sábado, 5 de dezembro de 2015

EM NENHUM MOMENTO DA VIDA PERCA ELE DE VISTA!



“Portanto, também nós, visto que temos a rodear-nos tão grande nuvem de testemunhas, desembaraçando-nos de todo peso e do pecado que tenazmente nos assedia, corramos, com perseverança, a carreira que nos está proposta”.      ( Hebreus 12. 1)

Certa orquestra estava no palco; o maestro levantou a mão, disposto a dar o sinal para o inicio. O pianista, oculto pela tampa completamente aberta de seu piano de cauda, tocou as primeiras notas. Mas, de repente, com um gesto abrupto, o maestro interrompeu a música. Dirigiu-se ao piano e abaixou a tampa do instrumento. Ela atrapalhava a visão do pianista, que não conseguia ver o maestro direito e, portanto, também não conseguia acompanhar a orquestra devidamente.
Isso também, semelhantemente pode acontecer na vida espiritual de muitas pessoas.  Se nosso olhar não está fixo no Senhor Jesus, não podemos corresponder ao que Ele espera de nós, e assim.estaremos expostos ao fracasso pela força do mal que nos assedia.
 O apostolo Pedro, estava vivendo o milagre de uma única e tão grande experiência humana; o de andar por sobre as águas do mar. Evidentemente cercado por apelos circunstanciais fortes e gritantes que lhe ameaçavam a vida, mas enquanto mantinha os seus olhos fitos em Jesus, caminhava milagrosamente por sobre as águas daquele tempestuoso mar.(Mateus 14. 22. 29)  Eis aqui, uma indagação: porque Jesus primeiro não acalmou a tempestade para depois mandar Pedro ir ao Seu encontro?. Porque, evidentemente, perderia a riqueza do Seu mais precioso ensinamento. 
Nós, estamos exatamente caminhando pelo "mar da vida”, enfrentando as tempestades que nos ameaçam constantemente, os fortes apelos de vendavais, ondas que nos oprimem e, só seremos vencedores, se mantivermos firme o nosso olhar em Jesus. O apostolo Pedro quando milagrosamente andava por sobre as águas, foi oprimido por fortes ventos, por ondas que cobriam seu corpo, ele foi  tentado tirar os olhos de Jesus para olhar as circunstâncias. Era uma atitude natural, humana, mas quando o fez, foi por medo de que o poder tempestuoso do mar fosse maior do que o poder de Jesus ao lhe ordenar: "Venha Pedro". Então, começou a afundar.  Daí, a exortação do autor de Hebreus:Olhando firmemente para o autor e consumador da fé, Jesus” {...}. Hebreus 12.2).
Que possamos ainda que; fustigados por lutas e perigos da própria vida, jamais ousar tirar os olhos de Jesus.
 O piano pode ser  magnífico, as teclas ser brilhantes, a tampa  impressionante,o pianista  hábil, porem, a harmonia pode estar ausente sem a visão do maestro. Da mesma maneira, em nossa vida cristã pode haver muitas atividades, um grande conhecimento da Bíblia, e, contudo, estarmos produzindo um som desarmônico, reprovável em confronto com a beleza ímpar, gloriosa, Santa de nosso tão amado Salvador, Jesus Cristo. Se algo em nossa vida está interpondo entre Cristo e nós, é tempo de parar tudo, recapitular, buscar o motivo da desarmonia, retirando os obstáculos e, impedimentos que impeçam a nossa  firme e perfeita visão de Cristo Jesus, o nosso Salvador.

Pense nisso!  Que Deus te abençoe, em nome de Jesus!


Enéas Cândido de Lara

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger