sábado, 5 de março de 2016

A SUBLIMIDADE DE UMA DIVINA PESCARIA !


Disse Jesus:” Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens”! (Mateus 4. 19)

O Senhor Jesus ao iniciar o seu ministério terreno, Ele chamou homens, cooperadores, para que estes; fossem preparados para serem os continuadores da Sua sagrada missão, de trazer ao perdido pecador a mensagem de salvação, a qual, seria consumada na cruz do calvário. E assim, passando certa feita pelo mar da galileia viu dois pescadores; Simão chamado Pedro, e seu irmão André. Então, fez o convite:Vinde após  mim, e eu vos farei pescadores de homens”!  E, eles imediatamente deixaram tudo e O seguiram.
 É interessante notar que Jesus chamou pessoas simples, pessoas do povo, imperfeitos, incapacitados. Alguns deles como; Pedro e João,  que segundo (Atos 4. 13) diz:Ao verem a intrepidez de Pedro e João, sabendo que eram homens iletrados e incultos, admiraram-se; e reconheceram que haviam eles estado com Jesus”. Uma coisa Jesus sabia; eles eram  pescadores profissionais, que viviam dessa árdua profissão que tinham para sobreviverem. Quantas noites de lutas, quantas tempestades, noites infrutíferas de canseira  e sono..! 
Quando Jesus os convidou para que pescassem homens", eles aceitaram sem questionamentos, deixando tudo; e O seguiram. Deus para fazer a Sua obra não precisa de nós.  Contudo, graciosamente nos convida  para sermos coadjuvantes  da mais linda e gloriosa de todas as missões; sermos mensageiros de esperança e salvação, pela fé na obra redentora da cruz.

Essa missão é difícil, exige coragem, destemor, um amor tão grande entranhado na alma, inflamado por uma fé, e constrangido por uma tão grande gratidão, pelo preço do perdão recebido, a salvação da  alma. Os pescadores  eram homens corajosos, persistentes que ficavam horas esperando o peixe chegar, mas, muitas vezes voltavam pra casa sem conseguir pescar nenhum. Na divina pescaria de homens, não é diferente, o aparente fracasso de um tempo todo sem ver resultado, não pode ser motivo de desânimo, (muito pelo contrário) porque, o “peixe” pescado não depende de nossa vontade, ou de nossas habilidades, mas sim,  da vontade exclusivamente do Espírito Santo. Por isso, o nosso sucesso está garantido, desde que; estejamos persistentes, dispostos  a continuar jogando as redes.

Preste atenção meu irmão! Quando Jesus te salvou, Ele fez um altíssimo investimento, pagando o maior de todos os preços; o Seu vertido sangue derramado naquela maldita cruz, para que você fosse lavado, purificado, justificado de todas as suas  injustiças e pecados. Agora, você pertence à Ele, e Ele é teu Senhor, e como Senhor Ele te ordenou: “Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda a criatura”( Marcos 16. 15).

Pense nessa pessoal,  intransferível e gloriosa  missão!

Que Deus te abençoe, em nome de Jesus!

Enéas Cândido de Lara

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger