segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

A INCONTIDA ALEGRIA DE UMA GLORIOSA ESPERANÇA !

                        
(Colossenses 1. 26/27)O mistério que estivera oculto dos séculos e das gerações; agora, todavia, se manifestou aos seus santos; aos quais Deus quis dar a conhecer qual seja a riqueza da gloria deste mistério entre os gentios, isto é, Cristo em vós, a esperança da gloria”.

Alegria desta promessa que invade nossas almas e nos faz radiantes, jubilosos, é que não está em nós a segurança e a certeza da salvação. Porque, se estivesse em nós certamente a perderíamos. Mas, está em Cristo. (João 15. 16) Disse Jesus: “Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis frutos, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda”.
Há...meu irmão! Quando entendemos as palavras do Senhor Jesus aqui pronunciadas, que a escolha não foi nossa mas, dEle, que somos hoje salvos da perdição eterna, somente por misericórdia da sua escolha ocorrida antes da fundação do mundo.(Efésios 1. 4)” "Assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo".
Esta revelação é divina, gloriosa, imensurável  em nos fazer conhecer os mistérios da graça do nosso tão grande Deus, que criando o mundo a despeito dos revezes que aconteceria, Ele prosseguiu no Seu intento. E digamos que na “planilha” do Seu projeto foi orçado o altíssimo custo que teria que ser pago. A Sua humilhante encarnação na pessoa de Seu Filho Jesus. (Apocalipse 13. 8)O Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo.  Paulo disse que: “Fomos escolhidos nEle”. (Portanto o texto diz que houve uma eleição, uma escolha, e  diz que ,Deus escolheu um, e não escolheu o outro. Será que Deus escolhe uma pessoa, mas rejeita a outra? Salva uma, mas não salva a outra? Vamos entender essa palavra?) Veja o que diz (Romanos 9. 11)” E, ainda não eram os gêmeos nascidos, nem tinham praticado o bem ou o mal para que o propósito de Deus, quanto a eleição, prevalecesse, não por obras, mas por aquele que chama”.isso é manifestação de sua suprema soberania.

 Fica muito claro que a decisão de salvar é de Deus, e não do homem (Rom. 9. 16) "Assim, pois, não depende de quem quer ou de quem corre,(A buscar) mas de usar Deus a sua misericórdia”.
Veja a ação de Deus na vida de Jacó e Esaú. O texto diz: foi uma eleição, e esta ocorreu antes do nascimento. Assim também como Ele fez com cada um de nós.(Efesios 1. 4) Essa palavra escolhidos vem do verbo escolher, ou seja; separar dentre os demais. Iniciativa tão somente de Deus, e não nossa, foi amor, e não mérito, foi escolha dEle e não do nosso Livre arbítrio. Aliás, quando afirmamos que somos salvos por mérito de nossas escolhas, estamos deturpando essa gloriosa promessa, e se tornando arrogantes, presunçosos e partilhando de um demoníaco pensamento.
 Foi por incompreensível compaixão, que hoje nós cremos nEle, porque ao nos chamar, injetou em nós a capacidade de vê-lO, e reconhecê-lO como O Senhor de nossas vidas.
 (Efesios 2. 8)” Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; (veja bem o que Paulo vai falar) e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie”.
Meu irmão(a)! não tem gloria maior, quando você lê essa promessa e entende a sua profundidade, em saber que você é o ser humano mais bem-aventurado e feliz da terra. Você foi eleito, escolhido, separado pelo divino Criador, e passou a figurar na Sua (Agenda Celestial), antes mesmo do mundo existir. Que o seu Santo Nome seja glorificado para todo o sempre!

Eu não posso saber onde você está agora, se pode glorificar em alta voz, ou se não, mas não deixe de fazê-lo, ainda que seja no silêncio do seu coração diga a Ele; obrigado Senhor!........ , glorificado seja por Seu maravilhoso amor a mim manifestado, um miserável pecador perdido escolhido por Ti para ser Filho, em nome de Jesus. Amém !

Enéas Cândido de Lara


sábado, 26 de dezembro de 2015

A DIVIDA QUE NÓS DEVEMOS E, QUE DEUS FAZ QUESTÃO DE RECEBER !

(Salmo 29. 2) Tributai ao Senhor a gloria devida ao seu nome, adorai o Senhor na beleza da santidade”.

O Salmista Davi nos diz neste salmo; “Tributai”, ou seja, pague a Deus aquilo que você deve, você que é filho de Deus.(Só os filhos de Deus tem para com ele esta divida). De qual divida fala Davi?. Divida de adoração, louvor, gratidão, glorificação ao seu santo nome. Para tanto, Jesus disse; que para ser filho de Deus, tem um condicional.
(João 14. 22) Disse Jesus: “Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará e viremos e faremos nele morada”.
O apostolo Paulo escrevendo  (I.Corintios 6. 20) Disse: “Porque fostes comprados por preço, agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo”.Como nós podemos fazer isso ?.  Precisamos o reconhecer como único Deus soberano, criador de todas as coisas e, que tem o poder sobre nossa vida, para dá-la, ou tirá-la a hora que quiser. Mas seu amor é tão grande por nós, que Ele deu a vida do seu unigênito filho para morrer em nosso lugar, para que o nosso pecado fosse perdoado. Mas, pessoalmente para você poder receber esta graça, você precisa pagar essa divida, que é, (A gloria devida ao seu nome). Você precisa dizer isso para Ele. precisa rasgar o teu coração numa confissão de amor e dizer:
Deus eu te amo, eu te adoro, eu quero ser teu servo, que a minha vida, o meu corpo, os meus atos sejam só para fazer a tua vontade, e que a partir de agora, a tua lei seja a minha lei, que a tua vontade seja a minha, e que o resplendor da tua santidade e da tua gloria seja, um visível sinal na minha vida, visto por todos que de mim se aproximarem. 
E por reconhecer a dependência que tenho de Ti, venho agradecer-te nesta humilde. Oração;

Obrigado; pelos meus olhos, porque com eles posso ver-te no raiar de cada manhã, nas floridas campinas, nos montes e cachoeiras, no enigmático azul celeste obras de tuas mãos.
Obrigado; pelos meus ouvidos, porque com eles posso ouvir o som do mundo, e a sinfonia singular dos pássaros, a cantar-te alegremente no raiar de cada amanhecer.
Obrigado; pela minha boca, porque com ela não só posso alimentar meu corpo físico, mas dizer para as pessoas que tu és meu Deus e, cada dia poder cantar-te uma canção.
Obrigado; pelas minhas pernas que conduzem o meu corpo na luta pela sobrevivência enquanto aqui, e permitas que os meus pés nunca resvalem em desvios dos retos caminhos teus.
Obrigado; por todo o meu ser, em permitir que embora eu seja só neste mundo um forasteiro de passagem pela vida, de gozar no recôndito familiar os amados que Tu me deste.
Obrigado; porque me amaste sem que eu nada fizesse para ser merecedor deste amor e, que chegaste ao extremado ato de em Jesus Cristo teu filho morrer numa Cruz maldita, para que eu tivesse vida e, não fosse condenado á perdição eterna.
Obrigado; pela vida que me deste e, não permitas que eu seja só mais um a passar por aqui infrutiferamente, mas que eu possa fazer a diferença na minha família, no meu trabalho, na sociedade, alguém que tenha o privilegio gracioso de poder dizer,(Sou filho do Deus eterno, por Cristo Jesus) e quando o mundo olhar pra mim, possa ver na minha vida, no meu proceder o resplendor gracioso do teu amor, a dirigir meus passos e,quando acabar o meu peregrinar neste mundo, saudoso possa voltar pra casa, a morar contigo na gloria celestial para toda a eternidade.
Obrigado; pela dádiva do teu amor divino na pessoa de Jesus Cristo teu filho amado, que contemplou a minha vida tão insignificante com a graça da tua salvação. Que seu nome seja por mim honrado, glorificado, exaltado, engrandecido por toda a minha vida e, que nem um dia sequer, eu esqueça de dizer; Obrigado Senhor!; porque, se eu fizer isso, não é virtude minha, mas sim (Tributo que lhe devo por toda a minha existência. em Nome de Jesus, Amém.

Enéas Cândido de Lara

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

MENSAGEM DE FINAL DE ANO!


Olá meus queridos irmãos, queridas irmãs e, particularmente amigos internautas espalhados pelo mundo! Já conseguimos alcançar pessoas em (95 países em diversas regiões da terra), anunciando a salvação que somente em Cristo Jesus se pode encontrar. E tudo isso, pela graça de Deus mas, também, pelo incentivo que tenho recebido de cada um de vocês, quando acessam meu link: http://eneaslara.blogspot.com e, deixa ali um comentário, uma opinião, uma oração. Sabe, essa participação é fundamental, porque ela nos encoraja, anima, fortalece e predispõem-nos a continuar a nossa missão. O meu muito obrigado pela cooperação, e espero que no Ano Novo de 2016, possamos estar  juntos novamente. Que Deus abençoe a cada um de vocês; em Nome de Jesus, é  a minha oração que dirijo ao trono da graça do Pai.

 Um grande abraço, e um  feliz Natal, assim como também, um Ano Novo abençoado vivendo na dependência de nosso tão grande Deus, e nas Suas infalíveis promessas.

Abraços!

Enéas Cândido de Lara

domingo, 20 de dezembro de 2015

O perigo oculto na transparência de uma beleza externa!














É inquestionável a beleza encantadora de uma macieira! Isso, não quer dizer ser ela a árvore do conhecimento do bem e do mal, como popularmente se comenta. Portanto, aqui sua imagem, embora seja emocionante é só uma presença ilustrativa.

Deus na beleza de Sua perfeição ao criar o jardim do Éden, Ele o criou o mais lindo possível. Fico a pensar na diversidade frutíferas ali, plantadas (Gênesis 2. 8). Entretanto, Ele plantou no meio do jardim uma árvore e disse:{....} dela não comerás, porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás" (Gênesis 2. 17) Não foi uma árvore qualquer, mas sim; uma imponente e maravilhosa árvore, tanto que Eva mesma testemunhou a seu respeito. "É uma arvore boa para se comer, agradável aos olhos e árvore desejável {....} (Gênesis 3. 6).

 Há....penso eu, que Eva sempre ao passar por ali, ficava olhando para a beleza dos seus frutos e, desejando deles comer, mas, era fruto proibido. Sem dúvida que por ser proibido e, de aparência apreciável, o diabo usou da força dos seus atrativos para despertar em Eva uma maldita fascinação de um incontrolável desejo de comer. O grande erro de Eva foi ouvir o diabo falar. Nunca dê ouvidos a voz do diabo, porque ele é ardiloso, estrategista e sobretudo mentiroso. Veja a sua estratégia: contou pra Eva a metade de uma verdade, mas, distorceu  o resto omitindo a gravidade das conseqüências (Gênesis 3. 5). O diabo estava a espreita e, via o poder sedutor que aqueles frutos exercia em Eva , e, assim, ao convencê-la, estaria fazendo que a criatura mais amada de Deus viesse pecar.
Sabe de uma coisa; o pecado é uma tremenda ofensa contra a santidade de Deus, porque, é uma acintosa rebeldia em desobediência e, insubordinação, na violação da Sua lei. E  nós sabemos das conseqüências desastrosas que o pecado cometido no Éden, trouxe para toda a terra. A despeito de tanto tempo passado, o pecado continua ainda hoje, apresentando-se atraente, convidativo, sedutor, ele é doce, tem sabor de mel ao paladar da carne. Se torna irresistível, envolvente, inebriante e, o homem só encontrará forças para resisti-lo, quando estiver conectado diuturnamente com Deus. Fuja do pecado e de toda a aparência do mal. “O diabo vosso adversário, anda em derredor, como um leão que ruge procurando alguém para devorar(I Pedro 5. 8)  Pense nisso!.
 Que Deus te abençoe em nome de Jesus!

Enéas Cândido de Lara

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

AMAS-ME TU ?

TEXTO BÀSICO: (João 21. 15) "Perguntou Jesus a Simão Pedro: Simão, filho de João, amas-me mais do que estes outros?

Quando leio este texto, a divagar meu pensamento projeta a intrigante cena. A aurora matutina que graciosamente se mostrava nas colinas os primeiros sinais de um novo dia, afastando assim, silenciosamente as sombras da noite. Quem sabe, naquela calmaria de mais um amanhecer, talvez ouvisse um cantar isolado de uma gaivota que se juntava as ondas a quebrar na praia, o silencio da expectativa de uma inquietante pergunta. Amas-me ?
Ali, o pequeno grupo sentado á volta do fogo, na praia do mar da Galileia, voltaram rapidamente os olhos para Quem falava. E o Mestre, com olhos brilhantes expectativos senta –Se serenamente fitando um deles, à espera de uma resposta.
Toda aquela estafante noite de trabalho, estes experimentados pescadores não conseguiram pescar nada. Então, frustrados já ao romper da manhã voltavam para a praia, e notam uma figura estranha, misteriosa que se fazia em pé a beira mar. Com olhos fitos esforçavam-se por penetrar a densa neblina que se levantava nessas horas da manhã, mas em vão o identificavam. Subitamente o mais novo deles reconhece a enigmática figura, e grita :É o Senhor!”.
Então, Pedro de coração partido, agasalhando o remorso da sua atitude covarde, ele lança-se nas águas com uma emoção quase sub-humana, e com fortes braçadas alcança a margem da praia. Os outros discípulos o seguem. As redes são puxadas para o barco. Eles notam um fogo aceso e alguns peixes sendo assados, à silencio de ambas as partes, até que o Mestre se pronuncia: Vinde e comei”.
Comem silenciosamente. Ninguém ousa falar. Quem sabe a vergonha, a reverência impossibilitava a troca de palavras, até que Jesus quebra o silencio e olhando para Pedro pergunta-lhe:Amas-me?”. Este discípulo que cometera um erro tão crasso, covarde negando seu Mestre por três vezes, agora o Senhor Jesus por três vezes faz a ele a mesma pergunta, provando o seu arrependimento fazendo-o que confesse por três vezes que de verdade o ama. “Simão filho de João, Amas-Me ?”

Pedro a essa altura esta inseguro com a resposta que daria a Jesus, ele falhou uma vez covardemente, e não queria incorrer em outro erro, e usa palavras que expressavam um amor meramente emocional:Sim, Senhor, Tu sabes que eu te amo”. Então, a pergunta é feita pela terceira vez: “Simão Filho de João, tu me amas?. Há .......,isso penetrou ao recôndito mais incrustado da sua  alma, e então pode sentir a mais gloriosa de todas as sensações, porque ele via no olhar de Jesus Perdão, reconciliação, restauração, então com coração latejante e voz tremula confessa: Senhor, Tu sabes todas as coisas, Tu sabes que eu te amo!.”
Nos dias que se passam Jesus Cristo continua a chamar homens e mulheres para seu reino. Não usa de força, nem tão pouco o medo, mas pelo amor. (Mateus 4. 9 ) O diabo levou Jesus à um alto monte e, mostrou a gloria do mundo e disse: Tudo isso te darei se, prostrado, me adorares. O diabo queria forçar Jesus a lhe ser submisso. Ao contrario a estratégia do diabo, Jesus não veio para forçar homens a serem seus seguidores. Há, isso não! Ele atrairia (João 12. 32) E eu quando for levantado da terra, atrairei todos a mim mesmo”. Ele atrairia, e não forçaria; ganharia e não impeliria; (João 16. 8) “Quando Ele vier (Espírito Santo) convencerá o mundo do pecado”. Os homens agora portanto, escolhem motivados tão somente pelo trabalhar do Espírito Santo, abrindo o entendimento, e o coração, para que entendam a obra graciosa, revelação maior do amor de Deus o Pai. (João 3. 16) Disse Jesus: “Porque Deus amou o mundo de Tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna”.

O amor trouxe Jesus à terra; o amor o fez encarnar, o amor o levou à morrer substitutivamente numa maldita cruz, por homens perdidos, e indignos e o amor vivido, manifestado, explicitado em sua obra redentora continua hoje a atrair homens e mulheres para o seu reino. Por isso Jesus quando para restaurar o seu discípulo medroso, covarde, Ele simplesmente perguntou:Amas-me Tu?

Jesus haveria de partir muito em breve, e esta talvez seria a ultima oportunidade para discipular o seu servo inseguro.----- Mas, Ele não teve outra palavra ? não teve outra recomendação a fazer? Não determinou credo, doutrina, ou formula de igreja para ser seguido? Não nenhuma!. E porque?. Porque Amas-me” inclui, e abrange  todas as outras coisas, as quais, se  ajustarão em seus devidos lugares, quando o amamos Ele em primeiro lugar.

Hoje, Jesus continua a fazer-te a mesma pergunta: “AMAS- ME TU”?.



Que Deus te abençoe em nome de Jesus.

Enéas Cândido de Lara

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

O DIA DA BÍBLIA ! O VIVO E ETERNO MILAGRE DE DEUS!

O segundo domingo de Dezembro é comemorado o dia da BÍBLIA!


Texto Básico: (I Pedro 1. 24)
"Seca-se a erva, e cai a sua flor; a palavra do Senhor, porém, permanece eternamente".

É nas palavras deste Livro Santo, que reside a nossa perseverança e a segurança de nossa caminhada da fé. O termo usado "Bíblia" significa o registro, o livro, a voz impressa, a promessa amorosa, irrefutável, inquestionável  por Deus feita . Que história grandiosa, imensurável é a desse livro!. Sobre ele tem passado o fogo, a água e o sangue! Nenhum outro livro jamais foi tão odiado pelos homens perversos e, tratado de modo tão irreverente e abusivo pelos homens chamados de "crentes e evangélicos". Ele foi perseguido, proscrito, interditado, excomungado, queimado pelos homens da era diabólica que, com todo o empenho tentaram destruí-lo; todavia, ele continua firme no seu propósito de proclamar o amor imensurável do nosso tão grande Deus.. No passar dos tempos surgiram opositores contra ele de várias formas; alguns se gloriando de novas descobertas, ou de encontrar nele alguma falha fatal que viesse comprometê-lo, e desacreditá-lo.

Todavia, os críticos e inimigos passam, suas asseverações dogmáticas são desmascaradas, e, assim, o grande e antigo livro adquire força cada vez mais crescente. Com grande tristeza ainda vemos hoje, quanto abuso tem ele sofrido dos seus supostos "amigos e seguidores"! Tem sido mal traduzido, distorcido, incompreendido, e erroneamente ensinado. Tem sido adorado como um ídolo e consultado como um oráculo supersticioso. Sua mensagem tem sido torcida, adulterada para provar quase tudo em conformidade com escusos interesses pessoais. Foi usado como justificativa em favor da escravatura, da poligamia, da terrível inquisição, da queima das chamadas bruxas, do poder opressivo e dominante e, conseqüentemente das justificadas depravações em todos os tempos. Não obstante, a despeito de tão ferrenha e obstinada oposição, a Bíblia  permanece triunfante, vitoriosa em poder, majestade, gloria porque ela não simplesmente contem a palavra de Deus, mas ele é a palavra de Deus
O Senhor Jesus falando dela disse: “Examinai as Escrituras, porque julgais ter nelas, a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim(João 5. 39).
 E ainda (João 5. 24)” Disse: “Em verdade, em verdade vos digo: quem ouve a minha PALAVRA e crê naquele que me enviou tem a vida eterna, não entra em juízo, mas passou da morte para a vida”. 
Por tudo isso, é inegável ser a Bíblia o vivo e grande milagre de Deus, que por sua misericórdia e graça nos permitiu tê-la, e dela recebermos  ensinamento, admoestação, fé, alimento nutritivo para nossas almas, e a consoladora esperança da nossa eterna salvação.
Com sincera gratidão louvamos ao nosso Deus, por este presente grandioso, esta dádiva de imensurável amor; a BÍBLIA SAGRADA.

Leia a Bíblia, pois é através dela que Deus fala com você.
Enéas Cândido de Lara




domingo, 13 de dezembro de 2015

UM ESPECIAL E MARAVILHOSO CONVITE !


Texto Básico: (Apocalipse 3. 20)


Você já recebeu um convite que te deixou imensamente feliz e honrado(a)? Talvez, para um cerimonial, uma festa, uma reunião importante que terminada, fica somente a lembrança da sua participação. Pois é..., acho que você é realmente uma pessoa de sorte, iluminada, porque estás recebendo o mais precioso de todos os convites que poderá ganhar em toda a sua vida. Porque, se aceitar este convite, estará entrando para uma festa que nunca mais terá fim, mas eterna nos céus. O dono da eterna festa chama-se JESUS CRISTO, e Ele esta agora batendo a sua porta para lhe entregar o convite. (Apocalipse 3. 20) Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e cearei com ele e ele comigo”. 
Observe a mensagem escrita: Eis que estou à porta, e bato”. Ele está do lado de fora, e querendo ser recebido por você. Veja: que Ele não força a porta, nem entra automaticamente. Mas, só quando você abrir a porta e permitir sua entrada.

Você já recebeu a sua visita? Já abriu a porta da sua casa(coração) para Ele entrar? Como aconteceu isso?.  Foi no dia que você arrependido tendo consciência  dos seus pecados, da necessidade de perdão, conscientemente abriu seu coração para o salvador, o Senhor Jesus Cristo. Se você já fez isso, recebendo o divino hóspede estará a gozar a verdadeira paz da certeza da tua salvação. Mas, se isso não aconteceu ainda, não protele esta decisão, ao ouvir Jesus bater corra e abra, escancare a porta do seu coração para que Ele entre, e retire os empecilhos, os  cacarecos, que estão entulhados trazendo impedimento para uma plena comunhão com Ele, que são os seus pecados, porque por amor a ti Ele os levou encravando-os na sangrenta Cruz. O castigo que era teu, Ele suportou em teu lugar. Agora, Ele quer poder entrar no teu coração e dividir com você a gloria desta grande e eterna festa, a salvação de tua alma.
Ouça o convite que Ele está fazendo: “Se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e cearei com ele, e ele comigo. As vezes as pessoas não se detém no final do convite; e "ele comigo". Muitas vezes queremos abrir nosso coração para recebê-lO como nosso hospede, mas Ele está dizendo que ao entrar em nosso coração, passa a ser o Hospedeiro que nos oferece da sua ceia. É isso que Ele quer fazer o tempo todo oferecer do seu alimento, que nutre nossas almas para a vida eterna. Porque, Ele ao entrar num coração deixa de ser apenas um visitante,um  hóspede, para ser o proprietário que veio tomar posse da sua propriedade, comprada pelo altíssimo preço do seu vertido sangue derramado na infamante cruz do calvário
(Hebreus 4. 7) nos diz: Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso coração
Que as misericórdias eternas de Cristo o SENHOR, esteja com você meu amado leitor, despertando-te para receberes o precioso convite do divino Salvador, abrindo a porta do teu coração para que Ele entre, fazendo morada em ti, para reinar com Ele por toda a eternidade. Que Deus te abençoe, em nome de Jesus. Amém!

Enéas Cândido de Lara


quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

O GLORIOSO E GRACIOSO PRESENTE RECEBIDO !


O Natal é uma data realmente emocionante para todo aquele que é salvo, porque a sobrenatural  anunciação do Seu nascimento envolveu a terra e céu. Os portais eternos da glória milagrosamente se abriram naquela noite, e o anjo pregoeiro de Deus veio trazer a boa nova de salvação, dizendo:"Hoje vos nasceu, na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor"(Lucas 2.11) E juntamente com o anjo veio também a milícia celestial dos anjos cantando:"Glória a Deus nas maiores alturas, e paz na terra entre os homens, a quem ele quer bem"(V. 14). 
Entretanto, quando Jesus iniciou seu ministério Ele disse:""Não penseis que vim trazer paz à terra; não vim trazer paz, mas espada". Ou seja, foi uma revelação de uma declarada "guerra espiritual".(Mateus 10. 34).Como entender esta revelação?. O único objetivo de Jesus era vir ao mundo para pagar no suplicio daquela cruz o pecado que fazia separação entre o homem e Deus. Portanto, a sua pregação era espiritual, para um homem perdido e carnal que estava longe de Deus.  Dai, a razão do Seu posicionamento:"Não penseis que vim trazer paz, mais sim a espada". O apostolo Paulo disse:"Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne, porque são opostos entre si."(Gálatas 5. 17) Dai existir uma natural guerra entre o Espírito, e a carne. O homem que abriga em seu coração ativamente essas duas forças , ou seja; (A VONTADE DA CARNE, E A VONTADE DO  ESPÍRITO) é sem duvida um atormentado e um  grande infeliz.
Veja o forte ensinamento do Senhor Jesus(Mateus 10. 34-39) : "Não penseis que vim trazer paz à terra; não vim trazer paz, mas espada. Pois vim causar divisão entre o homem e seu pai; entre a filha e sua mãe e entre a nora e sua sogra. Assim, os inimigos do homem serão os da sua própria casa. Quem ama seu pai ou sua mãe mais do que a mim não é digno de mim; quem ama seu filho ou sua filha mais do que a mim não é digno de mim; e quem não toma a sua cruz e vem após mim não é digno de mim. Quem acha a sua vida perdê-la-á; quem, todavia perde a vida por minha causa esse achá-la-á. O que Jesus está dizendo aqui é, que tem que ocorrer nas nossas  vidas  uma renuncia total  de tudo que nos prende a este mundo, sejam os ternos laços familiares, e ou, amores desta vida, e até o nosso próprio EU.  O Senhor Jesus falando da exigente e necessária abnegação que temos que ter para tornarmos seus discípulos disse:"Assim, pois, todo aquele dentre vós não renuncia a tudo quanto tem não pode ser meu discípulo"(Lucas 14. 33).
  Essa é uma  duríssima mensagem, porém verdadeira, até antipática e inaceitável aos olhos humanos, porém, graciosa e benfazeja para aqueles que tem ouvidos espirituais revividos da morte pelo  pecado  original, e assim, podem entenderem e alegremente assimilarem  . O evangelho é uma mensagem que o homem do mundo não pode entender, porque não é humana, mas espiritual, e por ser assim, o homem natural não encontra racionalidade de conceitos humanos para aceitá-lo. Não é um chamado para o mundo, mas para aqueles que Deus escolheu antes mesmo de haver criado o próprio mundo (Efésios 1. 4). Só pode entender  tal mensagem o homem ressuscitado espiritualmente, pelo milagre da intervenção do Espírito Santo na sua vida, e assim, pode com grande tranqüilidade e prazer indizível,  renunciar o mundo e seus prazeres, a  sua glória visível, palpável, por uma promessa de uma conquista futura, de uma glória invisível, porém;  experimentada, sentida, real, imensurável, eterna com Cristo Jesus, que desfrutamos a começar desta vida,  cuja efetiva e gloriosa posse, acontecerá no dia em que formos chamados deste mundo por Cristo Jesus, para  irmos com  Ele morar. 

Então, podemos entender a mensagem angelical dos anjos naquela noite sobrenatural: "Glória a Deus nas maiores altura e paz na terra entre os homens à quem Ele quer bem". Foi pra mim, e pra você, foi pra nós que amamos  e fazemos de Cristo Jesus a nossa alegria de uma eterna conquista, verdadeira, insofismável e segura. Que assim, o Natal que está se aproximando, seja a razão da nossa maior alegria, do glorioso e eterno presente recebido. JESUS CRISTO o nosso tão amado Salvador. 


Enéas Cândido de Lara

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

A SANTA CEIA DO SENHOR !

"Porque todas as vezes que comerdes este pão e beberdes o cálice, anunciais a morte do Senhor, até que ele venha"(I Corintios 11. 26)

Ao participar certa vez, da Santa Ceia do Senhor,  observei que ao meu lado uma pessoa  cantava fervorosamente  os hinos e, se comportava como um crente fiel. Entretanto, quando da distribuição dos elementos  consagrados da Ceia,  ele  os recusou não participando. Fiquei triste, incomodado pensando  qual seria a razão? Qual o impedimento? Qual  seria o grave pecado cometido? Porque, o que poderá  afastar um crente da comunhão com Deus? .
O apostolo Paulo instruindo a igreja com respeito a celebração da ceia ele disse:(I Corintios 11. 27)” Por isso, aquele que comer o pão ou beber o cálice do Senhor, indignamente, será réu do corpo e do sangue do Senhor”? .  Porventura pode existir alguém digno  da ceia do Senhor?  (Romanos 3. 23) “Porque todos pecaram e carecem da glória de Deus”.
Mas, voltando ao texto anterior (I Corintios 11. 28) diz: Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e, assim, coma do pão, e beba do cálice; pois quem come sem discernir o corpo, come e bebe juízo para si”. Aqui está a clara explicação de Paulo e, que muitas pessoas não entendendo, acabam  se privando da  participação na ceia.

O problema não é o pecado que já foi cometido, mas sim, o arrependimento e a confissão na sinceridade de um firme propósito em abandoná-lo.  Quando sinceramente  arrependidos, confessamos os  nossos  pecados, então recebemos socorro divino, perdão, restauração,  não por nossos méritos, mas por aquele que nossas dividas pagou, morrendo em nosso lugar,substitutivamente para que possamos ter vida, e vida eterna.Disse Jesus:"{...} pois não vim chamar justos e sim pecadores ao {arrependimento}. 
 Entretanto,  se abrigamos em nossos corações algum pecado, algum procedimento que desagrada à Deus e, não queremos dele se afastar, e ou pior de tudo; entre o nosso pecado e a graça de Deus manifestado no sacrifício  de Cristo Jesus, através do simbolismo gracioso da Santa Ceia, contudo, temos intenção de continuidade, e ou, falta de forças para mudar de comportamento,  então;  não participe, nem coma e nem beba, porque estará zombando do amor de Deus e da Sua salvação graciosamente oferecida.
Não pode haver nada mais dramático na vida de alguém, do que agir dessa forma. Porque, não estará simplesmente rejeitando, desprezando um pedaço de pão e um cálice de vinho, mas, estará rejeitando o amor de Deus o Pai, manifestado em Cristo Jesus o Filho, que quis por amor ao perdido pecador se deixar morrer numa até então, maldita Cruz , para que todo aquele que nEle crer seja salvo. Por outro lado,não participar da mesa do Senhor, é dizer Não a Jesus, numa atitude gravíssima de desprezo, em ignorar o imensurável amor de Deus, através do altíssimo preço pago por Cristo Jesus.  

Pense seriamente sobre  esse assunto e, que Deus te abençoe, em nome de Jesus!

Enéas Cândido de Lara

sábado, 5 de dezembro de 2015

Aconteceu numa véspera de Natal !

  

                                                                                                       














Somente uma incontida lágrima
Sem dizer mais nada,
O chão fez umedecer.
Estática, sonhando emocionada
Conheceu sem ter vivido, o viver!
E entre ela, vítrea e transparente
Sua ilusão de alcançar,
O brinquedo mais querido
Do enigmático gordo ganhar.
Só um sorriso, um afagar..
Pois ali, a carismática figura
Também é uma criatura
Que nada pode doar.
Perdendo toda a esperança
Com frustração a criança
Da ilusão retirou,
Mas, mesmo por entre o vidro,
Sem ter tocado ao brinquedo
Com toda força ela amou.
E os expectadores  da cena
Indiferentes a esperança,
Não quiseram fazer um pouco amena
A tristeza da criança.
Sem pensar que nesta vida,
Só o amor que constrói
Que toda luta é perdida..
Ao deixar fazer ferida,
Sem socorrer aquém dói.

No Natal, nós alegremente comemoramos o maior de todos os presentes que recebemos de Deus um dia. Ao mundo foi dado Jesus Cristo o Unigênito Filho de Deus, o nosso tão amado Salvador. O Seu nascimento milagroso, e gracioso entre nós, trouxe-nos reconciliação, perdão, justificação e salvação para todo o que Nele crer. Manifeste a sua fé e gratidão, em atitudes de amor, amando em primeiro lugar à Deus sobre todas as coisas, e o teu próximo como a ti mesmo.
Pense nisso!
Enéas Cândido de Lara



EM NENHUM MOMENTO DA VIDA PERCA ELE DE VISTA!



“Portanto, também nós, visto que temos a rodear-nos tão grande nuvem de testemunhas, desembaraçando-nos de todo peso e do pecado que tenazmente nos assedia, corramos, com perseverança, a carreira que nos está proposta”.      ( Hebreus 12. 1)

Certa orquestra estava no palco; o maestro levantou a mão, disposto a dar o sinal para o inicio. O pianista, oculto pela tampa completamente aberta de seu piano de cauda, tocou as primeiras notas. Mas, de repente, com um gesto abrupto, o maestro interrompeu a música. Dirigiu-se ao piano e abaixou a tampa do instrumento. Ela atrapalhava a visão do pianista, que não conseguia ver o maestro direito e, portanto, também não conseguia acompanhar a orquestra devidamente.
Isso também, semelhantemente pode acontecer na vida espiritual de muitas pessoas.  Se nosso olhar não está fixo no Senhor Jesus, não podemos corresponder ao que Ele espera de nós, e assim.estaremos expostos ao fracasso pela força do mal que nos assedia.
 O apostolo Pedro, estava vivendo o milagre de uma única e tão grande experiência humana; o de andar por sobre as águas do mar. Evidentemente cercado por apelos circunstanciais fortes e gritantes que lhe ameaçavam a vida, mas enquanto mantinha os seus olhos fitos em Jesus, caminhava milagrosamente por sobre as águas daquele tempestuoso mar.(Mateus 14. 22. 29)  Eis aqui, uma indagação: porque Jesus primeiro não acalmou a tempestade para depois mandar Pedro ir ao Seu encontro?. Porque, evidentemente, perderia a riqueza do Seu mais precioso ensinamento. 
Nós, estamos exatamente caminhando pelo "mar da vida”, enfrentando as tempestades que nos ameaçam constantemente, os fortes apelos de vendavais, ondas que nos oprimem e, só seremos vencedores, se mantivermos firme o nosso olhar em Jesus. O apostolo Pedro quando milagrosamente andava por sobre as águas, foi oprimido por fortes ventos, por ondas que cobriam seu corpo, ele foi  tentado tirar os olhos de Jesus para olhar as circunstâncias. Era uma atitude natural, humana, mas quando o fez, foi por medo de que o poder tempestuoso do mar fosse maior do que o poder de Jesus ao lhe ordenar: "Venha Pedro". Então, começou a afundar.  Daí, a exortação do autor de Hebreus:Olhando firmemente para o autor e consumador da fé, Jesus” {...}. Hebreus 12.2).
Que possamos ainda que; fustigados por lutas e perigos da própria vida, jamais ousar tirar os olhos de Jesus.
 O piano pode ser  magnífico, as teclas ser brilhantes, a tampa  impressionante,o pianista  hábil, porem, a harmonia pode estar ausente sem a visão do maestro. Da mesma maneira, em nossa vida cristã pode haver muitas atividades, um grande conhecimento da Bíblia, e, contudo, estarmos produzindo um som desarmônico, reprovável em confronto com a beleza ímpar, gloriosa, Santa de nosso tão amado Salvador, Jesus Cristo. Se algo em nossa vida está interpondo entre Cristo e nós, é tempo de parar tudo, recapitular, buscar o motivo da desarmonia, retirando os obstáculos e, impedimentos que impeçam a nossa  firme e perfeita visão de Cristo Jesus, o nosso Salvador.

Pense nisso!  Que Deus te abençoe, em nome de Jesus!


Enéas Cândido de Lara

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

ARVORE PLANTADA JUNTO A CORRENTES DE ÁGUAS!



TEXTO BÁSICO: (SALMO 1. 3)"Ele é como árvore plantada junto a corrente de águas, que, no devido tempo, dá o seu fruto, e cuja folhagem não murcha; e tudo quanto ele faz será bem sucedido" 

Com a evolução da técnica de produção agrícula de alimentos, hoje se torna normal o uso de irrigação natural através de desvios de rios, canalizações e até o uso de bombas Hidráulicas para bombeamento de águas, possibilitando assim a irrigação de uma grande área de plantações. Quando o Salmista escreveu este (Salmo 1), ele via as frondosas arvores as margens dos rios, que a despeito de grandes estiagens permaneciam de folhas verdes, viçosas sem serem molestadas pela sequidão circundante. Essa expressão, com a situação que sugere, ilustra de modo belo a vida do homem cheio do Espírito Santo.
Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva” (João 7. 38). Graças à Deus que em Cristo Jesus somos plantados junto dos rios do Espírito, e assim ficaremos para sempre, e até mesmo além desta vida terrena.O Cordeiro que se encontra no meio do trono os apascentará e os guiará para as fontes de águas da vida”(Apocalipse.7. 17) Ali, seremos supridos do Espírito Santo, e glorias espirituais teremos muito além daquilo que nós podemos imaginar. O homem dirigido pelo Espírito Santo tem uma vida muito mais profunda e gloriosa do que aquilo que a mente humana pode compreender.(I Corintios. 2. 14-15) e além do alcance e da manipulação dos ímpios, que nada pode fazer para destruí-lo. (Colossenses. 3. 3) Porque somos como arvores cujas raízes profundas se alimentam da força poderosa do espírito Santo que em nós Habita. “E que no tempo oportuno dá o seu fruto”(Gálatas.5.23- 32)O Homem espiritual é dirigido por virtudes especificas em cada situação. Em tempos de lutas e aflições, sabe demonstrar paciência; em tempos de vivência espiritual, revela zelo; em tempos de fraqueza e tentação, exerce domínio próprio. Em tempo de escassez é sustentado pela fé; e assim vive as varias experiências da vida fazendo exteriorizar na superfície a riqueza do seu caráter espiritual, que possui na sua essência. Essa foi a experiência do apostolo Paulo que disse:”Aprendi a viver contente em toda e qualquer situação (Filipenses. 4. 11).
 O homem que vive segundo o Espírito sempre será como as frondosas arvores que demonstram vida, vitalidade e de folhas verdes, ainda que viva em meio de lutas, tribulações e vicissitudes, sempre estará demonstrando tranqüilidade, força, vigor, esperança, porque continuadamente é nutrido da mais gloriosa essência da água da vida, que procede das misericórdias graciosas de Deus.
 Que Deus te abençoe querido amigo leitor dessa mensagem, em nome de Jesus !
Enéas Cândido de Lara
Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger