sábado, 30 de novembro de 2013

DISSE JESUS:" VOZ SOIS MEUS AMIGOS SE FAZEIS O QUE EU VOS MANDO"


Texto Básico:  (JOÃO 15. 14)

Em todas as profissões existem um código ético a ser observado. São procedimentos legais, morais, sociais, técnicos que determinam o bom caráter de um  profissional integro e responsável. Assim também,  é imprescindível que todos os cristãos vivam em cumprimento a síntese de um "código" estabelecido por Jesus. Quando o Senhor Jesus começou o Seu ministério terreno, os Seus ensinamentos conflitaram com a pré-estabelecida lei, porque eram ensinamentos que iam além da própria lei judaica. Eram ensinamentos mais profundos e abrangentes, como por exemplo o pregado; "O SERMÃO DO MONTE".

Há.....quando olhamos para este determinado "Código de ética espiritual" que Jesus estabeleceu, temos a tendência de desanimar, pois, não encontramos forças em nós para que vivamos por ele. O teólogo John Stott  escreveu, que esta é parte mais conhecida dos cristãos, porém, a menos observada. As exigências estabelecidas por Jesus, são tão elevadas para o padrão de seres  humanos falhos, imperfeitos e limitados como nós somos. Deus é Santo e para que nós Dele sejamos Filhos, temos que também vivermos parecidos com Ele. Foi isso que Ele pediu:"Sede santos, porque eu sou santo"(I Pedro 1. 16) 

Como pois, alcançaremos tal padrão de santificação que  nos faça parecer com Deus? Evidentemente que em nós não há nenhuma possibilidade, pois fomos contaminados, impregnados pela nódoa maldita do pecado que nos afasta completamente de Deus, porque Deus é Santo, a Sua natureza é incompatível  com o pecado.   Entretanto, o que era impossível aos homens, Deus por Seu imensurável amor veio ao nosso encontro, e nos doou o que tinha de mais precioso, a vida do seu Unigênito Filho Jesus, para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.
Entretanto, seguir a Jesus é andar por caminhos estreitos, apertados, pedregosos onde por vez encontramos espinhos, dificuldades, lutas, mas nunca estaremos sozinhos, Ele estará conosco todos os dias até a consumação dos tempos .E nesse caminhar temos justamente que enfrentar a nossa maior luta, ou seja;  "nós mesmos, nós somos o nosso maior inimigo". Porque para vivermos uma vida de santificação, precisamos renunciar a nós mesmos. Disse Jesus:"Se alguém quer vir apos mim,  a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me"(Mateus 16. 24).
 Há um alto preço humanamente a ser pago, o qual Jesus descrevendo em Seu "Código espiritual" (O Sermão do monte)o qual Ele determinou para que nós por ele vivêssemos. Jesus disse:"Vós sois a luz do mundo". O que é que temos que refletir? a santidade e o amor misericordioso de Deus através do nosso viver  .Preste atenção  para uma séria advertência:  " Se o evangelho que você está seguindo não lhe custa nada, então; não é o evangelho de Cristo Jesus que estás a seguir, mas um outro falso caminho que não te levará a vida eterna.

É por isso que o Senhor Jesus disse:"Vós sereis meus amigos "Se fazeis o que eu vos mando"!
Que Ele te abençoe e te dê forças para  a ser fiel no cumprimento dos seus mandamentos.
Enéas Cândido de Lara

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

O VISÍVEL E GRANDE MILAGRE DE DEUS: "A CONVERSÃO DO PECADOR"!!!



Porque a conversão do  pecador é um milagre?  É  um milagre porque é um ato divino, uma intervenção direta de Deus na vida do Ser humano, NÃO porque o homem quis, mais sim, porque Deus quis. Essa decisão não é do homem,  mais sim de Deus, por ser um atributo exclusivo da sua graça.

 Veja o que disse o Senhor Jesus: (João 6. 44) “Ninguém pode vir à mim se o Pai, que me enviou não o trouxer”! Ou seja; o homem por si só vivendo na carne não tem poder de reação espiritual, porque está morto (Efésios. 2. 1). Portanto, como um morto não tem reação física, muito mais um morto espiritual jamais poderá fazer escolhas e tomar decisões, se não for ressuscitado primeiro pela intervenção graciosa de Deus, e depois trazido pelo Pai até Jesus  (Efésios. 2. 5). E  o versículo (8) diz: Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie”. As palavras de Paulo são claras e de fácil entendimento. Ele disse: Pela graça sois salvos. Isto é; graça é favor imerecido que recebemos um dia sem ser merecedor, foi doação, dádiva exclusivamente da misericórdia de Deus.

 Muito cuidado  quando irrefletidamente; disser: O dia que eu aceitei Jesus, eu fiz isso, e aquilo. Não incorra neste pecado, porque estará reivindicando um mérito que não é teu, mais somente da soberania de Deus. A conversão é um grande mistério que nós conhecemos o efeito, mais não a razão. Porque nós crentes em Cristo fomos escolhidos para salvação? E porque milhões morrem  sem alcançá-la?
Veja a palavra de quem é a autoridade suprema; Salvador Jesus: (Mateus 22. 14) Muitos serão chamados, mas poucos os escolhidos”.Ele disse que tem uma escolha, e essa escolha não é feita por nós, e sim por Deus. Como saber se eu estou entre os escolhidos de Deus?
 (Rom. 8. 16) "O próprio Espírito testifica com nosso Espírito que somos Filhos de Deus”. Então, tendo essa certeza glorifique a Deus por Sua misericórdia, porque foi Ele que te escolheu dentre aos milhares para ser filho, em Cristo Jesus. Deus tem  ojeriza, aversão contra o mais velho de todos os pecados que é o (Orgulho) ele nasceu no coração de Eva e por conseguinte desgraçadamente trouxe condenação e morte à toda a humanidade.

 Quando o homem insensatamente diz que não foi Deus que lhe escolheu, mas foi ele quem o fez por seu "Livre Arbítrio", está cometendo um dos maiores pecados, porque primeiro, está chamando Jesus de mentiroso. Jesus disse: (João 15. 16)Não fostes vós que me escolhestes à mim; pelo contrario, eu vos escolhi a vós outros”. Como posso ignorar essa palavra de Jesus? Há uma explicação para isso: (João 6. 44) Disse Jesus: “ Ninguém pode vir a mim se o Pai, que me enviou, não o trouxer”. Preste atenção!........ Jesus esta dizendo; que ninguém tem poder para vir a Ele, por decisão pessoal, se não for achado, trazido, buscado por Deus. E isso só Deus pode fazer. Tem muitos que dizem que aceitaram a Jesus por "Livre arbítrio", não foram chamados por Deus, vieram por conta própria. Conseqüentemente se qualificam à intrusos, e não a convidados!

 Deus certa feita endureceu o coração do  povo de israel, e cegou-lhes os olhos para não verem com os olhos, e nem entenderem com o coração (João 12. 40) E muitos hoje ainda vê com os olhos mas, não enxergam, ouvem com os ouvidos mas, não entendem.  E por ser assim, continuam arrogantes, e  orgulhosos se manifestando rebeldes contra a palavra de Deus que é tão clara proferida por Jesus Cristo. 
Que a misericórdia do Pai seja graciosamente alcançada por todos aqueles que ainda não entenderam que a salvação é Graça, é favor imerecido que foi ofertado desde a eternidade, ou seja, antes do mundo ter sido criado, (1 Pedro 1. 20) e que essa decisão de Deus  não teve nenhuma influencia humana, mesmo porque Deus jamais ficaria dependente, refém  de um Ser corrompido, infiel, desobediente como o homem pecador que todos nós somos. 
 Precisamos descer a casa do oleiro e, constatar que nós somos somente “Barro” na mão do oleiro (Rom. 9. 21)Ou não tem o oleiro direito sobre a massa, para do mesmo barro fazer um vaso para honra e outro, para desonra?.------Está difícil de entender? Volte para o (versículo 20) “Quem és tu, Ó homem, para discutires com Deus?.......... Porventura, pode o objeto perguntar a quem o fez: Por que me fizeste assim?

(Romanos 9. 22) “Que diremos, pois, se Deus, querendo mostrar a sua ira e dar a conhecer o seu poder, suportou com muita longanimidade os vasos de ira, PREPARADOS PARA A PERDIÇÃO!  Que cousa assustadora é essa afirmação ! saber que existe pessoas que não tem chance nenhum de se salvar, nasceram destinados a perdição!. Em contrapartida, a misericórdia do Senhor inunda a nossa alma de alegria, e da vontade de sair pulando e gritando Aleluia.....!!!!, e ao mesmo tempo com temor e tremor humildemente prostrar  diante daquele que é eterno e que nos amou primeiro antes da fundação do mundo. (Efésios 1. 4)”Assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor nos PREDESTINOU para Ele, para adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade”.

Revelação tremenda, sem deixar de ser maravilhosamente gloriosa!

Enéas Cândido de Lara 


sábado, 23 de novembro de 2013

A SUBLIMIDADE DO AMOR DE DEUS NA RECÍPROCA DO NOSSO VIVER !!!


Disse Jesus: "Não penseis que vim trazer paz à terra; não vim trazer paz, mas espada".(Mateus 10. 34).

O Senhor Jesus em seus ensinamentos foi  claro e objetivo, falando a verdade sem maquiar, ocultar dos homens a realidade da Sua missão salvívica e, as conseqüências  que  conflitam com a nossa natureza humana,  corrompida, decaída  pela nódoa  maldita do pecado.   O resgate do homem perdido, foi por um altíssimo preço que somente o imensurável amor de Deus, mediante a Sua graça pode pagar.
Entretanto, ao Seu escolhido para a salvação, Jesus determinou também um preço que  humanamente tem que ser pago. Não é preço  para ganhar salvação,(MUITO PELO CONTRÁRIO) é a conseqüência natural em se tornar  uma nova criatura . É A Renuncia do EU, na mortificação da carne, para que não vivas mais para si mesmo, mas para Deus.

 Disse Jesus: "Não penseis que vim trazer paz à terra; não vim trazer paz, mas espada. Pois vim causar divisão entre o homem e seu pai; entre a filha e sua mãe e entre a nora e sua sogra. Assim, os inimigos do homem serão os da sua própria casa. Quem ama seu pai ou sua mãe mais do que a mim não é digno de mim; quem ama seu filho ou sua filha mais do que a mim não é digno de mim; e quem não toma a sua cruz e vem após mim não é digno de mim. Quem acha a sua vida perdê-la-á; quem, todavia perde a vida por minha causa achá-la-á.(Mateus 10. 34-39)
O que Jesus está dizendo aqui é, que tem que ocorrer nas nossas  vidas  uma renuncia total  de tudo que nos prende a este mundo, sejam os ternos laços familiares, ou, amores desta vida, e até o nosso próprio EU.  O Senhor Jesus falando da exigente e necessária abnegação que temos que ter para tornarmos seus discípulos disse:"Assim, pois, todo aquele dentre vós não renuncia a tudo quanto tem não pode ser meu discípulo"(Lucas 14. 33).
Que se faça entender, que a renuncia requerida não significa abandono, mas que de forma alguma esses valores se tornem em obstáculos que obstruam a nossa comunhão com Deus, ou seja, devemos sim continuarmos amando, contudo em segundo plano.  Disse Jesus:" Buscai, pois,  em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas cousas vos serão acrescentadas"(Mateus 6. 33) Deus em nossas vidas tem que ter a primazia em tudo o que somos, ou que temos.  

Essa é uma mensagem  dura, porém verdadeira, antipática e inaceitável aos olhos humanos, porém graciosa e benfazeja para aqueles que tem ouvidos espirituais revividos da morte pelo  pecado  original, e assim, podem entenderem e alegremente assimilarem  .  O evangelho é uma mensagem que o homem do mundo não pode entender, porque não é humana, mas espiritual, e por ser assim, o homem natural não encontra racionalidade de conceitos humanos para aceitá-lo. não é um chamado para o mundo, mas para aqueles que Deus escolheu antes mesmo de haver criado o próprio mundo (Efésios 1. 4).

Só pode entender  tal mensagem, o homem ressuscitado espiritualmente, pelo milagre da intervenção do Espírito Santo na sua vida, e assim, pode com grande tranqüilidade e prazer indizível,  renunciar o mundo e seus prazeres, a  sua glória visível, palpável, por uma promessa de uma conquista futura, de uma glória invisível, porém;  experimentada, sentida, real, imensurável, e eterna com Cristo Jesus, que desfrutamos a começar desta vida,  cuja efetiva e gloriosa posse, acontecerá no dia em que formos chamados por com Cristo Jesus, para  irmos com  Ele morar  por toda a eternidade.

Enéas Cândido de Lara

Comentário: 

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

A VEREDA DA VIDA !!!

Dormindo entre os mortos!

"Desperta ó tu que dormes levanta-te  dentre os mortos, e Cristo te iluminará".
Texto  Básico; (Efésios 5. 14
Porque todos pecaram e carecem da gloria de Deus (Rom. 3. 23), e por ser assim, vivem longe de Deus tendo a sua consciência Espiritual entorpecida e vivendo em profundo dormir. Entretanto, somos dotados das faculdades mentais, emocionais, criativas......dentro do contexto exclusivamente humano. Contudo, carregando dentro em nós um espírito adormecido (morto).

Só Deus por sua misericórdia pode mudar este estado inerte, sem reação e dar sentido á nossa vida, bem como; só Ele pode preencher o incomodo vazio, conseqüência  da Sua ausência dentro do ser humano. É por esta razão que o homem tem a natural tendência para buscar na religião, uma solução, uma resposta para o incômodo vazio que se verifica dentro da vida de muitas pessoas. E nessa busca o homem tem abraçado seitas, filosofias de vida entrando num barco na esperança equivocada de chegarem ao porto seguro, no pensamento que todos os caminhos de alguma forma os levam a Deus.

  Assim, muitos tem procurado a paz e a salvação praticando boas obras. 
Pensam que para agradar a Deus e conseguir a sua doce paz, e a salvação precisam fazer boas obras, praticar caridade, dar esmolas, acumular méritos e com isso tornarem merecedores da graça de Deus. A palavra de Deus nos diz  o contrário: “Pela graça sois salvos mediante a fé e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não de obras para que ninguém se glorie”(Efésios 2. 8).
Outros tem buscado a salvação através de doutrinas ante-bíblicas, como o culto a Maria.
 Este ensinamento é firmado na tese de que a Maria como mãe de Jesus, se torna naturalmente “co-redentora” e que devemos rogar a ela para que interceda a nosso favor. A Bíblia nos ensina diferente: “Porquanto há um só Deus e um só Mediador, entre Deus e os homens, Cristo Jesus homem(I Timóteo 2. 5). As restrições a Maria, bem como á todos os santos, é que para eles atenderem nossas orações, e intercederem por nós precisariam terem atributos divinos como serem; Onipotentes, Oniscientes, Onipresentes assim como o é  Jesus. Para tanto se faz necessário a orientação que vem de Deus através da sua palavra, a “Bíblia Sagrada”, que diz: “E não há salvação em nenhum outro nome: porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos” (Atos 4. 12). Só Jesus Cristo Salva!
Outros ainda inadvertidamente confiam na existência do purgatório.

E por isso deixam para depois da morte as preocupações com sua vida espiritual, achando que as muitas rezas e missas pós-morte  podem solucionarem os seus problemas retirando-os do purgatório e levando-os para o céu. A mensagem da palavra de Deus nos diz:”Quem nEle crê não é julgado; o que não crê já esta julgado” (João 3. 18) A única chance de ganhar vida eterna é enquanto está vivo neste mundo e, através da fé no sacrifício vicário de Cristo Jesus, numa mudança de vida pelo novo nascimento, não da carne, mas do Espírito! .

Outros ainda crêem na reencarnação.
 Achando que precisamos passar por várias reencarnações para assim purificarmos de nossos pecados, e dessa forma alcançarmos a vida eterna. A Bíblia nos diz: Ao homem está ordenado morrer uma só vez, vindo depois disso o juízo” (Hebreus 9. 27).  Se você ainda tem duvida quanto a sua vida espiritual, ou seja; sua vida pós-morte, leia a palavra de Deus a Bíblia Sagrada, só ela é a verdade e vereda da vida que te mostrará o caminho a seguir, pois nela é que Deus fala contigo e revela o seu imensurável amor ao ter enviado o seu unigênito Filho ao mundo, para que morrendo naquela ignominiosa  cruz do calvário, derramando o seu sangue inocente nos purificássemos de todas as nossas iniquidades .Vejam a mensagem de Salvação que foi anunciada por Jesus o Único Salvador que disse: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”(João 3. 16).

 Se você meu amigo leitor desta mensagem não entendeu, ou tem alguma duvida e quiser maiores esclarecimentos, deixe um comentário, e estaremos a seu inteiro dispor para atendê-lo. Que Deus vos abençoe em nome de Jesus!!!!! 

domingo, 17 de novembro de 2013

A MEMORIA INEXTINGUÍVEL!!!



EU. EU MESMO, SOU O QUE APAGO AS TUAS TRANSGRESSÕES POR AMOR DE MIM, E DOS TEUS PECADOS NÃO ME LEMBRO(Isaias 43. 25)

Um dia após um longo tempo de pesquisa e digitação enfim um belíssimo texto havia sido concluído, e antes que eu salvasse no computador este meu trabalho o imprevisto aconteceu. Um simples piscar da corrente elétrica  e todo o meu desgastante trabalho desapareceu completamente. Tentei em vão recuperar, mas o arquivo estava totalmente apagado. Aborrecido pelo fato ocorrido fiquei por um momento a olhar para tela em branco do computador e, enquanto arrumava coragem para recomeçar tudo de novo, eis que me veio a mente o texto que vos escrevo agora.(Isaias 43. 25).Disse Deus: "Sou Eu que apago as tuas transgressões  por amor de mim e dos teus pecados não me lembro”. 

Um dia também o meu triste arquivo de pecados foi apagado definitiva e completamente, não ficando rastro de nenhum deles.  Quando  aquele angustiante e sofrido grito, do meu Salvador Jesus ecoou naquela nojenta e repugnante cruz do calvário; "ESTÁ CONSUMADO"!....selava definitivamente a minha vitória e, de todos os que nele crer.

Tendo cancelado o escrito de divida, que era contra nós e que constava de ordenanças, o qual nos era prejudicial, removeu-o inteiramente, encravando-o na Cruz(Colossenses 2. 14). Há......isso me encheu de alegria e gratidão por saber que existe no céu uma lembrança, de uma inextinguível  Memória  guardada eternamente: Que é a obra da redenção cumprida na cruz por Jesus Cristo. Ele é a minha e a sua garantia meu amigo e irmão, da nossa maior vitória, A Conquista da Vida Eterna.
O Senhor Jesus disse:"Eu sou o caminho, e a verdade e a vida, ninguém vem  ao Pai senão por mim"(João 14. 6)
  
Que Deus grandemente abençoe a tua vida em nome de Jesus. !!!!

Enéas Cândido de Lara

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

UMA ESCOLHA PRECIPITADA!!!

I Samuel 16. 6: Samuel viu Elíabe e pensou: "Certamente é este que o Senhor quer ungir"!

A vida humana é permeada de muitos equívocos, frustrações, arrependimentos por atitudes tomadas que pareciam ao seu modo de ver, uma correta decisão, depois de passado algum tempo se verifica que com profunda tristeza que cometemos um grande erro e as vezes incontornáveis, cujo sofrer dura para toda a vida. Isso acontece porque, nós seguros de nós mesmos decidimos fundamentados em nossa sabedoria que orgulhosamente achamos que temos.
O texto que nós lemos, descreve um episódio bem semelhante que aconteceu com o grande profeta de Deus (Samuel).  Ele era um profeta de intima comunhão com Deus, que recebeu uma grande incumbência de ungir o novo rei de Israel. Deus lhe indicou o lugar que teria de ir, Deus indicou o que teria que fazer, mas não disse quem seria o seu escolhido.

Fico pensando em Samuel ali na casa de Jessé, aguardando o desfilar dos seus filhos  para a escolha do novo rei. Samuel por certo  tinha se preparado, orado buscado a orientação de Deus para que a sua escolha fosse exatamente da pessoa que Deus  já tinha escolhido. Acho que a emoção daquela hora tenha tomado o coração do profeta, e quando o primeiro filho de Jessé entrou o Eliabe, homem alto, bonito, elegante com pinta de Rei, jeitão de Rei, então Samuel pensou; não tenho dúvida estou diante do escolhido do Senhor.  A despeito da expectativa, da sua preparação toda Samuel errou.

Quantas vezes nós erramos por precipitações em tomarmos decisões, certos que estamos fazendo a coisa certa, e depois de algum tempo nós descobrimos que nós erramos, e as vezes com grande prejuízos Moraes, espirituais que muito nos faz sofrer..

Uma grande lição aprendemos aqui com Samuel, é que mesmo já tendo feito a sua escolha, ele foi prudente, cuidadoso e só ungiu o verdadeiro Rei depois que ouviu de Deus a sua orientação.(Jeremias 17. 9) diz: “Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto quem o conhecerá” Tem um ditado popular que diz: “Nem tudo o que parece é!. (Isso realmente é uma verdade, as vezes a aparência nos engana)  Devemos tomar as nossas decisões com muita cautela e prudência, precedida de muitas orações, e nunca confiar em nossas emoções, e nem em nossas convicções pessoais, jamais seguir o conselho dos homens que dizem: “Faça aquilo que seu coração mandar”.  Precisamos aprender a fazer o que Deus nos manda, buscar a sua orientação, e nunca seguir os impulsos, os instintos emocionais da nossa carne, porque ela é uma má conselheira.


O Senhor Jesus nos aconselha. (João 5. 39) "Examinai as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas que testificam de mim”. É na palavra de Deus que nós encontramos sabedoria, conhecimento, e acima de tudo o caminho correto para todas as nossas perguntas e indagações. E é justamente neste propósito que nós vamos estar buscando do Senhor a sua direção, a sua benção para nossas vidas, estando orando para que ele nos oriente, nos capacite a tomar sempre a melhor decisão em nossas vidas, confiantes na sua misericórdia e graça.
Que Deus nos abençoe!!!
Enéas Cândido de Lara

domingo, 10 de novembro de 2013

DISSE JESUS:"IDE POR TODO MUNDO E PREGAI O EVANGELHO A TODA A CRIATURA"!!! (MARCOS 16. 15)


A expressa ordem de Jesus é uma só: "IDE E PREGAI O EVANGELHO" O que  significa evangelho? A palavra evangelho significa: A boa nova de salvação.
 Foi exatamente isso que Jesus pregou em toda a Sua missão terrena, foi o Seu único objetivo pregar a salvação.  Ele veio exclusivamente ao mundo por uma única razão, entregar a Sua vida nas mãos dos pecadores para morrer numa Cruz maldita, para Salvar o homem perdido da condenação eterna do inferno, fazendo assim, a reconciliação do pecador com Deus, que pelo pecado original fora cortado.
 Essa é a mensagem que Ele mandou que cada um de nós seus discípulos hoje, saia diligentemente a pregar. Ele não mandou pregar outra coisa senão o evangelho da graça que mediante a fé, salva o perdido e penitente pecador. Jesus não mandou pregar, prosperidade, vida financeira, conquistas humanas, Status sociais, fama, poder, dinheiro etc. NÃO !....Jesus  disse: "Pregue evangelho"! É isso  que tem que ser pregado. 

Quando os púlpitos chamados evangélicos trocam essa mensagem por outra, estão a serviço de outros interesses muitas vezes, escusos em ludibriar os incautos, em detrimento da ordem imperativa do Senhor Jesus " IDE E PREGAI O EVANGELHO".
 Fique atento para não ser ludibriado por uma falsa pregação. Os falsos profetas sempre pregam aquilo que o pecador quer ouvir. Venha para Jesus e receba a benção da prosperidade, da cura divina, da vida financeira abundante, do casamento feliz, da acrescida conta bancaria (.....). Foi isso que Jesus prometeu no Seu Evangelho? Claro que não!. Veja o contraste: Disse Jesus: "Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me (Marcos 8. 34)

O que é negar a si mesmo? É não vivermos mais para nós mesmos, é ter o sentimento que inundou a vida do apostolo Paulo, que disse: "Já não sou eu quem vive, mas Cristo que vive em mim"(Gálatas 2. 20) É dizer NÃO aos desejos e instintos da nossa carnalidade, para vivermos em santidade de vida, servindo a Jesus. É não fazermos mais a nossa vontade, mas a vontade de Deus" Isso é negar a nós mesmos sendo nova criatura. E para é isso que Jesus disse: "Tome a sua cruz e siga-me"

Acha mesmo que alguém que não for tocado e convencido pelo Espírito Santo, vai aceitar um convite desse? De maneira nenhuma!... Foi por isso que o Senhor Jesus disse: "Ninguém pode vir a mim se o Pai, que me enviou, não trouxer"(João 6. 44).
 A salvação do pecador não depende dele, mas depende da escolha graciosa de Deus em usar da Sua misericórdia, enviando o Seu Espírito Santo, para convencê-lo do seu pecado, abrindo-lhe o coração e a mente para que reconheça os seus pecados e, arrependido os confesse.

 Esse é o processo pelo qual o pecador perdido encontra perdão, reconciliação, salvação e vida eterna em Cristo Jesus por toda a eternidade. Entretanto, isso só é possível quando nós fazemos o glorioso trabalho de "coadjuvante e instrumentos"usados pelo Espírito Santo, na pregação do Evangelho pelo qual o pecador toma conhecimento do amor tão grande de Deus, enviando ao mundo o Seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê, não pereça, mas tenha a vida eterna.

 Ouça o conselho amável do Senhor Jesus:"Examinai as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas que testificam de mim" (João 5. 39).

Que Deus te abençoe, em nome de Jesus!
Enéas Cândido Lara

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

O QUE FAZER QUANDO NÃO SE TEM O QUE FAZER ! ?

A passagem do povo de israel pelo mar vermelho
Daniel na cova dos leões





Texto básico:  (2 Crônicas 20. 12).                         
                                              
Josafá  aqui em sua oração faz uma confissão dramática a Deus, quando ele fica sabendo do imenso exercito inimigo que se aproximava de Judá e, pode sentir que não tinha nenhuma possibilidade de se defender, no (Ver. 12) ele em sua oração diz a Deus: “Em nós não há forças para resistirmos”. Ou seja; estamos perdidos!

Eu conheci um casal que tinha um filho único. Ele era universitário tinha 20 anos, era o orgulho daquele casal. Um dia ao atravessar uma avenida movimentada ele foi atropelado por um ônibus, levado ao hospital, e ali, o pai e a mãe aguardavam o boletim médico sair. De repente a porta é aberta e o médico com um papel na mão chega olha para aquele pai, para aquela mãe e, com aquele gesto terrível ao balançar a cabeça, querendo dizer; não há mais nada que possamos fazer.
Que noticia desconcertante, que sentimento de impotência, de nulidade abarca nossas vidas numa hora dessas, quando descobrimos a nossa vulnerabilidade e limitação. Josafá se encontrava num momento crucial, sem nenhuma alternativa e em oração ele dizia isso a Deus; NÓS NÃO SABEMOS O QUE FAZER”.                       
Quantas pessoas tem deparado diante de situações adversas, que as forças humanas, a tecnologia, a ciência, o dinheiro, religiosidade, nada pode resolver o problema e, então, essas pessoas entram em desespero diante do inevitável. Como é diferente para o homem que tem por defesa o Deus dos exércitos, o Senhor dos Senhores e, que na sua misericórdia se refugia e a sombra das suas asas procura abrigo. Deus é um Deus de grande explicitude de misericórdia e amor, que está disposto a interferir nas leis naturais da vida e, fazer que o impossível venha acontecer. Como por exemplo; aconteceu com o povo de Israel a margem do mar vermelho.
 (Êxodo 14. 15) humanamente não existia nenhuma possibilidade de escaparem, Deus sobrenaturalmente abre mar vermelho e o povo passa a pés enxutos.
(Daniel 6.16) Semelhantemente Deus agiu, fechando a  boca dos famintos leões da cova do rei Dario, e quando Daniel foi jogado ali, não sofreu nenhum mal.
 (Daniel 3. 20) Deus faz de uma fornalha de fogo ardente, aquecida sete vezes mais, em um lugar aprazível onde Sadraque, Mesaque e Abede-nego passeavam lá dentro, tendo por companhia a presença do anjo do Senhor.
(Isaias -43 .13) diz o Senhor;” Ninguém há que possa livrar alguém das minhas mãos, agindo eu, quem impedirá ?
Que grande diferença é do homem que teme ao Senhor e nele deposita a sua confiança. (2Crônicas 20. 3) diz que o rei Josafá, ao saber do cerco que os seus inimigos faziam contra ele e que não tinha como se defender, o (Ver. 3)diz que  “JOSAFÁ TEVE MEDO”. O ter medo não é pecado, o pecado é deixar-se vencer por ele. (1 João 4 .18) diz; No amor não existe medo, o medo produz  tormento, logo aquele que teme não é aperfeiçoado no amor”. Em contrapartida, todos nós humanos que somos, temos o privilégio de ter nossos medos e, por causa deles, nós escapamos de muitos perigos, assaltos, sequestros e coisas assim que existe por ai, porque pelo medo nós tomamos as devidas precauções.  O medo é uma reação espontânea de defesa que protege a vida. Isso acontece com todo ser vivo, mas, existe o medo que demonstra falta de fé, de confiança na provisão divina. É aquela insegurança que provoca tormento, angustia, aflição da alma, perturbação da mente, (isso é pecado).

Deus não gosta de gente covarde, medrosa.( Juizes 6 .11) Nós vemos que o povo de Israel estava subjugado pelos Midianitas e, Deus resolve escolher um homem que liderasse a libertação do seu povo. Então, este versículo diz que o anjo do Senhor foi enviado a um homem chamado Gideão e, quando o anjo chegou, veja que saudação ele fez: O Senhor é contigo homem valente!”.E quando  Gideão já tinha escolhido seu exército, Deus disse a ele; Mande voltar para casa todos os que forem tímidos e medrosos.  Há irmãos! para entrarmos no exército de Deus, temos que ser valentes, destemidos, porque a batalha mais difícil, a mais cruel, o inimigo mais persistente, incansável que temos que enfrentar, (SOMOS NÓS MESMOS”) Gálatas 5- 17) diz; “Porque a carne milita contra o espírito, e o espírito contra a carne" É uma luta incessante e, nessa BATALHA só é vencedor aquele que tem destemor, certeza da vitória por uma fé alicerçada no General Cristo Jesus.

Disse Jesus: “Aquele que quiser vir após mim, negue-se a si mesmo tome cada dia a sua cruz e siga-me”.  Josafá foi sim um homem valente. Mesmo a despeito de ter sentido medo, ele demonstrou valentia, porque no momento em que não se tinha mais o que fazer, ele recorreu ao senhor dos exércitos, o Deus poderoso nas batalhas aquém ele confiava e, por causa dessa esperança, dessa fé, não foi permitido que sua oração terminasse aqui. Mas, ele continuou orando e disse: NÓS NÃO TEMOS O QUE FAZER, PORÉM OS NOSSOS OLHOS ESTÃO POSTOS EM TÍ” Este é o grande segredo, o diferencial que o homem de Deus tem. Pois quando não existir mais nenhuma esperança, nenhuma solução e, que tudo parecer perdido, o homem de Deus pode contar com o sobrenatural do Senhor.(Salmo 37 -5) diz: Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais ele fará”. Não é só dizer Senhor toma conta de mim, da minha vida quando tudo estiver correndo bem, o que Davi esta dizendo aqui, é que quando as tempestades e maremotos da vida atingir a nossa vulnerável embarcação, quando as ameaças de impolutas ondas de enfermidades, dores, angustias e até a morte chegar, Davi manda-nos confiar, isto é, aprender a descansar no Senhor. Ainda que abundantes sejam as lágrimas, o medo, e o temor tentem-nos desestabilizar, o Senhor Jesus nos diz; Que nós já somos mais do que vencedores por sua imensurável graça!.

 Por isso está escrito:  "O MEU JUSTO VIVERÁ POR FÉ" 
Enéas Cândido de Lara



segunda-feira, 4 de novembro de 2013

VIVENDO PELOS OLHOS DA FÉ !!!

Texto Básico: (Lucas 2. 29/30)

Quando Maria e José levaram Jesus ao templo para ser consagrado ao Senhor, encontraram um  homem idoso que lhes disse tudo o que aconteceria com aquele menino (Lucas 2. 25/35). Simeão poderia agora morrer em paz, pois já tinha visto o salvador o Messias prometido.

Eu fico pensando naquela cena até estranha, pois Simeão não tinha nenhuma intimidade com Maria e José, talvez fosse a primeira vez que se viam, então ele se aproxima e pede o menino para segurar em seus braços, e assim louvava a Deus! (Lucas 2. 27/32). O Espírito Santo havia revelado a Simeão que ele não morreria até que tivesse visto o Messias prometido. 

Simeão havia entrado no templo, e talvez  logo a seguir entraram Maria e José com o menino Jesus. Olhando para desenrolar deste episódio, fico a pensar que o velho Simeão foi muito mais abençoado do que eu, por ele ter tido o privilégio glorioso de poder ter tocado em Jesus segurando-O nos seus braços. Contudo, á mim cabe crer Nele sem tê-lo visto e nem o tocado. Por outro lado, temos que entender que Simeão também teve de exercitar a sua fé, afinal, ele segurava em seus braços um menino que nascera de uma família que ele jamais vira antes. A sua certeza veio através do testemunho do Espírito Santo que falara a seu coração.

Precisamos depender desse mesmo testemunho hoje, pois igualmente o Espírito Santo continua falando aos nossos corações a respeito de Jesus Cristo, sendo que agora é através da palavra de Deus a Bíblia Sagrada, revelação maior do seu amor manifestado aos homens.
Pensando bem!, acho que sou mais privilegiado do que Simeão, porque, a despeito de não ter tido o privilégio de pegar o menino Jesus em meus braços, hoje, eu sei de todo o desenrolar desta gloriosa promessa e manifestação imensurável do amor de Deus,  enviando Seu Filho ao mundo, para que por amor também à mim, um miserável pecador morresse numa maldita Cruz, e me concedesse salvação, e assim hoje, O tenho gloriosamente morando no meu coração.

Veja, que após Jesus ter cumprido sua missão terrena passando pela terrível Cruz, Ele o ressuscitou ao terceiro dia e apareceu aos seus discípulos, e disse a Tomé: “Porque me viste, crestes? Bem-aventurados os que não viram e creram (João 20. 29). Que recado glorioso Jesus nos deu, em dizer pra mim e pra você, que nós somos Bem-aventurados porque nós não O vimos, mas cremos. Que privilégio temos nós  de pelos olhos da fé podermos receber e experimentar a doce presença de Cristo Jesus em nossas vidas, conduzindo-nos em demanda a cidade celestial para vivermos eternamente com Ele .

Hebreus 10. 38:O meu justo viverá pela fé”.

Enéas Cândido Lara



sexta-feira, 1 de novembro de 2013

VOCÊ CONHECE O SEU MAIOR INIMIGO...!?

"O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar"(I Pedro 1. 8)

O Senhor Jesus em seus  ensinamentos  sempre bateu  nessa tecla, quanto a termos vigilância e estarmos preparados, não só por não sabermos o dia em que vamos encontrar com Deus, mas o de estarmos preparados contra as investidas do diabo, que anda em nosso derredor como leão ferido e, ferozmente alucinado, tentando encontrar uma brecha, um descuido para  nos devorar.
O diabo tem um grande aliado contra nós, e ele usa dele para nos  fazer pecar, desviando-nos  da comunhão com Deus. E esse aliado poderoso do diabo é a nossa  carne, o nosso Eu. Nós somos o maior inimigo de nós mesmos. "Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito, conta a carne, porque são opostos entre si; para que não façais o que, porventura, seja do vosso querer"(Gálatas 5. 17)
Precisamos, como disse Paulo:"Fazei morrer  a vossa natureza terrena"(Colossenses 3. 5) Enquanto o homem não se der conta disso, será sempre derrotado pelo diabo.  O apostolo Paulo falando desse constante perigo disse: "Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes ficar firmes contra as ciladas do diabo; porque a nossa luta não é contra a carne e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestiais"(Efésios 6. 11-12)

 Certos pregadores andam afirmando que nós não precisamos preocuparmos com o diabo, porque ele é um derrotado e nada pode fazer contra nós.  Isso não é verdade. O crente que tem uma vida santificada, que nasceu de novo, que renunciou o mundo e sua glória, que morreu para o mundo e, que agora vive uma vida nova em Cristo Jesus, o qual como Paulo pode dizer:" Já não sou eu quem vive, mas é Cristo que vive em mim, e esse viver que agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim"(Gálatas 2. 20) A despeito de estarmos vivendo a gostosa experiência da nova vida, não devemos abaixar a guarda, vivendo displicentemente, mas vigilantes, e em comunhão  diuturnamente com Deus. Porque  a exortação de Paulo foi dirigida a todos nós: "revesti-vos de toda armadura de Deus".

 Não menospreze o poder do inimigo, porque, como ele não teve medo de Jesus, mesmo sabendo que Jesus era o Filho do Deus eterno, ele veio estrategicamente no momento em que Jesus estava fisicamente  debilitado, faminto e  então, chega e oferece-O pão. Que oferta aparentemente providencial e oportuna fazia o diabo, só que ele não estava preocupado com a fome de Jesus, ele queria comprá-LO, corrompê-LO. E para isso ele usou  de recursos da glória que a ele foi dada, "O mundo".  (Mateus 4. 1-11)

 Graças a Deus que Jesus não se vendeu, e nem poderia fazê-lo, mas desgraçadamente como o diabo tem conseguido  comprar muitos crentes com a sua infernal tentação da glória e dos prazeres que tem o mundo.  Enquanto somos revestidos desta carne maculada pelo pecado, temos que viver uma vida de constante vigilância, sempre atentos para as ofertas que o diabo nos faz. Aquelas que até são aparentemente ingênuas, e até camufladas de inocência, mas que por trás vem carregada do veneno mortífero do pecado.

Precisamos estar unidos com Cristo glorificado.

Portanto, se fostes ressuscitados juntamente com Cristo, buscai as cousas lá do alto, onde Cristo vive, assentado á direita de Deus. Pensai nas cousas lá do alto, não nas que são aqui da terra; porque morrestes, e a vossa vida está oculta juntamente com Cristo, em Deus. Quando Cristo, que é a vossa vida, se manifestar, então, vós também sereis manifestados com ele, em glória.(Colossenses 3. 1-4).
Que Deus vos  abençoes, fazendo-os em servos vigilantes, que não vivam mais para si mesmos, mas para servirem e glorificarem o nome Santo de Cristo Jesus, o nosso tão amado salvador.

Enéas Cândido de Lara 
Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger