domingo, 4 de dezembro de 2011

O NATAL !



Texto Básico: (Lucas 2. 10-11)
Hoje vos nasceu, na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor”. Acredite aconteceu!!!.O imensurável amor que se revelou na simplicidade de uma humilde manjedoura.
Para quem conhece Deus, e tem com ele um relacionamento,um compromisso de vida, esta data do Natal (seja ela real ou não), deve ser vista por nós como a prova de um amor imensurável, por Ele um dia ter-nos criado, e amado com amor eterno. Ele preparou um jardim, um pedacinho do Céu aqui na terra, um lugar maravilhoso, e ainda Santo, onde as delicias de frutíferas arvores eram para seu alimento. Um lugar criado pelos dedos de Deus. Você pode imaginar com que carinho e grande amor Deus criou este lugar?

Mas, o homem por seu orgulho em querer ser igual a Deus, se livrar da sujeição do seu criador, ele deu ouvido ao diabo, e assim, trocou a dádiva do presente do glorioso jardim do Éden, por uma enganosa, falsa, e maligna promessa que o diabo fez, e assim, caiu em pecado afastando-se do seu criador. Mas, o amor de Deus ele é verdadeiro profundo eterno, ele poderia ter destruído essa criatura infiel, desobediente, e ter criado outra sem pecado.
Contudo, esse AMOR incompreensível, divino, gracioso que extrapola, a nossa capacidade humana de entender, Ele disse: Gênesis 3-15; “Da semente da mulher virá um que esmagará a cabeça da serpente”. Você pode entender o que prometia Deus por causa do amor a sua criatura? Qual era o tamanho do preço a ser pago? Qual o limite da sua humilhação? Até onde chegou o Criador por causa do pecado do homem? Você pode entender o quanto custou a tua Salvação? Por favor pare aqui!..... reflita?... Pense?.....Que ele um dia viria a este mundo se entregaria para morrer numa cruz, e que se humilharia a tal ponto de se fazer criatura, para morrer por essa criatura, e assim restaurá-la, reerguê-la, refazê-la, lavando o seu pecado no seu sangue vertido naquela até então maldita Cruz, para assim satisfazer a sua justiça..

Sua promessa foi cumprida. Ele veio e nasceu um dia em Belém da Judéia, data esta da nossa comemoração, do nosso jubilo, da nossa alegria, e da nossa eterna gratidão por este amor tão antigo, e tão presente, que nos aquece, que nos da alento, razão e sentido para viver na esperança de reaver, o nosso paraíso que um dia fora perdido. E, por tamanho amor cumpriu a sua missão de resgate, pagando o preço do nosso odioso pecado. Ele vitorioso rompendo as cadeias da morte, triunfante subiu a gloria, e foi preparar-nos lugar, agora para nunca mais perder, mais para que nós possamos ficar com ele por toda a eternidade no gozo eterno.

Que esta noite, seja só de gratidão por nosso Deus que tem um amor fiel, extremado e pede que nós o amemos assim como ele nos amou. Que haja envolvimento, compromisso, renuncia e que seu amor e santidade, seja a transparência viva e refletida em nossos corações, e em nossas ações e atitudes, para glorificação do seu Santo Nome. No entanto, se Deus em seu agir extrapolou a nossa limitada capacidade de compreender seu amor, de igual modo também o é a sua justiça . Disse Jesus: João 3-36Quem crê no filho tem vida eterna; o que todavia se mantém rebelde contra o filho não Vera a vida, mais sobre ele permanece a ira de Deus”.
Que nesta noite de Natal, a nossa razão seja só para agradecer a Deus pelo presente recebido, e por tudo o que ele nos fez, pelo seu nascimento na humilhação de uma manjedoura, pela gloriosa e divina passagem por este mundo, e pela redenção feita na cruz infamante do calvário. Se o seu nascimento é para nós razão de festa, de alegria, de vitória, a sua ressurreição redentora, é o glorioso passaporte pago, selado, e carimbado com o Seu precioso sangue, para a vida eterna, o qual graciosamente ele nos outorgou, para que vivamos com ele harmoniosamente no cumprimento da sua palavra.

A Ele seja toda a gloria, honra, poder, majestade para sempre. Amém !.

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger