quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

A VERDADE DE UM DIFÍCIL ENSINAMENTO !

Texto básico:"Se, porém, não perdoardes aos homens {as suas ofensas}, tampouco vosso Pai vos perdoará as vossas ofensas"(Mateus 6. 15)

Como é para nós difícil, cumprir este ensinamento de Jesus (Perdoa-lhes). Quando nós diante de uma sofrida agressão física e moral, diante de uma calunia, de uma injustiça que nos prejudicou tanto, nós liberarmos perdão. Já vi alguém dizer; eu perdoou mas, não esqueço!. Ou seja, aquilo que constantemente volta a sua mente e te trás más lembranças, é porque não houve de fato perdão. O verdadeiro perdão, ainda que não o esqueçamos dele, não nos trará mais sofrimento.. O Senhor Jesus como mestre e Senhor nos ensinou e, exigiu que nós também praticássemos perdão, e Ele deu-nos a mais clara lição de perdão, quando pendurado naquela maldita Cruz Ele repetiu continuadamente estas palavras, a cada ferida que sangrava, a cada chaga que o torturava, a cada  blasfêmia e calunia proferida contra ele, ele dizia:Pai perdoa-lhes porque não sabem o que fazem”.

 Ha...Senhor! como tem sido difícil cumprir este ensinamento, porque só o pode fazer isso aquele que teve um dia o seu coração transformado, que nasceu de novo, que foi alcançado pela graça do amor de Deus e, que assim, deixou de viver na carne, para viver no espírito. 
Perdoar, não é um ato que procede de emoções humanas. Não é natural, mesmo porque perdoar, não é algo lógico, racional, mas ele é um ato divino que reflete o nosso inundado coração pela presença divina e graciosa do Espírito Santo.
Um impiedoso assassino que, para roubar mata velhinhos e crianças indefesas, é aquele que ao nosso ver não merece perdão à vista da nossa imperfeita justiça humana. Assim, como também nós indignos pecadores, não merecíamos perdão divino. Mas, o grande ensinamento que o senhor Jesus nos dá é, que Ele nos perdoa de todas as formas de pecados cometido, não porque merecemos, mas sim, porque Ele é um Deus misericordioso que estende Seu perdão graciosamente. E, sendo assim, Ele nos cobra a mesma postura em liberarmos perdão, ainda que, este precise ser de (70 X  7). Ou seja; infinitamente, entenderam? O perdão é o visível sinal da ação de Deus trabalhando em nosso Ser.
Perdão é necessário, imprescindível, e acima de tudo ele é (CONDICIONAL). Veja a incisiva palavra de Jesus: (Mateus 6. 15) “Se, porém, não perdoardes aos homens (as suas ofensas,) tampouco vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas”.  Por isso, quando os discípulos pediram para Jesus ensinarem a Orar, Ele fez a oração do “Pai Nosso”. Veja bem o que disse: “Perdoa-nos as nossas dividas , assim  Como; ou seja; do mesmo jeito, como nós temos perdoado aos nossos devedores”. Certa vez eu estava assistindo um pregador, e ele disse; o evangelho é muito simples, é tranqüilo é só dizer Jesus perdoa os meus pecados, e pronto, já está salvo. Contudo, o que disse Jesus é bem diferente Prestem atenção nessas palavras: "Quem não perdoa, aos homens, também não será perdoado".
O perdão ainda que a nossa vista humana, seja um amargo elixir a ser tomado, ele é ao mesmo tempo um Bálsamo que cura as feridas que sangram no recôndito mais entranhado da nossa alma, trazendo-nos a gostosa sensação de alivio e de paz. Quando Deus nos perdoou diz (Miquéias 7. 19) “Ele lançou os nossos pecados no fundo do mar”. (Hebreus. 8. 12) “Pois para com as suas iniquidades, usarei de misericórdia e dos seus pecados jamais me lembrarei”
Infelizmente, muitas pessoas hoje vivem doentes, sofrendo de problemas psicológicos e emocionais por falta de liberar perdão. E,  até o temível câncer é uma das doenças ligada ao emocional. Muitas vezes é uma traição, uma injustiça, uma decepção que  faz  com que  pessoas que não perdoam vivam amargas, sem alegria e passem pela vida sem saber que é possível reverter este tão triste sofrimento. Que é liberar Perdão! E, quando você perdoa, você trás as bênçãos de Deus sobre a sua vida, e  sentir aquela gostosa paz que refrigera a alma, e trás gozo ao coração. Pense nisso!

Preste atenção meu amigo e irmão nas palavras de Jesus: Se, porém, não perdoardes aos homens(as suas ofensas), tão pouco vosso Pai vos perdoará as vossas ofensas (Mateus 6. 15).

Que Deus de nós tenha misericórdia, em nome de Jesus. Amém!

Enéas Cândido de Lara

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger