domingo, 27 de janeiro de 2013

O GLORIOSO PRIVILÉGIO, QUE SE TRADUZ EM TREMENDA RESPONSABILIDADE!!!

Disse Jesus: “Eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, afim de que fique para sempre convosco; o Espírito de verdade,que o mundo não pode receber, porque não no vê, nem o conhece; vós o conheceis, porque ele habita convosco e estará em vós ” (João 14. 16)

Quando por nós for constatada a realidade desta divina promessa, não tem como não sentirmos a grande responsabilidade de vivermos uma vida santa em consonância com o tremendo e Santo habitante que em nós faz morada “O Espírito Santo”. Como é deleitoso saber que, sua permanência em nós é definitiva, porque foi por uma obra de amor consumada por Cristo Jesus, o qual voltou a ocupar seu lugar junto ao Pai na gloria celeste, e prometeu:”Mas eu vos digo a verdade: convém-vos que eu vá, porque, se eu não for, o consolador não virá para vos outros; se, porém, eu for, eu vo-lo enviarei”(João 16.7). E, continuando no (Ver.13) diz: Quando vier, porém, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade”.
 O Espírito Santo não só nos conduz, como também, intercede junto a Deus a nosso favor. “Também o Espírito, semelhantemente, nos assiste em nossa fraqueza; porque não sabemos orar como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós sobremaneira, com gemidos inexprimíveis”(Romanos 8.26).  Há....! que gloriosa segurança temos no agir do Espírito Santo em nós. Ele misericordiosamente reformula nossas orações de forma que só chegue ao trono da graça aquilo que só possa traduzir em bênçãos para as nossas vidas.
Portanto, quando nós afirmamos que o Espírito Santo afasta de nós quando pecamos, estamos admitindo que sua permanência é oscilante e condicional. Isso não é verdade!. Você já pensou na imensa desonra feita ao Espírito Santo de Deus e a Cristo quando negamos a perpetuidade dessa habitação? Se o Espírito pudesse nos abandonar após ter habitado dentro de nós, isso equivaleria a negar o caráter perfeito e duradouro da obra de Cristo. Portanto, Sua obra teria sido inútil se o Espírito Santo deixasse o crente, mesmo porque o mérito não é do crente, mas de Cristo que lhe outorgou por misericórdia e graça.

No entanto, podemos até perder o fervor que marca os primeiros estágios da presença do Espírito Santo em nós, como aconteceu na igreja de Éfeso, eles perderam o “primeiro amor”(Apocalipse 2. 4). Entretanto, notamos que nenhuma mudança exterior e visível aconteceu na igreja, pois continuaram extremamente zelosos, a verdade era pregada de maneira clara, as doutrinas eram ensinadas corretamente, e tinham um acentuado senso do que era certo e errado. Mas, onde estava a exuberância do primeiro amor? Eles receberam a exortação do Senhor, porque tudo passou a ser feito fria e mecanicamente sem a razão do verdadeiro amor.
Sabe de uma coisa? Acho que não temos a menor idéia do que significa o privilégio imensurável de sermos receptáculo, morada, habitação do Espírito Santo em nós. Se realmente tivéssemos a mínima consciência disso, como seríamos diferentes, como iríamos aborrecer o pecado, nos esquivar até das formas mais sutis do mal, e, acima de tudo, vivermos em novidade de vida, de vida santificada, transformada cujo refletir exteriorizasse a santidade contagiante do Espírito Santo que inunda o nosso coração, e em amor ao próximo e paixão pelas almas perdidas.
Você meu irmão está vivendo nessa vida nova e santificada? Então glorifique o nome Santo do Senhor, porque não é força vinda de si mesmo, mas é o trabalhar do Espírito Santo que está orientando e capacitando-o  para a divina e gloriosa missão.

 Pense nisso.....! e que Deus te abençoe em nome de Jesus. Amém!!!!!!!
Enéas Candido Lara

2 comentários:

edison pires disse...

QUE O ESPIRITO SANTO CONTINUE TE ILUMINANDO E DANDO INSPIRAÇÕES.

pastoredisonavelinopires.blogspot.com.br

Eneas Lara disse...

Obrigado Pr. Edilson pela preciosa visita, e comentário.Volte aqui sempre que o desejar, será um grande prazer e uma honra em recebê-lo. Que o Senhor te abençoe a tua vida e o teu ministério, em nome de Jesus!!!!!!

Postar um comentário

Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger