sábado, 27 de outubro de 2012

O PECADO QUE FEZ DO AMOR, A RAZÃO DA JUSTIÇA DE DEUS!!!
Texto Básico: Amós 1. 2“O Senhor rugirá de Sião, e de Jerusalém fará ouvir a sua voz

O que estava acontecendo com Israel? Qual era o seu pecado? Qual era a sua culpa? Aquela que fazia o coração de Deus se entristecer tanto, para que a sua ira fosse tão grande? Deus que é amor e tão compassivo, misericordioso, chegasse a tal ponto de querer destruir o seu povo eleito?. (Segundo o texto Bíblico) o povo de Deus quando passava por privações e dificuldades, normalmente eles se revoltavam contra Deus, como aconteceu muitas vezes no deserto por 40 anos. Mas, agora seria a mesma situação que estava se repetindo? O povo de Deus estava em má situação financeira? Estavam eles com falta de pão? O campo não estava produzindo frutos? A videira não tinha uvas? O que estava realmente acontecendo com o povo de Deus?

 (2 Reis 14- 25 )diz, que o Rei Jeroboão ao assumir o reinado, reconquistou territórios perdidos para os Sírios, e o povo teve descanso por muitos anos, e houve grande prosperidade.
 (Amós 6 -4) diz, que o povo israelita em seu reinado dormia em cama de marfim, espreguiçava em vosso leito, comia do cordeiro cevado, e do rebanho de bezerros, e diz que eles andavam cantando a toa, era uma felicidade total. Sabe irmãos, era uma  felicidade uma vida tão boa , uma despreocupação, prosperidade, muito dinheiro, que faz com que a alegria interior se extravase em risos e cânticos.
 (Amós 4 -9)diz, que os israelitas tinham grandes pomares produzindo em abundância, os campos produzindo com fartura, era tanta benção que Deus derramava sobre seu povo que eles estavam felicíssimos da vida,.
(Amós 3 -15) diz, que eles tinham casas de campo, casas de veraneio para passarem temporadas, férias, e essas casas eram decoradas com marfim, (madeiras de lei) eram mansões suntuosas e, que o cardápio em suas mesas eram sortidos de finas iguarias, e manjares os mais refinados.
 (Amós 6 -7)diz, que o povo vivia uma vida de verdadeira festa, e o termo usado aqui foi: “Era uma Pandega” isto é; viviam em meio de uma festa interminável”.

Mas, então o que  estava acontecendo com o povo de Deus?, porque Deus disse através de Amós que iria mandar um furacão e iria destruir os povos em derredor e que não pouparia também o seu povo eleito Israel. Alguma coisa muito séria estava acontecendo:
Se não era a falta de pão!, se não era a enfermidade!, se não era praga!, se não era a guerra!, se não era nenhum problema financeiro!, o povo estava vivendo numa interminável festa, estavam felizes, porque então Deus estava irado contra o seu povo? O que realmente estava acontecendo com o povo de Deus?. Qual era a razão que amargurava o coração de Deus, e que ele estava disposto destruir o seu povo?
. (Amós 3- 2) Disse Deus: De todas as famílias da terra eu vos escolhi.  Existe em nosso dicionário uma palavra feia, que causa tanta decepção, tristeza, dor que é: "INGRATIDÃO". Nós já temos sentido uma pequena amostra em nossas vidas, por termos ajudado alguém um dia, e esse alguém depois de algum tempo nos vira as costas. (Ah!...como isso dói !) .

Mas, que tipo de mal estava fazendo Israel, eles não eram crentes constantes avivados na adoração a Deus?. O texto nos diz que:
Eles iam ao templo todos os dias!
Eles levavam os seus dízimos de 3 em 3 dias!
Eles davam ofertas alçadas regularmente, para que a casa de Deus tivesse fartura!.
Eles tinham grandes compositores de musicas espirituais para glorificavam Deus!,
Suas adorações, e seus cultos eram através de fervorosos louvores!.
Era uma igreja avivada que todos nós gostaríamos de participarmos!
Eles eram povo escolhidos de Deus, o Israel que Deus muitas vezes com braços miraculosos tinha livrado dos seus inimigos!.

ENTÃO PORQUE DEUS ESTA IRADO, QUERENDO DESTRUIR O SEU POVO....?

 Existe no nosso dicionário outra palavra detestável, que ninguém gosta, que é "DISSIMULAÇÃO" ou seja, hipocrisia, falsidade. È aquele tipo de gente que em nossa presença esta sorrindo para nós, da um tapinha nas costas um abraço, mais quando nós saímos de perto dele, ele começa a falar mal de nós. É normalmente chamada de pessoa de (duas caras), na frente se mostra amigo, mas por traz é traiçoeiro, um nojento inimigo. Israel era assim, dentro das quatro paredes do templo, eles eram sinceros adoradores, mais quando saiam porta afora, eram de conduta reprovável, indignos, exploradores dos seus trabalhadores, afligiam o pobre com pesados tributos e taxas, eram corruptos, enganadores, suas balanças eram adulteradas para roubar o pobre, e até odiavam e perseguiam todos os que agiam com retidão, porque atrapalhavam seus negócios escusos. Até a justiça, os juizes eram corruptos, e vendiam sentença para condenar um pobre até por um par de chinelo.
Há... como fico triste vendo esta descrição, do pecado de Israel, porque olhando para os nossos dias, precisamente o nosso tão querido Brasil, eu vejo que o povo de Deus não mudou muito. O ajuntamento na casa de Deus em muitos ministérios não são de pessoas que lá vão para adorar a Deus em espírito e em verdade, como nascidos de novo, comprometidos com santidade de vida, transformados em novas criaturas que resplendam, e exteriorizem em atos, atitudes uma vida cujo visível proceder, denuncie ser receptáculo, habitação, morada do Deus eterno. Mas, o que temos visto são pessoas que vão a casa de Deus procurando humanizar a sua gloria, querendo fazer barganha, e muito pior que isso; exigindo de Deus as melhores bênçãos como: Prosperidade, saúde, felicidade conjugal, fama, poder, Status social etc. Mas, insensatamente se esquecem, que para receberem tais bênçãos, e delas desfrutarem para sempre, precisam buscar santidade de vida, compromisso, envolvimento não como faziam o povo de Israel, só dentro da igreja, mas como luz incandescente a brilhar no meio de um mundo tenebroso mergulhado no maligno, a gloriosa Essência da Santidade do nosso tão grande Deus.
 Quero terminar deixando a antiga mas, sempre presente exortação de Deus. “Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra”.(2 Crônicas 7. 14)
Que essa palavra possa nos trazer a necessária exortação, para uma postura de vida que agrade realmente a Deus. Amém!!!!!!!!!
 Enéas Lara Lara .

4 comentários:

MINISTÉRIO TEMPO DE RESTAURAÇÃO disse...

Que sermão maravilhoso! Temos vistos nesses dias pessoas semelhantes àquelas que Jesus se referiu dizendo "Muitos me seguem por causa da multiplicação" Ou seja do alimento, da cura, dos milagres, querem a benção de Deus, mas não querem o abençoador.
Deus continue lhe abençoando ricamente e que continue sendo esse instrumento de Deus para nossas vidas.
Um grande abraço.
Fraternalmente em Cristo,
Pr. Peter Feguetti
wwwministeriotempoderestauracao.blogspot.com

Eneas Lara disse...

Olá Pr. Peter Feguetti! muito obrigado por sua preciosa visita, e por seu amavél comentário.Volte aqui sempre que desejar, será um grande prazer te receber. Que Deus abençoe tua vida e ministério em nome de Jesus!!!!!!!!

Raquel Davis disse...

Querido Irmão Eneas!Parabéns pelo texto.
Estou indicando vosso blog para o Premio Dardos - De uma olhada:
http://capuccino-com-fe.blogspot.com.br/2012/10/premio-dardos.html

Eneas Lara disse...

Oi querida Pra Raquel! obrigado por sua preciosa visita, comentário e acima de tudo pela indicação ao Premio Dardos, vou lá ver sim. Deus te abençoe grandemente a tua vida e ministério, em nome de Jesus!!!!!!!

Postar um comentário

Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger