segunda-feira, 9 de junho de 2014

JESUS: A NOSSA GLORIOSA E ETERNA ALEGRIA!!!


"Assim também agora vós tendes tristezas; mas outra vez vos verei; o vosso coração se alegrará, e a vossa alegria ninguém poderá tirar"(João 16. 22)

O apostolo Paulo  descreveu a relação dos frutos do Espírito segundo o registro de (Gálatas. 5.22) Notamos que a alegria é o segundo da lista. Tanto tristeza quanto a alegria, são dois estados inerentes da alma. E que fazem parte na vida dos filhos de Deus. O próprio Senhor Jesus externou este sentimento ao seus discípulos:" A minha alma está profundamente triste, até a morte"(Mc.14. 34). Todavia, em (João 16.20) encontramos as seguintes palavras de Jesus:"Em verdade, em verdade eu vos digo que chorareis  e vos lamentareis, e o mundo se alegrará; vós ficareis tristes, mas a vossa tristeza  se converterá  em alegria"

Não importa se neste mundo tenhamos que passar por momentos de turbulência, sofrimentos, lutas, perseguições, a nossa incomparável glória, é a já conquistada vitória assegurada por Cristo Jesus o nosso tão amado Salvador, está preparada nos aguardando a qual receberemos naquele dia. "{.....} a quem, não havendo visto, amais; no qual, não vendo agora, mas crendo, exultais com alegria indizível e cheia de glória, obtendo o fim da vossa fé: a salvação da vossa alma"(I Pedro 1. 8-9) A alegria do mundo é enganosa e passageira, mas o fruto do Espírito é perfeito e completo; ninguém o poderá tirar. Esta alegria nos dá o poder para testemunhar ao mundo que a reconciliação com Deus é preciosa.

Eu posso te fazer uma pergunta:"Você está triste?" Veja a receita do  (Salmo 43. 4-5), é ir ao altar de Deus, a fonte de plena alegria. E ir ao altar de Deus, significa aproximar-se dele, falar com ele, permitir que ele fale com você, afastará completamente a sua tristeza. A conseqüência de termos que passar por vales sombrios, e espinhosos caminhos é o fato de vivermos num mundo mergulhado no maligno, de homens perversos dominados pelo império das trevas.
Nós os resgatados pela  graça de Deus mediante o sacrifício de Cristo Jesus, somos consolados, amparados, dirigidos pelo Espírito Santo que nos sustenta, e apesar dos revezes circunstanciais deste mundo, continuaremos com alegria a nossa carreira da fé.  Essa experiência vivida da alegria pós-tristeza, também foi sentida pelos discípulos no caminho de Emaús (Lucas 24. 13-35) que, após reconhecerem o Mestre durante o momento daquela refeição, disseram:"Não estava queimando o nosso coração enquanto ele nos falava no caminho e nos expunha as Escrituras?
Esse sentimento de ardor no coração dado pelo Espírito Santo, fez com que eles corressem de volta a Jerusalém para compartilhar as suas experiências com os demais discípulos. Você já sentiu alguma vez essa contagiante alegria do fruto do Espírito? É  Ele que por gloriosa promessa nos foi dado, para produzir em nós a esperança pela fé da  nossa maior conquista, a Salvação da nossa alma.
"Alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez digo: Alegrai-vos" (Filipenses 4. 4)

Que Deus os abençoes e os conforte, em nome de Cristo Jesus o Senhor!

Enéas Cândido de Lara

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger