domingo, 30 de setembro de 2012

OS PÉS DE JESUS!!!

Eram pés magros e frios,
Eram uns pés pequeninos,
róseos, alegres, divinos,
 a saltitar de alegria;
aqueles pés de criança que,
 no dia da esperança,
 brincavam na estribaria.

Eram pés alvos e graves,
 plúmeos, leves como as aves
 que andam perdidas pelo ar;
aqueles pés delicados,
 lisos, brilhantes, molhados,
pisando as ondas do mar.

Pés, cuja pele morena
o pranto de Madalena
aromou em mil desvelos,
e que, depois de minutos,
foram beijados e enxutos
 pelos seus longos cabelos...

Eram pés lentos, cansados,
 feridos e machucados
e lacerados de espinhos,
aqueles pés expressivos,
sempre em marcha, sempre vivos,
 a conquistar os caminhos.

lilases, mortos, sombrios,
 sujos de sangue e pus;
aqueles pés gotejantes
que, nos últimos instantes,
 foram pregados na cruz.

 Eram pés claros, gloriosos,
aqueles pés poderosos
rompendo da morte o véu,
por nuvens acariciados
e por estrelas beijados,
quando ELE subiu ao céu!

Aut. Gióia Junior

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

DEUS É AMOR!!!

Disse Jesus: “O MEU MENDAMENTO É ESTE: QUE VOS AMEIS UNS AOS OUTROS, ASSIM COMO EU VOS AMEI”(JOÃO 15. 12).
 Em (I João 4.8) O apostolo João não diz que Deus tem amor, mais sim que Ele é o Amor,” em toda a sua essência, em toda a sua natureza. E nós temos o grande privilégio hoje de conhecê-LO, ainda que obscuramente. Ele é um Deus de amor imensurável, grandioso que se revela, que se deixa conhecer através da leitura da sua palavra, mas também visivelmente nas obras maravilhosas de suas mãos. Mas, sobretudo Ele é um Deus de uma inflexível justiça.
Quando Adão e Eva pecaram, a sua justiça foi severamente cumprida. Como pecadores foram expulsos, do paraíso o relacionamento foi cortado, interrompido porque Deus é Santo e não se relaciona com pecadores. Mas, Deus que é amor, não deixou de continuar amando essa sua criatura que ele criou, e tanto foi grandioso seu amor que fez a promessa.( Gênesis 3. 15) diz: “Da semente da mulher virá um que esmagará a cabeça da serpente”. Naquele exato momento, era Deus que se doava, se entregando a si mesmo na pessoa do seu unigênito filho para sacrifício de justiça, para levantar o homem caído, para resgatá-lo, justificá-lo pelo lavar regenerador do sangue de Cristo Jesus.
 Humanamente não podemos entender a dimensão desse Amor de Deus, até onde Ele foi, numa extremada atitude diante do pecado, da queda do homem em se doar a si mesmo, de se humilhar ao ponto de fazer-se homem, nascer um dia na cidade de Belém da Judéia, e viver como um dos mais humildes cidadãos nazareno, vir a este mundo e morrer por esse homem pecador, para que pudesse, restaurá-lo para satisfazer sua justiça, e assim, esse homem pudesse tornar-se Santo e justo como ele é. (I Pedro 1- 16) disse Deus: “SEDE SANTO PORQUE EU SOU SANTO”.

Se Deus exigiu que nós sejamos Santos como Ele é, em suma dizia Ele: Tenha em sua postura de vida, em seus ideais, atitudes e ações, o viver na pratica de um principio, cujo valor entranhado no mais profundo da alma, seja o AMOR. Viva norteado e abalizado por esse Amor que é a essência mais gloriosa de Deus o nosso Pai. (1João 4-18) diz:Aquele que não ama não conhece a Deus, Pois Deus é Amor.” No (Ver 11) diz; “Amados se Deus de tal maneira nos amou, devemos nós também amar uns aos outros”.
Qual é a mais visível pratica de amor que nós podemos demonstrar ao nosso próximo?........
----Conta-se a historia, que em uma cidade da china, havia uma praça, uma espécie de parque, onde muitas pessoas freqüentavam ali, e no fundo ainda em obras, tinha um grande precipício uma vala muito profunda, e esta ainda sem proteção. E para tanto contrataram um homem para vigiar e impedir que alguém se aproximasse daquele lugar perigoso. Um dia, um homem com problemas visuais caminhava em direção daquele lugar e, o vigia olhando para ele não o avisou do perigo, e este veio a cair e morrer em decorrência da queda. O vigia foi preso e condenado à pena máxima. Porque? Primeiro: ele deixou de cumprir sua obrigação e não avisou aquele homem, o perigo dos seus passos em caminhar naquela direção. Segundo: agiu com indiferença a sorte daquele homem, foi frio, sem misericórdia, sem amor para com aquele homem que sendo cego, não podia ver o perigo que estava correndo, caminhando naquela direção.

 Sabe meu irmão e amigo porque nós estamos aqui hoje? É pra te avisar do grande e terrível precipício de morte eterna que tem no teu caminhar se você ainda não recebeu Jesus como teu salvador (João 14. 6) disse Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim”. Só Jesus pode te salvar, só Jesus pode te levar junto a Deus, só Jesus pode perdoar teus pecados, porque só ele foi que um dia, se deixou morrer numa Cruz, para que você pudesse ter vida. Não existe outro caminho, outra saída pra tua vida, só Jesus pode fazer isso por você.

 Em ultima estatística feita pelo (IBGE), se constatou que aqui na cidade de São Paulo mora (+ de 11 Milhões de pessoas) e pelas respostas das pessoas, com respeito a sua fé, temos aproximadamente (+de Nove milhões de pessoas) que não conhecem Jesus o Salvador, e que portanto caminham a passos largos para o precipício do inferno. É o que esta escrito em (João 3. 36) “Por isso quem crê no filho (Jesus) tem vida eterna; o que, todavia, se mantém rebelde contra o filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus”. Também a estatística nos afirma que morre aqui na cidade de São Paulo (+- 350 pessoas todos os dias) São pessoas partindo desta vida para a eternidade, muitas delas sem serem avisadas do grande perigo, que é fazer esta passagem para a outra vida , sem ter aceitado a graça do Senhor Jesus que salva a alma da perdição eterna através do sangue precioso derramado na cruz do calvário
Diante desse quadro alarmante, o que temos feito para demonstrar amor ao nosso próximo?. O que foi que Jesus nos mandou fazer?(Mateus 22-39,) “ Amai o teu próximo como a ti mesmo.”e disse mais, (João 15-14); “Vós sois meus amigos, se fazeis o que eu vos mando.
Será que eu tenho amado de verdade o meu próximo? este que muitas vezes caminha nesta vida ao meu lado, que goza da minha amizade, mora no mesmo lugar, e eu nunca lhe falei do evangelho de Jesus Cristo, da graça que salva, que transforma vidas,da condenação eterna para a gloria do senhor Jesus. (Efésios 2- 10) diz o apostolo Paulo, Nós somos feituras de Deus, criados em Cristo Jesus para as boas obras”. Isto quer dizer, que nós somos agora o resultado da vontade provinda da natureza Santa, misericordiosa, graciosa que emana do coração do Pai. Porque uma vez criados Nele, ou seja, saídos Dele, temos que transparecer, exteriorizar, refletir a mais cristalina essência da sua natureza Santa , que é AMOR.
O sinal mais evidente desta herança, desta graça a nós concedida por Cristo Jesus, é quando nós sentimos paixão pelas almas perdidas e, não nos acomodamos a ficar só dentro das quatro paredes da igreja, mas saímos em busca do pecador onde ele estiver (Mateus 28. 19) Disse Jesus: “IDE E PREGAI O EVANGELHO A TODA CRIATURA”, ou seja saia do lugar confortável, e vá pregar, falar, testemunhar e para isso Ele nos deu a mais linda de todas as mensagens, que é a esperança da vida eterna, que só em Jesus se pode encontrar, porque ele nos comprou com o seu vertido sangue na Cruz sofrível do calvário.
 Que possamos ser como os lírios da pântano, que embora o mau cheiroso lodo circundante, em que vive ele brota verdejante e desabrocha em uma linda flor, cuja fragrância perfumada, nos dá a lição, que embora vivamos num mundo mergulhado no fétido pecado que nos rodeia, devemos viver como Paulo escreveu (2Corintios 2. 15) “Nós somos o bom perfume de Cristo, que irradia fragrância de vida, de vitória, de transformação e, como um luzeiro colocado no velador, nossas vidas possam refletir o imensurável amor com que Deus nos amou.
Porque DEUS é AMOR.....!
Enéas Lara Lara

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

COM QUEM SE PARECE VOCÊ?
 Texto Básico: (Lucas 11. 35) Disse Jesus: “Repara, pois, que a luz que há em ti não sejam trevas”.
É perfeitamente possível conhecer uma pessoa por seu rastro deixado no caminho da vida. Entretanto, não é imprescindível que traços físicos geneticamente herdados de seus familiares, seja relevante, mais sim algo intrínseco profundo que não ostenta somente a aparência exterior, mas a conduta, o caráter, o procedimento em tudo o que é, e faz. Ou seja; uma profunda e completa transformação. Mais precisamente de um milagre que faz com que o homem continue a viver no seu próprio corpo, tendo a aparência e o comportamento de uma pessoa que não vive mais segundo a carne, mas segundo o espírito.

 Bem, já descobriram do que estou a falar. É justamente da pessoa que um dia encontrou-se com Jesus, e todo aquele que teve um encontro verdadeiramente com Ele, nunca mais será a mesma pessoa.( Atos 4. 13) “E reconheceram que eles ”haviam estado com Jesus". Porque visivelmente passaram a serem, e a viverem no poder gracioso e transformador de Cristo Jesus. O homem quando recebe Jesus em sua vida, ele passa a ter da sua natureza, e conseqüentemente a ser parecido com Cristo. (Efésios 5. 1) “Sede, imitadores de Deus, como Filhos amados” essa não é simplesmente uma sugestão, mas uma implícita ocorrência que tem que se verificar na vida do homem que um dia encontrou-se com Cristo.

 O apostolo Paulo vivendo essa experiência escreveu em (Gálatas 2. 20) “Já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim”. Era tanta a assimilação a aparência que tinha com Cristo, vivendo o ensinamento do mestre, a vida do mestre, a preocupação do mestre, o amor com que o mestre tinha para com as almas perdidas, que ele Paulo olhando para si, já não o reconhecia mais como o homem Saulo nascido na cidade de Tarsis, mas alguém à qual Cristo tinha requisitado para o seu glorioso propósito. Assim, também, nós como resgatados, comprados pelo amor maior, temos que imitar o nosso tão grande salvador.
 “Deus criou o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou”(Gênesis 1. 27) Quando lemos esta declaração do Criador em Ele dispensar à nós tamanha honra em sermos criados à sua imagem e semelhança, ficamos a pensar na grande responsabilidade de sermos imagem do Criador, e acima de tudo de O representá-LO entre os homens, recebendo a ordem; “Sede Santos, porque eu sou santo”.(I Pedro 1. 16). Ser santo significa; separado, diferente, da normalidade no pensar, e no agir com respeito as demais pessoas que ainda vivem segundo a carne, e no proceder segundo ao seu corrupto coração.
 Jesus disse:Aquele que não nascer de novo não entra no reino dos céus”. Isto é; ter mudança radical de comportamento, de atitudes, de pensamento tão profundamente que passamos a ser luz do mundo, e sal da terra. Aquele que é diferente, reconhecível por parecer-se com Cristo Jesus. É dessa forma que devemos apresentarmos diante de um mundo corrompido, de homens perdidos mergulhados num lamaçal nojento de pecados.
 Fico muito triste quando vejo certas igrejas, deixando-se de parecer com Cristo que é luz, para parecer com o mundo que é trevas, do qual fora resgatado. Justificam-se que fazendo assim, vão atrair a atenção dos jovens do mundo para a igreja. Mas se esquecem que Jesus disse: “Brilhe a vossa luz diante dos homens”, ou seja; tenha comportamento contrastante com as trevas, porque você é luz, e a verdadeira luz não mistura com as trevas, porque ao chegar, as trevas se dissipam. Quer cativar as pessoas?, atraí-las para a igreja? Então dê testemunho de vida transformada, santificada, compromissada com a verdade do evangelho que é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê.

 Infelizmente o que temos visto hoje, são ministérios procurando crescimento numérico de seus membros, sem primar pela santidade. As igrejas podem ficar cheia, porém de pessoas vazias.
01) Cometem o erro crasso, em querer agradar os homens, em vez de agradar a Deus. Descem no patamar corrompido dos homens e, se amoldam as suas práticas mundanas trazendo-as para dentro da igreja e de suas liturgias, como por exemplo; o poder de maior atração que é a musica. E em vez de convencê-los pela verdade, pela santidade de vida, por vida transformada, compromissada com Deus, o fazem tornando-se um seus pária.
 02) O nosso louvor por milhares que sejamos dentro de uma igreja só terá sentido, se for dirigido e aceito por um só expectador, que é Deus. Caso contrário, estamos perdendo nosso tempo, porque por mais avivado, eufórico, brilhante seja nosso louvor ele, não passará do telhado. Salvo se em contrapartida o fazemos para agradar-nos a nós mesmos por um fútil orgulho pessoal, e ou; escusa estratégia de sedução por um objetivo que não é a gloria de Deus, mas a gloria do homem.

Com quem você se faz parecer?
(Filipenses 2. 12)Desenvolvei a vossa salvação com temor e tremor".
Eneas Lara Lara 

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

A SEGURANÇA DA NOSSA SALVAÇÃO!!!

Ao passar dos milênios ainda persiste a desconfortável e sombria indagação:”Como posso saber se eu sou salvo”?
Disse Jesus: “Não fostes vós que me escolhestes a mim; PELO CONTRÁRIO, EU VOS ESCOLHI A VÓS OUTROS”(João 15. 16). A salvação não é uma opcional escolha humana ,mas sim uma decisão da soberania de Deus. Dessa forma salvação não é pra quem quer, mas para quem Deus quer. “ASSIM, POIS NÃO DEPENDE DE QUEM QUER OU DE QUEM CORRE, MAS DE USAR DEUS A SUA MISERICÓRDIA”(ROMANOS 9.16)
Depois da gravidade da transgressão humana, Deus não tem obrigação de salvar ninguém, contudo por sua misericórdia resolveu salvar alguns, e aos outros aplicar a justiça que seus atos merecem.( Romanos 9. 19 a 23).
 Então como ter certeza da salvação?.
Bem, primeiro precisa saber se você é convertido de fato, se passou pelo processo do inflexível novo nascimento (João 3. 3) “Aquele que não nascer de novo não verá o reino de Deus”. E também se teu viver comprova o ser uma nova criatura que foi amada e escolhida por Deus antes da fundação do mundo (Efésios 1. 4)” Assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor nos predestinou para ele”.
 Não confundir o ter vindo a Jesus por decisão emotiva e pessoal do seu (Livre Arbítrio), mas que foi escolhido, eleito, e trazido por Deus como um presente para Jesus.”Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim; e o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora”(João 6. 37).

 Preste atenção no que disse Jesus: “Todo aquele que o Pai me dá” O crente é um presente que Deus escolheu salvá-lo antes da fundação do mundo exclusivamente por sua soberania e, o trás e dá pra Jesus. ( Veja: isso só ocorre mediante a iniciativa e soberania da graça de Deus) O que Jesus está dizendo é que a decisão e a escolha nunca é do homem, mas de Deus. E por conseguinte, a segurança não está em nós, muito menos no mérito das nossas boas obras, mesmo porque não a temos. E sendo assim, a segurança da nossa salvação não está em nós, mas em Cristo Jesus que nos comprou com seu sangue derramado naquela infamante cruz do calvário, consumando assim o predestinado projeto de Deus, o qual precedeu o tempo, a história e a própria criação do mundo.

 Então, diante disso fica claro que a salvação é um consumado fato que provém de uma eleição incondicional ocorrida antes da fundação do mundo.(Efesios 1. 4) E que nós não tivemos nenhuma participação nela. Contudo, uma vez salvo, nascido de novo, transformado em nova criatura, então ai; algo experimentado, visível, glorioso passamos a sentir, que é o prazer e a alegria de procurarmos a santificação de nossas vidas, vivendo em consonância com a vontade de Deus que é Santo.
Diante de tudo isso se faz incontida a nossa alegria e regozijo pelas confortadoras palavras do Senhor Jesus em oração a Deus: “Não perdi nenhum dos que me deste”(João 18. 9).
Se você foi o presente que Deus deu pra Jesus um dia, e está certo disso; então glorifique-O agora. Aleluia !!!!!!!!!
Que Deus grandemente te abençoe!.
Enéas Lara Lara

terça-feira, 18 de setembro de 2012

TRIBUTAI AO SENHOR A GLORIA DEVIDA AO SEU NOME!!!

(Salmo 29. 2)Tributai ao Senhor a gloria devida ao seu nome, adorai o Senhor na beleza da santidade”.
O Salmista Davi nos diz neste salmo; “Tributai”, ou seja, pague a Deus aquilo que você deve, você que é filho de Deus. (Só os filhos de Deus tem para com Ele esta divida). De qual divida fala Davi?  Divida de adoração, louvor, gratidão, glorificação ao seu Santo Nome. Para tanto Jesus disse que para ser filho de Deus, tem um condicional. (João 14. 22)  “Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará e viremos e faremos nele morada”.
O apostolo Paulo escrevendo á (1.Corintios 6. 20) disse: “Porque fostes comprados por preço, agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo”. Como nós podemos fazer isso?  Precisamos o reconhecer como único Deus soberano, criador de todas as coisas e, que tem o poder sobre nossa vida, para dá-la, ou tirá-la a hora que quiser. Mas, seu amor é tão grande por nós, que ele deu a vida do seu unigênito filho para morrer em nosso lugar, para que o nosso pecado fosse perdoado. Mas, pessoalmente para você poder receber esta graça, você precisa pagar essa divida, que é: (A gloria devida ao seu Santo Nome). Você precisa dizer isso para Ele, precisa rasgar o teu coração numa confissão de amor e, agradecê-lO.

 A TI SENHOR A MINHA  ETERNA GRATIDÃO !....
 Obrigado  pelos meu olhos, porque com eles posso ver-te no raiar de cada manhã, nas floridas campinas, nos montes e cachoeiras, no enigmático azul celeste obras de tuas mãos. Obrigado  pelos ouvidos, porque com eles posso ouvir o som do mundo, e a sinfonia singular dos pássaros, a cantar-te alegremente no raiar de cada amanhecer. Obrigado pela minha boca, porque com ela não só posso me alimentar meu corpo físico, mas dizer para as pessoas que tu és meu Deus e, cada dia poder cantar-te uma canção. Obrigado pelas minhas pernas que conduzem o meu corpo na luta pela sobrevivência enquanto aqui e, permitas que os meus pés nunca resvalem em desvios dos retos caminhos teus. Obrigado por todo o meu ser, em permitir que embora eu seja só neste mundo um forasteiro de passagem pela vida, de gozar no recôndito familiar os amados que Tu me deste. Obrigado porque me amaste sem que eu nada fizesse para ser merecedor deste amor e, que chegaste ao extremado ato de em Jesus Cristo teu filho morrer numa Cruz maldita, para que eu tivesse vida e, não fosse condenado á perdição eterna. Obrigado pela vida que me deste e, não permitas que eu seja só mais um a passar por aqui infrutiferamente, mas que eu possa fazer a diferença na minha família, no meu trabalho, na sociedade, alguém que tenha o privilegio gracioso de poder dizer,(Sou filho do Deus eterno por Cristo Jesus) e quando o mundo olhar pra mim, possa ver na minha vida, no meu proceder o resplendor gracioso do teu amor, a dirigir meus passos e, quando acabar o meu peregrinar neste mundo, saudoso possa voltar pra casa, a morar contigo na gloria celestial para toda a eternidade. Obrigado pela dádiva do teu amor divino na pessoa de Jesus Cristo teu filho amado, que contemplou a minha vida tão insignificante com a graça da tua salvação. Que seu nome seja por mim honrado, glorificado, exaltado, engrandecido por toda a minha vida e, que nem um dia sequer, eu esqueça de dizer; Obrigado Senhor; porque se eu fizer isso, não é virtude minha, mas sim (Tributo que lhe devo por toda a minha existência.,........Amém !!!!!.

Enéas Lara Lara.

sábado, 15 de setembro de 2012

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

O QUE VOCÊ SENTE POR ELE ?

O QUE VOCÊ SENTE POR ELE ?

 Há!....Não diga irrefletidamente, 
Que por Ele sentes paixão!
 Este sentimento é humano e desalinhado
Porque é egoísta e avassalador.
 É como a incontida tormenta dos ventos,
 Que na tempestade dos intentos
Causa o sofrimento e a dor.

Somente Ame-O, assim como és amado,
                                                                        Goste como foi gostado
                                                                        E se entregue a Ele imediatamente!
                                                                       Como uma alma comprada
                                                                       Que foi amada e buscada
                                                                       Por um amor incondicionalmente.

                                                                       Enéas Lara Lara

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Lucas 22 -32) “Pedro quando te converteres, confirma teus irmãos”

 Em que altura dos acontecimentos foi que Jesus disse isso a Pedro que ele precisaria ser convertido? Segundo o relato do texto, foi nos últimos momentos da sua missão terrena. Parece-nos a primeira vista, soar estranho aos nossos ouvidos que Jesus tenha dito a Pedro o seu discípulo mais atuante, depois de (três anos) de convivência com Pedro, que ele ainda não era um homem convertido. Quando nós vamos fazer uma retrospectiva na vida de Pedro, nós constatamos que ele estava tranqüilamente trabalhando como pescador do mar da Galileia. Ele tinha um comercio, uma peixaria ali, e vivia da venda dos peixes que ele pescava. Quando um dia Jesus passando por ali, segundo o relato de (Mateus 4 -19) Jesus Disse-lhe; “Vinde a mim e eu vos farei pescadores de homens”.
Diz o texto que, Pedro imediatamente deixou tudo, o barco, os seus negócios a peixaria e seguiu Jesus. Isso sem duvida, foi um ato de fé, em deixar tudo para seguir Jesus. Mas, aceitar Jesus, seguir seus passos não é tudo na vida de um crente. Há uma coisa imprescindível que precisa acontecer. Ele tem que experimentar o toque gracioso, divino, transformador do Espírito Santo que muda a sua natureza, o coração, os seus olhos, os seus desejos, instintos, que deixa de ser um homem carnal, para ser um homem espiritual. Ou seja; é mudança tão radical que o Senhor Jesus usou o termo: "Tem que nascer de novo". Era isso que faltava na vida de Pedro. E por isso foi que Jesus lhe disse: “Quando te converteres,  você faz a minha obra”.

 Pedro viveu com Jesus a maior de todas as experiências de ter presenciado os grandes sinais e milagres feitos por Jesus, a cura de muitas enfermidades,coxos,aleijados, paralíticos cegos..........etc..
 Ele viu o milagre da ressurreição do filho da viúva de Naim (Lucas 7-11)
Ele viu o milagre da multiplicação dos pães e dos peixes para alimentar mais de cinco mil pessoas,( Mateus 14 -13).
Ele experimentou o milagre na própria carne quando por ordem de Jesus pode andar sobrenaturalmente por sobre as águas do mar da Galiléia.( Mateus 14 -29) 
 Ele no monte da transfiguração viveu novamente no sobrenatural, quando a gloria de Deus esteve ali e ele ouviu a sua voz Deus a falar com Jesus. (Mateus 17) 05)
Ele  novamente em Betania diante do sepulcro de Lázaro que havia morrido á 4 dias, estava já em estado de decomposição, ele vê Jesus dizer: “Lázaro sai para fora”. E restituiu Lazaro a sua família são e salvo.(João 11. 43)
Nós precisaríamos ficar o dia inteiro, para falar das experiências tremendas que Pedro viveu ao lado de Jesus. Como é que depois de ter ouvido, visto, vivido, presenciado por tanto tempo, tantos fatos sobrenaturais, ouvir de Jesus tantos ensinamentos por três anos, “E não ser ainda um homem convertido”. (Lucas 22- 33). Veja o que Pedro disse a Jesus; “Eu estou pronto a ir contigo, tanto para a prisão como para a morte”. Era o rompante, a força da carne, expressão de auto confiança, era aquela disposição simplesmente pela força dos seus instintos naturais, de pensar que podia resolver tudo, sem depender de Deus.
Então Jesus que conhece o coração dos homens, principalmente aquele de Pedro, disse: (Versículo 34) “Afirmo-te Pedro, que, hoje três vezes me negarás que me conhece, antes que o galo cante”. E assim aconteceu. Nós conhecemos essa história. Entretanto, para que Pedro fosse tocado, ensinado, doutrinado em saber que o verdadeiro poder, a verdadeira vitória está na mãos de Deus, e só quando soubermos se humilhar, ser dependente exclusivamente da sua graça, entregando as rédeas das nossas vidas em suas mãos, é que então seremos verdadeiramente vencedores.
Quando Jesus disse a Pedro que ele ainda não era um homem convertido, os fatos falam por si mesmo.
 01)  A começar com aquela atitude desastrosa, medrosa, covarde, em negar seu mestre. Onde é que estava aquele Pedro valentão que disse que estava pronto a morrer com Jesus se preciso fosse, e agora tem medo de uma simples criada, e nega o seu Mestre por três vezes, por temer ser reconhecido que ele era discípulo de Jesus.
 02) Após a ressurreição de Jesus na manhã de domingo, ele apareceu para algumas pessoas inclusive onde estavam escondidos os seus discípulos no cenáculo, só que essas aparições eram momentâneas. Os discípulos a despeito da grande alegria de ver Jesus ressurreto, eles depois da sua morte o fato é que ficaram desorientados, porque perderam seu mestre que estava com eles 24 horas por dia, e não estavam ainda compreendendo a grande missão que tinham pela frente, para implantar o reino da graça de Deus no mundo.
Então Pedro ainda confuso, desconhecendo a sua grande e gloriosa missão que tinha pela frente. (João 21 -3) disse Pedro aos outros discípulos: Sabe de uma coisa. Eu vou voltar para o velho Barco, vou voltar para as redes, para o mar da galiléia,  e  os outros 7 discípulos que estavam com ele, disseram; nós vamos contigo.

 Podia até parecer que a gloriosa missão de Jesus, estava fadada ao insucesso, ao fracasso porque os seus discípulos é que continuariam a sua obra, agora voltam para o mar para antiga vida de pescadores. Foi preciso Jesus voltar ao mar da galileia pela segunda vez, agora com uma missão especial de reconciliar aquele seu discípulo vacilante, inseguro, medroso e ainda não convertido, que antes tinha dito para Jesus que estava disposto a morrer junto com ele, mas que tendo medo de uma simples criada negou o seu mestre por três vezes. Foi um reencontro um tanto embaraçoso, difícil, depois de uma noite inteira de pescaria de trabalho infrutífero não tinham conseguido pescar nada, então frustrados voltam de manhã para a praia e quando estão chegando um homem estava em pé e lhes pergunta “Tendes ai alguma coisa de comer”? Responderam-lhe; não temos nada. Então Jesus lhes disse: "Entrai no mar novamente e lançai a rede ao lado direito do barco”, e eles fazendo isso, conseguirão pegar 153 grandes peixes.

Então, Eles reconheceram que era Jesus o mestre. Era motivo para fazer festa, era motivo para se alegrar, pela pescaria agora milagrosa dos 153 grandes peixes, mais acima de tudo pelo reencontro com Jesus o seu Mestre, mas estranhamente eles ficaram calados, não esboçaram nenhuma reação porque estavam envergonhados porque tão depressa tinham esquecido tudo o que aprenderam e voltado para a velha vida de pescadores. Pedro retirando os peixes para praia, Jesus já estava com as brasas e assando os peixes, e também tomou o pão e deu a eles e o (Ver 12) diz que “Nenhum ousava perguntar: “Quem és Tu Senhor? porque eles sabiam que era Jesus.

Depois de terem comido, Jesus começa a restaurar o velho Pedro e pergunta: “Simão filho de João amas-me mais do que estes outros?. E eu acho que Jesus apontava com o dedo para o barco, para as redes, apontava quem sabe para o mar, ou até para os outros discípulos. Então Respondeu Pedro: "Sim, Senhor, tu sabes que te amo". Ele agora lhe disse: “Apascenta os meus cordeiros”. Isso aconteceu por três vezes, correspondendo as três vezes que Pedro lhe tinha negado. Então Pedro se entristecendo por ele ter perguntado pela terceira vez, disse; "Senhor Tu sabes que eu te amo". Jesus lhe disse: “Apascenta as minhas ovelhas”..
Em (Lucas 22 . 32) disse Jesus: “Quando te converteres, Quando te converteres ! apascenta, cuida, zela do meu rebanho”. Mas agora depois deste encontro difícil embaraçoso, de ter que encarar o seu mestre, depois de tê-lo covardemente negado, agora ele olhando para Jesus vê no seu olhar ,perdão, ele vê amor, ele vê compaixão, ele vê misericórdia, ele vê reconciliação, então aquilo penetra as entranhas mais incrustadas da sua alma  e então o milagre acontece, ele se arrepende, é perdoado, restaurado, convertido e Jesus lhe disse: (Agora Pedro, apascenta as minhas ovelhas).
 Em todo este contexto, nós aprendemos uma lição maravilhosa, que Deus tem o seu tempo certo de nos conceder o milagre da conversão. (João 6 -44) disse Jesus :“(Ninguém pode vir a mim se o Pai que me enviou não trouxer”) É ele que pela graça nos concede a porção de fé suficiente para que possamos crer, no seu tempo e na hora já pré-determinada por sua graça, como aconteceu com Pedro. E assim, quando nós olharmos para a cruz de Cristo, podemos enxergar misericórdia, esperança, vida, salvação, perdão, poder para vencer a nossa maior inimiga, que é a nossa própria carne.(Efésios 2 -1) diz: “Ele nos deu vida, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados.” E o ver(9) diz: , "não de obras para que ninguém se glorie".
Que Deus grandemente te  abençoes, em nome de Jesus!!!!.

terça-feira, 11 de setembro de 2012

PROCURA-SE UM AMIGO !!!

Procura-se um amigo!
Que de tão amigo, sejas fiel companheiro...
Que ao olhar-me perscrute meu coração,
Que sem dizer-lhe, conheça meu pensamento
Que sem pedir-lhe partilhe do meu sofrer, 
Chorando o meu chorar.

 Procura-se um amigo!
Que ande comigo o meu caminhar,
Que goste do meu bom gosto...
Que respire o mesmo ar
 Que me inspire ao bom caminho que vejo
 Que sonhe o meu sonhar.

Procura-se um amigo!
Que ame o meu amar
Que por vezes sofra o meu sofrer, sem reclamar
Procura-se um amigo!
Que não me abandone no caminhar
Que mesmo que eu canse dele, e queira o separar
 Vai sofrer minha decisão,
Mas não vai me abandonar.

Procura-se um amigo!
Que perdoe o meu ofender...
 E que esqueça o meu esquecer,
Que ame sem ser amado
E goste sem ser tanto gostado.

Procura-se um amigo!
Que simplesmente seja amigo...
 Que apesar de meus defeitos Sempre estará comigo.

 Onde andas!... precioso ancoradouro?
Que de ti tanto careço...
És do ouro fino mais que depurado
O imensurável do teu grande preço.

Em vão eu tenha buscado
Entre os homens, mais não achei,
Ainda que insistente tenha tentado
Somente em Cristo Jesus encontrei.

Enéas Lara Lara.

sábado, 8 de setembro de 2012

CONVERSÃO! UM MILAGRE QUE SÓMENTE DEUS PODE FAZER!!!

Porque a conversão é um milagre?. É um milagre porque é um ato divino, uma intervenção direta de Deus na vida do Ser humano. Não porque o homem quis, mais sim, porque Deus quis. Essa decisão não é do homem, mais sim de Deus, por ser um atributo exclusivo da sua graça.
Veja o que disse o Senhor Jesus: (João 6. 44) “Ninguém pode vir à mim se o Pai, que me enviou não trouxer”! Ou seja; o homem por si só vivendo na carne não tem poder de reação espiritual, porque está morto (Efésios. 2. 1). Portanto, como um morto não tem reação física, muito mais um morto espiritual jamais poderá fazer escolhas e tomar decisões, se não for ressuscitado primeiro pela intervenção graciosa de Deus, e depois trazido pelo Pai até Jesus (Efesios. 2. 5). E o versículo (8) diz: “Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie”.
 As palavras de Paulo são claras e de fácil entendimento. Ele disse: “Pela graça sois salvos”. Isto é; graça é favor imerecido que recebemos um dia sem ser merecedor, foi doação, dádiva exclusivamente da misericórdia de Deus. Muito cuidado meu irmão quando irrefletidamente; disser: O dia que eu aceitei Jesus, eu fiz isso, e aquilo. Não incorra nesse pecado, porque estará reivindicando um mérito que não é teu, mais somente da soberania de Deus. A conversão é um grande mistério que nós conhecemos o efeito, mais não a razão.
 Porque nós os  crentes em Cristo fomos escolhidos para salvação? E porque milhões morrem sem alcançá-la?. Veja a palavra de quem é a autoridade suprema; o Salvador Jesus: (Mateus 22. 14) “Muitos serão chamados, mas poucos os escolhidos”. Ele disse que tem uma escolha, e essa escolha não é feita por nós, e sim por Deus. Como saber se eu estou entre os escolhidos de Deus? (Rom. 8. 16) O próprio Espírito testifica com nosso Espírito que somos Filhos de Deus”.

Então, tendo essa certeza glorifique a Deus por sua misericórdia, porque foi Ele que te escolheu dentre aos milhares para ser filho, em Cristo Jesus. Deus tem ojeriza, aversão contra o mais velho de todos os pecados que é o (Orgulho) ele nasceu no coração de Eva e por conseguinte desgraçadamente trouxe condenação e morte à toda a humanidade. Quando o homem insensatamente diz que não foi Deus que lhe escolheu, mas foi ele quem o fez por seu livre arbítrio, está cometendo um dos maiores pecados, porque primeiro, está chamando Jesus de mentiroso. Jesus disse: (João 15. 16) “Não fostes vós que me escolhestes à mim; pelo contrario, eu vos escolhi a vós outros”. Como posso ignorar essa palavra de Jesus?

Há uma explicação para isso: (João 6. 44) Disse Jesus: Ninguém pode vir a mim se o Pai, que me enviou, não o trouxer”. Preste atenção!........ Jesus esta dizendo; que ninguém tem poder para vir a Ele, por decisão pessoal, se não for achado, trazido, buscado por Deus. E isso só Deus pode fazer. Tem muitos que dizem que aceitaram a Jesus por Livre arbítrio, não foram chamados por Deus, vieram por conta própria. Conseqüentemente se qualificam à intrusos, e não a convidados! Deus certa feita endureceu o coração do seu povo, e cegou-lhes os olhos para não verem com os olhos, e nem entenderem com o coração (João 12. 40) E muitos hoje ainda vê com os olhos mas, não enxergam, ouvem com os ouvidos mas, não entendem. E por ser assim, continuam arrogantes, e orgulhosos se manifestando rebeldes contra a palavra de Deus que é tão clara proferida por Jesus Cristo. Que a misericórdia do Pai seja graciosamente alcançada por todos aqueles que ainda não entenderam que a salvação é graça, é favor imerecido que foi ofertado desde a eternidade, ou seja, antes do mundo ter sido criado, (1 Pedro 1. 20) e que essa decisão de Deus não teve nenhuma influencia humana, mesmo porque Deus jamais ficaria dependente, refém de um Ser corrompido, infiel, desobediente como o homem pecador que todos nós somos.
 Precisamos descer a casa do oleiro e, constatar que nós somos somente “Barro” na mão do oleiro (Rom. 9. 21) Ou não tem o oleiro direito sobre a massa, para do mesmo barro fazer um vaso para honra e outro, para desonra?. Está difícil de entender? Volte para o (versículo 20) “Quem és tu, ò homem, para discutires com Deus?.......... Porventura, pode o objeto perguntar a quem o fez: Por que me fizeste assim? (Romanos 9. 22)Que diremos, pois, se Deus, querendo mostrar a sua ira e dar a conhecer o seu poder, suportou com muita longanimidade os vasos de ira, PREPARADOS PARA A PERDIÇÃO!
Que cousa assustadora é essa afirmação ! saber que existe pessoas que não tem chance nenhum de se salvar, nasceram destinados a perdição. Em contrapartida, a misericórdia do Senhor inunda a nossa alma de alegria, e da vontade de sair pulando e gritando Aleluia!!!!, e ao mesmo tempo com temor e tremor humildemente prostrar diante daquele que é eterno e que nos amou primeiro antes da fundação do mundo. (Efésios 1. 4)”Assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor nos PREDESTINOU para ele, para adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade”.

Que revelação tremenda, sem deixar de ser maravilhosamente gloriosa!!!!!

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

INTERCESSÃO PELA PÁTRIA !!!

INTERCESSÃO PELA PÁTRIA !
Divino Salvador,
Contempla com favor
Nosso Pais !
 Dá-nos interna paz,
Governo bom, capaz,
 Dita que satisfaz,
 Sorte feliz.

 Confiamos só em ti,
Vem dominar aqui,
 Ó Rei dos reis!
 Ensina a governar
Conforme o teu mandar,
 Por justas leis.

 Ao presidente, ó Deus,
Inspira lá dos céus
O teu temor!
Que possa bem cumprir
O seu mandato e ouvir,
De todo o povo aqui,
Real louvor.

 A nossa Pátria tem
Sustento e todo bem
De ti, Senhor!
Aos pobres da comer.
Aos ricos faze ver
Como convém viver
Em mútuo amor!

Do crime e rebelião
Concede a proteção
Que é divinal.
Guardar-nos vem, Senhor,
De guerras e temor!
Sê nosso defensor,
Desvia o mal.

 Poder supremo tens!
Depara os altos bens
Da salvação !
Brilhe a benigna luz
Que o teu favor produz!
Reine o Senhor Jesus Sobre a nação ! Amém......!!!!! S.P. Kalley

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

O IMPRUDENTE !!!

Homem! Quem és tu? O que procura?
Que da vida faz loucura
No teu incerto caminhar.
 Fica cego, inconsciente,
Já não é mais prudente
Não tem reflexo, e nem podes amar.
 Leva a vida por porfia,
Das horas de cada dia
Dos anos que vês passar.

Fica frio e calculista,
Não tem amor, é um egoísta
Que só pensa em vencer.
Tem os seus objetivos,é só nisso que faz pensar!
Pisando e destroçando,
Todos que na frente tiver
 Até que um dia caído,
Vês angustiado e vencido
 Por uma doença qualquer....

Aí é, reverenciando....
Que por desamor, faz amando
Do arrepender quer mudar,
Insiste em refazê-lo,
Faz promessas, faz apelo
Pra suas contas acertar.
É o horizonte que fechando
A esperança que acabando,
É a morte que vês chegar.

Deixa tudo neste mundo,
Vais dormir sono profundo....
E nada daqui vais levar.
 Exceto, o amor e o carinho
Todo bem que no caminho
Podes por fé em Jesus, semear.
Poemas.

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

O DOCE CHAMAR DE JESUS !!!

O Senhor Jesus bate a porta do coração humano por meio da sua voz. O evangelho da graça que é definido por belos símbolos, como por exemplo, este maravilhoso (bater na porta).  Há, entre os homens, pessoas a quem Jesus chama de “minhas ovelhas”. Essas pessoas possuem uma característica que diferem das demais: “ Elas ouvem a voz do pastor”. Porque são dotadas de sensibilidades a sua voz, tem natureza de ovelhas, tem ouvidos de ovelhas, e ao ouvir a sua doce voz, imediatamente identificam-no e passam a segui-lo.
Somos seres humanos como qualquer um, contudo com uma grande e gloriosa diferença, temos uma existência de vida que precedeu o tempo, a história e a própria criação do mundo. “Assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor nos predestinou para ele para adoção de filhos , por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade”.(Efésios 1. 4)
Esses filhos de Deus vivem em duas situações:

 01) Os que já tendo ouvido a voz do supremo pastor, e tendo atendido, o seguem junto a Ele, acompanhando os seus passos, recolhidos ao aprisco que é a sua igreja.
 02) E aqueles que ainda, não ouviram o chamar amoroso e irresistível do bondoso pastor, vivem por enquanto misturados aos outros rebanhos que o mundo tem. Entretanto, um dia certamente ouvirão e serão recolhidas pelos braços misericordiosos do bom pastor.

 O Senhor Jesus, conhece cada uma das suas ovelhas, e sabe a hora e o dia em que vai chamá-la, para juntar-se ao aprisco glorioso do seu reino. “O Senhor conhece os que lhe pertence”( IITimóteo 2. 19). Para isso, Jesus o Pastor; usa a voz poderosa do seu santo evangelho, fazendo-o penetrar no coração humano e trazê-lo aos seus pés. (Atos 2. 37). 
Hoje podemos constatar duas maneiras em que os homens tem achegado a Jesus.
01)  Os que são atraídos infelizmente por interesses materiais, e que são facilmente identificáveis, como: orgulho, fama, poder, dinheiro, Status sociais. (João 6. 26-27) "Vós me procurais, não porque vistes sinais, mas porque comestes dos pães e vos farttastes"
02)  E aqueles que vieram convencidos pelo agir do Espírito Santo, através da palavra de Deus (João 6. 63)
“ O Espírito é que vivifica; a carne para nada aproveita; as palavras que vos tenho dito são espírito e são vida”. 
No primeiro caso; recebe sempre a repreensão do Senhor.
 O segundo caso; é o motivo legitimo que nos identifica como ovelhas de Cristo. E assim, podemos viver esta fantástica experiência humana na certeza da nossa gloriosa esperança, a vida eterna.
Que Deus te abençoe em nome de Jesus!!!!!!!

sábado, 1 de setembro de 2012

ABRAS OS OLHOS PARA QUE VEJA!!!

Texto Básico: (2 Reis 6. 17)
Nos dias do profeta Elizeu o rei da Síria fez guerra contra Israel. Um dia de manhã o moço de Elizeu o Geazi saindo de manhã porta afora, avistou um grande exercito inimigo que cercava a cidade toda. Então, com muito medo volta para avisar Elizeu e disse: “Ai! meu senhor! Que faremos?(2 Reis 6. 15) Elizeu então vendo a sua aflição disse: Não temas, porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles”. Mas como convencer Geazi o contrário do que via?. Então, orou Elizeu  ao Senhor e pediu: “Abras Senhor os olhos dele para que vejas”. Deus abriu os seus olhos e ele pode ver que o monte estava cheio de carros de fogo, em redor de Elizeu.

Que grande benção é poder ter olhos abertos, desvendados para ver o invisível glorioso de Deus. A Bíblia tem muitas revelações gloriosas que muitas vezes não percebemos, ou seja, não vemos. Nós vamos ver aqui um dos grandes mistérios que a palavra de Deus registra Vejam a história vivida por Jó. Ele depois de ter perdido tudo, ele perdeu a saúde, ficou com uma doença infernal, com todo o corpo chagado, e usava de um caco de telha pra se coçar esfregando nas suas chagas, aquilo exalava mau cheiro, se tornara num lixo humano. Então começou a questionar com Deus o porque de tudo aquilo?. (Cap. 19. 7) Ele disse: “Eis que clamo: Violência ! Mas não sou ouvido; grito socorro! Porém não há justiça.

Então Deus vem falar com ele e não passa a mão na sua cabeça, mas faz uma severa advertência (Cap. 38. 2) Deus lhe disse: “Quem é este que escurece os meus desígnios com palavras sem conhecimento? Jó estava vivendo as terríveis conseqüências sem poder ver e entender as razões delas. Então Deus começa a falar com ele. (Ver 4) Deus disse: “Onde estava Tu, quando eu lançava os fundamentos da terra? Ou seja; quando eu criava o mundo?. E ai foi descrevendo a criação de todas as coisas, até que chegou numa das revelações gloriosas da nossa história. (Ver 7) “Quando as estrelas da alva, juntas alegremente cantavam, e rejubilavam todos os filhos de Deus” O termo usado por Deus para“Estrelas da alva” é uma referencia á anjos, mas o que chama atenção aqui é; Deus ter dito: “Rejubilavam todos os filhos de Deus” Isso quer dizer que Todos nós já existíamos em Espíritos, antes do mundo ter sido criado, é o que disse Deus. E no (Ver. 21) Ele comprova isso ao dizer: “Tu sabes Jó porque neste tempo eras nascido e porque é grande o numero de teus dias”!.

 Depois de todas essas revelações Jó compreendeu, seus olhos foram abertos e ele viu o quanto foi injusto apesar do seu tão grande sofrimento. Então agora, envergonhado, arrependido ele no (Cap.42. 5) disse: “Eu te conhecia só de ouvir, mas agora os meus olhos te vêem” Há....não pode haver gloria maior para um crente do que ter olhos iluminados que olha para as revelações da sua palavra e pode ver e entender compreender através da fria letra do texto as riquezas imensuráveis do seu grande amor manifestado. Por isso o Senhor Jesus nos advertiu dizendo: “Examinai as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim”. (João 5. 39)

O povo de Deus aguardava com ansiedade e grande expectativa o cumprimento da mais linda de todas as promessas feitas por Deus ( Gênesis 3. 15) e apregoadas pelos profetas no decorrer dos tempos que era vinda do Messias de Deus, Jesus Cristo seu Filho Unigênito, para salvar e resgatar o seu povo. Um dia o sobrenatural aconteceu, a promessa foi cumprida, Ele chegou nascendo em Belém da Judéia. Ele viveu, e cresceu na presença do seu povo e quando chegou o tempo de pregar o seu reino, foi rejeitado, perseguido e o chamaram até de filho de Belzebu. Embora, para se fazer conhecido, Ele tenha operado sinais sobrenaturais, curas milagrosas de; coxos, aleijados, paralíticos, cegos, expulsou demônios, andou sobre as águas, ressuscitou mortos, mas eles não puderam vendo-O reconhecerem.

Então, diante da oposição que faziam, da manifestada rejeição não recebendo o presente mais precioso de Deus aos homens em cumprimento da sua gloriosa promessa, se fez cumprir a profecia de Isaias que diz: “Ouvireis com os ouvidos e de nenhum modo entendereis; vereis com os olhos e de nenhum modo percebereis. Porque o coração deste povo está endurecido, de mau grado ouviram com os ouvidos e fecharam os olhos; para não suceder que vejam com os olhos, e ouçam com os ouvidos, entendam com o coração, se convertam e sejam por mim curados” A ferrenha rejeição dos Judeus contra Jesus o fez a falar por parábolas de uma forma que eles não pudessem entender. (Mateus.13.16).

Que grande tragédia não poderem ouvir as palavras de salvação, por causa da dureza dos seus corações ! Não há nada mais dramático do que quando o homem fecha seu coração para a oferta mais linda e graciosa que Deus fez, entregando a si próprio na pessoa de Cristo Jesus, seu Filho amado, para salvação de todo aquele que crer. Diante da rejeição da obra redentora de Cristo Jesus, todo o homem que assim se posicionar, estará cometendo o maior de todos os pecados, o qual por sua gravidade não terá perdão de jeito nenhum, porque estará blasfemando contra Deus e, desta forma a sua terrível sentença já foi por Jesus promulgada:.

Mas aquele que blasfemar contra o Espírito Santo NÃO TEM PERDÃO PARA SEMPRE, visto que é réu de pecado eterno”.(Marcos 3. 29).
Que possamos juntarmos ao Salmista e orar: “Desvenda os meus olhos, para que eu contemple as maravilhas da tua lei”(Salmo 119. 18).
 31.8.12
Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger