quinta-feira, 16 de julho de 2015

FILHOS DE DEUS, E FILHOS DO DIABO I?


 
TEXTO BÁSICO. (João 10. 27) As minhas ovelhas ouvem a minha voz eu as conheço; e elas me seguem”.
Nós conhecemos a conseqüência desastrosa do pecado de Adão e Eva no paraíso. Nós sentimos hoje os influxos na própria pele, o resultado desta tremenda tragédia . Adão e Eva, foram criados sem pecado e a semelhança dos anjos viviam no paraíso sendo Santos. Entretanto, após o pecado cometido, foram expulsos do jardim, porque agora eram pecadores, indignos, infiéis trazendo para toda a raça humana  a conseqüência desastrosa da sua infidelidade.  Mas, isso, não é todo o mal que aconteceu!. O pecado trouxe a existência de uma nova criatura, (O filho do diabo).  Do ventre agora pecaminoso de Eva,  nasceram duas sementes.Isto é; duas gerações. Os filhos de Deus, e os filhos do diabo. Disse Jesus: Vós sois do diabo, que é vosso Pai, e quereis satisfazer-lhe os desejos.” (João 8. 44)
 
Vamos procurar entender isso? Vejamos o que diz a palavra de Deus.. (1 João 3. 12) diz: “Não segundo Caim, que era do Maligno e assassinou a seu irmão” Veja!... ele não tornou-se do maligno por ter assassinado seu irmão, mas, por já ser do maligno desde o ventre é que matou a seu irmão.
Aqui, começou a existir dois tipos de homens no mundo.(OS FILHOS DE DEUS.e os (FILHOS DO DIABO). Os inscritos no livro da vida para salvação e, que tiveram a sua eleição antes da fundação do mundo. (Efésios 1. 4) diz Paulo; Assim como nos escolheu Nele antes da fundação do mundo, para sermos Santos irrepreensíveis perante ele, para adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade”.
 Assim, depois do pecado Deus ter criado aquele homem procedente da malignidade do ímpio Caím. Os quais, não foram eleitos para salvação, muito pelo contrario, são frutos da resultante desobediência dos nossos primeiros pais.                                   

Sendo assim; Deus criou um homem  e não lhe deu chance nenhuma de salvação? como explicar isso?  Leia com muita atenção porque esse ensinamento é profundo, estamos entrando na esfera da soberania de Deus, e de Seus atributos eternos.
(Romanos 9. 22) diz Paulo:” Que diremos, pois, se Deus querendo mostrar a sua ira e dar a conhecer o seu poder, suportou com muita longanimidade os vasos de ira (PREPARADOS PARA A PERDIÇÃO). ou seja; eles não tem nenhuma chance, por que foram criados para esse fim .  Todo Ser humano é criatura de Deus. Mas, Filhos...... !  são só os eleitos que tiveram a sua escolha antes da fundação do mundo. (Efésios 1. 4)diz:. Assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor nos predestinou para ele”. Assim, pois, não depende de quem quer, ou de quem corre, mas de usar Deus a sua misericórdia. (Rom. 9. 16).  Aqui então fica muito claro, que Deus criou um homem para ser salvo e, outro para ser condenado.

 Meu irmão, amigo leitor deste texto, se a primeira vista você discorda deste posicionamento que aparentemente é tão drástico tomado por Deus, veja   (Rom.20- 21) Quem és tu, ó homem para discutires com Deus?!. Porventura, pode o objeto perguntar a quem o fez: Por que me fizeste assim?. Ou não tem o oleiro direito sobre a massa, para do mesmo barro fazer um vaso para honra, e outro para desonra?.  Para um homem Deus aplica tão somente a justiça que os seus atos merecem, ou seja; Condenação!. Mas, á outro Deus concede Misericórdia e graça, ou seja, favor imerecido. É a soberania do Pai nos seus divinos propósitos.
Nós temos convivido com as pessoas de raças e de continentes deferentes, de classes sociais também diferentes, num planeta terra que abriga hoje (+- 7Bilhões de pessoas) entretanto, andando pelas ruas muitas vezes não podemos identificar  pela aparência, nenhuma anomalia exterior que indique que aquela pessoa é um inimigo, (Não nosso, mas, que é inimigo de Deus).

No entanto, nós temos convivido com pessoas que são amáveis, caridosas, prestativas, de bom coração, pessoas que até fazem parte da nossa família, cresceram juntos de nós, e que temos estreito relacionamento com eles e, que embora não confesse a mesma fé nossa, é muito melhor relativamente em suas obras, do que muitos crentes que enchem muitas igrejas por ai. E as vezes a gente até diz; “Essa pessoa só falta ser crente”!.
(Mateus 25. 33)disse Jesus; Que no ultimo dia, o do julgamento, Ele como o pastor vai separar os cabritos, das ovelhas. Comece meu irmão a prestar a atenção no significado de cada expressão de Jesus a partir daqui....
Jesus esta dizendo que no mundo tem homens que são completamente diferentes uns dos outros, muito embora, essa diferença não seja visível a nossos olhos, (ou seja, á olhos humanos). Contudo, Jesus disse: Quando vier o filho do homem na sua gloria, ele vai Separar uns dos outros, como o pastor separa os cabritos das ovelhas. Porá as ovelhas a sua direita, mas os “cabritos”, a sua esquerda.  Jesus usou a figura da ovelha para identificar o filho de Deus, como também usou o cabrito para identificar o filho do diabo.

(João 10. 27) disse Jesus: “As MINHAS ovelhas ouvem a minha voz”.
Primeira coisa relevante a observar é, que Jesus só chama ovelha que já lhe pertence.

 Como explicar então a conversão de uma pessoa que pelos seus atos nefastos praticados, indicam ser ela um filho do diabo? E de repente, ela se converte, muda de vida, o que temos visto acontecer com ladrões, assassinos, seqüestradores etc.
 A VERDADE É, QUE NENHUM FILHO DO DIABO SE CONVERTE”!. O que converte é, aquela ovelha que nascendo no meio dos cabritos e, vivendo como cabritos, banqueteando dos manjares dos cabritos e, que tendo ainda que temporário prazer na sua infâmia, ela é ovelha, tem ouvidos de ovelha, tem sensibilidade de ovelha e que um dia a misericórdia graciosa do Senhor vai chamar, buscar, resgatar e quando ela ouvir a sua voz de amor, prontamente vai identificar, reconhecer e imediatamente vai deixar a vida nefasta de cabrito e, correr para  os misericordiosos braços do bom pastor.

Veja Bem meu irmão!. Nunca Jesus disse que chamaria os cabritos do mundo, para os transformar em ovelhas. Mas, Jesus disse que”Chamaria as suas ovelhas”. Mesmo porque, se ele chamasse os cabritos com voz de pastor que ele é, diz nos a história dos grandes criadores de ovelhas, que jamais cabritos vão entender a voz do pastor, pode o pastor ficar o dia inteiro chamando que nenhum cabrito vai atendê-lo, porque, não há compreensão, identificação, entendimento. Mas, as ovelhas entendem porque tem sensibilidade, natureza, ouvidos de ovelhas. Porém, isso não acontece com os cabritos, porque não entendem o chamar de um pastor. (João 10. 26) disse Jesus; Mas vós não credes, porque não sois das minhas ovelhas”.  Graças a Deus, porque um dia nós ouvimos o chamar de amor do supremo pastor e, corremos para os seus braços. E espero que você também tenha tido esta mesma experiência, você que  é ovelha que pertence a ele, você é aquele que Deus o amou antes da fundação do mundo, para que vivendo estes dias aqui  nesta peregrinação terrestre, pudesse testemunhar que é filho do Deus eterno, ovelha do seu pastoreio, até aquele dia em que ele vier nos buscar para com Ele irmos  morar para todo o sempre na gloria eterna. Amém. 
 
 Enéas Cândido de Lara
 
 

 

 

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger