dar volta por 40 anos num deserto abrasador, isso nos suscita uma pergunta. Porque tanto tempo? O povo estava escravizado por + de( 400 anos no Egito) eles viviam como escravos, pensavam como escravos, agiam como escravos, agora eles tinham que aprender que não tinham mais um rei que os supria de provisões, mas que eles agora dependeriam tão somente de Deus.
Agora Deus seria o seu provedor, a sua sorte, sua defesa, e sua vitória. E para isso naquele lugar hinóspito, seco, sem água, sem recursos, sem meio de subsistência o povo tinha que aprender ter dependência exclusiva de Deus.
O povo em determinado momento estava sem ânimo, cansado, chegando mesmo a sentir saudades do Egito, quando lá, eles tinham um “Menu” variado; carne, vegetais, eram pepinos, cebolas etc. E ali no deserto era somente o “Maná”.

Essa alimentação era que Deus fazia cair do céu toda manhã, e tinha um sabor de pão de mel.------Era maná de manhã, era maná ao meio dia, era maná a tarde, a noite e no dia seguinte mais maná, maná, maná, por (40 anos).


Então, o povo se revoltou contra Deus, e Deus os castigou com a aparição de uma serpente venenosa, e muitos foram mortos ao ser picado por ela.(Ver. 6) Eles pedem a Moisés que orasse a Deus pedindo que a serpente fosse afastada deles. Após Moisés orar, Deus apresenta uma solução para o problema. É bom que se diga, que a despeito da rebelião Deus amava o seu povo, e tinha seu coração terno de misericórdia por eles. Nem tudo estava perdido a despeito do pecado, Deus os amava, assim continua também a nos amar hoje a cada um de nós. Então, Deus mandou que se fizesse uma serpente de bronze e a levantasse num poste bem alto, e todo aquele que fosse picado pela serpente, e levantando seu rosto olhasse para ela, seria curado.


Deus queria ver nesta atitude, um gesto de fé, de esperança e acima de tudo de obediência e submissão. Quando Eva foi seduzida, ludibriada, ferida mortalmente pela serpente(satanás) Deus por seu eterno amor, veio em socorro da sua criatura, e o que o diabo não esperava aconteceu. (Gênesis 3. 15) Exatamente naquele momento o alto preço do resgate era afiançado, para restaurar, refazer, recriar, dignificar o chagado, manchado, maculado ser humano pelo odioso pecado cometido.
Quando o pecador arrependido hoje olha para a suspensa Cruz do Calvário, aliviado enxerga a cura do mortífero veneno do pecado, e então, pode descansar confiante na segurança da sua graciosa providência. (João 3. 14/15) “ E do modo por que Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do homem seja levantado, para que todo o que nele crê tenha a vida eterna”.


Que Deus grandemente te abençoe meu irmão e amigo leitor desta mensagem
!

terça-feira, 4 de outubro de 2011

A NOSSA EQUIVOCADA ESCOLHA !



Texto Básico: (1Samuel 16. 6) "Samuel viu Eliabe e pensou : “Com certeza é este que o Senhor quer ungir”.

Quantos equívocos, arrependimentos, frustrações se tornam a realidade na vida de muitas pessoas, que por estarem certas, convictas que tal decisão é a mais correta, e contudo, passando um certo tempo frustrados, sentem o sabor amargo das lágrimas de arrependimento. Isso acontece quando nós seguros de nós mesmos decidimos fundamentados em nossa sabedoria que orgulhosamente achamos ter.

O texto de (I Samuel 16. 1/13) descreve um episódio bem semelhante de um grande homem de Deus, que recebeu uma incumbência de grande responsabilidade, para ungir o novo rei de Israel. Fico pensando no profeta Samuel, que se preparando para a grande missão, tenha ele orado, buscado a orientação divina para que sua escolha fosse exatamente a que Deus já tivesse feito. Quando lá chegou na casa de Jessé, no momento emocionante, decisivo de olhar para o novo rei, e ungi-lo, Samuel tivesse deixado se envolver pela emoção circunstancial, e que quando viu o primeiro filho de Jessé, Eliabe passar na sua frente, um homem bonito, alto, robusto quem sabe tendo a (pinta garbosa de um rei) e sabendo que este era o filho primogênito, não teve dúvida em pensar em seu coração, estou diante do novo rei escolhido pelo Senhor!

A despeito da expectativa da preparação toda feita por Samuel, além de tudo ser ele o grande profeta de intimidade vivida com Deus, como porta voz seu, ele errou na sua escolha. Ele tinha certeza que estava diante do novo rei, mas estava enganado. Quantas vezes nós precipitamos e temos tomado decisões, certos de que é correto e acima de tudo ser a vontade de Deus, e depois descobrimos frustrados de que não era.
Uma grande lição aprendemos aqui com Samuel, é que mesmo já tendo feito a sua escolha, foi prudente, cuidadoso e só agiu depois que ouviu de Deus a sua orientação, na escolha correta do verdadeiro rei, segundo o coração de Deus. (Jeremias 17. 9) “Enganoso é o coração, mais do que todas as cousas, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerás”?.

Precisamos aprender com o sábio adágio popular que diz: “Nem tudo o que parece é”! Devemos tomar nossas decisões com cautela, prudência precedida de muitas orações, e jamais ouvir o conselho popular dos homens que dizem: “ Faça aquilo que seu coração mandar!

pode alguém perguntar? como posso ouvir Deus falar? o Senhor Jesus respondeu a essa indagação. (João 5. 39) “ Examinai as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim”.
Que Deus te abençoe meu irmão e amigo, que você tenha a sabedoria de fazer a melhor escolha, escolhendo o ser dirigido por Deus segundo a orientação da sua palavra.Amém!

sábado, 1 de outubro de 2011

O MAIOR DE TODOS OS MILAGRES !




O Texto Básico:(João 6 -37 )

Contasse que um certo crente, procurou o seu pastor para tirar uma duvida, a respeito de milagres. Ele tinha dificuldade de aceitar o que se chama de intervenção de Deus na vida do ser humano. Então, aquele pastor disse: Bem irmão, á milagres tão rotineiros, tão cotidiano que a nossa vista fica obscurecida, e nós não percebemos o que Deus nos da tão graciosamente no decorrer da nossa existência. E disse mais aquele pastor: O senhor enxerga, o senhor ouve, fala, anda, tem vida até a essa altura dos 80 anos com saúde, coisa essa, que nem todas as pessoas conseguem. Isso já é um milagre, conquanto muitas pessoas tem falta de uma, ou outra dessas bênçãos.-----Mas, o milagre maior que eu posso te dizer, é aquele que um dia o senhor recebeu, e que parece ainda não percebeu,( O milagre da conversão). Mas, porque a conversão é um milagre, perguntou aquele homem ? Então respondeu o pastor:

Primeiro; porque é uma intervenção direta de Deus na vida do ser humano, sem que este tenha feito nada para ser merecedor.(Romanos 8 -28). Diz: “Sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são “chamados por seu decreto”. Portanto, é iniciativa, decisão exclusivamente de Deus.
Segundo; A salvação é um milagre porque não é humana, não tem ação, ou influência do homem, é somente por graça e misericórdia de Deus. (Efesios 2 -8).Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus”.
Terceiro; Não é por força, vontade própria, mérito humano, ou qualquer outra coisa que justifique a nossa participação no processo redentivo .(Efésios 2 -9) “Não de obras, para que ninguém se glorie”.
Quarto; È uma eleição de Deus, porque a sua palavra nos diz, que é algo seletivo conforme a sua vontade santa. Nós lemos o que esta escrito em(João 15 -16) disse Jesus;”Não foste vós que me escolhestes a mim, PELO CONTRARIO, eu escolhi a vós outros.”.
Quinto; È um presente que Deus faz para Jesus.(João 6- 37) disse Jesus; “Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim, e o que vem a mim, de maneira nenhuma o lançarei fora”.

Você já pensou nisso meu irmão? Que um dia você foi a causa da alegria e da preferência de Deus?, e que sua vida foi buscada, trazida, separada, escolhida e dada de presente para a pessoa mais querida da nossa vida, Jesus, o nosso amado e querido salvador, que nos ama com um amor incondicional e eterno. Temos que ressaltar ainda o detalhe mais precioso, é que ele nunca vai perder esse presente que ganhou do Pai. (Que somos nós). Na minha vida ganhei muitos presentes, mais entre eles, um era muito especial, e que eu guardei por muitos anos, porque ganhei do meu Pai num momento muito especial da minha vida, e todas as vezes que eu olhava para ele, eu lembrava do amor e carinho do meu Pai para comigo, até que um dia eu não sei como, eu vim a perdê-lo. Mas, com Jesus graças a Deus é diferente, Ele jamais perderá aquilo que ganhou do seu Pai.
(João 6- 37) “Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim; e o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora.”

Preste atenção nas expressões de Jesus, e a gloriosa promessa que nos da segurança, quando ele diz; “TODO AQUELE QUE O PAI ME DÁ.” Jesus esta falando aqui de uma dádiva, de um presente que Deus esta dando a ele Jesus. Se nós amamos os presentes que recebemos, e não queremos de modo nenhum desfazer deles, muito mais Jesus que demonstrou-nos amor maior, capaz de dar a sua própria vida para ter-nos sempre ao seu lado. O(ver.37) continua a dizer; “O QUE VEM A MIM, DE MANEIRA NENHUMA O LANÇAREI FORA.” Esta expressão elimina todas as outras possibilidades que alguém vindo a Jesus venha-se perder um dia.

Eu tenho para mim, que esta palavra de Jesus é a mais linda de toda a Bíblia, a mais gloriosa para o ser humano, que conforto extraordinário, divino, que consolo para o crente que anda duvidoso, fraco, inseguro, vacilante, temeroso. Jesus esta aqui injetando o refrigério, o balsamo curador para por em pé qualquer um que tenha tropeçado, e caído na sua vida com Deus, e tenha desistido dele porque julga ter cometido um pecado imperdoável . O texto nos diz;” DE MANEIRA NENHUMA,” isso quer dizer que se um dia Jesus te salvou, jamais as vicissitudes, os revezes da vida sejam eles quais forem, será capaz de anular uma decisão que Jesus tenha tomado sobre a sua vida.

Se Jesus te salvou, você nunca mais perderá a sua salvação, é isso que realmente esta escrito aqui. Mais Jesus disse mais em (Mateus 24 -35),Passará a terra e o céu,mais as minhas palavras não ao de passar “. Como nós dissemos no inicio, tudo é uma escolha de Deus, e não nossa, é ele que nos aceita, e não nós que o aceitamos.------Muitas vezes a gente ouve alguém dizer, quando eu me converti, eu fiz isso e aquilo, mais essa posição é querer requisitar o mérito da graça de Deus para si mesmo, o que não é verdade. A salvação é misericórdia, é graça, é favor imerecido, é decreto de Deus, e ele o faz no seu tempo próprio, e não no nosso.


Eu conheci um homem chamado Orlando, que foi convertido em 1940, era assíduo na igreja, não perdia um culto, cantava, orava participava de todas as reuniões da igreja, e quando alguém perguntava para ele sobre a sua fé, ele dizia com firmeza sou crente, e servo de Jesus Cristo meu senhor. Mas, ele tinha dois problemas que o constrangiam. Gostava de tocar viola, e compor musica sertaneja, além de fumar seu inseparável cigarrinho de palha. Muitas vezes foi advertido por isso, mais ele dizia não consigo deixar, tenho tentado varias vezes, mais é mais forte do que eu. Viveu durante 40 anos tendo dois amores que o dominavam, a viola caipira, e o cigarrinho de palha.
No ano de 1980 em algum dia do mês de agosto, ele foi assistir á um culto evangelístico, onde um grande pregador trazia a mensagem do senhor, e dizia ele que no meio do sermão algo começou a incomodar, parecia uma angustia, uma certa inquietude que lhe tirava a paz. E logo que terminou o culto ele foi para casa, e quando chegou foi logo procurar a carteirinha de palha, e o bom pedaço de fumo da melhor qualidade que ele gostava tanto, e quando ele tocou naquilo sentiu um asco, uma repulsa um certo nojo inexplicável e de imediato juntou tudo aquilo e jogou no lixo, foi na sala pegou sua inseparável violinha, colocou num saco e pendurou num lugar mais escondido da casa. E o que não conseguiu deixar de fazer por 40 anos, agora o fazia em poucos minutos.
Pode parecer que Deus demore tanto tempo para libertar uma pessoa, mais ele tem o seu tempo certo conforme lhe apraz o coração.

Fui assistir um culto em uma outra igreja evangélica, e quando lá estava, vi passar por mim um jovem de cabelos compridos e de aspecto extravagante, vestindo uma camiseta branca com a seguinte inscrição: “TENHA PACIENCIA DEUS AINDA NÃO TERMINOU COMIGO”.Muitas vezes o milagre da conversão acontece instantaneamente, outras porem, parece-nos mais demorada, mais Deus tem o seu trabalhar constante e progressivo sobre a vida daquele que o escolheu, e que o elegeu para ser seu filho amado.(Filipenses 1- 6 )diz: “Aquele que começou a boa obra em vós, á de completá-la até o dia de Cristo Jesus”.
A conversão é um milagre, porque nós podemos constatar que o homem sem Deus pode receber da vida os maiores castigos e sofrimentos, mais jamais muda de vida, seu caráter continua o mesmo, seus ideais também, sua visão social é cauterizada pelo egoísmo e pelo individualismo dos seu próprios interesses, uma mudança só pode acorrer se o milagre da conversão acontecer na sua vida. E isso só é possível, se a misericórdia de Deus o alcançar um dia ,transformando-o em uma nova criatura, porque os verdadeiros filhos de Deus, tiveram que nascer de novo, fazendo morrer a carne nos seus desejos e paixões, para que pudessem nascer espiritualmente, vivendo em novidade de vida em Cristo Jesus nosso Senhor.


Conheci a historia de um grande larápio, um ladrão chamado (MENEGUETI,) viveu a vida quase toda preso e todas as vezes que o soltaram, ele voltava a praticar o furto. Era especialista em furtar residência, e no final da sua vida já por volta de 80 anos bastante debilitado pela vida carcerária que viveu, ele foi solto pela ultima vez, e quando saiu na rua foi logo surpreendido tentando subir no telhado de uma residência para praticar mais uma vez o seu delito.----O castigo humano, o sofrimento, a prisão, até a tortura nada do que o homem possa fazer, é capaz de transformar uma vida, em uma nova criatura. Isso só o poder de Deus pode fazer.
(João 8- 36) disse Jesus: “Se o filho vos libertar, verdadeiramente serás livres”. A mudança de vida, a conversão genuína verdadeira é um milagre que a psicologia, a ciência tenta explicar, mais ainda não conseguiram, porque é poder, é graça, é misericórdia de Deus, que somente ele na sua infinita graça o podes conceder á aquele seu eleito, e escolhido. (João 6 -44) disse Jesus: “Ninguém pode vir á mim, se o Pai que me enviou não trouxer”, Isso é soberania cujo atributo só a Deus pertence, para salvar, libertar, transformar vidas mortas, em filhos vivos para glorificação do seu santo nome.

Lembro-me quando estava na escola primária, eu tinha que andar uma longa distancia para chegar até a escola . Ali existia um homem chamado Messias, ele era perigoso, briguento e que costumava beber num bar e promover algazarra como; quebrar cadeiras, derrubar mesas, e se tornava um perigo para quem dele se aproximasse. Eu tinha 8 anos de idade e forçosamente tinha que passar enfrente daquele bar.----Corri muitas vezes de medo dele, e era pra mim um pavor o tal do Messias.
Um dia Deus usou meu Pai para evangelizar o problemático Messias, e Deus teve misericórdia da vida dele, ele converteu-se deixando as brigas, e confusões, passando a ser um homem mais manso que conheci. As mãos que empunhava um copo de bebida, agora com grande prazer manuseava a Bíblia sagrada, e dela falava como poder de Deus que transforma, que muda uma vida desregrada, indigna em uma pessoa mansa que vive não mais segundo o curso do mundo, mais segundo a graça de Deus.

Com tudo isso nós aprendemos uma importantíssima lição, que não importa a condição de pecado que o homem tenha, a misericórdia do senhor é maior, não importa o tamanho do pecado, a lama fétida em que estas metido, a podridão de pecado em que vivas, o apostolo Paulo diz em (Romanos 5 -20):ONDE ABUNDOU O PECADO, SUPERABUNDOU A GRAÇA.”
Nesta revelação milagrosa, preciosa, divina que o Senhor Jesus fez e João o apostolo escreveu capitulo 6-37 ; “TODO AQUELE QUE O PAI ME DA, VIRÁ A MIM; E O QUE VEM A MIM DE MANEIRA NENHUMA O LANÇAREI FORA.” Que nessa certeza, garantida por Cristo Jesus, possamos vencer problemas e dificuldades, certos de que já somos mais do que vencedores por aquele que nos amou com amor divino e eterno.

A Ele toda a gloria para sempre Amem;

Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger