quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

A SEGURANÇA DA NOSSA SALVAÇÃO!!!

SALVAÇÃO..! Eu ganhei um dia, amanhã  posso  perdê-la....?

É triste constatar que ao passar dos milênios, ainda persista a desconfortável e sombria indagação:” Como posso saber se eu sou salvo”?.   Bem..., isso depende de como foi que você veio para Jesus:
1 ) Se tua vinda a Jesus foi uma escolha tua, movida por exclusiva decisão do teu “Livre Arbítrio” então a segurança da tua salvação não está em Deus, mas em você mesmo.
2)  Agora, se a tua salvação não foi uma escolha sua, mas de Deus, o qual escolheu e buscou-te e como um precioso presente trouxe a Jesus, para que Ele te salvasse então; a segurança não está em você, mas em Deus.  Entendeu a diferença?

Disse Jesus:Não fostes vós que me escolhestes a mim; PELO CONTRÁRIO, EU VOS ESCOLHI A VÓS OUTROS”(João 15. 16).  A salvação não é uma opcional escolha humana ,mas sim uma decisão da soberania de Deus. Dessa forma salvação não é pra quem quer, mas para quem Deus quer. “ASSIM, POIS NÃO DEPENDE DE QUEM QUER OU DE QUEM CORRE, MAS DE USAR DEUS A SUA MISERICÓRDIA”(Romanos 9.16) 
Depois da gravidade da transgressão humana, Deus não tem obrigação de salvar ninguém, contudo por sua misericórdia resolveu salvar alguns, e aos outros aplicar a justiça que seus atos merecem.( Romanos 9. 19 a 23). Então como ter certeza da salvação?.  Bem, primeiro precisa saber se o chamar de Deus de fato ocorreu, e se lhe fez de você um convertido, e o visível vestigio é o  processo do inflexível novo nascimento (João 3. 3)Aquele que não nascer de novo não verá o reino de Deus”. E também se teu viver comprova o ser uma nova criatura que foi amada e escolhida por Deus antes da fundação do mundo  (Efésios 1. 4)” Assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor nos predestinou para ele”.

Não confundir o ter vindo a Jesus por decisão emotiva e pessoal do seu (Livre Arbítrio), como citamos acima, mas que foi escolhido, eleito, e trazido por Deus como um presente para Jesus.”Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim; e o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora”(João 6. 37).  Preste atenção no que disse Jesus:Todo aquele que o Pai me dá” O crente é um presente que Deus escolheu salvá-lo antes da fundação do mundo exclusivamente por sua soberania e, o trás e dá para Jesus.
 ( Veja: isso só ocorre mediante a iniciativa e soberania da graça de Deus)

O que Jesus está dizendo é que a decisão e a escolha nunca é do homem, mas de Deus. E por conseguinte, a segurança não está em nós, muito menos no mérito das nossas boas obras, mesmo porque não a temos. E sendo assim, a segurança da nossa salvação não está em nós, mas em Deus através da Cruz de Cristo Jesus, que nos comprou com seu sangue derramado naquele maldito madeiro do calvário, consumando assim o predestinado projeto de Deus, o qual precedeu o tempo, a história e a própria criação do mundo.

Então, diante disso fica claro que a salvação é um consumado fato que provém de uma eleição incondicional ocorrida antes da fundação do mundo.(Efésios 1. 4) E que nós não tivemos nenhuma participação nela. Contudo, uma vez salvo, nascido de novo, transformado em nova criatura, então ai; algo experimentado, visível, glorioso passamos a sentir, que é o prazer e a alegria de procurarmos a santificação de nossas vidas, vivendo em consonância com a vontade de Deus que é Santo.
Diante de tudo isso, se faz incontida a nossa alegria e regozijo pelas confortadoras palavras do Senhor Jesus em oração a Deus: “Não perdi nenhum dos que me deste”(João 18. 9).  Se você foi o presente que Deus deu pra Jesus um dia, e está certo disso; então glorifique-O agora. Aleluia !!!!!!!!!
Que Deus grandemente te abençoe!.
 Enéas Candido Lara

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger