domingo, 5 de agosto de 2012

OS NOSSOS CONSTRUIDOS CASTELOS !!!

Certa feita eu estava sentado a beira mar. E próximo de mim um garoto construía um "castelo de areia". Era admirável a sua habilidade na divisão dos compartimentos e, até uma bela torre ele construiu. Depois que julgou o trabalho concluído, sentou-se enfrente a sua obra, e sorriu. Mas, uma onda mais forte veio e destruiu o seu castelo. Ao contemplar a cena pensei que ficaria triste, e desistiria do seu intento. Mas, ele olhou para as águas que se afastavam, coçou a cabeça e, recomeçou tudo de novo. A tarde caia quando seus pais chegaram e lhe disseram: Filho..!, vamos pra casa.
 Aquele menino agiu assim porque, embora o castelo de areia fizesse parte da sua fantasia de vida, o que sustentava sua alegria era, a esperança de saber que no final do dia, tinha uma casa para onde voltar, e ali teria o conforto e o abrigo de um lar.

 Quase tudo que construímos em nossa vida é passageiro. São “castelos de areias”. É nosso projeto de vida, é nossa casa própria, é nosso emprego, e infelizmente para muitos até o próprio casamento. Investimos tanto tempo, tanta dedicação, tanta energia, lagrimas, suor para serem construídos . E insensato seremos se depositarmos neles, a nossa maior esperança. Mais cedo ou mais tarde, uma onda inevitável poderá vir e levar para sempre aquilo que demandou tanto tempo para construirmos. E quando isso acontecer, somente aquele que tiver sua esperança no Senhor Jesus, será capaz de como aquele garoto, rir, e começar de novo.
Todo crente tem uma promessa gloriosa e o aguarda com grande expectativa o dia em que será liberto deste corpo mortal, para receber uma nova vida. Essa sim, não será instável, passageira, finita como os “castelos de areias” que construirmos neste mundo, mas será eterna nos Céus. A exemplo daquele menino devemos, continuar se alegrando em tudo o que construirmos, sem depositar neles a razão da nossa vida.
 Nós que confiamos no Senhor, sabemos que os castelos por nós construídos neste mundo, poderão perecer e ser destruídos, assim como o maior de todos que nós temos e amamos que é o nosso corpo que recebemos um dia, mas ele é transitório, finito e passageiro como um conto que se conta depressa.

“Quanto ao homem, os seus dias são como a relva; como a flor do campo, assim ele floresce; pois, soprando nela o vento, desaparece; e não conhecerá, daí em diante, o seu lugar”(Salmo 103. 15-16). Entretanto, temos da parte do Senhor uma mansão na casa do Pai esperando para ser habitada por nós, à qual será para toda a eternidade junto do nosso Pai celestial.
Que possamos seguir os ensinamentos do Senhor Jesus, que disse: “Não acumuleis para vós outros tesouros sobre a terra...............; mas ajuntai para vós outros tesouro no céu”.......(Mateus 6. 19) O apostolo Paulo disse: “Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida, somos os mais infelizes de todos os homens” (I Coríntios 15. 19)

Que você meu irmão e amigo leitor desta mensagem tenha decidido viver e lutar pelo eterno e indestrutível castelo que o divino construtor Jesus Cristo já construiu para você morar. Pense nisso.......! e que Deus te abençoe em nome de Jesus !!!

2 comentários:

Diaconisa Dalva Coutinho disse...

Irmão Eneias , gostei muito dessa reflexão, Ninguem leva nada é como disse Jó ''Nú sai do v entre da minha mãe e nú voltarei ao pó'' Um abraço

Eneas Lara disse...

Obrigado Diác. Dalva Coutinho por sua visita e comentário. É muito bom receber um irmão(a) aqui e ver sua participação ao fazer comentário daquilo que escrevemos. Que o Senhor grandemente te abençoe querida irmã, e volte quantas vezes quiser, este "Cantinho" é para a gloria do Senhor Jesus, e para proclamar o seu grande amor ao perdido pecador. Um abraço!!!!!!

Postar um comentário

Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger