quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

O GLORIOSO E GRACIOSO PRESENTE RECEBIDO !


O Natal é uma data realmente emocionante para todo aquele que é salvo, porque a sobrenatural  anunciação do Seu nascimento envolveu a terra e céu. Os portais eternos da glória milagrosamente se abriram naquela noite, e o anjo pregoeiro de Deus veio trazer a boa nova de salvação, dizendo:"Hoje vos nasceu, na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor"(Lucas 2.11) E juntamente com o anjo veio também a milícia celestial dos anjos cantando:"Glória a Deus nas maiores alturas, e paz na terra entre os homens, a quem ele quer bem"(V. 14). 
Entretanto, quando Jesus iniciou seu ministério Ele disse:""Não penseis que vim trazer paz à terra; não vim trazer paz, mas espada". Ou seja, foi uma revelação de uma declarada "guerra espiritual".(Mateus 10. 34).Como entender esta revelação?. O único objetivo de Jesus era vir ao mundo para pagar no suplicio daquela cruz o pecado que fazia separação entre o homem e Deus. Portanto, a sua pregação era espiritual, para um homem perdido e carnal que estava longe de Deus.  Dai, a razão do Seu posicionamento:"Não penseis que vim trazer paz, mais sim a espada". O apostolo Paulo disse:"Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne, porque são opostos entre si."(Gálatas 5. 17) Dai existir uma natural guerra entre o Espírito, e a carne. O homem que abriga em seu coração ativamente essas duas forças , ou seja; (A VONTADE DA CARNE, E A VONTADE DO  ESPÍRITO) é sem duvida um atormentado e um  grande infeliz.
Veja o forte ensinamento do Senhor Jesus(Mateus 10. 34-39) : "Não penseis que vim trazer paz à terra; não vim trazer paz, mas espada. Pois vim causar divisão entre o homem e seu pai; entre a filha e sua mãe e entre a nora e sua sogra. Assim, os inimigos do homem serão os da sua própria casa. Quem ama seu pai ou sua mãe mais do que a mim não é digno de mim; quem ama seu filho ou sua filha mais do que a mim não é digno de mim; e quem não toma a sua cruz e vem após mim não é digno de mim. Quem acha a sua vida perdê-la-á; quem, todavia perde a vida por minha causa esse achá-la-á. O que Jesus está dizendo aqui é, que tem que ocorrer nas nossas  vidas  uma renuncia total  de tudo que nos prende a este mundo, sejam os ternos laços familiares, e ou, amores desta vida, e até o nosso próprio EU.  O Senhor Jesus falando da exigente e necessária abnegação que temos que ter para tornarmos seus discípulos disse:"Assim, pois, todo aquele dentre vós não renuncia a tudo quanto tem não pode ser meu discípulo"(Lucas 14. 33).
  Essa é uma  duríssima mensagem, porém verdadeira, até antipática e inaceitável aos olhos humanos, porém, graciosa e benfazeja para aqueles que tem ouvidos espirituais revividos da morte pelo  pecado  original, e assim, podem entenderem e alegremente assimilarem  . O evangelho é uma mensagem que o homem do mundo não pode entender, porque não é humana, mas espiritual, e por ser assim, o homem natural não encontra racionalidade de conceitos humanos para aceitá-lo. Não é um chamado para o mundo, mas para aqueles que Deus escolheu antes mesmo de haver criado o próprio mundo (Efésios 1. 4). Só pode entender  tal mensagem o homem ressuscitado espiritualmente, pelo milagre da intervenção do Espírito Santo na sua vida, e assim, pode com grande tranqüilidade e prazer indizível,  renunciar o mundo e seus prazeres, a  sua glória visível, palpável, por uma promessa de uma conquista futura, de uma glória invisível, porém;  experimentada, sentida, real, imensurável, eterna com Cristo Jesus, que desfrutamos a começar desta vida,  cuja efetiva e gloriosa posse, acontecerá no dia em que formos chamados deste mundo por Cristo Jesus, para  irmos com  Ele morar. 

Então, podemos entender a mensagem angelical dos anjos naquela noite sobrenatural: "Glória a Deus nas maiores altura e paz na terra entre os homens à quem Ele quer bem". Foi pra mim, e pra você, foi pra nós que amamos  e fazemos de Cristo Jesus a nossa alegria de uma eterna conquista, verdadeira, insofismável e segura. Que assim, o Natal que está se aproximando, seja a razão da nossa maior alegria, do glorioso e eterno presente recebido. JESUS CRISTO o nosso tão amado Salvador. 


Enéas Cândido de Lara

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger