quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

VOCÊ JÁ CONHECE O TEU MAIOR INIMIGO?

"O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar"(I Pedro 1. 8)

O Senhor Jesus em seus  ensinamentos  sempre bateu  nessa tecla, quanto a termos vigilância e estarmos preparados, não só por não sabermos o dia em que vamos encontrar com Deus, mas o de estarmos preparados contra as investidas do diabo, que anda em nosso derredor como leão ferido e, ferozmente alucinado, tentando encontrar uma brecha, um descuido para  nos devorar. O diabo tem um grande aliado contra nós, e, ele usa dele para nos  fazer pecar, desviando-nos  da comunhão com Deus. E esse aliado poderoso do diabo é a nossa  carne, o nosso Eu. "Nós somos o maior inimigo de nós mesmos!."
Veja o que está escrito: Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito, conta a carne, porque são opostos entre si; para que não façais o que, porventura, seja do vosso querer"(Gálatas 5. 17)
Precisamos, como disse o apostolo Paulo:"Fazei morrer  a vossa natureza terrena"(Colossenses 3. 5) Enquanto o homem não se der conta disso, será sempre derrotado pelo diabo.  O apostolo Paulo falando desse constante perigo disse: "Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes ficar firmes contra as ciladas do diabo; porque a nossa luta não é contra a carne e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestiais"(Efésios 6. 11-12)
 Certos pregadores andam afirmando que nós não precisamos preocuparmos com o diabo, porque ele é um derrotado e nada pode fazer contra nós.  Isso não é verdade. O crente que tem uma vida santificada, que nasceu de novo, que renunciou o mundo e sua glória, que morreu para o mundo e, que agora vive uma vida nova em Cristo Jesus, o qual como Paulo pode dizer:" Já não sou eu quem vive, mas é Cristo que vive em mim, e esse viver que agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim"(Gálatas 2. 20) A despeito de estarmos vivendo a gostosa experiência da nova vida, não devemos abaixar a guarda, vivendo displicentemente, mas vigilantes, e em comunhão  diuturnamente com Deus. Porque,  a exortação de Paulo foi dirigida a todos nós: "revesti-vos de toda armadura de Deus".
 Não menospreze o poder do inimigo, porque, como ele não teve medo de Jesus, mesmo sabendo que Jesus era o Filho do Deus eterno, ele veio estrategicamente no momento em que Jesus estava fisicamente  debilitado, faminto e  então, chega e oferece-O pão. Que oferta aparentemente providencial e oportuna fazia o diabo, só que ele não estava preocupado com a fome de Jesus, ele queria comprá-LO, corrompê-LO. E para isso ele usou  de recursos da glória que a ele foi dada, "O mundo"(Mateus 4. 1-11)

 Graças a Deus que Jesus não se vendeu, e nem poderia fazê-lo, mas desgraçadamente como o diabo tem conseguido  comprar muitos crentes com a sua infernal tentação da glória e dos prazeres que tem o mundo.  Enquanto somos revestidos desta carne maculada pelo pecado, temos que viver uma vida de constante vigilância, sempre atentos para as ofertas que o diabo nos faz. Aquelas que até são aparentemente ingênuas, e até camufladas de inocência, mas que por trás vem carregada do veneno mortífero do pecado.
Precisamos estar unidos com Cristo glorificado.
Portanto, se fostes ressuscitados juntamente com Cristo, buscai as cousas lá do alto, onde Cristo vive, assentado á direita de Deus. Pensai nas cousas lá do alto, não nas que são aqui da terra; porque morrestes, e a vossa vida está oculta juntamente com Cristo, em Deus. Quando Cristo, que é a vossa vida, se manifestar, então, vós também sereis manifestados com ele, em glória.(Colossenses 3. 1-4). Comece o Ano Novo com sabedoria e prudência, subjugando as  paixões humanas que emanam naturalmente dos instintos carnais corrompidos pela nódoa maldita do pecado, que entranhou à todo ser humano pelo pecado original no Éden (Romanos 5. 12).   
Que Deus vos  abençoes, fazendo-os em servos vigilantes, que não vivam mais para si mesmos, mas para servirem e glorificarem o nome Santo de Cristo Jesus, o nosso tão amado salvador.

Enéas Cândido de Lara

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger