sábado, 28 de novembro de 2015

UM SINGELO, MAS GRANDIOSO FEITO!


Texto básico: (Marcos 14. 1.9)

Este contestado episódio aconteceu na cidade de Betânia,  na casa de Simão o conhecido leproso; ou melhor, aquele que era leproso, mas que fora curado pelo Senhor Jesus.
Talvez, essa foi a razão daquele banquete ali na casa de Simão. Um agradecimento a Jesus pela cura recebida. E, para isso, Simão convidou algumas pessoas que também tinham sido curadas por Jesus. E, entre estas ali estava Lázaro o que foi ressuscitado dias antes. Então, Maria sabendo que Jesus estaria ali, ela deu um jeitinho de entrar naquele lugar e surpreendentemente apareceu junto à Jesus. E com um vaso de precioso perfume de alto valor, e diz o texto que ela quebrou aquele vaso e derramou sobre Jesus, então toda a casa encheu-se daquele rico perfume. Tudo isso aconteceu, quando Jesus estava a mesa, porém, Simão certamente não à convidara, e nem considerava digna a sua presença  ali. 
 Simão como todos os demais, não entenderam a atitude de Maria, em gastar um valor tão grande com aquele unguento para ungir Jesus. Mas, a diferença era que Maria sabia exatamente o que estava fazendo. E por eles não entenderem, então a criticaram. O Senhor Jesus ainda não havia assumido Seu lugar como o majestoso Rei deste mundo, pois ele o fará somente no milênio, quando os redimidos chegarão à Sua presença agora não precisando mais do precioso unguento de Nardo Puro, mais sim, da verdadeira adoração, para  O glorificá-lo, e render-lhe graças. 
Jesus ainda estava vivendo na humilde aparência humana, mas Maria especialmente já o reconhecia como o verdadeiro Filho de Deus. Maria tinha vivido com O Senhor Jesus recentemente momentos dramáticos, contudo; sem deixar de explicitar a sua gloriosa divindade, quando frente ao sepulcro de Lázaro, naquele ambiente de grande comoção, Jesus vivendo o seu lado humano como homem, Ele sentiu tristeza, sentiu dor, sentiu na pele o irremediável estrago tão grande que o pecado trouxe para a toda a humanidade de grande impotência, e miserabilidade irreversível que seja, a dor do preço que todos nós temos que pagar um dia. "A Morte"!. E ali, como homem Jesus chorou!....... chorou o nosso choro junto com todas aquelas pessoas, mais especialmente junto com Marta e Maria, Ele partilhou as dores humanas, mais não ficou só olhando para o frio sepulcro de Lázaro, Ele tinha o poder para reverter aquela situação e portanto Ele agiu, e disse: “Lázaro sai para fora”! e o ressuscitando, entregou vivo e salvo para aquelas inconsoláveis irmãs.

Maria, sabia e o reconhecia que ali estava o verdadeiro Filho de Deus, o dono da vida e da morte, aquele que em defesa da sua criticada atitude  dissera; que iria morrer e ressuscitar. Ele afirmou: “Esta fez o que podia; antecipou-se a ungir o meu corpo para sepultura”. (Marcos 14. 8) A fé de Maria era  convicta na declaração de Jesus, até porque não poderia ser diferente depois de ver o maior de todos os milagres acontecer, a ressurreição do seu irmão Lázaro, depois de 4 dias de sepultado, e já estar em estado de decomposição, Jesus tê-lo trazido de volta a vida. Então, é plenamente justificável que sua fé fosse robustecida se evidenciasse maior do que os seus próprios discípulos, que embora também presenciasse tal fato, e muitos outros, nem sequer creram quando Jesus ressuscitou!. 
O texto nos diz: “Encheu a casa do cheiro do unguento”.  Há!......que belo ensinamento, que bela figura do que deveria ser a  verdadeira adoração ao Senhor. Aqui eu vejo que O valor tão grande e a preciosidade daquele unguento, que Maria usou, simboliza a adoração em espírito e em verdade, dos redimidos pelo Sangue de Cristo Jesus, em resposta ao Seu grande sacrifício na infamante Cruz do Calvário. (2 Coríntios. 2. 15) diz: “Porque nós somos para com Deus o bom perfume de Cristo”. Perfume este, que contagia, que constrange, que irradia benevolência, graça, perdão, Salvação que seu poder tem transformado vidas perdidas mergulhadas no mais profundo do inferno deste mundo vil, transformando-as em novas criaturas para a gloria do seu reino. 
Temos que irradiar, refletir, este irresistível perfume de Cristo que em nós  existe, como a suavidade da flagrância, que se faz sentir por onde nós passarmos . Como prova sentida e vivida de sermos em Cristo Jesus, novas criaturas. E é por isso que Jesus nos disse: "Vós sois luz do mundo e sal da terra", precisamos resplandecer, sermos luz que afaste as trevas, que traga vida, que traga sentido de um novo viver para a gloria de Deus . Por isso, Faça da sua vida, da sua adoração uma oferenda de gratidão ao Senhor, com a singeleza com que Maria quebrava aquele rico e precioso frasco, para oferecer o melhor que ela tinha, o melhor que ela podia na expressão do tamanho da sua gratidão, e da sua fé  em Cristo Jesus, o seu Senhor e Salvador. 


Que Deus nos abençoe e nos faça servos fiéis, consagrados no serviço do Seu Reino.
Enéas Cândido de Lara

terça-feira, 24 de novembro de 2015

UMA IMPRESCINDÍVEL REFLEXÃO!

Disse Jesus:“Vós sois o Sal da terra; ora, se o sal vier a ser insípido, como restaurar o sabor? Para nada mais presta senão para ser lançado fora, ser pisado pelos homens” (Mateus 5. 13)

Que tipo de cristãos temos sido nós? Quais as evidências que comprovam sermos discípulos verdadeiros, compromissados com a obra redentora de Cristo Jesus, a qual por misericórdia e graça Ele nos chamou para sermos participantes? O texto em foco  nos trás uma bela e desafiadora comparação que Jesus faz; "entre o sal e o discípulo Seu". Este elemento usado por Jesus, o sal puro era de grande importância na época do Novo  Testamento. Exigia um grande esforço para separar a areia e outras impurezas do sal que era extraído do mar morto. O sal era um agente condimentar imprescindível para dar sabor ao alimento, além de ser também um conservante. O sal, naquele tempo estava longe de ser puro e era possível que o seu valor, o cloreto de sódio se perdesse por lixiviação, ou seja; pela ação das águas da chuva, deixando-o inútil para qualquer uso.

Vamos pensar na grande lição que o Senhor Jesus faz, comparando a vida de um cristão com o sal. A sua enfática palavra é determinante: "Vós sois o sal da terra” (Mateus. 5. 13) E depois acrescentando disse:Tende sal em vós mesmos” (Marcos 9. 50). Esta grande mensagem do Senhor Jesus é imprescindível, intransferível e direta a cada um de nós. O Senhor Jesus nos alerta aqui da possibilidade de o sal vier a ser insípido, ou seja, sem sabor, sem utilidade. Ao longo do mar morto estão os depósitos de sal; aquele sal podia se tornar sem valor quando a chuva lavasse a sua salinidade, tornando-o insípido no decorrer dos anos. Assim, sendo, o discípulo de Jesus deve fazer de tudo para não perder a sua qualidade, a sua essência, ou seja de ser um cristão vigoroso, autentico, cheio de pureza, promovendo a diferença no meio em que vive, através do seu testemunho, da sua atitude do seu comportamento.
Assim como é preciso separar a areia e outras impurezas do sal, os cristãos devem levar em conta a vida de pureza e santificação para que assim possam conservar o pleno sabor de Cristo e dos seus ensinamentos. Um dos grandes apelos Bíblicos é quanto a vida de santidade. Deus deseja ver em seus filhos uma vida pura, regenerada,em crescente processo de santificação. E por isso Ele disse: “Sede santos porque eu sou santo” (I Pedro 1. 16). Na realidade em que vivemos, num mundo corrompido de homens impuros, onde há malicia, onde há corrupção, onde há destemor de tudo que é sagrado, onde a carnalidade aflora com sua volúpia incontida para os prazeres da carne, como temos visto nestes últimos dias. Os homens são individualistas e pensam somente na gloria da carne e do aqui e agora. Isso nos faz lembrar que para morar na cidade santa, no reino celestial dos glorificados por Cristo Jesus, temos que estarmos atentos firmados nas suas promessas, e que para isso temos que renunciar a gloria presente deste mundo, que é transitória, finita, passageira para ganhar  a outra que é eterna nos céus.
Veja o que diz a palavra de Deus.
Um dos anciãos tomou a palavra, dizendo:”Estes, que se vestem de vestiduras brancas, quem são e donde vieram? Respondi-lhe: meu Senhor, tu o sabes, Ele, então, me disse: São estes os que vêm da grande tribulação, lavaram suas vestiduras e as alvejaram no sangue do cordeiro”.(Apocalipse 7. 9/17) Os moradores do novo céu e da nova terra são aqueles que: Vestidos de vestiduras brancas e estão diante do trono de Deus”
 Essa pureza de vida deve ser buscada a cada dia, pois lavados fomos um dia no sangue do cordeiro e passamos a pertencer a galeria dos redimidos de Cristo Jesus .E, para isso temos que neste mundo ser o "SAL" que da sabor, que faz diferença, que é notado, visualizado, e que o pecador enxergue em nós a santidade e a beleza de Cristo Jesus e, assim, se renda aos Seus benditos pés. 
Que esta palavra abençoe a tua vida meu amigo e irmão, em nome de Jesus!

Enéas Cândido de Lara 


sexta-feira, 20 de novembro de 2015

O PERIGO OCULTO NA TRANSPARÊNCIA DE UMA BELEZA EXTERNA!


"O salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, Nosso Senhor". (Romanos. 6. 23)

A bela planta ao lado tem o nome científico de: "Dieffenbachia sequine" conhecida popularmente de: "Comigo ninguém pode". Em muitas casas ela é mantida como ornamento em salas de estar, varandas, quintais por ser de uma bela folhagem verde, viçosa que encantam os olhos. Entretanto, essa aparente beleza na verdade oculta um veneno perigoso que se levada a boca, pode provocar alergia e reações diversas, como até a morte. Pensando nessa contradição, eu me lembrei do próprio pecado. Ele muitas vezes á nós se apresenta doce, apetitoso, inebriante, sedutor e que muitas vezes convencido pelo sabor dos seus encantos, tem levado muita gente a ser contaminado por seu veneno mortífero.
O apostolo Paulo falando desse veneno letal que é o pecado, disse que ele leva o homem a morte moral, e espiritualmente.  Assim, como também tem trazido conseqüências que acabam deformando também  até fisicamente. Qualquer tipo de veneno é uma violenta agressão ao corpo humano o qual pode se torna  fatal.  O pecado é o veneno da nossa alma. Como ele está no mundo camuflado até de inocentes apresentações acaba iludindo muitas pessoas desavisadas contaminando-as e dominando-as por completo. Uma vez o homem contaminado pelo pecado só existe um antídoto capaz de reverter esse mal. (I João 1. 7) " O Sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo o pecado"
Precisamos sermos vigilantes porque este mundo está mergulhado no maligno, e ele está tentando a todo custo nos afastar da comunhão com Deus, através do pecado que fartamente nos é oferecido da sua mesa de apetitosas e inebriantes oferendas. (I Pedro 5. 8) "Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar"  Temos uma consoladora e  tremenda promessa feita por Cristo Jesus  glorificado. "Sê fiel até a morte, e dar-te-ei a coroa da vida"(Apocalipse 2. 10)

Que Deus te abençoe, em Nome de Jesus!
Enéas Cândido de Lara


terça-feira, 17 de novembro de 2015

O SENHOR É O MEU PASTOR; NADA ME FALTARÁ!


É muito fácil para nós falarmos o "Senhor é o meu pastor", quando muitas  vezes nós não atinamos para profundidade tão grande do significado dessa  expressão.

Davi o grande pastor de ovelhas sabia exatamente o que significava  ser pastor, aquele que se doava inteiramente aos cuidados do seu rebanho. Era ele o que zelosamente conduzia para as pastagem verdejantes, que  levava  o rebanho para as fontes de águas  cristalinas, que mantinha se atento para os perigos dos campos, principalmente durante a noite, quando o seu rebanho se deitava para dormir, ele se mantinha atento durante a noite toda, para  evitar que uma fera viesse atacar  as suas ovelhas. Então, as ovelhas podiam deitarem e dormir profundamente, despreocupadamente  porque  o seu pastor estava ali apostos para as guardarem de todo mal.

Davi o grande poeta de Deus, vivia a vida conectada com Ele. Sabia da sua total dependência do Seu amor e providência, então, quando ele na calmaria dos campos daquelas longas noites de vigilia, quem sabe, olhando para o firmamento, via a grandeza do seu Deus, através das obras de Suas mãos.  Então, todo aquele clima de beleza impar motivasse o grande poeta Davi  a compor as suas musicas,falar deste Deus zeloso, amoroso, cuidador,e providente. Davi  talvez tenha pensado, como haveria de fazer isso, como seria mais verdadeiro, como expressaria com mais ênfase a grandeza deste amor  do seu Deus. Então, não encontrou outra coisa, para descrever a grandeza desse amor de Deus, como falando do amor que ele mais conhecia, o de ser pastor de ovelhas. Então, ele se coloca agora  na condição de ovelha que é conduzida, zelada, guardada por aquele que é o Pastor por excelência que é Deus. 

Há... quão profunda, rica, belíssima  é essa expressão de Davi.  O Senhor é o meu pastor! Quando o Senhor Jesus ministrando o Seu ensinamento do evangelho da graça, Ele também usou a mesma figura usada por Davi; dizendo:"Eu sou o bom pastor; conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem a mim, assim como o Pai me conhece a mim, e eu conheço o Pai; e dou a minha vida pelas ovelhas"(João 10. 14-15) Que possamos entender que guando nós dizemos "O SENHOR É MEU PASTOR", estejamos confessando sinceramente a nossa total dependência que nós temos Dele, e que  assim, possamos estarmos descansando Nele a despeito dos rumores do mundo, das tempestades, e das ameaças que tentam afligir nossas vidas, nós estamos seguros, guardados, protegidos pelo bom pastor que é Jesus Cristo o nosso tão amado  salvador. Pense nisso!

Que assim, a Ele, seja toda a glória para todo o sempre. Amém!
Enéas Cândido de Lara



sexta-feira, 13 de novembro de 2015

PROCURE DILIGENTEMENTE PARA PODER ENCONTRAR!


Disse Deus:Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração”(Jeremias 29. 13)

Em um certo funeral o oficiante referindo-se ao falecido disse:”Ele procurou a vida toda por algo”. A procura de algo na vida de muitas pessoas manifesta atitude, perseverança em busca de uma resposta, de uma verdade, que com mais incidência deve ocorrer na sua vida religiosa. O problema é que inutilmente vivem procurando onde não se pode encontrar. Como é frustrante estar procurando por algo há tanto tempo sem conseguir encontrá-lo. A procura mais sábia, urgente que se deve nortear a vida humana, é a respeito da vida eterna. Porque, ao sairmos desta vida e entrarmos na eternidade, imediatamente vamos encontrar duas imutáveis realidades: O descanso eterno nas gloriosas moradas celestiais que Jesus foi para nós preparar (João 14. 2-3), ou então; o terrível inferno de fogo inextinguível onde a dor e o ranger de dentes será para todo o sempre. Entrando ali, não se pode retroceder, voltar atrás, recomeçar. 
Disse Jesus:”E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, 
depois disto, o juízo”(Hebreus 9. 23).

Deus por nos amar fez o possível e, até o impossível, pagando o maior de todos os preços doando o que tinha de mais precioso; a vida do seu Unigênito Filho Jesus Cristo para morrer para que nós pela fé pudéssemos ter vida, e vida eterna. Agora, quando o pecador ingrato, rejeita, desdenha a maior manifestação de amor ofertada, então, não lhe sobra outra alternativa do que condená-lo eternamente  a perdição eterna do inferno. Deus jamais brinca de esconde-esconde com ninguém. Se O buscarmos de coração aberto, arrependido confessarmos os nossos pecados, Ele prontamente se manifestará à nós. Ele nos ama muito e jamais deixará dúvida no coração daquele que sinceramente O buscar. Mas, como encontrá-lO? O que devo fazer para entrar em contato com Ele? Por Seu amor gracioso, misericordioso Ele deixou se revelar nas páginas da Sagrada Escritura (Bíblia) o mistério que se faz revelado. O Senhor Jesus disse:Pedi, e dar-se-vos á; buscai e achareis; batei, e abrir-se vos-á. Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e, a quem bate, abrir-se-lhe á”(Mateus 7. 7-8) . O Senhor Jesus também disse: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim”(João 14.6) 

Somente em Jesus há  salvação, e em nenhum outro, portanto, procure encontrá-lO enquanto há tempo.
Que Deus te abençoe grandemente  meu amigo, e irmão em nome de Jesus!

Enéas Cândido de Lara

terça-feira, 10 de novembro de 2015

QUANDO PESADO LHE FAZ AOS OMBROS O TEU FARDO!

"Onde vistes que o SENHOR, vosso Deus, nele vos levou, como um homem leva seu filho, por todo o caminho pelo qual andaste, até chegardes a este lugar".(DEUTERONÔMIO 1. 31)

Certa vez um homem crente, vivia momentos de aflição em sua consciência por problemas, os quais, punha em prova a sua fé. Ele era um crente, e orou pedindo que Deus, que lhe falasse, e assim seu coração fosse aquietado na doce paz do Senhor. Um dia ao voltar do trabalho, trazendo em mãos um pacote que era um presente para sua esposa, porque estava-se comemorando uma das datas mais bonitas do nosso calendário (o dia das mães) e o abrir a porta deparou com sua filhinha, a qual era paralítica e estava em sua cadeira de rodas, e lhe   perguntou:
---- Onde está a tua mãe filha?
---- Lá em cima.
----Então vou subir.
----Papai, me deixe levar esse presente para ela!
----Minha querida como?

Com um sorriso respondeu: É simples, Papai. O senhor me pega no colo e me leva até ela. Então, aquele pai pegando a sua filhinha nos braços, subiu ao andar de cima e, enquanto  subia os degraus daquela escada, entendeu o responder de Deus para com a sua oração. Que Deus também nos tem carregado em seus braços nos momentos em que nós fraquejamos, e sucumbimos . Assim, pode entender que aquela aflição que o amargurava, não estava nele o poder da solução, mas sim em Deus.

 Quando somos afligidos por lutas, problemas, impossibilidades temos a tendência de olhar a primeira vista com a limitada visão humana. Ai, então, somos acometidos pela conseqüente aflição. Foi assim com o povo de Deus diante do rio Jordão, ao saber que a tão sonhada terra prometida estava ocupada e, que teriam que enfrentar uma grande batalha contra um povo guerreiro, de homens gigantes, de uma cidade de muros impenetráveis. 
Então, inconsequentemente revoltam-se contra Deus. Obstinados,ingratos, esquecidiços dos braços poderosos com que o Senhor os guiara  até ali. (Deuteronômio 1. 31) . Deus jamais nos desampara. Veja (Isaías 49. 15)”Diz: Acaso pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de ti”.
Diante de uma declaração gloriosa de amor como essa, nosso coração se enche de júbilo na certeza que o Deus que não pode mentir prometeu.(Tito 1. 2)

Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós”.(I Pedro 5. 7) "Confia os teus cuidados ao Senhor, e ele te susterá;  jamais permitirá que o justo seja abalado”.(Salmo 55. 22).   “Descansa no Senhor e espera nele” (Salmo 37. 7).

Essa é a realidade de uma promessa que é benção para tua vida. Creia nisso!
Enéas Cândido de Lara


sábado, 7 de novembro de 2015

IGREJA: "O MELHOR LUGAR QUE HÁ NO MUNDO"!


 Igreja Presbiteriana Unida de São Paulo.
Texto básico:  I Coríntios 12. 12.”Porque, assim como o corpo é um e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, constituem um só corpo, assim também com respeito a Cristo”

Não poderia ser diferente, já que a sua origem teve por fundamento de um propósito divino, agrupar filhos de Deus para comunhão e crescimento espiritual num espaço físico. Entretanto, a verdadeira igreja não é a estrutura arquitetônica de um bonito templo, mas as pessoas que individualmente ali se reúnem. É impressionante notar, que neste lugar onde existem pessoas com tantas diferenças culturais, étnicas, econômicas, sociais...,como pode haver um consenso de entendimento, no relacionar-se entre si? Como isso é possível diante de tantas diferenças?. É que em Cristo Jesus todos se tornam absolutamente iguais. O mistério deste lugar é, que ali são pessoas que foram escolhidas, chamadas e pela fé, entregaram as suas vidas à Cristo Jesus, e passaram integrar a grande galeria dos redimidos de Deus, através do sacrifício vicário de Cristo Jesus naquela horrenda e, até então, maldita Cruz. E dessa forma, por tão gracioso e “imensurável preço pago”, pertencem  gloriosamente ao Corpo de Cristo. Então, ai explicitamente se manifesta o mistério da fascinante beleza, e da fundamental importância para nossas vidas deste santificado lugar.

Se você tem desfrutado deste grande privilégio de pertencer à uma igreja que é parte do corpo de Cristo, sabe então, do que eu estou falando. Não sinta-se diminuído se neste corpo você ocupar o lugar menos “digno” a vista humana, e nem se sua função seja assim, aparentemente  insignificante frente as demais. Honre-a com fidelidade, amor, alegria no serviço da causa de Cristo, porque grande será a tua recompensa naquele dia (Apocalipse 22. 12)."E eis que venho sem demora,e comigo está o galardão que tenho para retribuir a cada um segundo as suas obras"

 Que possamos ouvir o conselho da palavra de Deus em (Hebreus 10. 25)Não deixemos de congregar-nos, como é o costume de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o dia se aproxima”.
Pense nessa  disponível e tão grande benção que Deus nos concede, e participe!
Que Deus te abençoe, em nome de Jesus!


Enéas Cândido de Lara 

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

UM DRAMÁTICO RESGATE !

 Rio Tamandatuí na cidade de São Paulo

No ano de 1.998 mês de Janeiro ,ocorreu dias muito chuvosos aqui na cidade de São Paulo e, isso fez com que o rio Tamanduateí  transbordasse.
E uma moça tentava atravessar a passarela que cruza  este  rio, e escorregando veio a  cair  nas águas com forte correnteza,  e desesperada por entre caixas de papelão, tábuas que eram arrastadas, lutava por sua sobrevivência. Quando passava por ali um soldado do corpo de Bombeiros, o qual vendo o desespero daquela jovem se atira nas águas, não atinando no grande perigo de vida que corria. Depois de muito lutar com grande esforço conseguiu retirar a moça. Então, ela foi levada para o hospital por aquele soldado recebendo o devido socorro médico. No dia seguinte aquele soldado foi até o hospital para visitá-la.  Quando adentrou aquele quarto esta moça ao reconhecê-lo começou a chorar compulsivamente. Um repórter que ali estava quis saber o porque do seu chorar, ela então, respondeu uma só palavra: "Gratidão! uma imensa gratidão, ele salvou minha vida!
Há......guando um crente que foi resgatado das entranhas da morte eterna, pelo fétido e nojento pecado, pode vislumbrar o raiar luzente, benfazejo, gracioso da Cruz do calvário, e saber que antes mesmo do mundo ter sido criado, Deus já o teria amado, elegido, escolhido entre milhares de milhares para ser Seu Filho. Muito embora, se o preço altíssimo deste resgate requeria de Deus e somente Dele, O se doar a Si próprio na pessoa de Seu Unigênito Filho Jesus para sacrifício vivo para que assim Sua justiça fosse satisfeita. Então, Jesus se esvazia, se humilha ao se tornar um de nós, para viver a nossa vida e morrer a nossa morte, e assim  pagar em nosso lugar as nossas culpas e pecados. Mas, acima de tudo, elevar-nos ao glorioso patamar de sermos chamados de Filhos do Deus Altíssimo. Você pode entender isso?  
Agora podemos mergulhar na dimensão imensurável do Seu amor, através da Sua palavra  e, de lá com certeza com a unção do Espírito Santo, sairemos com o coração transbordante de alegria e gratidão, porque podemos perfeitamente entender o quanto Deus fez por nós. Em contrapartida, quanta Gratidão, quanta impagável divida temos nós para com Ele. Só há uma maneira de lhe agradar, sendo fiéis aos Seus mandamentos, amando-O acima de todas as coisas, e ao nosso próximo como a nós mesmos. 
Se você também tiver um coração reconhecido,cheio de gratidão  por tudo o que Deus já fez por te amar, para que   o seu pecado fosse perdoado, lavado, justificado e assim fosse salvo.  Então, com grande jubilo manifeste-O  glorificando o Seu Santo Nome. Aleluia!

Enéas Cândido de Lara 
Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger