domingo, 30 de dezembro de 2012

ANO NOVO,.........Vitórias e desafios!!!!

Texto básico: Deuteronômio 1. 26/30.
Quando o povo de Deus chegou na proximidade do rio Jordão, depois de 40 anos de peregrinação naquele inóspito deserto, Deus mandou que eles parassem ali. Daquele lugar eles podiam avistar do outro lado do rio, a sua tão sonhada promessa, a terra que Deus disse; que “Manava leite e mel”. Era só atravessar o Jordão e tomar posse da benção.
 Mas, o que eles não sabiam é que a terra prometida estava ocupada e, eles tinham que enfrentar uma grande e terrível batalha, a terra estava ocupada pelos Amalequitas, e filhos dos guerreiros gigantes Enaquins. Os espias quando viram esses gigantes ficaram apavorados e se sentiram como se fossem “gafanhotos”. A cidade era fortificada por muros impenetráveis, não era preciso nenhum estrategista militar para se chegar a conclusão que a invasão seria uma luta inglória. (Se não fosse um grande detalhe!)
 O comandante do exercito era o Deus invencível nas batalhas, o Senhor dos Senhores, o qual eles tão depressa tornaram esquecidiços, menosprezaram a sua mão que tão poderosamente tiraram eles do Egito, com poder sobrenatural. Eles agora olham para aquele problema sobe a ótica de suas impossibilidades humanas, e no versículo ( 27) diz; que eles começaram a murmurar e revoltar-se contra Deus. O (Salmo 78. 8) comentando a postura deste povo, disse: “E que não fossem, como seus pais, geração obstinada e rebelde, geração de coração inconstante, e cujo espírito não foi fiel a Deus”.

 Deus é extremamente misericordioso e longânimo, apesar da falta de fé, e de coração impenitente do seu povo. Deus continuou a falar com seu povo, e no versículo (29) disse:”Não espanteis, nem os temais, O Senhor vosso Deus, é que vai adiante de vós, ele pelejará por vós”. O que Deus estava dizendo era: "A luta, a guerra, a batalha não é de vocês mas é minha, ou seja; vocês serão coadjuvantes dessa minha vitória". O que o povo de Deus precisava era confiar no seu Deus ser totalmente dependente da sua misericórdia. Ter fé e depositar em Deus a sua esperança era tudo o que o povo precisava para conseguir a vitória.
 Sabe porque estou falando tudo isso? É porque na nossa frente tem o ano de (2013) que começaremos a viver em breve, (1João 5. 19) diz: “O mundo inteiro jaz no maligno, é dominado pelo maligno, e nós sofremos os influxos circunstanciais desta vida em que vivemos neste mundo conturbado, e cheio de injustiças, de corrupção, de sobressaltos e por certo fará com que nós o enfrentemos no decorrer deste ano que se inicia certas dificuldades naturais do meio em que vivemos. Não é por que somos filhos de Deus que estamos isentos de sofrimentos, enfermidades, lutas, dores: (João 16. 33) Disse Jesus: “No mundo passais por aflições”. Deus não impede que a aflição chegue a nós mas, ele é misericordioso para nos dar libertação no meio do sofrimento.

Que nenhum de nós tomemos a posição que tomaram o povo de Israel, desanimando, revoltando-se contra Deus. Porque como Deus disse a Israel no passado, e continua a dizer hoje: "Eu vou adiante de vós, a guerra não é de vocês é minha. Deus queria que o povo de Israel tivesse fé, e aprendesse a descansar nas suas promessas, ainda que para isso tivessem de passar por provações e lutas, Deus nunca jamais os deixariam desamparados. O Senhor Jesus na Grande Comissão após sua ressurreição ele disse aos seus discípulos : (Mateus 28. 20) “E eis que estou convosco todos os dias até a consumação do mundo”. Se neste ano que vai se iniciar meu irmão, você deparar com montanhas intransponíveis, lutas fatigantes, ou mesmo que estes obstáculos não sejam teus, mas, do teu irmão; então chore com ele, partilhe do seu sofrimento, “pegue a ponta da sua cruz e coloque em seus ombros ajudando-o a carregar”, apresente-o junto ao trono da graça do Pai em orações a seu favor. (Romanos 12. 15) diz: “Alegrai-vos com os que se alegram, e chorai com os que choram. (Gálatas 6. 2) diz: “ Levai as cargas uns dos outros e, assim, cumprireis a lei de Cristo”.
 Assim, como o povo de Deus estava diante da sua tão sonhada terra prometida, e eis que surge um grande e terrível problema, tinham que lutar com gigantes, tinham que vencer muralhas intransponíveis, tinham que conquistar o que parecia inconquistável, mas eles não perceberam que só precisam de uma coisa: .  Sabe, nós com certeza neste ano de (2013) também vamos ter que enfrentar problemas, lutas, dificuldades, Jesus disse:No mundo passais por aflições, mas tenha bom ânimo eu venci o mundo”(João 16. 33) o mesmo Deus que deu vitória à Israel no passado, está conosco hoje.

E o apostolo Paulo injetando a nós coragem, forças ele escreveu a (Tessalonicenses 5. 16)Regozijai-vos sempre”; mesmo a despeito das adversidades, isto é: encha o teu coração de gozo porque já és mais do que vencedor em Cristo Jesus nosso Senhor e Salvador. Amém!

UM FELIZ ANO NOVO VITORIOSO PRA VOCÊ, COM CRISTO JESUS O AUTOR DA NOSSA SALVAÇÃO.!!!!!!!!!!
Eneas Candido Lara

1 comentários:

guiomar disse...

meu amigo tenha u ano novo cheio de muita paz, sucesso, mais saiba que teremos uma grande guerra pela frente e precisamos vencer, por isso precisamos estar muito unidos para sabermos fazer as coisas certas, mas comodada por Deus.

Postar um comentário

Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger