terça-feira, 31 de dezembro de 2013

COM QUEM VOCÊ SE PARECE?

ULTIMO DIA DO ANO, É UM SUGESTIVO MOMENTO PARA REFLEXÃO; AO INICIARMOS   UM NOVO!

Texto Básico: (Lucas 11. 35) Disse Jesus: “Repara, pois, que a luz que há em ti não sejam trevas”.

Não!.......não é de traços físicos geneticamente herdados de seus familiares que estou perguntando, mas é algo intrínseco profundo que não ostenta somente a mudança da aparência exterior, mas a conduta, o caráter, o procedimento em tudo o que é, e faz. Ou seja; uma profunda e completa transformação.  Mais precisamente de um milagre que faz com que o homem continue a  viver no seu próprio corpo, tendo a aparência e o comportamento de uma pessoa que não vive segundo a carne, mas segundo o espírito. Ou seja; passa a viver segundo o Espírito, e não mais pela carne.
Bem, já descobriram do que estou a falar. É justamente da pessoa que um dia encontrou-se com Jesus, e todo aquele que teve um encontro verdadeiramente com Ele, nunca mais será a mesma pessoa.( Atos 4. 13) “E reconheceram que eles haviam estado com Jesus”. Porque visivelmente passaram  a serem, e a viverem no poder gracioso e transformador de Cristo Jesus.

O homem quando recebe Jesus em sua vida, ele passa a ter da sua natureza, e conseqüentemente a ser parecido com Cristo. (Efésios 5. 1) “Sede, imitadores de Deus, como Filhos amados essa não é simplesmente uma sugestão, mas uma implícita ocorrência que tem que se verificar na vida do homem que um dia encontrou-se com Cristo.   e Paulo fazendo isso escreveu em (Gálatas 2. 20) “Já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim”. Era tanta a assimilação a aparência que tinha com Cristo, vivendo o ensinamento do mestre, a vida do mestre, a preocupação do mestre, o amor com que o mestre tinha para com as almas perdidas, que ele Paulo, olhando para si, já não o reconhecia mais como o homem Saulo nascido na cidade de Tarsis. Mas alguém à qual Cristo tinha requisitado para o seu glorioso propósito. Assim, também, nós como resgatados, comprados pelo amor maior, temos que imitar o nosso tão grande salvador.

. “Deus criou o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou”(Gênesis 1. 27) Quando lemos esta declaração do Criador em Ele dispensar à nós tamanha honra em sermos criados à Sua imagem e semelhança, ficamos a pensar na grande responsabilidade de sermos imagem do Criador, e acima de tudo de O representá-LO entre os homens, recebendo a ordem; Sede Santos, porque eu sou santo”.(I Pedro 1. 16). 
Ser santo significa; separado, diferente, contrastante da normalidade no pensar, e no agir com respeito as demais pessoas que ainda vivem segundo a carne, e no proceder segundo ao seu corrupto coração. Jesus disse: “Aquele que não nascer de novo não entra no reino dos céus”. Isto é; ter mudança radical de comportamento, de atitudes, de pensamento tão profundamente que passamos a ser luz do mundo, e sal da terra. Aquele que é diferente, reconhecível por parecer-se com Cristo Jesus. É dessa forma que devemos apresentarmos diante de um mundo corrompido, de homens perdidos mergulhados num lamaçal nojento de pecados.

 Fico muito triste quando vejo certas igrejas, deixando-se de parecer com Cristo que é luz, para parecer com o mundo que é trevas, do qual fora resgatado.
 Justificam-se que fazendo assim, vão atrair a atenção dos jovens do mundo para a igreja. Mas se esquecem que Jesus disse: “Brilhe a vossa luz diante dos homens”, ou seja; tenha comportamento contrastante com as trevas, porque você é luz, e a verdadeira luz não mistura com as trevas, porque ao chegar, as trevas se dissipam. Quer cativar as pessoas?, atraí-las para a igreja? Então dê testemunho de vida transformada, santificada, compromissada com a verdade do evangelho que é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê. Infelizmente o que temos visto, são ministérios procurando crescimento numérico de seus membros, sem primar pela santidade. 
 01) Cometem o erro crasso, em querer agradar os homens, em vez de agradar a Deus. Descem no patamar corrompido dos homens e, se amoldam as suas práticas mundanas trazendo-as para dentro da igreja e de suas liturgias, como por exemplo; o poder de maior atração que é a musica. E em vez de convencê-los pela verdade, pela santidade de vida, por vida transformada, compromissada com Deus, o fazem tornando-se um seu paria.

 02) O nosso louvor, por milhares que sejamos dentro de uma igreja, só terá sentido se for dirigido e aceito por um só expectador, que é Deus. Caso contrário, estamos perdendo nosso tempo, porque por mais avivado, eufórico, brilhante seja nosso louvor ele, não passará do telhado. Salvo se em contrapartida o fazemos para agradar-nos a nós mesmos por um fútil orgulho pessoal, e ou; escusa estratégia de sedução por um objetivo que não é a gloria de Deus,  mas a gloria do homem.
Com quem você se fez parecer no ano que hoje se finda? Pense nisso!


(Filipenses 2. 12) “ Desenvolvei a vossa salvação com temor e tremor.
Enéas Cândido de Lara

2 comentários:

Vanderleia disse...

Olá Enéas, belíssimo post.
Estive a pensar nisso hj mesmo.
Ainda bem que temos tempo pra concertar o que precisa.Que 2014seja melhor que 2013 principalmente pra mim.
Felicidades.

Eneas Lara disse...

Oi minha minha querida irmãzinha Vanderleia! Que este Novo tempo seja de muitas bençãos de Deus na sua vida. Que você continue a ser essa serva fiel consagrada na obra do Senhor, nas mensagens importantíssimas que tem publicado em seu blog. Deus te abençoe!!!!!!!!

Postar um comentário

Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger