quinta-feira, 23 de agosto de 2012

A METAMORFOSE QUE FAZ DA MORTE O NASCER PARA A VIDA!!!
Texto Básico: (Ezequiel 11. 19) 
“Retirarei deles o coração de pedra e lhes darei um coração de carne"

 Certa vez eu caminhava com meu pai dentro de uma mata, ele era um homem simples que não tinha cursado nenhuma escola superior, entretanto, era um ardoroso pregador da palavra de Deus, e por ter certas limitações se fazia admirável a sua sabedoria e poder de palavra, o qual  foi usado pelo Espírito Santo trazendo para os pés benditos de Cristo Jesus muitas almas para a gloria de Deus. A certa altura da trilha que andávamos ele parou e, olhando para uma pequena arvore, me mostrou horríveis lagartas de aspectos asquerosos e, alguns casulos construídos por elas mesmas e disse: Veja, essa horripilante e asquerosa lagarta, um dia passará pelo processo de transformação numa apreciável e bela borboleta. Assim também, é aos olhos de Deus a vida do homem que ainda não passou pelo novo nascimento; Não da carne, mas do Espírito.
 É imprescindível que o homem para se aproximar de Deus, passe pelo processo de uma transformação total em uma nova criatura. O Senhor Jesus disse: “Aquele que não nascer de novo não entra no reino de Deus”(João 3. 3).
A termologia aqui usada por Jesus (nascer de novo) vai ao extremo comparativo de uma total mudança requerida. Nova vida. “E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura;” as cousas antigas já passaram; eis que se fizeram novas”( Cor. 5. 17). Isto é; tem que haver constatação de visíveis e profundas mudanças, de pensamentos, atitudes, de novos desejos, novos valores, de um sentimento de nojo e grande tristeza ao pecar, mas um sentimento de exultação e alegria em servir a Deus. Tudo isso, se faz pressupor um coração novo renascido, transformado de um estado anterior de pedra e conseqüentemente duro, insensível e morto, para um vivo e de sentimentos acessíveis a graça de Deus.

 O apostolo Paulo disse: “Nós temos a mente de Cristo”(ICoríntios.1. 16) porque não vivemos mais segundo a carne, mas segundo o Espírito. Portanto, se a perceptiva transformação não ocorrer, não se engane, não houve conversão.
 Entretanto, existe por ai ensinamentos anti-Bíblico, afirmando que o crente não pode sofrer porque é filho de Deus. Essa é uma pregação mentirosa, tendenciosa em querer seduzir os incautos seguidores. Essa nova vida que em Cristo Jesus passamos a viver pelo novo nascimento, não nos isenta dos sofrimentos, das lutas, das dificuldades, crises financeiras e econômicas, sociais e até espirituais. Não somos diferentes das outras pessoas, quanto as lutas e sofrimentos, contudo; com um grande e glorioso diferencial . Deus nos assiste e dá forças para passar pelo vale por mais estreito e sombrio que nos pareça, até que venha a vitória.
O Senhor Jesus já nos advertiu: “No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo”.(João 16. 33), e a vitória dEle é a nossa maior e gloriosa conquista, porque nos garantiu vida eterna comprando-nos para Deus com o seu derramado sangue na Cruz infamante do calvário. A Ele seja toda a gloria para sempre. Amém!!!!!

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger