sexta-feira, 29 de maio de 2015

O QUE VOCÊ SENTE POR ELE? É AMOR, OU É PAIXÃO !?



Temos visto nas redes sociais muitas pessoas inadvertidamente  expressando seu sentimento ao Senhor Jesus qualificando-o dePAIXÃO. (Eu tenho verdadeira  paixão por Ele!....) . Que tipo de sentimento é esse?.  Paixão é um sentimento interesseiro, desenfreado, avassalador, incontido como o crepitar de um fogo intenso que por vez se torna irracional, insensível, desgovernado e egocêntrico, que visa a satisfação do seu EU, muitas vezes em prejuízo daquele por quem se diz ter este sentimento.  É motivado por este egoísta sentimento (paixão) que as pessoas casam e se separam, agridem, maltratam, abandonam, matam porque, quanto intenso e repentino surge, assim também, se esvazia e desaparece.

O Senhor Jesus contando a parábola do Semeador disse: “Saiu o semeador a semear e parte da semente caiu sobre o solo rochoso, logo nasceu, mas como não tinha terra profunda, saindo o sol queimou-se porque não tinha raiz”. Assim se assemelha a paixão, surge como uma irresistível avalanche até que as lutas e dificuldades apareçam, assim; como o ouro que é depurado no cadinho, não tendo essência, solidez desaparece.
O AMOR É A ESSÊNCIA OPOSTA DA PAIXÃO, o qual é glorioso e gracioso de que é formada  a natureza divina de Deus. O apostolo João disse: “Deus é amor” (I João 4. 16) Esse divino sentimento o motivou a pagar o maior de todos os preços para salvar a criatura amada, na qual ao criá-la amorosamente disse: “Esteja feito o homem a minha imagem e semelhança”.  Você pode avaliar tão grande manifestação de amor?
 Eu fico a pensar na nossa responsabilidade tremenda em sermos imagem e semelhança do nosso tão grande Deus.  O Senhor Jesus, o (Deus conosco), disse: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu unigênito Filho, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”.(João 3. 16).
Deus não quer que você tenha paixão por Ele porque este sentimento é carnal, e vulnerável as circunstâncias, mas Ele quer que você tenha amor, porque esse sentimento é procedente da sua natureza divina, que Ele por sua misericórdia e graça doou ao seus amados, capacitando-os a sacrificar a própria vida por amor a Ele. O Senhor Jesus disse: “Pois quem quiser salvar a sua vida perdê-la-á; quem perder a vida por minha causa, esse a salvará”.(Lucas 9. 24).

Portanto, Deus não quer a sua paixão, mas sim, o seu amor. Que Ele grandemente te abençoe em nome de Jesus. Amém!!!!!!

Enéas Cândido de Lara

  

terça-feira, 26 de maio de 2015

Disse Jesus:"Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; NINGUÉM vem ao Pai senão por mim"(João 14. 6)



















Cidade Celestial!

Tenho lido da bela cidade,
Situada no reino de Deus,
Com seus muros de jaspe luzentes,
Juncada de Áureos troféus!
Lá no meio da praça está o rio
Da vida e vigor eternal,
Mas metade da glória celeste
Jamais se contou ao mortal!

Jamais se contou ao mortal,
Jamais se contou ao mortal!
Metade da glória celeste
Jamais se contou ao mortal!

Tenho lido dos belos palácios
Que Jesus foi no céu preparar,
Onde os crentes, fiéis, mui felizes,
Irão para sempre habitar;
Nem tristeza, nem dor, nem velhice
Atingem a mansão eternal;
Mas metade da glória celeste
Jamais se contou ao mortal!

Tenho lido das vestes brilhantes,
Das coroas que os salvos terão,
Quando o Pai os chamar, proclamando:
"Tereis eternal galardão."
Tenho lido que os santos na glória
Pisam ruas de ouro e cristal;
Mas metade da glória celeste
Jamais se contou ao mortal!

Tenho lido da história bendita
De Jesus, o fiel Redentor,
Que por nós padeceu no calvário
E aceita o mais vil pecador.
Tenho lido da sangue vertido
Que a todos redime de mal;
Mas metade da glória celeste
Jamais se contou ao mortal!

(J.B. Atcchinson- M. A. Camrgo)
Meu caríssimo amigo, leitor dessa mensagem  deixa eu te fazer uma pergunta: Se você hoje mesmo tiver que encontrar com a morte, estará seguro da sua salvação?...entretanto, se a resposta for não! Então, não deixe para amanhã, porque assim diz a palavra de Deus:"Se hoje ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso coração"(Hebreus 4. 7) E o Senhor Jesus disse mais:"Em verdade, em verdade vos digo; quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou TEM VIDA ETERNA, não entra em juízo, mas passou da morte para a vida".(João 5. 24) Se ainda você não tem o Senhor Jesus como teu Salvador, faça a decisão mais certa da tua vida, e passe a gozar da gloriosa herança comprada, paga, e quitada por Cristo Jesus e, oferecida graciosamente através do seu derramado sangue naquela até então; maldita cruz do calvário.

Pense nisso!...E que Deus te abençoe, em Nome de Jesus!!!!!!
Enéas Cândido de Lara



sexta-feira, 22 de maio de 2015

JESUS O FOCO CENTRAL DA VIDA !

Segundo a minha ardente expectativa e esperança de que em nada serei envergonhado; antes, com toda a ousadia, como sempre, também agora, será Cristo engrandecido no meu corpo, quer pela vida, quer pela morte. Porquanto, para mim, o viver é Cristo, e o morrer é lucro (Filipenses (1. 20- 21).

A verdadeira devoção cristã está personificada nessa breve sentença:"Para mim o viver é Cristo". Paulo não diz "para mim o viver é trabalhar, prosperar, nem para mim o viver é fazer caridade, ser religioso... Quem era mais devotado, zeloso, incansável no trabalho na causa de Cristo quanto ele? Vamos usar aqui suas próprias palavras ao dizer que era "Zeloso", hebreu de hebreus". Não que ele não valorizasse tais coisas, porém ele amava Cristo infinitamente mais que tudo isso!
 O principal objetivo de Satanás é manter Cristo fora de nosso coração. Satanás odeia Cristo e irá usar de todo e qualquer meio para nos afastar dEle. E, para isso, como ele tem usado a glória do mundo e suas irresistíveis atrações carnais, para seduzir os homens. O diabo é abusado , ardiloso, sedutor e conhece a vulnerabilidade de cada um, e é ai que ele ataca impiedosamente. Ele chegou a tentar o Senhor Jesus, sabendo quem era Ele, quando o levou para o alto de um  monte e mostrou-lhe a glória dos reinos do mundo e disse: "Tudo isso te darei se, prostrado, me adorares.(Mateus 4. 9). Graças a Deus ele não comprou Jesus, como não o poderia fazer, mas como que desgraçadamente ele tem comprado as multidões.

Ele tem usado as mais vis paixões humanas, ou as aparentemente mais sublimes e boas virtudes, como a religião, a benevolência, altruísmo e moralidade. Porém, nunca jamais ajudará alguém a se tornar devotado a Cristo. O alvo primordial do diabo é ocupar o coração do homem com qualquer coisa que não seja Cristo.
 O segredo de todo serviço aceitável é ter como meta agradar a Deus, a fim de que o Senhor possa afirmar: "Isso foi feito para Mim"(Mateus 25. 40) E que privilégio maravilhoso fazer as mínimas ações para Cristo e tê-Lo sempre preenchendo o nosso  coração! O serviço cristão é apenas aquilo que é feito para Cristo, e não em nome de Cristo somente. Todos os pensamentos de Deus estão focados em Jesus-- Seu propósito eterno é exaltar e glorificar o Nome de Seu Filho. O universo inteiro será chamado para ser reunido em torno do Centro: o Senhor Jesus CRISTO. Mas isso só acontecerá no futuro. Por Agora, o cristão é chamado a antecipar esse dia e fazer do Senhor Jesus sua total prioridade nas grandes e pequenas coisas.
O Senhor Jesus disse:"Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas cousas vos serão acrescentadas"(Mateus 6. 33)
Que Deus os abençoes, em Nome de Jesus!

Enéas Cândido de Lara

domingo, 17 de maio de 2015

O CAMINHO DE EMAÚS!


"Aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele"(João 14: 21)

Jerusalém foi palco de uma tremenda tragédiaO Filho Unigênito de Deus foi preso, julgado, condenado,humilhado, xingado,  açoitado e crucificado junto com dois marginais. Os seus discípulos, embora tivessem sido alertados para isso, eles  ficaram "sem chão" com sentimento de frustração, abandono, e temerosos pela sua segurança.  Dai, a razão porque dois discípulos de Jesus desiludidos,iam de volta pra casa, de Jerusalém para Emaús. A distância era cerca de 11 Km. Já era aquele o terceiro dia que Jesus tinha sido crucificado e, eles creram que o Senhor Jesus era o Messias prometido, o grande libertador. Agora a esperança deles estava morta. O que fazer?

Então, alguém veio até eles, o próprio Senhor Jesus! Vivo, ressuscitado. Mas eles não O reconheceram. Jesus lhes perguntou o motivo de tanta tristeza. E, então mostrou que o que acabara de acontecer estava predito no antigo testamento. Era necessário que o Messias morresse pelos homens antes de ser glorificado nos céus. Ao chegar ao seu destino, os dois discípulos insistiram para que o viajante ficasse com eles. Durante a ceia, o Senhor Jesus tomou o pão, agradeceu a Deus e o deu aos seus "hóspedes" (O Senhor Jesus toma o lugar de "dono da casa" nesse momento). Só aí O reconhecerem, mas Ele desapareceu diante deles. Já não era o tempo da fé, mas o da vista!

E nós? Sabemos reconhecer o Senhor? Podemos vê-Lo senti-lo em nós? Ele disse: "E eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século"(Mateus 28. 20) Jamais podemos esquecer que a Sua divina presença habita em nós, isso é promessa dEle que não falhará,se nós vivermos em obediência a Sua palavra e em plena comunhão com Ele. Disse Jesus:"Se alguém me ama, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada"(João 14. 23) Não pode haver promessa mais linda que essa, que nos conforta, anima, encoraja a vivermos em nossa trajetória humana , mesmo a despeito das vicissitudes e contrariedades desta vida, já sabemos que somos mais do que vencedores por Cristo Jesus nosso Senhor e Mestre. Precisamos nunca esquecer da oração do profeta Eliseu:"Senhor peço-te que abras os olhos para que veja. O Senhor abriu os olhos do moço, e ele viu( o invisível da glória e do poder de Deus) 2 Reis 6. 17). 

Que possamos aprender por meio das Escrituras, a conhecer o Senhor e a confiar nEle todos os dias  de nossas vidas. Amém !


Enéas Cândido de Lara

quinta-feira, 14 de maio de 2015

QUANDO DEUS FALA ATRAVÉS DAS TEMPESTADES !


Texto Básico: (Tiago 1. 2-3) Tende por motivo de toda  alegria o passardes por varias provações, sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança”.

Certo homem cristão de baixa renda resolveu investir todas as suas economias na construção de uma casa de madeira. Ele dedicou todo o seu tempo, seu dinheiro, esmerou no capricho para que ela ficasse bela,  à despeito da simplicidade. E ela ficou. A bela casa passou a ser o orgulho e a realização daquele homem. Algum tempo depois de ter edificado a casa, veio uma forte tempestade com ventos e derrubou-a. A frustração do pobre homem gerou rebeldia e, como conseqüência, ele deixou de ir à igreja. Então o velho pastor da igreja que este homem frequentava  foi visitá-lo, para investigar o motivo das suas faltas. Ao ser perguntado, então respondeu: “Como é que eu posso voltar para a igreja e adorar um Deus que permitiu que uma tempestade destruísse minha única casa, abrigo da minha família. 

Aquela pergunta fez o pastor pensar por alguns instantes para depois responder:Deus ama a você mais do que a sua casa. Ele sabe que a casa só permanece edificada sem a tempestade, mas, Ele também sabe que para edificar os melhores homens é imprescindível que venham as tempestades. O objetivo de Deus é edificar homens, e não casas”
A palavra sabia deste velho pastor, mostra a validade da provação na vida do crente. Esta é uma das respostas à pergunta. "porque Deus deixou isso acontecer”? Afinal se somos filhos de Deus, porque sofremos?                              
Existem muitas possíveis respostas a esta indagação que tanto perturba a mente de algumas pessoas: Às vezes o sofrimento é simplesmente comum à todos os homens. Jó colocou o seu sofrimento debaixo dessa categoria (Jó 14. 1) Ele não sofria por causa de pecado, mas por estar vivendo numa esfera de pecado. Assim como Jesus sofria como qualquer outro homem, não como pena por algum pecado cometido, mas por assumir nossa humanidade sob a esfera do pecado. As vezes trazemos sofrimentos sobre nós mesmos como resultado de nossas escolhas. Exemplo: perder todo o nosso dinheiro numa mesa de jogos, adquirir câncer de pulmão por 20 anos fumando, contrair vírus da AIDS por praticar sexo promiscuo etc. Entretanto, as vezes o sofrimento na vida de um crente é realmente uma provação que vem do Senhor. 
A provação é um sofrimento porque visa aperfeiçoar o crente, desenvolver o seu caráter (Tiago 1. 2-4). Deus prova a nossa fé, nos coloca sob teste, porque quer que cresçamos fortes ! Assim como o aço é aperfeiçoado no fogo e o atleta por meio de exercícios forçados, as tribulações cooperam para um caráter resistente e apto para instruir e ajudar outros que sofrem. É motivo de alegria, não somente saber que quem suporta a provação é bem-aventurado, mas também por saber que existe uma recompensa imensurável, tesouro glorioso, premio maior a coroa da vida. “Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam( I Coríntios 2. 9)
“Irmãos, tomai por modelo no sofrimento e na paciência os profetas, os quais falaram em nome do Senhor. Eis que temos por felizes os que perseveraram firmes. Tendes ouvido da paciência de Jó e vistes que fim o Senhor lhe deu; porque o Senhor é compassivo e cheio de terna misericórdia.  (Tiago 5. 10-11).
Que Deus te abençoe  grandemente, em nome de Jesus. Amém!

Enéas Cândido de Lara



segunda-feira, 11 de maio de 2015

ESTE RECEBE PECADORES E COME COM ELES !

             
O senhor Jesus foi censurado e perseguido muitas vezes por escribas e fariseus, por Ele agir de forma contraditória a frieza e a rigidez da lei mosaica. Veja o texto (Lucas 19. 1. 10) aqui nos diz que Jesus ia passando pela cidade de Jericó, e um homem chamado Zaqueu, ele era de pequena estatura, então, subiu em uma arvore para poder ver Jesus. Este homem era odiado pelos judeus, por ser um publicano, (cobrador de impostos). Os judeus viviam subjugados por Roma e Zaqueu trabalhava cobrando impostos dos Judeus para Roma. 

Desde daquele tempo, já existia no mundo corrupção, injustiça, roubalheira as pessoas tinham que pagar muito mais do que era justo. E o Zaqueu era considerado um ladrão por agir assim. Por isso, houve estranheza dos escribas e fariseus, quando Jesus chega embaixo daquela arvore, olha para cima e diz:”Zaqueu desce depressa, pois me convém ficar hoje em tua casa”.  Como que no meio de tanta gente que o cercava, Jesus resolve escolher logo a casa desse  odioso pecador Zaqueu? Era isso que os judeus pensavam. Mas, com este publicano Zaqueu  foi diferente, quando ele ouviu falar de Jesus, ele não mediu esforços, ainda que fosse preciso a humilhante atitude de como um menino levado, subir numa arvore para poder ver Jesus, ele o fez. E por isso, quando Jesus passa por ali olhando pra cima disse: "Zaqueu desce depressa, pois me convém ficar em tua casa hoje”.

 Há..... como é difícil, e até incompreensível para o homem sem conhecimento da graça de Deus, ter que contrastar, a sua razão, a sua lógica, a sua religiosidade aparente, especialmente aqui no caso do bairrismo judaizante daquele tempo.
(Isaías 55. 8) Disse Deus: Os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos, são os meus caminhos”. É completamente impossível querer entender o agir de Deus, usando a nossa lógica humana.
(Lucas 15. 2) nos diz que; escribas e fariseus censuraram Jesus dizendo; "Este recebe pecadores e come com eles". Então, diante desta censura Jesus passa a contar três parábolas, como que explicando a razão do seu comportamento até então estranho a vista dos Judeus. Ele conta:  "A parábola da ovelha perdida". 
Essa parábola da ovelha perdida contada por Jesus é, que eu  gostaria de dividir com vocês agora, tentando explicar sobre a "Ótica de Deus para com o homem perdido que é seu filho, ovelha perdida do seu pastoreio a qual Ele veio buscar e salvar" . Primeiro se faz necessário esclarecer, (Um mistério!....) algo que para muitos crentes é nebuloso, obscuro o fato de que no mundo existem dois tipos distintos de homens.
01) Os homens que são filhos de Deus, separados, eleitos, por Deus antes da fundação do mundo. (Efésios 1. 4).
02) E aqueles que são somente seres humanos, que não foram criados e escolhidos  para salvação, mas que são procedente da malignidade do ímpio Caim----Parece-nos a primeira vista, uma dura e terrível revelação. Em (Rom.9. 22). Diz Paulo: “Que diremos, pois, se Deus, querendo mostrar a sua ira e dar a conhecer o seu poder, suportou com muita longanimidade os Vasos de ira, (preparados para a perdição”) E continuou dizendo; "Afim de que também desse a conhecer as riquezas da sua gloria em vasos de misericórdia que para gloria (Preparou de antemão). Entenderam essa revelação?
(João 3. 12) diz: “Não segundo Caim ,que era do maligno e por isso assassinou seu irmão”.(O texto não diz que por causa de matar Abel, é que Caim tornou-se do maligno. (Não!...ele já era do maligno desde o seu nascimento.  O pecado de Adão deu origem á duas descendências: (Os filhos de Deus, e os filhos do diabo).  Partindo dessa premissa, entendendo esta revelação, nós começamos a compreender a postura de Jesus e, o seu ensinamento com mais clareza. O porque do seu relacionamento com homens pecadores?, o porque ter que ir buscar? o porque ir atrás de homens considerados pelos Judeus como pecadores, imundos, indesejáveis, como por exemplo este publicano Zaqueu? Coisas  estas, que os religiosos daquele tempo não podiam entender a postura Jesus. Então, Jesus explicando o seu divino e gracioso ministério terreno, passou a contar a primeira parábola.
 “A gloriosa parábola da ovelha perdida”.Preste atenção para o descrever de Jesus: (Lucas 15. 3)Disse; "Qual é o homem, que possuindo 100 ovelhas e  perdendo uma delas, não deixa no deserto as 99 e vai em busca da se perdeu, e procura, procura até encontrar, e achando-a põe sobre os seus ombros, e com jubilo e alegria trás de volta para o aprisco. E Jesus termina a sua parábola  dizendo; "Que neste dia haverá jubilo, que haverá festa, alegria no céu por mais um pecador que se arrepende".
(Lucas 19. 10) disse Jesus: “Porque o filho do homem veio buscar e salvar o perdido”. Jesus não disse que ele veio salvar o mundo todo, mas sim, as ovelhas perdidas do seu aprisco, aquelas que aqui estando neste mundo, contudo; vivendo longe, desgarrada, perdida, machucada, ferida, sangrando pelos desfiladeiros deste mundo, e talvez até, sem forças pra voltar ao aprisco precisando ser buscada, socorrida, carregada.-----A esta Jesus disse:(Lucas 15. 5) que ele vai procurar até encontrar, e quando achar, Ele vai colocar sobre os seus ombros e gostosamente vai trazer de volta para o aprisco. (João 18. 9) disse Jesus; para se cumprir a palavra que dissera: “Não perdi nenhum dos que o Pai me deu”.
(João 6. 37) disse Jesus: “Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim; e o que vem a mim, de modo nenhum lançarei fora”.(que maravilhosa segurança é essa promessa que nos faz confiantes, seguros, vitoriosos porque suas promessas jamais falharão).
Pense nisso!
E que Deus te abençoes em nome de Jesus!

Enéas Cândido de Lara









quinta-feira, 7 de maio de 2015

DISSE JESUS:" EU SOU A PORTA". SE ALGUÉM ENTRAR POR MIM, SERÁ SALVO"{....} JOÃO 10.9.

 Olhe bem para essa  ilustrativa imagem! Ela fala por si só e, traduz toda a verdade do amor de Deus para com o perdido pecador, providenciando o único meio de graça pelo qual, será salvo. Leia o texto abaixo,

No caminho de nossas vidas existem somente duas portas.  Uma é a porta do Céu que é Jesus Cristo, e a outra é a porta do inferno.  Numa dessas portas nós vamos ter que inquestionavelmente entrar um dia. "Não temos como escapar dessa realidade". Qual porta você tem escolhido para entrar?. O Senhor Jesus nos adverte que para entrar nessa porta que é Ele, tem um condicional estabelecido. Disse Jesus:"Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim"(João 14. 6). O Senhor Jesus por te  amar com amor eterno, pagou no suplicio daquele horrível calvário, o maior de todos os preços para te salvar, com o derramar do seu sangue, purificando-o de suas  culpas e  pecados.  A imagem ilustrativa acima, retrata claramente essa verdade. Se você não tiver Jesus Cristo como o seu único Salvador pessoal, não entrará no descanso eterno. Porque, segundo a imagem ilustrativa, para entrar no Céu tem que estar andando na sustentação  do poder desse único caminho, que pela fé nos faz regenerados, transformados, justificados mediante o derramado sangue de Cristo Jesus, que morrendo nessa infamante e até então "Maldita Cruz" trouxe para todo aquele que nele crer a salvação para sua alma.

Em contrapartida, nessa mesma  imagem, vemos pessoas caindo no precipício horrível do fogo eterno do inferno, o qual será para toda a eternidade.  Isso, porque, menosprezando o grande e divino amor de Cristo Jesus, não o aceitaram como salvador de suas almas. Naquele dia, não poderão se beneficiar dessa graça que é a Sua Cruz, que nos faz a ligação desta vida com a vida eterna .   Essa segurança da nossa travessia, está em Cristo Jesus, que somente pela fé no Seu sacrifício nós somos lavados,purificados de todas as nossas injustiças e pecados.(João 1. 7) E assim, podemos vitoriosamente chegarmos  as moradas eternas da glória, para reinarmos por toda a eternidade.
Lamentavelmente, existirão muitos que não crerão na realidade dessa verdade, e como o próprio Jesus disse:"Mas vós não credes, porque não sois das minhas ovelhas. As minhas ovelhas ouvem a minha voz; e eu as conheço, e elas me seguem. Eu lhes dou a vida eterna; jamais perecerão, e ninguém as arrebatará da minha mão"(João 10. 26-28)
Entretanto, existem muitos neste mundo, que ainda  não conhecem a graça maravilhosa do amor de Deus, manifestado em Cristo Jesus,  para a salvação de suas  almas. É preciso urgentemente estarmos levando essa boa nova de salvação, enquanto ainda é tempo. A palavra de Deus nos diz em (Hebreus 4. 7)" HOJE, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso coração".
Não existe em nossa vida decisão mais importante que essa, porque ela definirá o futuro da nossa eternidade. Pense nisso! E que Deus vos abençoes, em Nome de Jesus!
Enéas Cândido de Lara




segunda-feira, 4 de maio de 2015

Q GLORIOSO ENCONTRO NO MONTE DA TRANSFIGURAÇÃO!


O monte da transfiguração!
Texto Básico: (Mateus 17. 5) Disse Deus:"Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo; a ele ouvi"

O senhor Jesus quis fazer conhecer aos homens a sua gloria, o seu poder, quem era de fato Ele, o Deus encarnado, e para isso quis revelar-se resolvendo escolher três discípulos para testemunho que seria dado, após sua morte. E, entre os doze discípulos escolheu: Pedro, Tiago e João. Porque esses três?... Qual é o homem, ou a mulher que Deus usa? Com certeza aquele que se dispõem, aquele que se entrega, aquele que é capaz de renunciar o mundo e sua gloria por amor a causa de Cristo. Neste caso, o fato é que foram Criados dois grupos. (Os que foram com Jesus, e os que ficaram sem Jesus.) E nós vamos ver que ficar sem Jesus é uma coisa terrível, é uma experiência amarga  frustrante de derrota, impotência e vergonha.
Pensando no grupo que foi com Jesus, quando chegaram no alto do monte, algo glorioso aconteceu ali. A gloria do céu baixou naquele lugar, e o próprio Deus esteve ali e falou com eles. O rosto de Jesus resplandeceu como o sol, e seu vestido ficou branco como a luz e, apareceram dois personagens celestiais do passado (Moisés e Elias) e conversavam com eles.

 O interessante saber, é que quando nós chegarmos na gloria celestial, nós vamos reconhecer as pessoas. Quem sabe o nosso Pai, que a tanto tempo nos deixou, a nossa saudosa mãezinha, os nossos ente-queridos, como também os grandes personagens Bíblicos que tanto aprendemos a amar, e que serviram de estimulo e coragem para nossa caminhada da fé.. Que gloria será esse dia quando chegarmos no céu, poder conhecer e cumprimentar Abraão o pai da fé, dar um aperto de mão em Davi, bater um papo com Moisés, dar um abraço em Pedro...... Há!.....que gloriosa recepção, que festa maravilhosa será a nossa chegada lá na gloria. É claro que tudo isso será, depois de primeiro ter encontrado com Jesus o nosso tão amado Salvador, o galardoador dessa gloria toda que a nós foi conferida Por sua imensurável graça e amor.
Mas, pensando um pouco no texto, o porque da aparição de Moisés e Elias? Qual seria a importância destes dois homens ali? Porque não apareceu Davi o homem segundo o coração de Deus,? porque não Abraão o amigo de Deus? porque não Eliseu, Josué, Daniel, enfim, qual é o significado destes dois homens? Se nós analisarmos suas vidas, talvez possamos entender o porque.  A grande revelação de Jesus, nesta montanha, tinha pra mim, um grande ensinamento, e a lição que eu aprendo aqui, é que tudo o que aconteceu lá no monte, não era só Jesus mostrar quem era Ele, a sua gloria, seu poder, mais para preanunciar que aquela gloria toda que ali estava, haveria de voltar outra vez no final dos tempos, quando Ele vier buscar a sua igreja.
Então ai, da para entender o porque da presença de (Moisés e Elias.)¨ Moisés foi o escolhido de Deus para libertar o povo de Israel que estava oprimido e gemia na escravidão do Egito, ele era o porta voz de Deus, sua palavra era palavra de Deus, sua boca era a boca de Deus, abria para profetizar benção e maldição, para profetizar vitória e derrota, e para fazer o povo viver no sobrenatural de Deus. Moisés foi um servo de Deus muito especial, e tinha com Deus um relacionamento intimo e particular.  
 (Números 12.3-8) Deus disse:Era o varão Moisés, o homem mais manso da terra”, e no (Ver.8) disse; “Boca a boca falo com ele e de vista e não por figura”. Que galardão glorioso teve Moisés nessa missão que era dirigida por Deus, com a participação física de Moisés. Nós conhecemos a luta estressante de Moisés para retirar o povo de Deus do Egito, e muito mais na condução deste povo pelo deserto por 40 anos.
Quando eles chegaram a margem do rio Jordão e, que avistaram do outro lado a cidade de Jericó, a terra prometida, pelo qual tanto esperaram e sofreram por 40 anos naquele deserto abrasador, Deus diz a Moisés: “Você Moisés, não vai entrar lá, você vai morrer deste lado de cá”. Deus leva Moisés para o monte, e ali, Moisés morreu e Deus o sepultou em algum lugar que ninguém conseguiu achar até hoje.
 Assim, como eu e você meu irmão, estaremos sepultados um dia em um Cemitério qualquer espalhados ai pelo mundo, isso não importa se Jesus não voltar antes, o nosso corpo aguardará o dia glorioso da ressurreição, na volta de Jesus para nos levar para sempre com ele morar. É isso que para mim representava Moisés no monte da transfiguração, para anunciar que todos os que morrem em Cristo, serão ressurretos naquele dia, quando a gloria do Senhor Jesus vier para buscar a sua igreja, e com ele nos formos reinar.
 Mais junto com Moisés veio também Elias. E, este homem abençoado de Deus, que a meu ver estava ali, representando todos os que estiverem vivos quando Cristo vier buscar sua igreja, todos serão arrebatados, não vão conhecer a morte, assim como Deus fez com  Elias, subiremos gloriosamente a encontrar Jesus.
O que Pedro, Tiago e João estavam vivendo ali no monte, era um lampejo da gloria futura, e foi tão bom que Pedro meio sem saber o que dizer, mas entendendo ser ali o melhor lugar do mundo, propôs fazerem tendas para ficarem pra sempre ali na presença do Jesus glorificado. Porem, Jesus disse: Nós temos que voltar, porque lá embaixo tem gente precisando de mim. “HÁ...COMO ESTAVAM PRECISANDO”!. 
Como é confortante saber que Jesus se preocupa com os que estão aqui embaixo, e providencia socorro, libertação e que prometeu estar conosco todos os dias até a   consumação do mundo. O grupo que foi com Jesus era só alegria, gozo, vitória, mais os que ficaram sem Jesus estavam em grandes apuros.
 Um jovem endemoniado estava se debatendo e o diabo estava nele humilhando os discípulos que estavam sem Jesus. Escribas, fariseus possivelmente criticavam os discípulos por eles não poderem expulsar aquele demônio. A situação estava insustentável no sopé daquele monte, a força do inferno prevalecia sobre os discípulos sem poder Há!....como ficar sem Jesus é algo terrível! . Porque sem Jesus a tempestade não passa!.   Porque sem Jesus a doença não sara!.
 Porque sem Jesus a vitória é só do inimigo!. Porque sem Jesus o lázaro não sai do tumulo! Porque Ele disse: “Sem mim nada podeis fazer.” Aqueles discípulos ao pé do monte eram os que ficaram sem Jesus, e sabe porque eles não puderam expulsar o demônio?
   01). Eles ainda não tinham fé suficiente, e nem tinham recebido o poder que só Jesus mais tarde lhes concedeu com a descida do espírito Santo.
   02). Se eles tivessem conseguido expulsar aquele demônio, estariam orgulhosos dizendo, nós não precisamos de Jesus, sem ele aqui, nós resolvemos tudo.  ”Nós somos os bons aqui do pedaço”. Quando Pedro, Tiago e João descessem daquele monte com sorrisos contagiante, embora nada pudessem falar, o que viram lá encima, os discípulos sem Jesus iriam dizer, vocês não fizeram falta aqui, nós fizemos milagres, expulsamos demônios, fizemos maravilhas, "MESMO ESTANDO SEM JESUS".


Entretanto, o quadro encontrado foi outro, os discípulos ridicularizados, zombados pelos escribas e fariseus, em grande apuros, de repente eles olham para o monte, e vê Jesus descendo, Há!........ que grande alivio, que sentimento de paz, de alegria, de consolação. Eles não sabiam mais o que fazer, mas agora Jesus vinha chegando, e para Jesus nada é impossível. Jesus é a solução para qualquer problema. Jesus chega, vê aquele situação, constrangedora e exprime um desabafo. (Ver.17) Ó geração incrédula e perversa! Até quando estarei convosco?Até quando vos sofrerei?. E,  então expulsou o demônio e devolveu a saúde aquele menino. Disse Jesus: "A minha paz vos dou, não vo-la dou como o mundo a dá" Mesmo porque, a paz do mundo é passageira, sobressaltada, insegura, instável, mas Jesus é fonte inesgotável de vida, e ele disse:Não quereis vir a mim para terdes vida, e vida em abundancia”. 
Que nós possamos ser sempre vitoriosos, vencedores abrigando-nos em Cristo Jesus o autor e consumador da nossa fé. 

Enéas Cândido de Lara

sexta-feira, 1 de maio de 2015

A GLÓRIA DE UM CÉU PASSAGEIRO !

Disse Jesus:" Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma"?(Marcos 8. 34)

Certo homem era casado com uma mulher muito crente, cuja paciência  era muito grande, e este aproveitava da sua tolerância. Para se gabar da submissão de sua esposa, ele levou um de seus amigos, o qual estivera bebendo com ele num bar, quando as horas já adentravam a madrugada de um novo dia. Aquela mulher já estava dormindo, quando ao tocar na porta levantou-se  para abri-la. Então, aquele homem entrando grosseiramente disse:  faça uma comida pra mim comer. Sem esboçar nenhuma contrariedade, aquela mulher foi para o fogão cozinhar.
Enquanto a observava cozinhar, o marido sorria satisfeito consigo mesmo, mas o amigo permanecia pensativo. Quando a mulher serviu a mesa, o visitante perguntou-a: Não consigo compreender como a senhora se submete aos caprichos de seu marido!

Com olhar pesaroso respondeu: Senhor, esse é o único céu que ele conhece, e ele é tão passageiro!. Diante dessa resposta o visitante emudeceu. Então, ele repetiu em baixa voz: “Esse é o único céu que ele conhece", e ele é tão passageiro!. E, assim pensativo ponderou, se isso estiver correto, então, o que vem depois é o inferno?.......o qual é eterno e sem chance de retroceder. E ao sair dali, foi meditando naquelas palavras, e quando deitou não conseguia dormir. No dia seguinte ligando o rádio ouviu uma pregação do evangelho, e imediatamente foi tocado pela mensagem e se converteu, entregando sua vida a Jesus. Obtendo aquela gostosa paz que só os verdadeiros salvos por Cristo Jesus já experimentaram.

Tudo isso, porque impressionado viu na simplicidade daquela mulher, a maior de todas as pregações sem esboçar palavra alguma, apenas com submissão, resignação e paciência o maior de todos os testemunhos feito por alguém que vivia a grandeza de sua fé, vivendo o amor que inundara sua vida, transformando-a em nova criatura. O Senhor Jesus ao pregar o seu majestoso sermão do monte Ele disse: Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus”(Mateus 5.16).

Talvez, você não tenha o talento de um grande e eloquente pregador, mas poderá pregar a mais poderosa e eficiente mensagem evangelística, vivendo a santidade do resplendor glorioso de Cristo Jesus em sua vida, nas suas atitudes, e no seu comportamento para com o teu próximo, mostrando-lhe sobretudo a excelência do verdadeiro amor, vivendo-o. É exatamente isso que Jesus espera que você faça, sendo Seu servo.

Que o SENHOR grandemente te abençoe, em nome de Jesus!
Enéas Cândido de Lara



Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger