domingo, 31 de março de 2013

Porque Ele Vive

Disse Jesus: "Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá; e todo o que vive e crê em mim não  morrerá, eternamente. Crês esto?(João 11. 25-26). O qual foi entregue por causa das nossas transgressões e ressuscitou por causa da nossa justificação(Rom. 4. 25). A Sua morte e ressurreição nos justificou mediante a fé, é o que diz Paulo aos (Romanos 5. 1)"Justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus por meio de nosso Senhor Jesus Cristo". Que a Ele seja toda gloria para todo sempre, Amém !!!!!!!!!!!!

quarta-feira, 27 de março de 2013

Disse Jesus:  ESTÁ  CONSUMADO”!
Texto Básico: (João 19. 30)
     
O senhor Jesus viveu momentos dramáticos na sua vida, ao vislumbrar a hora em que teria de suportar a Cruz maldita, se fazendo maldição em nosso lugar.
 (Eu sinceramente  fico pensando no momento em que os soldados Romanos deitaram Jesus sobre a cruz e, com cravos pontiagudos apontaram para as mãos de Jesus e quando bateram o martelo o cravo rasgou a carne de Jesus e o seu sangue então;começou a escorrer e quando a primeira gota umedeceu  aquela maldita Cruz; aquele instrumento nojento, asqueroso revoltante, vil de tortura e morte, se transformou no maior e mais glorioso símbolo de  amor, de preço pago, de promessa de DEUS cumprida, de veneração, de esperança, de salvação para todos os cristãos espalhados pelo mundo, que hoje pela graça se achegam a Deus.
Aquele tétrico, inóspito, maldito, lugar de morte;  SE TRANSFORMA EM PORTA DO CÉU, A MORTE SE FEZ VIDA, A DERROTA SE FEZ VITORIA, AS MURALHAS SE DESFIZERAM, AS BARREIRAS SÃO DESTROÇADAS DESIMPEDIDAS,  O VÉU DO TEMPLO É RASGADO DO ALTO A ABAIXO, E QUANDO JESUS EXCLAMA; Está consumado.......!. Selava definitivamente a vitória de Jesus sobre satanás, é o passaporte do céu que é carimbado com o seu sangue, é o direito de voltar a ter comunhão com o Pai.  Este episódio de vergonha, porem de gloria, de morte, porem de vida, de aparente fracasso, na maior vitória e conquista do ser humano, em receber Perdão, graça, expressão maior do amor de Deus nosso Pai. 

A cruz não foi só uma violência cometida, uma injustiça praticada pelos homens, mas em contrapartida, a despeito da grande tragédia que se cometeu, a mensagem da cruz tem ensinamentos profundos, é voz altissonante a proclamar a gloriosa mensagem de perdão, de reconciliação, revelação maior do Amor de Deus o Pai, e que só pode entender aqueles que iluminados pelo Espírito Santo e com fé, e com profunda gratidão achegam-se á ela.
Se antes a Cruz era símbolo repelente de medo, de pavor, e quando as pessoas tinham que passar na proximidade daquele lugar chamado de (Monte das Caveiras) as pessoas viravam o rosto para  não olhar para aquele lugar, funesto e maldito.  Hoje, a Cruz é o símbolo adorável, precioso, glorioso de esperança, de vida, e de salvação para todos os Cristãos no mundo inteiro.
Eu acho que ficaríamos  muito tempo encontrando as grandes transformações do; “Antes, e do depois de Cristo”.  Acima de tudo pela gloriosa e conclusiva exclamação!. Está consumado”......!   Ah....! quantas  verdades, quantos valores estão implícitos nestas duas palavras. Não era só o fim do suplicio de Cristo, da dolorosa e vergonhosa morte que estava chegando ao fim, mas tenho pra mim, que entre tantas vitórias eu destacaria aqui três conquistas da Cruz:

01)  A Restauração do relacionamento com Deus!
02) A libertação do jugo da lei!
03) O Rompido monopólio que se tornou em graça para todos os homens!
Vejamos:
O1)Restauração do relacionamento com Deus!.  Depois que Adão pecou, ele foi expulso do paraíso, o relacionamento com Deus foi cortado, porque se tornou em um pecador. Deus é Santo sua natureza é incompatível com o pecado, e por isso não podia ter com ele nenhuma intimidade. Ai, o relacionamento foi interrompido até ao momento do angustiante, mas glorioso, e Bendito Grito do calvário: ESTÁ CONSUMADO!”. Este entrave, esta barreira, foi quebrada, retirada demolida, porque o preço foi pago e, o véu do templo então se rasga do alto abaixo em sinal de desobstrução total, franqueando ao perdido pecador que andava longe de Deus, agora ele é aproximado. Ah!....que preciosa, eloqüente, gloriosa é a mensagem da cruz, como nos faz bem pra alma, como aquieta nosso coração e nos trás consolação, e certeza do perdão, reconciliação e salvação por este amor imensurável  de Cristo Jesus nosso Senhor.

02) Libertação do jugo da lei!. O povo de Deus vivia gemendo debaixo da escravidão da lei, a qual era impossível de ser cumprida porque chegaram a ser (613 leis) como sacrifícios, ordenanças, celebrações, etc. Tudo isso era difícil até para memorizar, quanto mais cumprir.  Ah!.... mais quando  o Bendito Grito ecoou  naquela maldita Cruz: Está consumado! tudo isso perdeu a sua validade, esse tempo legalista chegava ao fim. (Hebreus 7. 8) diz: “Portanto por um lado se revoga (retira) a anterior ordenança, por causa da sua fraqueza e inutilidade”.
(Gálatas 3. 19) “Qual pois é a razão da lei? Foi adicionada, acrescida por causa das transgressões, até que viesse o descendente que é Cristo o senhor”. (Gálatas 3. 13) Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se em maldição em nosso lugar.(Efésios 2. 8) diz: “Pela graça sois salvos mediante a fé, e isso não vem de vós é dom (presente) de Deus não por obras para que ninguém se glorie).

03) O rompido monopólio que se tornou em graça para todos os homens!. (Colossenses 2. 12/13). Meu irmão, Preste atenção aqui !. Paulo estava falando com Judeus até o ´versículo 12, depois ele começa a falar com quem não é Judeu, ou seja; comigo e com você , e por isso ele diz: “A VÒS OUTROSque estáveis mortos pelas vossas transgressões e pela incircuncisão da vossa carne. (isto é; nós que não somos Judeus), e nem tão pouco circuncidado na carne. Paulo continua e diz: Ele vos deu vida juntamente com ele, perdoando todos os nossos delitos, tendo cancelado o escrito de dividas que era contra nós e, que constava de ordenanças,(isto é das 613 leis dada aos Judeus) o qual nos era prejudicial. Paulo continua e diz: “Ele removeu inteiramente tudo isso; encravando-os na Cruz”. Ó aleluia! Louvado seja o nome do Senhor!.

Ah...! se homem pudesse olhar para a Cruz de Cristo, e pudesse ver, e pudesse ouvir sua mensagem que é altissonante proclamada, se o homem pudesse ver o imensurável amor manifestado, que tudo o que ali foi feito era divida nossa que foi paga. Ali, Jesus não só consumou a nossa redenção, mais ali, extinguiu o monopólio, aboliu a exclusividade de um povo, de uma nação, para estender a todos os homens do mundo a salvação mediante a fé no sacrifício do cordeiro de Deus, Jesus Cristo seu filho amado. 
Você que é filho de Deus compromissado com Ele, salvo por este amor gracioso, com grande gratidão glorifique-O agora ......! 
 E você que ainda  não entregou a sua vida a Jesus Cristo, a oportunidade é agora de participar do seu reino eterno, porque  também  foi por você que Ele morreu e ressuscitou para te dar salvação.

Pense nisso! E que Deus os abençoes em Nome de Jesus.  Amém!!!!!!
Enéas Candido Lara














domingo, 24 de março de 2013

O LINDO CÉU NÃO É SONHO, É REALIDADE!!!

A descrição do apostolo João em (Apocalipse 21) é algo tremendamente maravilhoso, que quando foi arrebatado, extasiado diante de tanta gloria ao contemplar a cidade Santa, ficou procurando as palavras certas para descrever esse lugar celeste de divino esplendor, mas não encontrou as que justificassem tamanha gloria. E por isso, ele tenha usado as coisas que nós conhecemos de mais precioso, lindo e puro que existe aqui na terra como: O ouro, e pedras preciosas, etc”. E no (ver. 2) diz ele que: ali é a casa, tabernáculo onde Deus faz Sua morada, e que os salvos também com Ele irão morar.

Quem é que não quer morar neste lindo céu?

Mas, ali só pode entrar santos sem pecados, e ou; regenerados, transformados em nova criatura. Disse Jesus: Em verdade, em verdade te digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus”(João 3. 3). O que Jesus está dizendo é que precisa de uma radical transformação, uma mudança de vida, de natureza interna e externa que seja visível essa mudança aos olhos do mundo
----Quando olho para a figura ilustrativa da asquerosa lagarta que se mostra indesejável, horripilante, mas que à certo momento da sua existência passa por uma completa mutação transformando-se numa apreciável, doce e meiga borboleta que nos encanta os nossos olhos, assim, nada mais verdadeiro é o fato que deve ocorrer na vida daquele que passou pelo processo regenerador espiritualmente. De um perdido e indigno pecador, para ser templo, morada, habitação do Santo Espírito de Deus.

 Em contrapartida o (versículo 8) diz algo preocupante, que no Céu não entra o pecador e, nenhuma cousa impura. E passa a descrever uma serie de pecados os quais já antecipadamente estão julgados, os quais tais atos cometem. Ou seja; o Inferno; lago de fogo e enxofre!. Bem, se no Céu não entra pecador, e nem tão pouco nada impuro, maculado, manchado como o nosso sujo e feio pecado adquirido, então, o Céu é um lindo sonho inconquistável. Na verdade humanamente o é......., se tentarmos conquistá-lo por nosso mérito.
Contudo, o imensurável amor de Deus Pai, providenciou uma única possibilidade de isso acontecer. Que foi Ele mesmo pagar o altíssimo preço que a Sua justiça requeria, e que os homens não poderiam pagar. Então, O Senhor Jesus nos revela: Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o Seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”(João 3. 16) E a palavra nos diz mais: “ O sangue de Jesus, seu Filho nos purifica de todo o pecado..............Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda a injustiça”( I João 1.7-9).
Aqui está a maior de todas as conquistas humanas oferecidas graciosamente a quem crer. Que é a Salvação da sua alma. Se a salvação pra você é somente um sonho, Jesus pode transformar hoje em realidade, creia nisso!!!!!!!

Enéas Candido Lara

quinta-feira, 21 de março de 2013

O GRACIOSO E ETERNO SACRIFICIO!!!

Texto básico: “Ele foi traspassado pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniqüidades”.(Isaias 53. 5)

Quando olhamos para a historia do povo de Deus, notamos que o pecado cometido por alguém, tinha que ser absolvido através de um ritual de sacrificio oferecido a Deus . O que nos chama atenção é no detalhe daquele cerimonial: O sacerdote levava o animal até ao altar e pedia que o transgressor colocasse as mãos sobre a cabeça do animal. Era um gesto de conscientização que aquele animal que ali estava para ser sacrificado, morria tão somente por causa do seu pecado, e esse ato então, era aceito pela manifestação de arrependimento.

Oh!... quão grande era tal simbolismo, apontando para o mais perfeito e eterno sacrifício que Cristo Jesus haveria de fazer para resgatar e redimir o perdido pecador. O Senhor Jesus como o imaculado e Santo Cordeiro de Deus, se deixou morrer naquela ignominiosa Cruz para satisfazer a justiça de Deus, assumindo a culpa dos nossos pecados se fazendo em maldição em nosso lugar, derramando ali, Seu precioso sangue regenerador, lavando-nos completamente de todas as nossas injustiças. No antigo ritual da lei o transgressor escolhia o animal e o levava para o sacrifício. Na nova dispensação da graça, Cristo voluntariamente se doou, se entregou como o próprio sacrifício.

“Mas pelo precioso sangue, como de cordeiro sem defeito e sem mácula, o sangue de Cristo. Conhecido, com efeito, antes da fundação do mundo, porém manifestado no fim dos tempos, por amor de vós”(I Pedro 1. 19- 20)  Assim, quando conhecemos pela palavra que o Senhor Jesus morreu para nos salvar, também devemos reconhecer que Sua morte, embora voluntária, espontânea foi motivada por causa do nosso pecado, e também por causa do amor imensurável de Deus o Pai, que diante da loucura do pecado humano manifestou um amor que foge da racionalidade humana poder entender, não poupando a vida do Seu unigênito Filho, mas o entregando em sacrifício vivo para que com o Seu sangue derramado naquele maldito madeiro do calvário, pudesse propiciar ao perdido pecador o perdão dos seus pecados, através da fé no Seu gracioso sacrifício.

Então, quando  olhar para a Cruz de Cristo, veja ali o explicitado e incomensurável preço pago, traduzido em amor por você e, então com sincera e reverente gratidão glorifique o Seu Santo Nome. Aleluia!
Que o Nome de Cristo Jesus o Senhor, seja louvado para todo o sempre. Amém!!!!!!!
Enéas Candido Lara

segunda-feira, 18 de março de 2013

ESTE MARAVILHOSO E SALVADOR OLHAR!!!


Certa feita o palco estava iluminado, a orquestra em prontidão, o pianista sentado no belíssimo piano de cauda, a qual estava aberta. Quando os primeiros acordes foram dados, eis que num gesto brusco o maestro interrompeu a musica. Calmamente se dirigiu até o piano abaixando a tampa. Ela estava atrapalhando a visão do pianista em obedecer ao seu comando. Da mesma forma em nossa vida religiosa pode acontecer o mesmo. Se nosso olhar não estiver fixo no Senhor Jesus, não podemos viver e nem corresponder a expectativa de retorno que Ele espera de nós. O autor de (Hebreus 12. 1-2) diz: “Olhando firmemente para o autor e Consumador da fé”.
A nossa vida pode estar tão bela, o nosso trabalhar pode ser tão elogiado, aplaudido, comentado pelos irmãos e pela mídia, mas, assim como o magnífico piano de brilhantes teclas construído com esmero e beleza de sua cauda, e ser tocado com maestria por um grande pianista, pode emitir som desarmônico se não estiver acompanhando a regência pela visão do maestro.
Veja o que aconteceu com o apostolo Pedro. Ele estava milagrosamente andando por sobre as águas do mar, enquanto firmemente olhava para Jesus mas, houve um momento em que ele açoitado pelo impetuoso vento, fustigado por impolutas ondas, teve medo, então tira os olhos de Jesus para olhar a tempestade. Então, começou a afundar e gritou:Salva-me, Senhor!. E, foi repreendido por Jesus, que lhe disse: “Porque duvidaste homem de pequena fé?(Mateus 14. 30)

O que Jesus quis ensinar com esse maravilhoso episódio foi que, embora estejamos passando por terríveis lutas e tempestades, a nossa fé deve nos levar a olhar firmemente para aquele que tudo pode e sempre estará conosco, o qual nos prometeu: “ E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século”(Mateus 28. 20). Disse Deus:” Olhai para mim e sede salvos, vós, todos os termos da terra; porque eu sou Deus, e não há outro(Isaias 45. 22).

Que seu olhar e seu coração, jamais em tempo algum seja tirado de Jesus. E que a Sua graça te sustente até a vitória final !
Deus te abençoe em nome de Jesus!!!!!
Enéas Candido Lara

sábado, 16 de março de 2013

quarta-feira, 13 de março de 2013

A SEPARAÇÃO IMPRESCÍNDIVEL!!!

Disse Jesus:”Vós sois a luz do mundo”(Mateus 5. 14)

Uma jovem crente que não via qualquer mal, ou prejuízo em participar de tardes dançantes em um clube, certa vez enquanto dançava com um jovem quis evangelizá-lo. Então, este perplexo parou e perguntou: Não me diga que você é crente? Sim, respondeu a jovem. “Sou cristã” “Bem, então pelo amor de Deus o que você está fazendo aqui? Pensei que crente fosse alguém diferente.  Ah!... o mundo espera que o cristão seja alguém como uma incandescente luz que não se mistura com as trevas, porque se não houver uma linha demarcatória, então, como é que as pessoas saberão de que lado estamos nós?.
A separação foi sempre o padrão de Deus. Abraão teve de deixar a sua terra, e a casa de seus pais, e em completa separação teve de ir, sem saber para onde. Moisés recusou ser chamado filho da filha de Faraó, escolhendo antes sofrer aflições com o povo de Deus do que gozar durante algum tempo os prazeres do pecado; considerou sobremaneira a sua fidelidade ao Deus do seu povo, do que as riquezas e prazeres do Egito. Assim, também aconteceu com os Israelitas. Eram um povo especial, inteiramente separado das nações representando o Senhor dos Senhores, o Deus todo poderoso. Também, podemos ver em (Esdras 9- 10) e em (Neemias 13). Quando o povo quebrou a linha de demarcação através de casamentos mistos, então, Deus agiu severamente para com o pecado praticado da mistura com povos pagãos. Os casamentos tiveram de serem desfeitos e as esposas tiveram de serem devolvidas.

A santificada separação continua hoje a ser o padrão e a chamada de Deus para o seu povo, (Hebreus 12. 14) “Sem santificação ninguém verá a Deus”. Somos peregrinos, estrangeiros numa terra estranha, porque embora nós amemos esta vida, aqui não é o nosso lugar, muito pelo contrario disse Jesus:Vós não sois deste mundo porque dele vos escolhi” (João 15. 19).  E por sermos forasteiros em peregrinação enquanto aqui, foi que os poetas sacro ( E.R.Smart – E.T. Cassel) escreveram este belo hino (288 do Hinário Evangélico)

 Sou forasteiro aqui, em terra estranha estou,
 Celeste Pátria, sim, é para ponde vou.
Embaixador por Deus, do reino lá dos céus,
Venho em serviço do meu Rei!.

 Porque a evidência da vida separada está nas atitudes de um coração transformado.. Não ameis o mundo nem as cousas que há no mundo. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele(I João 2. 15) Somos humanos e esta carne que nos reveste é daqui, e se deixarmos ser dominados por nossos corruptos corações, (Jeremias17. 9) então, seremos seduzidos pela irresistível especiarias da mesa de satanás, que fartamente nos é oferecida. E isso ocorre quando copiamos as praticas do mundo e trazemos para dentro das igrejas até por uma boa intenção, mas tendo a aparência das obras pecaminosas do mundo, estaremos cometendo pecado.
O apostolo Paulo nos diz: “Fugi de toda a aparência do mal”.Infiéis, não compreendeis que a amizade do mundo é inimiga de Deus? Aquele, pois, que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus” (Tiago 4. 4). Aquele que ama o mundo não ama a Deus.

Qual é  a sua atitude? Já se fez esta pergunta? Tenho amado mais o mundo, ou a Deus?. Tenho sido imitador de Deus, ou do mundo? (Efésios 5. 1)
Que possamos estar refletindo na advertência da palavra Santa de  Deus.

Que Ele vos abençoes, em nome de Jesus. Amém!
Eneas Candido Lara

domingo, 10 de março de 2013

AS NOSSAS ULTIMAS PALAVRAS!!!

Não temas; pelo contrário, fala e não te cales; porquanto eu estou contigo!(Atos 18. 9)

Conta-se que um homem estava deitado na mesa de cirurgia, e a seu lado estavam médicos cirurgiões e também o anestesista, quando este se aproximou deste homem e lhe disse: “Se tiver vontade de falar suas ultimas palavras, a hora é esta, porque devo te dizer que serão as ultimas que poderá pronunciar”. O homem estava ciente de que iriam tirá-lo a língua já toda dominada por um câncer. Então, fez gesto com a mão para que lhe dessem um tempo.—O que falar pela ultima vez? Quais palavras dizer?.......... Depois de refletir naquele momento tão difícil, emocionalmente aflitivo, quando tanto tinha pra falar. Então, pausadamente disse: “Deus!......Glorificado seja o teu santo nome, por teu amor tão grande que não poupaste o teu único Filho pra salvar este miserável pecador”!

Quais serão nossas ultimas palavras?
 Pensando nisso, vamos recordar o que disseram os grandes homens de Deus:
----“Eis que morro, mas Deus será convosco”, disse Jacó a seu filho José (Gênesis 48. 21).
---- “O Deus eterno é a tua habitação, e por baixo de ti estende os seus braços eternos”, disse Moisés aos filhos de Israel (Deuteronômio 33. 27).
----“Eu vou pelo caminho de todos os mortais. Coragem, pois, e sê homem” palavras do grande servo de Deus, Davi à seu filho Salomão (I Reis 2. 2)
----“Ao Senhor, A Ele seja a gloria pelos séculos dos séculos Amém”...... ”A graça seja convosco” saudações finais de Paulo (2 Timóteo 4. 18- 22).
----E estas foram as ultimas palavras do homem Deus (Jesus Cristo) no suplicio da maldito calvário. “Pai nas tuas mãos entrego o meu espírito” (Lucas 23. 46). “ESTÁ CONSUMADO!” (João 19. 30)

 Não fique preocupado com as ultimas palavras que vais dizer na tua vida. Precisa sim se preocupar e muito, com as palavras que pode dizer hoje, e tem-se calado. Com o amor que podes repartir hoje, e o tem retido. Com o abraço que podes dar hoje, e o tem encolhido. Com o sorriso que podes dar hoje, e o tem evitado. Com a manifestação de amor maior que é falar para o teu próximo que em Cristo Jesus há salvação, mas impiedosamente tem retido pra si a boa nova de salvação e, com isso deixando de cumprir o maior de todos os mandamentos do Senhor Jesus que é; “amar o nosso próximo como a nós mesmos”. Se nossas ultimas palavras forem silenciadas por circunstâncias abruptas....então; gloriosamente será substituídas pelo divino e glorioso convite: Vinde Bendito de meu Pai, entra no gozo do teu Senhor! .Aleluia!!!...........
Para você refletir...........
Que Deus grandemente te abençoe!!!!!!

quinta-feira, 7 de março de 2013

O PRÉ-ESTABELECIDO CONDICIONAL DE JESUS!!!

“Em verdade, em verdade vos digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus”.(João 3. 3)

O nascer de novo é um processo divino,  irrevogável, imprescindível para alguém que almeja ganhar o reino dos céus. Como conseguir isso? Esse milagre é obra exclusiva da graça de Deus, não é algo conquistável por mérito humano, e nem tão pouco por nossas boas obras. É escolha de Deus, decisão da Sua graça e, isso independe da vontade do homem. Não confundir suposta “Conversão“, com a mudança de natureza. Na suposta “conversão” o homem continua sendo o mesmo com as mesmas inclinações e desejos carnais, mas o nascido de novo é nova criatura. Isto é; tem que haver mudança radical. O nascido de novo tem nojo, aversão do pecado mesmo porque a velha natureza já não existe mais. O que habita nele é o Espírito Santo de Deus que por concessão graciosa lhe foi outorgado.

 Quando alguém nasce de novo, ou, como Senhor Jesus disse; nasce do Espírito”, ninguém consegue observar como isso acontece. O processo de transformação escapa ao escrutínio humano. Apesar de todo o progresso da ciência, e da engenharia genética ainda não é possível explicar exatamente como surge a vida natural na criação visível. O que dizer então da tentativa de explicar o milagre do novo nascimento.
Contudo, a incapacidade de compreender os processos espirituais não significa que eles não sejam reais. Não são mera imaginação. O novo homem, pode ser conhecido através da mudança na forma com que a nova vida os conduz, em seus atos e atitudes .Saulo de Tarso, conhecido como o apostolo Paulo, é um excelente exemplo. Após ter encontrado com o poder irresistível de Cristo glorificado no caminho de Damasco, ele cai por terra, vencido, humilhado, prostrado, beija o pó da terra, e então pergunta: Quem és tu Senhor”? E a resposta foi : Eu sou Jesus a quem tu persegues.
Naquele exato momento o milagre acontecia. Morria a natureza humana do homem perseguidor Saulo, para nascer um novo homem o grande apostolo dos gentios. (Atos 9. 6)  Aquele que antes perseguia os Cristãos, agora era um deles e os amava profundamente. De perseguidor passou a ser perseguido.
O novo nascimento provocou uma completa revolução na maneira de viver de Paulo, Ele era um novo homem, e todos, tanto amigos como inimigos, testificavam essa verdade.

Querido irmão e amigo leitor, você de igual modo já encontrou verdadeiramente com Cristo? No que esse encontro mudou a sua vida ? As pessoas que vivem ao teu lado tem notado essa transformação?
Veja, o pré-julgamento que o Senhor Jesus fez: “Se não nascer de novo não entra no reino dos céus”.
 Pense nisso!......E que a misericórdia e a graça do Senhor te abençoes!!!!!
Enéas Candido Lara

segunda-feira, 4 de março de 2013

HUMILDADE: A VISÍVEL MARCA DO CRISTÃO!!!

Em certa cidade da Europa apareceu um padre que estava sendo aclamado de Santo pelos seus paroquianos, pelos milagres a ele atribuídos. Foi tanto, que a noticia chegou até a cúpula da igreja. Então, antes de qualquer posicionamento, os lideres tiveram a idéia de fazer um teste. Enviaram um padre disfarçado de mendigo, sujo, maltrapilho o qual procurou por este padre milagreiro com o seguinte pedido: O Senhor poderia me fazer um grande favor de lavar os meus pés, pois, tenho dificuldades em fazê-lo. Irritado..... e sentindo desrespeitado por tal pedido, respondeu: O Senhor sabe com quem está falando....? Então, o falso mendigo olhando para ele pensou: “Infelizmente agora sei, que é um vigarista, que está ludibriando a fé dos incautos”.

O grande e divino Mestre Jesus Cristo, pregou uma das suas mais expressivas mensagens, quando não falou palavra alguma mais agiu. “Durante a ceia, tendo já o diabo, posto no coração de Judas Iscariotes, filho de Simão, que traísse Jesus, sabendo este que o Pai tudo confiara às suas mãos, e que ele viera de Deus, e voltava para Deus, levantou-se da ceia, tirou a vestimenta de cima e, tomando uma toalha, cingiu-se com ela. Depois deitou água na bacia e passou a lavar os pés aos discípulos e a enxugar-lhos com a toalha com que estava cingido”(João 13.5).
Essa foi a maior de todas as lições de vida cristã que o Senhor Jesus pregou, porque para servi-lo na obra do seu reino, precisa antes de tudo; despojarmos de nós mesmos, acima de tudo do orgulho egoísta do nosso “EU”, e só conseguiremos quando submetermos inteiramente á Ele na condição de servo.
Ninguém esperava aquela atitude de Jesus, em ser o Mestre e Senhor fazer um humilde trabalho que era de um escravo. Ele é Deus, Senhor absoluto dos céus e da terra, se humilhou abaixando para lavar os pés imundos, sujos dos seus discípulos, porque; a verdade da sua mensagem pregada é: “Bem-aventurado os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus”(Mateus 5. 3)

 Mais tarde essas divinas mãos seriam traspassadas por cravos, prova do ódio e loucuras dos homens, mas expressão maior de um coração cheio de amor por cada pecador. Graças a Deus continuamos a ter a manifestação grandiosa e graciosa do nosso amado Mestre e salvador agindo no céu. Na cruz o Senhor derramou o Seu sangue para nos purificar dos pecados. Agora, ressurreto de entre os mortos, Ele vive para interceder a nosso favor. Ele é nosso Sumo sacerdote e advogado.(Hebreus 4. 14-16)- (I João 2. 1-2). Sendo nosso Sumo Sacerdote, Ele intercede por nós em nossas fraquezas e pecados. Como nosso advogado, está defendendo-nos quando a Ele nós confessamos as nossas culpas.

Obs: Se nós confiantemente aproximarmos dEle como o nosso Sumo sacerdote, então, menos vamos precisar dEle como nosso advogado. Pense nisso! Humilhai-vos na presença do Senhor, e Ele vos exaltará.(Tiago 4. 10)
Enéas Candido de Lara

sábado, 2 de março de 2013

Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger