quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

"PERDER", É PARA NÓS UM VERBO DE DIFÍCIL CONJUGAÇÃO!!!


Certa vez  eu estava sentado  numa praça, e próximo a mim, crianças brincavam. E de repente ocorreu  entre eles,  um desentendimento. Houve empurra pra lá e pra cá, e não faltou protestos  e choro daqueles que perderam a disputa  de um joguinho que partilhavam.  A vitória trás alegria para quem ganha, mas perder, é algo que nós temos dificuldade para assimilar. Quando tiramos os nossos olhos da nossa corrompida humanidade, para  focalizar nossa vida com Deus, quão grande e total  é a diferença  que temos que assumir em nossos posicionamentos. E o Senhor Jesus falando da grande mudança que tem que ocorrer na vida do pecador, Ele disse:"Aquele que não nascer de novo, não entra no reino dos céus".(João 3. 3). Isto é: Mudança radical e total da nossa natureza terrena, deixar de sermos criaturas carnais, para sermos Espirituais. Ou seja, deixarmos de viver para satisfazer a nossa carne, para viver para satisfazer a vontade Santa de Deus.
 Isso só é possível, guando  o agir misericordioso do Espírito Santo nos tocar, abrindo os nossos olhos para que possamos ver a glória dos céus.  Ai, então, o perder se torna em grande alegria de uma eterna vitória. 
Veja o que o Senhor Jesus disse:"Quem acha a sua vida perdê-la-á, e quem perde a sua vida por minha causa achá-la-á (Mateus 10 .39). O apóstolo Paulo falando da sua fé e convicção do privilégio de viver a nova e gloriosa experiência com Cristo Jesus, disse:"Mas o que, para mim, era lucro, isto considerei perda por causa de Cristo. Sim, deveras considero tudo como perda, por causa da sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; por amor do qual perdi todas as cousas e as considero como refugo, para conseguir Cristo"(Filipenses 3. 7-8).
Ganhar ou perder?...  eis ai,  um sério e  imprescindível desafio. Talvez, vivamos desatentos e até duvidamos da seriedade deste proposto e  inflexível desafio, que deverá ocorrer na vida daquele que aspira viver a outra vida, ou seja; a vida eterna. Depois da morte, haverá ressurreição, e ganharemos um novo corpo, sem as limitações da nossa humanidade, para comparecermos diante de Deus, afim de passarmos pelo julgamento da Sua JUSTA JUSTIÇA. Aquele dia, será de uma grande e sofrível dor, como nunca homem algum já experimentou, quando o perdido pecador  receber a sentença de eterna condenação, de separação definitiva de Deus, por ter  em desobediência escolhido a glória do mundo, e seus prazeres carnais, não atinando para existência de um Deus que é Santo e que exigiu que os Seus filhos o fossem também.(I Pedro 1. 16)"Sede santos, porque eu sou santo". 
 Mas, que glória tremenda será para aqueles que desprezaram os manjares da farta mesa de satanás, com todas as fantasias e sedutoras tentações, que amplamente o mundo hoje nos oferece. Nesse dia, o salvo, resgatado pela fé  em Cristo Jesus, que lavou  as suas vestiduras no sangue do Cordeiro,  sendo assim, lavado, purificado, justificado, alvo mais que a neve, receberá a coroa da vida, e entrará para reinar com Cristo Jesus por toda a eternidade. 
Pense nessa séria advertência da palavra de Deus, e faça a sua escolha.
"Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso coração"(Hebreus 4. 7)

Que Deus te abençoe, em nome de Jesus!

Enéas Cândido de Lara

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger