terça-feira, 11 de agosto de 2015

CAMINHANDO EM DEMANDA DA GLÓRIA!

Texto Básico: (João 14. 6)
Disse Jesus: “Eu sou o caminho, e a verdade e a vida: ninguém vem ao Pai senão por mim”

Um dia desses entrando numa sala de “bate papos”, onde  acirrado debate ocorria, cujo tema era: A vida depois da morte!.  Diante de pensamentos conflitantes notei; heréticos, legalistas, ateus, e até um suposto ortodoxo, pessoas que se intitulavam religiosas, e conhecedoras de assuntos espirituais. Então, por algum tempo fiquei em oculto com grande tristeza a observar tanta ignorância e desconhecimento da palavra de Deus. Quando alguém parecendo liderar o debate disse: Podemos estar em lados opostos, e caminhando separadamente, mais um dia chegaremos num mesmo lugar. Pensamento este, que estranhamente ouve unânime concordância, salvo a intervenção de um silencioso participante que os advertiu dizendo: A única verdade é a da Bíblia Sagrada, somente ela nos mostra o caminho, e a direção segura para o céu. 
Quando vamos viajar para um pais distante, temos que providenciar o passaporte, o visto de concordância com as leis deste pais. Assim, também, se quisermos entrar nas moradas eternas do céu, devemos se portar em conformidade com as leis do Senhor. No texto acima em destaque; Jesus fala das moradas celestiais quando disse:” Eu vou preparar-vos lugar. Então, diante dessa afirmação o cético  Tomé lhe disse: “Senhor não sabemos para onde vais, como saber o caminho? Então Jesus disse: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim”. Com essa afirmação estava declarando que só há um jeito, uma única possibilidade de chegarmos nas moradas eternas do céu; que é crendo na oferta da obra  graciosa e redentora do calvário.

 (Hebreus 19. 23)Pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou pelo véu”. Isto é, pela sua carne. Quando derramando o seu precioso sangue, nos comprou para Deus, e agora na condição de servos, redimidos, resgatados, lavados, purificados podemos achegarmos a Deus, com a dignidade adquirida dos méritos do imolado cordeiro, que se doou morrendo substitutivamente, a todos aqueles que arrependidos se achegarem a ele, confiantes no seu sacrifício, será salvo. 
Preste atenção para o que disse Jesus: “Vós sois meus amigos, se fazeis o que eu vos mando”. (João 15. 14) É um condicional estabelecido por quem é o dono da gloria, Senhor absoluto da vida e da morte, e que pagou com o sacrifício da própria vida o preço do resgate do perdido pecador, que crendo em sua graciosa oferta e obedecendo os seus mandamentos, será salvo. E por isso, ele disse: Que só há um caminho, um só jeito, uma só possibilidade de conseguirmos salvação, que é através dEle, e somente por ele. Nesse caminho não pode haver discrepâncias, divisões e nem tão pouco alternativas. “Agora, porém vos reconciliou no corpo da sua carne, mediante a sua morte, para apresentar-vos perante ele santos, inculpáveis e irrepreensíveis”.

“Porquanto há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem( I Timóteo 2. 5).


 Que a graça de Cristo Jesus te abençoe meu amigo leitor desta mensagem! Amém

Enéas Cândido de Lara

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger