quinta-feira, 17 de maio de 2012

A IMPERIOSA MISSÃO QUE JESUS NOS DEU!!!

Texto Básico:
Ide portanto e fazei discípulos de todas as nações”(Mateus 28.19)

O apostolo Paulo é um dos mais notáveis homens na historia da igreja primitiva. Entre as suas muitas virtudes estava a arte de fazer discípulos. Vamos destacar aqui alguns que foram discipulados por ele. Timóteo é um nome próprio que significa “Caro para Deus”. O apostolo Paulo o encontrou na cidade de Listra quando realizava a sua primeira viagem missionária. Timóteo foi um dos mais valorosos companheiros e cooperadores do apostolo Paulo em sua missão aos gentios e, em suas viagens missionárias. Ele teve uma experiência de conversão no ministério de Paulo, tornando-se um dos discípulos mais diligente do Senhor Jesus, não medindo esforços no trabalho junto com Paulo para evangelizar o mundo Romano. O nome de Timóteo figurou como parte nas introdutórias das saudações junto com Paulo, em várias de suas epístolas.
 Veja: (2 Corintios 1.1-2; Filip.1.1-2;  1Tessaloniscenses 1.1;  Filemon 1.1).

Priscila e Áquila foram judeus discipulados por Paulo. Trata-se de um casal cuja profissão era fabricar tendas. Eles residiam em Roma, quando o imperador Cláudio expulsou os judeus de Roma no ano 49 da era Cristã. O apostolo Paulo os encontrou na cidade de Corinto e, por um bom tempo conviveu com eles, discípulando-os e treinando-os na fé Cristã. Paulo menciona que eles arriscaram suas vidas para protegê-lo. Por onde iam, faziam eles da igreja de Deus a sua casa. Ver.( Rom.16.3-5; ICorintios 16.19)

Outro notável discípulo de Paulo foi Epafrodito. Esse nome “Epafrodito” é um nome próprio que significa “encantador, simpático”. O apostolo Paulo elogia calorosamente a Epafrodito por ele arriscar a própria vida na sua missão, principalmente na igreja de Filipos, quando foi indicado a levar suprimentos para Paulo em Roma. O texto de (Filipenses 2. 25-50), insere o mais longo elogio feito a um homem no novo Testamento: o elogio de Paulo a Epafrodito. Alí, Paulo usa três qualificativos distintos: Paulo o chama de “meu irmão”, cooperador” e “companheiro de lutas, ou seja; “companheiro de armas”, terminologia muito apreciada pelos primeiros cristãos.
 A imperiosa ,individual, intransferível ordem do Senhor Jesus, para mim, e para você continua sendo a mesma: IDE E FAZEI DISCÍPULOS DE TODAS AS NAÇÕES” . Como temos cumprido esta tão gloriosa e outorgada missão por nosso amado Salvador Jesus?. Dentro das suas possibilidades o que tem feito para o reino de Deus? Está lembrado do que disse Jesus para aquele que não produz frutos (João 15.2) “Todo ramo que, estando em mim, não der fruto, ele o corta”. (Ver. 8) “Nisto é glorificado meu Pai, em que deis muito fruto; e assim vos tornareis meus discípulos”, veja o condicional estabelecido por Jesus. Para sermos seus discípulos temos que produzir frutos, e Ele enfatiza(muito fruto.....). E aqui no caso como o apostolo Paulo incansavelmente fez, foi fazer discípulos; ou seja pregar o evangelho da esperança da gloria que somente em Cristo Jesus se pode
 encontrar. Reflita diante de Deus, com respeito a sua incumbência de ser um servo comprado pelo mais alto preço pago na infamante Cruz do calvário, e assim, responda para o seu coração.

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger