sexta-feira, 29 de agosto de 2014

UM DIA RETORNAREMOS, SAUDOSAMENTE PRA CASA!!!
















A NOSSA GLORIOSA E ETERNAL MORADA!
Coro
Eu não sou daqui, tenho que voltar..(3 vezes)
Pra morar com Cristo, no celeste Lar.

Lá terei morada, cujo construtor,
É Jesus meu mestre, Cristo meu Senhor!
Tem ruas de ouro, praça e jardim...
Tudo fez meu Mestre por amor a mim.

Lá não tem tristeza, nem morte e dor..
Lágrimas estancadas pelo Deus de amor,
Tem rio que corre cortando a cidade
Nascedouro Santo do Trono de Deus.

Dia  glorioso de grande aventura..
Transposto o limite da humanidade!
Recebido em glória por Jesus na altura,
Viverei pra sempre na Santa Cidade.

Eu não sou daqui, tenho que voltar..(3 vezes)
Pra morar com Cristo no celeste  Lar
 

Enéas Cândido de Lara

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

OS INATINGÍVEIS E OCULTOS DESIGNOS DE DEUS!!!


 A beleza e os insondáveis mistérios do Deus criador !
As cousas encobertas pertencem ao SENHOR, nosso Deus, porém as reveladas nos pertencem, a nós e a nossos filhos, para sempre, para que cumpram todas as palavras desta lei"(Deuteronômio 29. 29).

Muitas vezes ouvimos pessoas questionarem o porque Deus tem permitido que catástrofes como: terremotos, maremotos, inundações, pestes, enfermidades e tantas outras coisas que dizimam vidas de tantas pessoas, continuem acontecendo no mundo. E até aqueles que se dizem cristãos e que deveriam  conhecer os atributos revelados de Deus, e a Sua soberana vontade, as quais amplamente se deixa conhecer através da Sua palavra a Bíblia Sagrada. Muitas vezes, ouvimos alguém questionar: Eu  não mereço passar por isso, sou filho de Deus, porque Ele permite isso? Quando nós olhando para a história do povo de Deus, vemos Deus livrando um servo seu, mas não livrando outro, como aconteceu com Tiago, que foi morto pelo fio da espada, mas Pedro foi poupado. Porque que alguns morrem por uma doença tão sofrível e outros são curados? por que uns pela fé fecharam a boca de leões, e outros foram trucidados? Por que uns  crentes são ricos e outros são pobres? Como nós limitadíssimos seres humanos poderíamos entender os desígnios de um Deus Ilimitado?
É notório o saber, que nem o que Deus já revelou, e revela constantemente através da própria natureza criada, o homem consegue entender. Como por exemplo: a indevassável e enigmática beleza de um céu estrelado, dos mistérios do Cósmos, e da imensurável grandeza do Deus criador. O Instituto  tecnológico  da Califôrnia calcula   haver (100 bilhões de planetas na via láctea), e sua distância da terra é de (1 Bilhão de ano luz) isso é qualquer coisa fora da nossa limitada capacidade de poder compreender tal infinitude  dessa dimensão. Se não podemos entender com segurança aquilo que está  patente aos nossos olhos, como entender os desígnios daquele que é o criador de toda essa grandeza?. Moisés o autor do livro de (Deuteronômio) nos trás uma importante exortação no (Cap. 29.29):" As cousas encobertas pertencem ao SENHOR, nosso Deus, porém as reveladas nos pertencem, a nós e a nossos filhos, para sempre, para que cumpramos todas as palavras desta lei".
Que possamos pela fé estarmos vivendo na dependência exclusiva do amor do nosso Deus, sem que insensatamente o questionemos sem saber a razão do Seu divino agir em nós. É por isso que a dádiva outorgada da fé provinda do amor de Deus a nós, é comentada pelo autor do livro de( Hebreus 11. 1)"Ora a fé é a certeza de cousas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem". E no (ver. 6) diz:"Sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam".
As eventuais circunstâncias sofríveis desta vida, jamais poderão roubar de nós, a certeza do amor do nosso tão grande Deus, a nos dirigir misericordiosamente à caminho da grande e eternal  vitória, as moradas celestiais da cidade Santa da nova Jerusalém.
 Que Deus vos abençoes, em nome de Jesus!

Enéas Cândido de Lara

sábado, 23 de agosto de 2014

SEDE SANTOS, PORQUE EU SOU SANTO!!!

 Ide por todo o mundo e pregai o evangelho  a toda a criatura !
Como filhos da obediência, não vos amoldeis às paixões que tinheis anteriormente na vossa ignorância; pelo contrario, segundo é santo aquele que vos chamou, tornai-vos santos também vos mesmos em todo o vosso procedimento, porque está escrito: "Sede santos, porque eu sou santo"(I Pedro 1. 14-16)
Quando olhamos para a imperiosa  ordem divina, "SEDE SANTOS", isso pode nos trazer uma ligeira dificuldade para assimilá-la na sua amplitude, porque, ao confrontar o nosso estado de pecado, sentimo-nos infinitamente aquém dessa possibilidade. Vamos recorrer a palavra de Deus para entender que, se não tornarmos SANTOS, de modo nenhum entraremos no reino dos céus. O QUE É SER UM SANTO na terminologia Bíblica?. Na concepção da igreja católica, para ser santo precisa comprovadamente ter feito pelos menos dois milagres. Ou seja, é por uma obra comprovada e humanamente feita. Mas o que a Bíblia ensina é diferente, para ser santo, não é  algo meritório, humano, mas é dádiva de Deus. Ser SANTO significa; SEPARADO. Separado do que? Do mundo, do pecado, das inclinações carnais que nos afastam de Deus.
É por isso que o Senhor Jesus segundo o relato de (João 3. 3)disse:"{...} se alguém não  nascer de novo, não pode ver o reino de Deus. E no (ver 5) continua a dizer:"Quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus". Isto quer dizer; transformação total de vida, de caráter, de procedimento e sobre tudo pela fé viver norteado e dirigido pela orientação da palavra de Deus. (Bíblia Sagrada). Essa mudança tem que ser completa. Veja o que diz (Colossenses 3. 5) "Fazei morrer a vossa natureza terrena".Ou seja, abdicar-se totalmente da glória do mundo com seus prazeres,  para viver em santidade de vida, e vida conectada com Deus. Voltando para o (VER.3)"Porque morrestes, e a vossa vida está oculta juntamente com Cristo, em Deus".
Por outro lado, veja a séria e tão grave conseqüência do pré-estabelecido julgamento feito por Cristo Jesus (Apocalipse 21. 8)"Quanto, porém, aos covardes, aos incrédulos, aos abomináveis, aos assassinos, aos impuros, aos feiticeiros, aos idólatras, e a todos os mentirosos, a parte que lhes cabe será no lago que arde com  fogo e enxofre, a saber, a segunda morte". 
E o apostolo Paulo falando desse mesmo assunto disse: (I Coríntios 6. 9)"{....} Ou não sabeis  que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, . nem efeminados, nem sodomitas, nem ladrões, nem avarentos, nem bêbados, nem maldizentes, nem roubadores herdarão o reino de Deus". (ver. 11)"Tais fostes alguns de vós; mas vos lavastes, mas fostes santificados, mas fostes justificados em o nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito do nosso Deus".

Diante das terríveis  condenações explicitadas aqui, nós que somos portadores da mensagem real e salvadora do evangelho da graça, e em cumprimento do mandamento ordenado por Jesus Cristo: "Amai o teu próximo como atí  mesmo". temos que apressuradamente ir e cumprir a  imperiosa missão a nós outorgada por Cristo Jesus: "IDE por todo o mundo PREGAI O EVANGELHO A toda criatura" (Marcos 16.15)
Pense nisso!
Enéas Cândido de Lara 

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

TU ME AMAS?

Texto básico: João 21. 15

Quando leio este texto, a divagar meu pensamento projeta a intrigante cena. A aurora matutina que graciosamente se mostrava nas colinas os primeiros sinais de um novo dia, afastando assim, silenciosamente as sombras da noite. Quem sabe, naquela calmaria de mais um amanhecer, talvez ouvisse um cantar isolado de uma gaivota que se juntava as ondas a quebrar na praia, o silencio da expectativa de uma inquietante pergunta."
Amas-me" ?

Ali o pequeno grupo sentado á volta do fogo, na praia do mar da Galileia, voltaram rapidamente os olhos para quem  falava. E o Mestre, com olhos brilhantes expectatívos senta –se serenamente fitando um deles, à espera de uma resposta.
Toda aquela estafante noite de trabalho, estes experimentados pescadores não conseguiram pescar nada. Então, frustrados já ao romper da manhã voltavam para a praia, e notam uma figura estranha, misteriosa que se fazia em pé a beira mar. Com olhos fitos esforçavam-se por penetrar a densa neblina que se levantava nessas horas da manhã, mas em vão o identificavam. Subitamente o mais novo deles reconhece a enigmática figura, e grita : “É  o Senhor!...”.
Então, Pedro de coração partido, agasalhando o remorso da sua atitude covarde, ele lança-se nas águas com uma emoção quase sub-humana, e com fortes braçadas alcança a margem da praia. Os outros discípulos o seguem. As redes são puxadas para o barco.Eles notam um fogo aceso e alguns peixes sendo assados, à silencio de ambas as partes, até que o Mestre se pronuncia:
Vinde e comei”.
Comem silenciosamente. Ninguém ousa falar. Quem sabe a vergonha, a reverência impossibilitava a troca de palavras, até que Jesus quebra o silencio e olhando para Pedro pergunta-lhe: “
Amas-me?”. Este discípulo que cometera um erro tão crasso, covarde negando seu Mestre por três vezes, agora o Senhor Jesus por três vezes faz a ele a mesma pergunta, provando o seu arrependimento fazendo-o que confesse por três vezes que de verdade o ama.
“Simão filho de João, Amas-Me ?”
Pedro a essa altura esta inseguro com a resposta que daria a Jesus, ele falhou uma vez covardemente, e não queria incorrer em outro erro, e usa palavras que expressavam um amor meramente emocional: “Sim, Senhor, Tu sabes que eu te amo”. Então a pergunta é feita pela terceira vez: “
Simão Filho de João, tu me amas?. Há !........isso penetrou ao recôndito mais incrustado da sua alma, e então pode sentir a mais gloriosa de todas as sensações, porque ele via no olhar de Jesus Perdão, reconciliação, restauração, então com coração latejante e voz tremula confessa: Senhor, Tu sabes todas as coisas, Tu sabes que eu te amo!.”

Nos dias que se passam Jesus Cristo continua a chamar homens e mulheres para O seu reino. Não usa de força, nem tão pouco o medo, mas pelo amor. (Mateus 4. 9 ) O diabo levou Jesus à um alto monte e, mostrou a gloria do mundo e disse: Tudo isso te darei se, prostrado, me adorares. O diabo queria forçar Jesus a lhe ser submisso. Ao contrario a estratégia do diabo, Jesus não veio para forçar homens a serem seus seguidores. Há, isso não! Ele atrairia (João 12. 32) “E eu quando for levantado da terra, atrairei todos a mim mesmo”. Ele atrairia, e não forçaria; ganharia e não impeliria; (João 16. 8) “Quando ele vier (Espírito Santo) convencerá o mundo do pecado”. Os homens agora portanto, escolhem motivados tão somente pelo trabalhar do Espírito Santo, abrindo o entendimento, e o coração, para que entendam a obra graciosa, revelação maior do amor de Deus o Pai.
João 3. 16) Disse Jesus: “Porque Deus amou o mundo de Tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna”.
O amor trouxe Jesus à terra; o amor o fez encarnar, o amor o levou à morrer substitutivamente numa maldita cruz, por homens perdidos, e indignos e o amor vivido, manifestado, explicitado em sua obra redentora continua hoje a atrair homens e mulheres para o seu reino. Por isso Jesus quando para restaurar o seu discípulo medroso, covarde, ele simplesmente perguntou: “
Amas-me Tu?.Jesus haveria de partir muito em breve, e esta talvez seria a ultima oportunidade para discipular o seu servo inseguro.  Mas ele não teve outra palavra ? não teve outra recomendação a fazer? Não! Ele não determinou credo, doutrina, ou formula de igreja para ser seguido? Não nenhuma!. E porque?. Porque “Amas-me” inclui, e abrange tudo. Todas as outras coisas se ajustarão em seus devidos lugares, quando o amamos ele em primeiro lugar.
O Senhor Jesus continua a  perguntar hoje pra mim e pra você: "Tu me amas?" Que a sua graça e misericórdia esteja com cada um de nós. Amém!!!!!!!

Enéas Cândido de Lara

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Como viver sendo um verdadeiro filho de Deus ?


"Enganoso é o coração, mais do que todas as cousas, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerá"?(Jeremias 17. 9).
Depois da queda do homem, ocorrida no Éden, ele se  tornou pecador, indigno e mergulhado em profunda degradação moral e, Espiritualmente está  morto. Isso é muito além do que possamos imaginar. Não foi somente uma desobediência, a quebra da instituída lei do fruto proibido, mas foi  uma rebelião contra Deus, motivada pelo orgulho do suposto poder de se tornar igual a Deus. (Gênesis 3. -6). 
No reinado de Josias o povo de Israel  estava vivendo longe dos caminhos do Senhor, envolvidos com deuses pagãos dos baalins. Então, Josias propôs uma limpeza geral de toda a terra (2 Crônicas 34. 3) Isso porque o rei anterior, "Manassés fez errar Judá e os moradores de Jerusalém, de maneira que fizeram pior  do que as nações que o SENHOR tinha destruído  de diante dos filhos de Israel"(2 Crônicas 33. 9) Então Josias se humilhou, suplicando perdão para o povo, e limpando e purificando a terra.  
Assim também, o povo de Deus hoje precisa estar buscando santificação, reconhecendo o grande privilégio que tem o salvo por Cristo Jesus como escreveu Paulo (I Coríntios 3. 16-17)"Não sabeis que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o santuário de Deus, Deus os destruirá; porque o santuário de Deus, que sois vós, é sagrado"
 Se temos consciência de que  somos templo do Espírito Santo de Deus, morada do Deus Altíssimo, temos uma grande responsabilidade de cuidar ininterruptamente da purificação,e  da santidade deste lugar, que é o nosso corpo. O apostolo Pedro escrevendo quanto a necessidade de santificação de nossas vidas, disse: "Como filhos da obediência, não vos amoldeis ás paixões que tinheis  anteriormente na vossa ignorância; pelo contrário, segundo é santo aquele que vos chamou, tornai-vos santos também vós mesmos em todo o vosso procedimento, porque escrito está: "Sede santo, porque eu sou santo"(I Pedro 1. 14-16)
Quando o homem se torna ocioso, descuidado, relaxado Espiritualmente, abre brechas para que o inimigo infiltre no seu coração o individualismo, o orgulho, o prazer carnal, a satisfação pessoal, até na forma da sua suposta adoração.
Hoje, tem muitos crentes indo na igreja para buscar bênçãos, e não para adorar. Querem receber, mas não exprimir gratidão através de uma vida santa na presença de Deus. Querem  a benção, mas não o abençoador. Fazem um culto cuja liturgia satisfaz os seus corações, esquecendo que o culto não é para a igreja gostar, mas sim para um único expectador gostar  e receber que é Deus. Muitas vezes cantam musicas apelativas e emocionais para sensibilizar  a igreja, e muitas vezes  usando coreografia, danças que agradam aos olhos e seus corações. Precisamos de adorar com sinceridade na santificação do altar de nossas vidas, voltando ao verdadeiro e genuíno Evangelho da graça, para uma vida inteiramente conectada com Deus.

Que Deus nos ajude a sermos fiéis obreiros no ministério que nos foi proposto por Cristo Jesus, para o louvor da Sua glória.

Enéas Cândido de Lara

terça-feira, 12 de agosto de 2014

A INFALÍVEL PROMESSA DE UMA GLORIOSA ESPERANÇA!!!


 Se a beleza deste lugar nos encanta, criada  pela  limitadíssima suposição
 humana ,quanto mais a verdadeira e  real  cidade Celestial criada por Cristo
 Jesus. Pense nisso!!!!!!!!
Que grandiosa, imensurável, é  a esperança da gloria!. (Colossenses  1. 26/27) O mistério que estivera oculto dos séculos e das gerações; agora, todavia, se manifestou aos seus santos; aos quais Deus quis dar a conhecer qual seja a riqueza da gloria deste mistério entre os gentios, isto é, Cristo em vós, a esperança da gloria”.
Alegria desta promessa que invade nossas almas e nos faz radiantes, jubilosos, é que não está em nós a segurança e a certeza da salvação. Porque, se estivesse em nós certamente a perderíamos. Mas, está em Cristo. (João 15. 16) Disse Jesus: Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis frutos, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda”.
Há.......meu irmão! Quando entendemos as palavras do Senhor Jesus aqui pronunciadas, que a escolha não foi nossa, mas  dEle, que somos hoje salvos da perdição eterna, somente por misericórdia da sua escolha ocorrida antes da fundação do mundo.(Efesios 1. 4)” Assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor nos predestinou para ele, para a adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade”. 
Esta revelação é divina, gloriosa, imensurável  em nos fazer conhecer os mistérios da graça do nosso tão grande Deus, que criando o mundo a despeito dos revezes que aconteceria, Ele prosseguiu no Seu intento. E digamos que na “planilha” do Seu projeto foi orçado o altíssimo custo que teria que ser pago. A Sua humilhante encarnação na pessoa de Seu Filho Jesus. (Apocalipse 13. 8) O Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo.  Paulo disse que: “Fomos escolhidos nEle”. (Portanto o texto diz que houve uma eleição, uma escolha, e mais, diz que Deus escolheu um, e não escolheu o outro. Deus escolhe uma pessoa, mas rejeita a outra? Salva uma, mas não salva a outra? Será isso verdade?) (Romanos 9. 11)” E ainda não eram os gêmeos nascidos, nem tinham praticado o bem ou o mal para que o propósito de Deus, quanto a eleição, prevalecesse, não por obras, mas por aquele que chama”.isso é manifestação de sua suprema soberania.
 Fica muito claro que a decisão de salvar é de Deus, e não do homem (Rom. 9. 16) "Assim, pois, não depende de quem quer ou de quem corre,(A buscar) mas de usar Deus a sua misericórdia”.
Veja a ação de Deus na vida de Jacó e Esaú. O texto diz: foi uma eleição, e esta ocorreu antes do nascimento. Assim também como Ele fez com cada um de nós.(Efesios 1. 4) Essa palavra escolhidos vem do verbo escolher, ou seja, separar dentre os demais. Iniciativa tão somente de Deus, e não nossa, foi amor, e não mérito, foi escolha dEle e não do nosso Livre arbítrio. Aliás, quando afirmamos que somos salvos por mérito de nossas escolhas, estamos deturpando essa gloriosa promessa, e se tornando arrogantes, presunçosos e partilhando de um demoníaco pensamento.

 Foi por incompreensível compaixão, que hoje nós cremos nEle, porque ao nos chamar, injetou em nós a capacidade de vê-lO, e reconhecê-lO como O Senhor de nossas vidas. (Efesios 2. 8)Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; (veja bem o que Paulo vai falar) e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie”. Meu irmão(a)! não tem gloria maior, quando você lê essa promessa e entende a sua profundidade, em saber que você é o ser humano mais Bem-aventurado e feliz da terra, você foi eleito, escolhido, separado pelo divino Criador, e passou a figurar na Sua agenda Celestial, antes mesmo do mundo existir. (Você pode entender isso.....?)

 Eu não posso saber onde você está agora, se pode glorificar em alta voz, ou se não, mas não deixe de fazê-lo, ainda que seja no silêncio do seu coração; diga a Ele, obrigado Senhor........ , glorificado seja por seu maravilhoso amor a mim manifestado, um miserável pecador perdido, escolhido por Ti para ser Filho, em nome de Jesus.  Aleluia!...............

Enéas Cândido de Lara

sábado, 9 de agosto de 2014

COMO VIVER COM SABEDORIA O MELHOR DO NOSSO TEMPO!!!

PS. Não desista de ler frente a extensão do texto, ele será benção para sua vida.
  Texto básico: Lucas 10. 38- 42

O texto nos diz que o Senhor Jesus ao chegar na cidade de Betânia, Ele foi se hospedar na casa de Marta e Maria. Jesus conhecia já essa família de outras oportunidades e, quando chegou lá, Marta tendo aquela preocupação com o bem estar de Jesus, procurou de imediato providenciar uma refeição, afinal de contas as viagens eram cansativas, desgastante. Precisava providenciar água para lavar os pés. Era o costume daquela época ao receber um visitante em casa, oferecer água para se lavar, e não era um simples visitante qualquer, era o Senhor Jesus!. (Porém, há o que se ressaltar aqui; que não era só Jesus, mas todos os seus discípulos juntos, o que no mínimo era umas 13 pessoas). Já pensaram na correria para atender toda essa gente?
 Eu fico pensando na correria da hospitaleira  Marta, (enquanto ela tirava água do poço, para todas aquelas pessoas tomarem banho, arrumar toalha para se enxugarem, quem sabe; tinha que temperar a carne do carneiro, providenciar a lenha pra acender o fogão, amassar a farinha pra fazer o pão, lavar as caçarolas)..... etc,........ e quantas preocupações mais inquietava o coração de Marta!........
Eu acho que Marta pensou; (eu não acredito no que eu estou vendo!......) eu aqui me matando de trabalhar, e olha lá a Maria  sossegada sem fazer nada!...........ao que parece Marta era uma dessas mulheres que chamamos de “Pavio curto” porém inegavelmente ela era objetiva, pratica, racional, hospitaleira que demonstrava amor botando a mão na “massa” através de atitudes e de ação. Então, ela não se segurando vai até e sala, e faz uma observação até um tanto indelicada ao ilustre e divino visitante. (Lucas 10- 40) Senhor, Não te importas de que minha irmã tenha deixado a servir sozinha? Ordena-lhe para que venha ajudar-me”!.
Então, (penso eu) ela começou a descrever para Jesus todas as suas tarefas, (Olha Senhor; o pão ainda não foi amassado, a carne do carneiro precisa ser temperada, precisa ir lá fora buscar lenha pra acender o fogão, precisa tirar mais água do poço, a caçarola precisa ser lavada, a batata não foi descascada) etc, etc. Eu acho, que ai Jesus entendendo a aflição de Marta, ele interrompe-a, e no (V. 41) disse: “Marta!, Marta ! andas inquieta e te preocupas com muitas cousas. Entretanto, pouco é necessário ou, mesmo uma só cousa; Maria, pois escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada".
Jesus é o maravilhoso  Mestre dos mestres, Ele aproveitava todas as oportunidades para ensinar, e esta aqui, foi uma  preciosa oportunidade para reafirmar aquele seu ensinamento do “Sermão do monte”(quanto a ansiosa solicitude pela vida).(Mateus 6. 33) “Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas as demais coisas vos serão acrescentadas” Veja  a ordem de Jesus: primeiro é o reino. Será que hoje nós temos cumprido essa determinação do Senhor, buscando em primeiro lugar o seu reino? 
Vamos pensar se a Marta tivesse a mesma atitude de Maria, e assentasse também aos  pés de Jesus, como ficariam os hóspedes sem banho, sem comida?. Estava errada Marta por todas essas preocupações? Em querer dar o melhor pra Jesus? Claro que não! Jesus usou deste episódio todo para nos dar uma importantíssima lição.
(Veja!: Se tudo isso fosse possível acontecer em nossos dias, o telefone tocasse e nós disséssemos Alô!....., e do outro da linha alguém dissesse alô!......, eu sou Jesus e, estou te avisando que vou na tua casa hoje. O que nós faríamos?.....Acho que seriamos verdadeiras Martas dos tempos modernos, correríamos no supermercado compraríamos a melhor comida, a melhor bebida, faríamos uma limpeza na casa, colocaríamos a melhor toalha no banheiro, o melhor sabonete, usaríamos o melhor lençol para forrar sua cama, aquele que a gente compra mais nunca usa, faríamos de tudo para agradá-lo, afinal é o Senhor Jesus o nosso ilustre e divino visitante.
O que nós aprendemos com todo esse episódio de milênios atrás, mais que nos traz importante lição para hoje, que é atualíssima para nossos dias. Que precisamos dosar nossas vidas, nossas atitudes preferencialmente sendo Maria, mas sem esquecer de também ser Marta!........Nós moramos numa cidade agitada como São Paulo, e vivemos numa correria o dia inteiro e, que nunca tivemos que olhar tanto para o relógio, como nos nossos dias. Tudo é cronometrado, não se pode perder tempo, a vida exige soluções rápidas, desde que saímos na rua somos mais um competidor no transporte, que vive superlotado, existe fila em todos os lugares, as ruas estão congestionadas, você sai cedo de casa para trabalhar, mais não sabe a que horas volta.
 E tudo isso é desgastante, cansativo e quando a noite chegamos em casa, tomamos banho, jantamos  temos que atender a esposa com seus problemas do cotidiano, são compras que tem que fazer, contas que tem que pagar, são as preocupações com os filhos no colégio, na faculdade enfim, você dá uma respirada e quando olha para o relógio já é hora de dormir, porque amanhã tem que levantar cedo porque tudo vai começar de novo.
 E ai, você percebe que conseguiu arrumar tempo para resolver todos os seus problemas do dia, só ficou faltando uma coisa que as vezes tem passado até despercebido, na vida de muitos crentes, mas que é o mais importante de todos, (Que é o tempo para ficar com Jesus). Este tempo tão importante ensinado por Jesus quando disse que é preciso reservar um momento especial particular para ficarmos com Ele, e ali contar as nossas lutas, nossas dificuldades, nossos anseios, nossas impossibilidades numa conversa franca aberta, e para isso Ele nos ensinou como fazer quando disse: “Tu, porem quando orares entra no teu quarto e fechada a porta orarás a teu Pai que estás no céu”.
 Isso quer dizer; que nós precisamos desligar do mundo e dos seus problemas para se conectar com Deus. Muitas pessoas diante de um pecado grave cometido, o que fazem? elas se afastam de Deus, querem se esconder Dele com medo talvez das conseqüências. Mas, veja como Deus trata com aquele que é seu Filho. (Isaias 1. 18) Disse Deus: (“Vinde e arrazoemos”). Há.....este termo é simplesmente maravilhoso significa o convite de Deus para uma conversa, para um diálogo, para um entendimento. O povo de Israel estava vivendo um dos momentos mais degradantes da sua história, e Deus usando de misericórdia para com seu povo eleito, vem ao seu encontro e lhe faz este convite. Vinde e arrazoemos, diz o SENHOR; ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim; se tornarão como a lã.  O que Deus pedia era a volta, o momento de intima comunhão com Ele para o diálogo. 
(Mateus 6.6)  Quando Marta entrou naquela sala justificando as suas preocupações, as suas inquietações frente a muito trabalho que tinha para fazer, Jesus interrompeu-a  e disse:Marta!, Marta! Andas inquieta e te preocupas com muitas cousas. Entretanto, pouco é necessário, ou mesmo uma só cousa;  Maria escolheu a melhor parte que dela não lhe será tirada!  Sem duvida nenhuma o que Jesus está ensinando aqui é que, o melhor tempo do dia é; aquele tempo tirado, separado para ficarmos a sós com Jesus. Muitas vezes queremos resolver os problemas da vida independente da direção de Deus, e acabamos se dando mal.
Quando Jesus viu a ansiedade do ser humano, com seus problemas da vida, da sua subsistência, o que comeria, o que beberia o que vestiria, ele disse: (Mateus 6-33) “Buscai primeiramente o reino de Deus e sua justiça, e as outras cousas vos serão acrescentadas”. Na matemática de Jesus na administração do nosso tempo, Ele disse (“PRIMEIRO O REINO”), e depois as outras coisas”. Este episódio nos mostra uma coisa muito séria que muitos crentes tem enfrentado nas suas vidas, que é arrumar um tempo dentro das 24 horas de um dia, para ficar com Jesus.
Quando olhamos para Maria, ela não era uma mulher negligente, insensível, descuidada, como pode ligeiramente parecer o texto, que tendo a honra de ter Jesus em sua casa, ela não procurou como Marta resolver os problemas domésticos  de arrumar comida, bebida, banho isso tudo era necessário, porém Maria demonstrou  sede de estar com Jesus, sede de aprender dos seus ensinamentos, ouvir palavras de vida eterna, de poder sentar a seus pés quem sabe em uma rara oportunidade para ouvir dos seus lábios, ensinamentos tão preciosos. Jesus disse: Maria escolheu a melhor parte que dela não lhe será tirada”.
Que o exemplo da fé de Maria, e o amor na pratica demonstrado por Marta, nos estimule a procurar com sabedoria separar o melhor do nosso tempo, para ser gasto na comunhão com o Senhor.
Que Deus nos ajude e nos abençoe, em nome de Jesus. Amém
Enéas Cândido de Lara


segunda-feira, 4 de agosto de 2014

domingo, 3 de agosto de 2014

A GLORIOSA CRIAÇÃO DO DEUS DE AMOR PROVIDENTE!!!


 A grande benção do precioso líquido fluindo abundantemente








 Reservatório da represa Cantareira em São Paulo  com apenas 15%
de sua  capacidade.



















A água é um elemento imprescindível e de fundamental importância para a existência humana, como também precedeu até a  própria criação do mundo. Veja a descrição Bíblica:"A terra, porém,  era sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo, e o Espírito de Deus, pairava por sobre as águas". (Gênesis 1. 2  ) Este elemento precioso, é um líquido incolor, inodoro e insípido, que formam os mares, rios, lagos e podemos ver na beleza de lindas cachoeiras .  A água é um precioso  elemento para a nossa subsistência, podemos até viver sem o alimento por vários dias, mas sem água não. Quando olhamos para a grande e imponente cidade de São Paulo, com (+- doze milhões de pessoas) que carecem deste precioso elemento para sobreviver, ficamos preocupados com os reservatórios principalmente o chamado Cantareira que abastece milhões de pessoas, e que  está  com seu nível  muito baixo (15%) da capacidade, e abaixando a cada dia. Veja a imagem acima.


O sábio Salomão nos desafia a confiar no Deus providente, quando disse:"Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias acharás"(Eclesiastes .11. 1 ) Também Davi nos ensina como passar pelos momentos difíceis, confiando inteiramente nas providências de Deus.(Salmo 37.7)"Descansa no SENHOR e espera nele". O Senhor Jesus usou da figura deste precioso elemento (água) para transmitir o seu ensinamento,  quando ali  no poço de Jacó, Ele estava,  e chegou  uma mulher Samaritana para tirar água. O Senhor Jesus aproveitava todas as oportunidades para evangelizar, e por ser um Judeu, causou estranheza naquela mulher Samaritana ao se dirigir a ela e pedir "dá-me de beber". Então, Jesus entabulou uma conversa com ela e disse: "Quem beber desta água tornará a ter sede; aquele, porém que beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede; pelo contrario, a água que eu lhe der será nele uma fonte a jorrar para a eternidade"(João 4. 14)
O que Jesus estava dizendo para aquela mulher era que, Ele é a verdadeira água da vida que dessedenta a alma sequiosa, trazendo alivio, refrigério e salvação para as nossas almas, como também é Ele o providente Criador da água  que nos dessedenta fisicamente.(João 1. 2). 
 Se a adversidade circunstancial em que vivemos nos deixa apreensivo, quanto o inevitável racionamento de água, que deverá acontecer aqui em São Paulo, devemos confiar naquele que é o Criador da própria água, e recorrermos a Ele, que na Sua infinita misericórdia abras as comportas do Céu mandando-nos abundantes chuvas .
Que Deus nos abençoes, em nome de Jesus!!!!!!!!


Enéas Cândido de Lara
Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger