segunda-feira, 1 de junho de 2015

ARVORE PLANTADA JUNTO Á CORRENTES DE ÁGUAS!


TEXTO BÁSICO:
(Salmo 1. 3)"Ele é como árvore plantada junto a corrente de águas, que, no devido tempo, dá o seu fruto, e cuja folhagem não murcha; e tudo quanto ele fizer será bem sucedido".

Com a evolução da técnica de produção rural de alimentos, hoje se torna normal o uso de irrigação natural através de desvios de rios, canalizações e até o uso de bombas Hidráulicas para bombeamento de águas, possibilitando assim a irrigação de uma grande área de plantações.
Quando o Salmista escreveu este (Salmo 1) ele via as frondosas arvores as margens dos rios, que a despeito de grandes estiagens permaneciam de folhas verdes, viçosas sem serem molestadas pela sequidão circundante.  Essa expressão, frente  a situação que sugere, ilustra de modo belo a vida do homem cheio do Espírito Santo.
Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva” (João 7. 38). Graças à Deus que em Cristo Jesus somos plantados junto dos rios do Espírito, e assim ficaremos para sempre, e até mesmo além desta vida terrena. O Cordeiro que se encontra no meio do trono os apascentará e os guiará para as fontes de águas da vida”(Apocalipse.7. 17) Ali, seremos supridos do Espírito Santo, e glorias espirituais teremos muito além daquilo que nós podemos imaginar. O homem dirigido pelo Espírito Santo, tem uma vida muito mais profunda e gloriosa do que aquilo que a mente humana pode compreender.(I Corintios. 2. 14-15) e além do alcance e da manipulação dos ímpios, que nada pode fazer para destruí-lo. (Colossenses. 3. 3)  Porque somos como arvores cujas raízes profundas se alimentam da força poderosa do espírito Santo que em nós habita. “E que no tempo oportuno dá o seu fruto”(Gálatas 5.23- 32).


O Homem espiritual é dirigido por virtudes especificas em cada situação. Em tempos de lutas e aflições, sabe demonstrar paciência; em tempos de vivência espiritual, revela zelo; em tempos de fraqueza e tentação, exerce domínio próprio. Em tempo de escassez  é sustentado pela fé; e assim vive as varias experiências da vida fazendo exteriorizar na superfície a riqueza  do seu caráter espiritual, que possui na sua essência. Essa foi a experiência do apostolo Paulo que disse:Aprendi a viver contente em toda e qualquer situação” (Filipenses. 4. 11). 
O homem que vive segundo o Espírito, sempre será como as frondosas arvores que demonstram vida, vitalidade e de folhas verdes, ainda que viva em meio das lutas, tribulações e vicissitudes, sempre estará demonstrando tranqüilidade, força, vigor, esperança, porque continuadamente é nutrido da mais gloriosa essência da água da vida, que procede das misericórdias graciosas de Deus. 
Que Deus grandemente te abençoe, em Nome de Jesus!

Enéas Cândido de Lara

Nenhum comentário:

Postar um comentário