sábado, 30 de abril de 2016

ANIVERSÁRIO DO BLOG : "MARAVILHOSA GRAÇA"!

“Com efeito, grandes cousas fez o SENHOR por nós; por isso, estamos alegres”(Salmo 126. 3)

Dia 28 de abril de 2016, comemoramos (06 anos) da existência do Blog:" Maravilhosa Graça".
Foi um tempo de ininterrupto trabalhar, levando ao mundo a mensagem  de fé, esperança e salvação, que somente em Cristo Jesus se pode encontrar.  Esse foi o objetivo único da sua criação. E, com grande alegria, compartilhamos as bênçãos alcançadas. Já chegamos aos lugares mais distantes da terra. São (99 países) onde temos pessoas que tem acessado nossas postagens, e assim, tomam conhecimento do amor gracioso e misericordioso de Deus o Pai, manifestado em Cristo Jesus o Filho, para salvação de todo o que Nele crer.
Seja você também meu irmão, um cooperador nessa imperiosa, e intransferível missão recebida do Senhor Jesus; IDE por todo o mundo e pregai o evangelho a toda a criatura”(Marcos 16. 15) Acesse o Maravilhosa Graça, link: http://eneaslara.blogspot.com  e se desejar; deixe ali um comentário, uma opinião, isso será para nós precioso estímulo para continuarmos a Sagrada Missão, de levar ao mundo a mensagem de fé, esperança e salvação. 

Os meus sinceros agradecimentos,
um grande e fraternal abraço!


Enéas Cândido de Lara

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Rev. Hernandes Dias Lopes - O que acontece depois da morte



Vivemos a vida, subjugados pela realidade implacável e imutável da morte. É uma consequência da maior tragédia que se consumou no Éden. A insubordinação e desobediência de Adão e Eva, há determinação de Deus (Gênesis 2. 17), trouxeram para o mundo, e consequentemente para todo ser vivo que existe na terra; A Morte! Já temos experimentado o dissabor amargo da separação de um familiar, um amigo que partiram e, como isso  nos trás tristezas, dor e saudade, ficando aquela   pergunta: Onde estará ele agora? Assistam este vídeo, para saberem o que a palavra de Deus diz a respeito desse assunto!

Que Deus abençoe a tua vida, em Nome de Jesus!  

segunda-feira, 25 de abril de 2016

UMA PALAVRA DE BENÇÃO PARA O TEU CORAÇÃO!

Texto Básico:(João 6- 37)
“Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim; e o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei  fora”
Eu tenho conversado com muitos irmãos em Cristo, e descobri que cada um tem elegido para si, um versículo, um texto bíblico que lhe fala mais profundamente ao coração, trazendo esperança e conforto. Para alguns é (João 3 -16) Porque Deus amou o mundo de Tal maneira, que deu o seu filho unigênito para que todo aquele, que nele crer, não pereça mais tenha a vida eterna”.                                   
Para outros é (João 5- 24) Em verdade, em verdade vos digo: quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou tem a vida eterna, não entra em juízo, mas passou da morte para a vida. Outros ainda, gostam das belas mensagens dos Salmos por exemplo, o (91): Aquele que habita no esconderijo do altíssimo, a sombra do onipotente descansará.
 ----Mas, para mim, a promessa mais linda, a mais confortante que rejubila minha alma é a afirmação de Jesus aqui em (João 6.37). Porque, quando eu leio esta promessa, eu descubro uma coisa maravilhosa, é que Deus por Sua imensurável graça e amor, quis me escolher, separar, eleger-me, e como um presente levou o meu nome até seu Filho Jesus Cristo, e tenha dito: (Estou trazendo mais este aqui de presente, minha dádiva, razão manifestada da minha misericórdia, para que seu nome seja confirmado no livro da vida, pelo alto preço do calvário, e seja ele lavado, e justificado no sangue da nova aliança, e receba a graça que já havia designado a ele, antes da fundação do mundo.) Efésios 1. 4.
Eu creio que isso tenha acontecido na minha vida, como também na tua meu irmão, nós que cremos, nós que aguardamos com fé e esperança, aquele dia em que haveremos de encontrá-lo na gloria eterna. Por isso, irmãos, não importa a vida que tivermos de viver neste mundo, seja ela de lutas, privações, vales sombrios, escabrosos caminhos, que tivermos de percorrer por dores, enfermidades, perdas, frustrações, ainda que; a aflição invada a nossa alma. Há.... como isso tudo passa a ser suportável, como tudo isso fica pequeno, insignificante, sem importância frente ao vislumbre da magnitude imensurável do galardão, que eu e você, já somos detentores.
A maior honraria que um mortal jamais poderá receber, em toda a sua vida, a condecoração mais preciosa, gloriosa, sublime, vitoriosa, é ter sido Eleito, escolhido, separado um dia, pelo supremo Senhor, o nosso Deus eterno, que quis nos mostrar a explícitude magnânima de Sua graça, em ter trazido o nosso nome até Jesus, para que pudéssemos ser justificado, lavado, purificado no Seu sangue vertido na cruz do calvário.
Disse Jesus; TODO AQUELE QUE O PAI ME DÁ. Essa mesma afirmação Ele repete em (João 17. 9); Eu não rogo pelo mundo, mas por aqueles que Tu me deste. O que Jesus está dizendo, é que existe um seleto grupo, um distinto numero de predestinados, eleitos segundo a eleição da graça do Pai antes de todas as coisas.  (E que com indizível alegria nós podemos dizer, nós também fazemos parte desta galeria gloriosa dos redimidos por Cristo Jesus,) ALELUIA!.   Nós somos o presente que Deus deu para Jesus, uma dádiva do amor eterno, em que nada fizemos para sermos merecedores, foi tão somente misericórdia do Pai.

 Mas, Jesus continuou e disse; Aquele que vem a mim, Ou seja; trazido por meu Pai, presente querido do meu Pai, manifestação graciosa do meu Pai. Jesus diz: DE MODO NENHUM EU LANÇAREI FORA.( Essa é a garantia que Aquele que foi salvo por Cristo um dia, nunca mais perde a  sua salvação)  Meu irmão, você entendeu? Pode realmente compreender a profundidade majestosa, divina, gloriosa desta promessa? A segurança absoluta que é respaldada no sangue precioso de Cristo Jesus, derramado naquela até então, maldita Cruz.  FOI POR MIM E POR VOCÊ!.
O apostolo Paulo escrevendo a (Tito 1. 2) disse: O Deus que não pode mentir prometeu a seus eleitos. Por isso, não existe nenhum perigo, nenhum contratempo, nenhum inferno, nenhuma tentação, nenhum poder das trevas que possa mudar a divina chancela que Deus colocou um dia nas nossas vidas, meu irmão. Tenha sempre em tua vida a certeza desta gloriosa e divina promessa ,que o amor maior do Pai o fez consumar naquela tão rude Cruz.  (Romanos 8.31-39) O apostolo Paulo no (v. 34) pergunta:  Quem nos separará do amor de Cristo?. Será a tribulação? angustia? perseguição? fome? nudez? perigo de vida? espada?. E ele termina dizendo;  nada poderá separar-nos do amor de Deus que esta em Cristo Jesus, nosso senhor. Graças a Deus, que esta segurança está nEle, e não em nós. 
Pense, e regozija-se nessa tão grandiosa revelação do amor de Deus o Pai, manifestado em Cristo Jesus o Filho, para salvação de todo o que nEle crê!
Que Deus te abençoe, em nome de Jesus!

Enéas Cândido de Lara


quinta-feira, 21 de abril de 2016

A JUSTIÇA VINDOURA DO JUÍZO FINAL!

 (2 Corintios 5. 10)"Porque importa que todos nós compareçamos perante o tribunal de Cristo"{....}. 

 Jesus vai voltar com todo poder e glória, para julgar os homens segundo
 as suas obras. 
A Santa palavra de Deus diz que; haverá um dia na vida de todos nós, do qual jamais poderemos escapar dele, o de estarmos diante do tribunal de Cristo, para o ultimo julgamento. Naquele momento Jesus não será mais o salvador, mas sim; o supremo e inflexível Juiz.(João 5. 22) diz:"E o Pai a ninguém julga, mas ao Filho confiou todo o julgamento".
E, então, seremos julgados segundo as nossas obras. Aquele que viveu a sua vida como fiel servo de Jesus, o julgamento  não será para a salvação, porque já fomos salvos no dia que aceitamos Jesus como Senhor de nossas vidas, assim o julgamento será, para recebermos premio, galardão, recompensa. Será um dia de grande expectativa e de indescritível  emoção, na esperança da gloriosa recompensa prometida por Ele mesmo:(Apocalipse 22. 12)"Eis que venho sem demora e comigo está o galardão que tenho para retribuir a cada um, segundo as suas obras".
Em contrapartida, será um dia de grande dor, de amargas e inestancáveis lágrimas, num sofrimento terrível e eterno jamais imaginado pelo ser humano, que ao passar pelo crivo do julgamento do Supremo Juiz, o achar  culpado, e assim, o será  separado eternamente de Deus e das Suas bênçãos, e lançado no lago de fogo e enxofre para todo o sempre (Marcos 9. 44). Quando um pecador impenitente olha para a terrível descrição deste dia do juízo final , pensa que, Deus não é justo e nem tão bom como afirma a Sua palavra (Bíblia Sagrada).
Devemos lembrar que, não é o pecador quem define as regras do julgamento! O Legislador  é Deus, e  Jesus será o grande Juiz. (Tiago 4. 12). Daí, a importância de conhecendo-O, temer, respeitar e obedecer as Suas leis. Deus estabeleceu essas regras e as registrou na Bíblia.  Tem pessoas que pensam que por não terem  matado, roubado, adulterado e nem feito mal ao seu semelhante, seja uma pessoa aprovada por Deus, e livre da condenação do seu ultimo julgamento. Será mesmo, que podemos  justificar-nos á nós mesmos? Será que podemos afirmar com toda a convicção de que cumprimos o mandamento estipulado por Jesus? "Amarás o SENHOR teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.{....} e o teu próximo como  a ti mesmo"? (Mateus 22.37-39)

Veja a palavra do profeta Jeremias: (Jeremias 17. 9):" Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerá? Deus conhece o recôndito mais profundo dos nossos corações, muito mais do que nós mesmos. Não adianta querer passar-se por bonzinho diante Dele, Ele enxerga o mau existente em nós que nós  não podemos vê-lo. Mas, Deus expressando o Seu imensurável amor, enviou o Seu Unigênito Filho Jesus Cristo para fazer-se um de nós, viver a nossa vida, morrer a nossa morte em substituição ha todo aquele que Nele crer, e pelo Seu sacrifício na Cruz maldita do calvário, então, seja o pecador lavado, purificado, regenerado  de toda as injustiças e pecados. Agora, quando o penitente pecador achega-se  a Cristo Jesus, arrependido dos  seus pecados e suplica-lhe perdão, receberá  de imediato a graça que do seu amor lhe é oferecido, para todo o que nEle crer. (Romanos 8. 1)" Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus". A reconciliação foi feita, o preço foi pago, o impedimento foi retirado e agora pela fé o pecador tem livre acesso a graça de Deus e ao Seu perdão.

Disse Jesus:"Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim"(João 14. 6) . Só em Jesus há salvação, só Ele pode perdoar os teus pecados, e te receber no descanso eterno e te livrar do terror daquele dia. Meu amigo e irmão, essa é a única verdade, de quem é o  Senhor da terra e dos céus, e que tem todo o poder para mudar a tua  vida! Porque, por te amar tanto, morreu para que você tivesse vida e vida eterna!
Pense nisso!
Que Deus te abençoe, em nome de Jesus!!!!!!

Enéas Cândido de Lara

segunda-feira, 18 de abril de 2016

A OUSADIA DE UMA INFLEXÍVEL FÉ NA DEPENDÊNCIA DO AGIR DE DEUS!


Disse o Senhor a  Gideão: “É demais o povo que está contigo, para eu dar os midianitas em sua mão; a fim de que Israel se não glorie contra mim, dizendo: A minha própria mão me livrou”(Juízes 7. 2)

Quando Gideão se preparou para a batalha, afim de libertar o povo de Israel, das mãos dos midianitas ,a probabilidade de vitória não era nenhuma: 32.000 homens israelitas contra 135.000 midianitas. Somente com a ajuda do Senhor, eles poderiam vencer. Não nos causa espanto Gideão ter ficado assombrado, quando o Senhor fez dois cortes no seu exército. Ele perdeu 22.000 homens ao seguir a instrução do Senhor e mandar que os tímidos voltassem para a casa. A  segunda prova dos 10.000 restantes foi descerem às águas. Aqueles que parassem, tirassem a armadura e, abaixando-se lambessem as águas com a língua, seriam eliminados. Só aqueles que continuassem a olhar para Gideão enquanto bebiam, levando a mão à boca, seriam qualificados. O ponto em questão era a dedicação dos soldados à batalha e a sua disposição de conservar a atenção presa em Gideão. Apenas 300 homens passaram na prova. Com estes, porém, o Senhor ganhou a vitória sobre Midiã.

 O relato bíblico diz-nos duas coisas importantes. O Senhor procura seguidores leais e dedicados que mantenham fitos os olhos nEle. Que vivam em total dependência do Seu poder. Então, Ele pode fazer até o milagre do impossível para que a vitória aconteça. Hoje, temos alguém maior do que Gideão para liderar-nos: Jesus Cristo. Mas, também a história nos diz que o Senhor diminuiu o contingente dos soldados Israelitas, para que a glória fosse dada à Ele, e não a força e astúcia do seu exército . Porque, Deus faz questão do nosso  reconhecimento e gratidão .Será que nós também, não estamos ousando fazer algo e que não poderá ser realizado sem a força e a  intervenção divina?  Tantas vezes planejamos nossa vida em torno daquilo que podemos fazer com nossas  próprias forças, e acabamos esquecendo que toda força e poder vem de Deus. Um sinal seguro de que estamos em comunhão com o Senhor, é quando tentamos resolver os problemas que nos aflige, com fé e esperança que  somente dEle emana e provém todas as coisas tanto no céu, como na terra  . Isso tem acontecido em sua vida? Ou será que muitas vezes também tem  procurado resolver problemas em sua vida, e  que somente Deus pode resolver?
Pense nisso!

Enéas Cândido de Lara

sexta-feira, 15 de abril de 2016

A ESPERANÇA DA GLÓRIA !


"Pois a nossa pátria está nos céus, de onde também aguardamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, o qual transformará o nosso corpo de humilhação, para ser igual ao corpo da Sua glória, segundo a eficácia do poder que ele tem de até subordinar a si todas as cousas" (Filipenses 3. 20-21).

Um certo homem ocupando um alto posto político na França, ele era homem enérgico, (linha dura) e que por ser assim, era respeitado por todos os seus subordinados. Entretanto, esse homem tinha um grande problema familiar; a sua filhinha que ele a amava tanto, razão de toda a sua atenção e ternura, era paraplégica. Apesar de ser homem muito ocupado, dedicava algumas horas da tarde para ficar com ela. E nesses momentos ele se transformava: era humilde, doce, atencioso e atendia à todos os pedidos que ela o fizesse. Algum tempo depois a enfermidade degenerativa se agravou e ela morreu. O funeral foi feito na própria residência. Essa família eram de crentes, fieis, sabiam que a querida filha estava agora com o Senhor Jesus. Quando eles voltavam do cemitério, aquele pai disse para a sua esposa:  Agora ela é igual à todos os outros!
 Ó... gloriosa e imensurável esperança, que nos conforta, anima e nos faz ver o invisível do nosso celeste porvir. Isso, é o poder consolador da fé, que permite ainda que, entre lágrimas e dor, ter a maravilhosa esperança nas infalíveis promessas de Cristo Jesus. Quando Cristo voltar teremos corpos semelhantes ao seu próprio corpo,ou seja;  corpo glorificado.

Veja o que diz a palavra de Deus:" Vede que grande amor nos tem concedido o Pai, a ponto de sermos chamados filhos de Deus; e, de fato, somos filhos de Deus. Por essa razão, o mundo não nos conhece, porquanto não o conheceu a ele mesmo. Amados, agora, somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou o que haveremos de ser. Sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque haveremos de vê-lo como ele é".(I João 3. 1-2). O apostolo Paulo falando da imensurável glória do porvir, para todo aquele que vive por fé, disse:" Nem  olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam". (I Coríntios 1. 9). 

Se você meu irmão está andando no vale, tem pedras, espinhos, tem dor, tem lágrimas, tem cansaço, enfado, não desespere a tua vitória está logo ali na frente. Jesus disse:"Tem bom ânimo, eu venci o mundo"(João 16.33). E é glorioso saber que a vitória dEle, foi substitutiva, ou seja; foi em nosso lugar. Então, em Cristo Jesus somos mais que vencedores!
Que Deus te abençoe meu amigo, irmão e irmã, em nome de Jesus!!!!


Enéas Cândido de Lara

quarta-feira, 13 de abril de 2016

NISTO É GLORIFICADO MEU PAI, EM QUE DEIS MUITO FRUTO!

A figueira sem frutos !

(Mateus 21. 18- 22)
 Foi amaldiçoada, e morreu!

O texto nos diz que Jesus vinha voltando para a cidade, ou seja; de Betânia para Jerusalém. Ele estava cansado, com fome, e  avista a beira da estrada uma figueira. Então, vai até ela, remexe as suas folhas, mas não encontra nenhum fruto. “Então, olhando para a figueira disse:Nunca mais nasça fruto de ti, e a figueira secou imediatamente. (Marcos 11 -13) Aqui nos diz, por que razão Jesus não encontrou fruto naquela figueira; “porque não era tempo da figueira produzir frutos”.
Quando Jesus foi até aquela figueira, Jesus sabia muito bem que lá não tinha fruto nenhum. Mas, então, porque Ele foi até aquela figueira?  Foi Para nos dar uma imprescindível lição, e acima de tudo, uma séria advertência  ensinando-nos que o "tempo de Deus, não é o nosso tempo".
Essa figueira tinha um grande à libe, não era seu tempo de produzir frutos. Mas preste atenção para uma coisa muito importante aqui da lição de Jesus. É que quando Jesus procura fruto numa fonte produtora de frutos, Ele quer encontrar frutos. Meu irmão! você pode entender aqui o recado de Jesus? O que Jesus esta dizendo é que; (eu e você), somos fontes produtoras de frutos e, que Ele um dia vai procurar frutos em nós. Jesus disse : "aquele que estando em mim não der fruto  “Ele o corta”. (João 15 -5)  disse Jesus: Eu sou a videira, vós os ramos, quem permanecer em mim, e eu nele esse da muito fruto”.
Eu fico a pensar como será o nosso encontro com Jesus, quando Ele nos chamar. É uma realidade que nós não vamos escapar de jeito nenhum, a nossa hora vai chegar um dia, e Ele vai nos perguntar. “O que você fez com a vida que Eu te dei? Onde estão os frutos?. Quantas vezes Jesus falou, insistiu, bateu na mesma tecla, através de ensinamentos, parábolas, para que nós estejamos preparados para que essa hora não nos pegue de surpresa.  (Lucas 12 -40) disse Jesus: "Eis que venho como ladrão á noite, quando ninguém estiver esperando". Ainda em (Mateus 24 -42) diz: "Vigiai, porque não sabeis o dia e nem a hora que o senhor vai voltar".
Meu irmão(a),como você está? Está preparado(a)?. Há um ditado popular que diz; ( Para morrer basta estar vivo) De repente você constata que seu tempo acabou, e que agora não tem mais chance nenhuma de fazer nada, como estará sua aljava? Será que esta repleta de frutos preciosos para o senhor? Ou será que você ainda não conseguiu nenhum?Seja um ramo que honre, dignifique a gloriosa e Santa Videira em que estais ligados!
Certo dia eu conversava com uma jovem, que se encontrava afastada da igreja, então a convidei a voltar.  Então, ela olhando para meus cabelos grisalhos disse; Sabe é o senhor que tem que tomar cuidado! Eu.... sou muito jovem ainda, tenho uma vida toda pela frente, qualquer hora, um dia talvez, a gente resolva voltar. Foi então, que lembrei do fato que mais me chama atenção, quando adentro á um cemitério, e andando a olhar para aqueles túmulos, noto existir ali pessoas de todas as idades, desde um bebe, Adolescentes, jovens, idosos. E, quando olhamos para as inscrições expostas no epitáfio de cada túmulo, com o dia do nascimento, e o dia da morte daquele que um dia passou por este mundo. A  pergunta que não se cala é: O que teria ele feito?  Quais foram as suas obras?  O que ele teria levado para a eternidade? ( Apocalipse 14 -13) Diz;” que as nossas obras nos acompanham na eternidade”. Que responsabilidade, e ao mesmo tempo que galardão glorioso é poder levar por exemplo, o nosso trabalhar na seara do Senhor.  Isso  é  produzir frutos. Que grande alegria, que prazer em ser servo de Cristo Jesus, trabalhar em prol da causa do seu reino, sabendo da gloriosa recompensa que nos aguarda, quando nós formos chamados por Ele, pra nós prestarmos conta da nossa mordomia.

Meu irmão, não permita que este encontro se torne num encontro vexatório, constrangedor, de dever não cumprido, de amor não correspondido, quando olharmos para Jesus, e ver em suas mãos, os sinais dos cravos, e constatar o que ele realmente fez por nós, morrendo numa cruz  maldita por nos amar, com um amor eterno, divino, gracioso que nós não merecíamos.
Quando Jesus disse que Ele é a videira, e que nós somos os ramos, Jesus estava dizendo que frutos são "imprescindíveis nas nossas vidas com Ele, porque frutos é a manifestação de reciprocidade do amor que temos para com Ele. (João -15-8) disse Jesus. "NISTO É GLORIFICADO MEU PAI". Nisto o que?  Nos frutos que nós produzirmos, Deus fica feliz, no bom sentido da palavra, fica orgulhoso, glorificado, quando um servo Seu, é um ramo que em profusão, produz preciosos frutos na sua seara. ( João 7 -38 )Jesus disse; Quem crer em mim do seu interior fluirão rios de águas vivas”. Ele não disse que seria; Um conta gotas, uma torneira, um filete de águas, mas Ele disse: "RIOS DE ÁGUAS VIVAS"!
(João 15 -8) continuou Jesus a dizer:”Em que deis muito fruto”. O que Jesus espera e exige de cada um de nós, é que produzamos muitos frutos, e  disse mais; E ASSIM,  isto é; desse jeito, dessa forma é que  TORNAREIS meus discípulos.  Lembram o que disse Jesus para figueira infrutífera da beira da estrada?  "Nunca mais nasça fruto de ti, e a figueira secou imediatamente" 
 Deus para nos salvar, foi ao extremo do Seu amor, dando-se na pessoa de Seu Filho, em sacrifício morrendo numa Cruz maldita. Que diante de um Deus tão grandioso, extremamente fiel a cada um de nós, Seus filhos, que não venhamos entristecê-LO, ofendê-LO com nossa ingratidão, inércia, comodismo, improdutividade  mas, que  saiamos ao mundo anunciando o Seu imensurável amor. Pense nisso!
Que Deus te abençoe, em Nome de Jesus!

Enéas Cândido de Lara


domingo, 10 de abril de 2016

A GRANDE E GLORIOSA REVELAÇÃO!


Efésios 1.4-5. "Assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele, e em amor nos predestinou para ele, para a adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade. 
Quando um crente com olhos iluminados, com a mente aberta, com o coração ávido, desejoso de ver a gloria de Deus, em tomar conhecimento das promessas consoladoras, que nos fala da certeza, da segurança  insofismável que o crente tem, por saber que o Espírito Santo iluminando o apostolo Paulo a escrever esta carta aos Efésios, principalmente aqui no (Capitulo 1. 1. 14) Esta revelação gloriosa, divina, que faz o coração de um crente rejubilar de alegria, em saber que seu relacionamento com Deus, precedeu a tempo, a historia, e a própria criação do mundo. Quantos crentes que ao abrir a palavra de Deus, especialmente nesta carta que o espírito Santo revelou a Paulo, passa lendo essa gloriosa mensagem, como se fosse uma promessa como as outras demais, sem notar a relevância maior, e não poder ver aqui, a mais gloriosa de todas as revelações do amor imensurável da graça de nosso Deus, que foi comunicado a nós para nossa glória, consolação, segurança, e certeza da vitória, e crescimento da nossa fé.
Tem crente, que lê a palavra de Deus, sem nunca ter sentido emoção, regozijo, alegria, conforto espiritual. É como se tivesse lido um jornal, uma revista qualquer. Sabe de uma coisa? Nós somos a realidade hoje, de um projeto de Deus no inicio de todas as coisas, antes do mundo existir, ele já me conhecia a mim, e a você, e entre os (+ de7 bilhões de pessoas) que existe hoje no mundo, nós fomos escolhidos, separados, predestinados para que neste presente século, fossemos seus filhos amados. E é motivado por esta razão é que nós estamos hoje aqui.  
Ah.. meu irmão, se você nunca teve razão o bastante para se emocionar com tua vida, acha que a sua vida é muitas vezes uma chatice, sem graça, sem nenhuma conquista expressiva, nada de importante acontece, é sempre só uma enfadonha rotina, amanhece e anoitece, os dias vão embora, e você não tem tido razão para sorrir, foram embora as perspectivas, acabaram os sonhos. Pois eu te digo! Aqui, tem um tremendo e tão grande mistério, já revelado, que se você puder entender o que esta escrito aqui nesta carta, que Paulo escreveu aos (Efésios.1a 14), esta mensagem de Deus para você, então, você vai começar a glorificar, louvar, exaltar o nome Santo do Senhor!  Principalmente por  saber que nenhum contratempo, nenhuma dor, nenhuma tristeza, nenhuma limitação, nenhuma derrota, solidão ou seja o que for, será o bastante grande para roubar de você a alegria de saber que és filho amado do Rei dos Reis, e Senhor dos Senhores, o Deus eterno que desde a eternidade, ti conheceu, ti amou a você e a mim, mesmo que, nós não saibamos porque Ele nos escolheu, para sermos merecedores de tão grande gloria. O certo é, que um dia nós ouvimos Sua voz, e fomos chamados, buscados, convencidos, convertidos por Sua imensa graça, e trazidos aos pés benditos de Cristo Jesus. Quando conscientizados nós somos disso; Uma incontida euforia, uma tão grande emoção toma conta do nosso coração, isso é algo conseqüentemente inevitável .

01) Sabe de uma coisa, eu já vi irmãos que não puderam conter as lágrimas, a grande emoção, quando num corredor de hospital, olhando através de uma vidraça assistiam o nascimento de seu primeiro filho.
02) Outros, quando o seu time de futebol, depois de muitos anos na fila sem ganhar um campeonato, naquela tarde ao apitar do juiz, sagrava-se campeão.
03)  E até aqueles que assistindo á um filme dramático, onde o mocinho depois de lutar o tempo todo para ficar com sua amada, morre antes de realizar o seu sonho. São capazes de se emocionar não podendo reter as lágrimas.
 Estas emoções acontecendo com coisas circunstancias desta vida, mas, quando essas mesmas pessoas leem a palavra de Deus, esta revelação celestial, divina, gloriosa que extrapola a toda gloria que o mundo pode nos oferecer, não tem sentido poder, não tem sentido emoção, essa graça que emana de de Deus diretamente para sua vida. Essa força gritante que do coração do Pai chega até nós, muitas vezes não pode penetrar nos tímpanos entupidos pela carnalidade, e preocupações dos seus afazeres e das suas lutas do dia a dia. Isso tem obstruído, o destilar gracioso e benfazejo que Deus com amor eterno e misericórdia imensurável colocou aqui, para que nós possamos usufruir hoje, tão gostosamente, no vislumbre do dia em que ultrapassando aos portais eternos da mansão celestial, para viver para sempre no gozo celeste com Cristo Jesus nosso Senhor e salvador.
Há...... que antecipada emoção pode gozar aquele, que entende e que compreende a graça, que desde os tempos eternos, Deus já nos tinha outorgado, conferido, assegurado a cada um de nós, por intermédio de Cristo Jesus, é o que a sua palavra nos afirma aqui (Efésios 1- 4-5). "Assim como nos escolheu, nele, (a decisão foi dele, a escolha foi dele, nós não podemos fazer nada, mesmo porque, Ele já fez tudo, e isso; ocorreu antes da fundação do mundo, para sermos santos irrepreensíveis perante ele, e em seguida ele diz: (e em amor nos predestinou para ele); Foi por amor a mim e a você que Ele nos predestinou, determinou que fossemos para adoção de filhos por meio de Cristo Jesus segundo o beneplácito de sua vontade. Que tremenda emoção, que alegria tão grande invade o nosso coração, por saber deste amor tão antigo, desta herança Bendita que eu e você somos herdeiros.


Que Deus ricamente te abençoe, meu amigo e irmão, em Nome de Jesus! 
Enéas Cândido de Lara

quinta-feira, 7 de abril de 2016

A importância da Pregação da palavra. Hernandes dias lopes



Estamos vivendo dias em que muitos  pregadores que ocupam os meios de comunicações como: Tv, rádios, internet, além de igrejas, nas quais se prega uma mensagem por um escuso interesse pessoal. É um deturpado e falso evangelho, cuja mensagem não confronta o pecado, não é o evangelho da cruz, do arrependimento, do nascer de novo, da renuncia, do ser nova criatura renascida, transformada, que deixou de ser trevas, para ser luz a resplender o amor e a santidade de Deus. Escute bem a pregação do seu pastor e, confronte com a palavra de Deus (Bíblia Sagrada)  Não se deixe enganar por um falso profeta!
Que Deus te abençoe em nome de Jesus!
Enéas Cândido de Lara

segunda-feira, 4 de abril de 2016

O FILHO DO HOMEM VEIO BUSCAR E SALVAR O PERDIDO! (Lucas (19.10)

O Senhor Jesus foi censurado por escribas e fariseus, por Ele se envolver com pecadores, homens que segundo a visão Judaica mediante a lei, eram indignos. E Jesus sempre os surpreendiam em conversa com essa gente marginalizada socialmente. (João 4. 7) 
Jesus fez isso  quando assentado no poço de Jacó e apareceu a mulher Samaritana para tirar água. Então, Ele entabulou uma conversa com ela, Ele sabia  exatamente com quem estava falando. (Ver. 18)  Disse Jesus: Já tiveste cinco maridos, e o que tens agora não é teu marido”. Outra vez, os escribas e fariseus trouxeram uma mulher flagrada em adultério para testar Jesus, e Ele  a defende. (.João 8. 7) Disse Jesus: “Aquele que dentre vós estiver sem pecado atire a primeira pedra”.(João 8. 3). Os escribas e fariseus continuaram a perseguir e questionar Jesus. E desta vez apontando o dedo para Jesus disseram: (Lucas 15. 2) “Este recebe pecadores e come com eles”. Então, Jesus diante dessas acusações resolveu contar três parábolas: 
     01)   A parábola da ovelha perdida
     02)  A parábola da dracma perdida
     03)   A parábola do filho pródigo 
O sentido dessas parábolas era explicar o porque ele ia atrás de certos homens,  (considerados indignos?) porque Ele os defendia? porque Ele perdoava seus pecados?. E acima de tudo; porque ele não fez isso com todos os homens que lhe procuravam?. Mas, apenas com alguns. A explicação começa com a primeira parábola contada: "A Parábola da ovelha perdida". O que disse Jesus?: “Se uma ovelha desgarrar do aprisco o pastor deixa as 99 ovelhas em segurança  e  sai atrás daquela que se perdeu. Ele disse que o pastor procura, procura até encontrar, e achando-a coloca em seus ombros e trás de volta para o aprisco. Veja bem o ensinamento! Primeiro tem que ser ovelha. Jesus esta falando de ovelha que já pertence ao bom Pastor, que embora, por eventuais circunstancias pode estar longe do aprisco, desgarrada, fugida, inebriada pelas verdejantes pastagens que circundam o perigo do precipício.  Contudo, ela tem um dono um proprietário e, que no tempo oportuno esse proprietário irá fazer o seu resgate. A parábola da dracma perdida tem o mesmo sentido. O dono perdeu  algo muito importante pra ele, uma moeda de sua propriedade, e então ele varre a casa e procura, procura até encontrar  e Jesus disse uma coisa interessante, que quando á encontra ele faz uma festa. (Lucas 15. 10) JESUS DISSE QUE; haverá jubilo diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende".
a terceira parábola foi a do Filho Pródigo:

Aqui não vamos focalizar as peripécias do filho pródigo, mas o (Pai do filho). Aquele que foi  deixado preterido, abandonado por aquele filho ingrato, aventureiro que cobiçava a vida desregrada sem compromisso, a alegria inconsequente de viver dissolutamente os prazeres do mundo. Jesus disse que aquele Pai nunca perdeu a esperança de ver seu filho de volta, e no (Ver 20) disse Jesus:Que o Pai o avistou de longe”. Isso me faz pensar que aquele saudoso Pai passava os dias quem sabe na  janela a olhar para a curva do caminho, na esperança que um dia aquele Filho aparecesse lá voltando pra casa, até que esse dia chegou. Então, aquele Pai sai correndo ao encontro do seu filho e o abraça, beija, o filho tenta explicar, pedir perdão mas é interrompido por seu Pai, que manda trazer a melhor roupa,  sandálias para os pés, anel para o dedo, da ordens para seus criados matarem o novilho cevado aprontarem uma festa e ele diz porque: “Porque este meu filho estava morto e reviveu, estava perdido e foi achado”.  Sabe porque Jesus contou essa parábola ? É porque o tempo todo continua a ter filhos pródigos dentro da casa do Senhor. Aqueles que hoje também,  tem trocado a segurança, a alegria, o conforto a dignidade da casa do Pai, quem sabe como este filho Pródigo fez, fascinado pela aventura fantasiosa, inconsistente, passageira deste mundo, possam se arrependerem e voltar.
O Senhor Jesus disse: Que o Pai está sempre esperando a volta do filho desgarrado, e seus braços estão abertos para recebê-lo.  Mesmo que um dia  a cobiça dos seus olhos, e o desejo do seu insensato coração, tenha levado para longe da casa do Pai, Ele estará sempre esperando a sua volta. E se a queda for tão grande, que não tenha forças para voltar, Ele como o bom Pastor disse; que vai ao encontro,  procurar até encontrar e achando-o coloca em seus ombros e trás de volta pra casa. Eis aqui a nossa eterna garantia:
 (Efésios 1. 14) O qual é o penhor da nossa herança, até ao resgate da sua Propriedade, em louvor da sua gloria”. Você entendeu meu irmão? Eu e você, somos propriedade de Jesus. Já nascemos predestinados pertencendo ao rebanho do bom Pastor. Não foi por minha escolha pessoal, muito menos por meu Livre Arbítrio, foi o Amor do bom Pastor que nos resgatou  das entranhas da perdição (Efesios 1. 4) Assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor nos predestinou para ele; para adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade.
Tem revelação mais linda do que essa?
Pense nisso! E que Deus te abençoe, em Nome de Jesus!

Enéas Cândido de Lara

sexta-feira, 1 de abril de 2016

A DESTRUIÇÃO DOS FUNDAMENTOS!



Texto Básico; (Salmo 11. 1)"No Senhor me refugio".

Quando  Davi perseguido pelo rei Saul (I Samuel  18. 6-9) Ele ficou temeroso, pois mesmo não sendo  culpado de nada, tinha que fugir para ter sua vida poupada. Davi ficava confuso, pois, como que fugindo poderia se tornar rei de Israel. A benção de Deus para sua vida já não parecia tão evidente assim.
 Muitas vezes, nós passamos por momentos nebulosos em que fica difícil enxergar direito as promessas de Deus para nossas vidas. Hoje, quando olhamos para nossa sociedade, e vemos a galopante corrupção, violência, crimes hediondos, infidelidades, lares destruídos, crianças abandonadas dormindo nas ruas, as drogas que destroem nossos jovens e crianças, e todo esse mal desgraçadamente vem de cima pra baixo, desde o mais alto escalão do governo que deveria dar exemplo, deles provém as mais nefastas atitudes. (é bom que eu pare por aqui), com tudo isso temos por vez a tendência de desanimar, de pensar que essa situação é irreversível, e acabamos cedendo as palavras pessimistas do (Salmo 11. 3) “Destruídos os fundamentos o que poderá fazer o justo”?
É lamentável constatar que os fundamentos éticos, morais, religiosos, estejam tão rapidamente desaparecendo de nossa sociedade, e se refletirmos sobre essa séria situação podemos ter até conflitos espirituais. Nossa era já não mais se preocupa com a busca da verdade; o pluralismo de idéias tem relativo conceito de verdade. Porque perdeu-se o conceito de certo ou errado. Senão veja: Perdeu-se o valor do ser humano como  criatura feito à imagem de Deus. Hoje, lamenta-se mais a morte de uma baleia, ou de um animal de estimação, do que a morte de um ser humano. A Tv,  o cinema e o teatro  com suas programações tem contribuído e muito para a queda dos padrões morais, além de fazer confundir o real com o fictício. Até muitas igrejas se por um lado tem-se preocupado com a espiritualidade, contudo, por outro, tem-se corrompido deixando a verdade. Não é mais essencial que o culto  seja de acordo com a verdade da palavra de Deus. O que importa em muitas igrejas, é que o culto seja feito de maneira que cative as pessoas que pensam diferente, que sintam bem ao ouvirem só palavras de vitória, e promessas de bênçãos, de conquistas, de prosperidade aceitando um evangelho sem vida de santidade, de renuncia, de um nascer de novo. E com promessas mirabolantes, arrebanham multidões. Isso tem sido o principal objetivo.

Este é o triste retrato de nossa sociedade que tem maculado, e destruído os fundamentos. Olhando em nossa volta somos tentados a pensar que a nossa luz não terá mais efeito, e,  que seria melhor desistirmos. E, assim, como os conselheiros de Davi disseram: “Ora destruídos os fundamentos, que poderá fazer o justo?.(Salmo 11. 3). Não podemos agir covardemente diante da decadência de nossa sociedade, precisamos imitar a reação de Davi que respondeu ao apelo feito. O (ver 4) reflete a confiança de Davi num Deus soberano, que tem as rédeas nas Suas mãos: O Senhor está no seu santo templo; nos céus tem o Senhor seu trono; os seus olhos estão atentos, as suas pálpebras sondam os filhos dos homens”. Quando temos a sensação de que Deus nos abandonou, devemos desviar os nossos olhos das circunstâncias que nos afligem e elevar nossos olhos para os céus a fim de enxergar o seu trono, que é símbolo do seu soberano domínio. Então poder confessar, que Deus está no controle e vigia atentamente a vida de todos nós.

Os (Ver 5-6) mostram que Deus não releva a impiedade dos homens, mas faz distinção clara entre o justo e o ímpio. Para os ímpios Ele derrama juízo como fez com as cidades de Sodoma e Gomorra. Isso significa que, quando achamos que Deus não olha para nossas aflições, a verdade é que o seu favor e graça está nos contemplando. Quando vemos a falta de temor a Deus em vários segmentos da sociedade, temos até vontade de fugir de nossa responsabilidade de sermos Sal e luz deste perverso mundo. Contudo, quando os fundamentos parecem destruídos, podemos voltar os nossos olhos para os céus e professarmos a fé num Deus que tem toda a história nas suas mãos, porque de antemão a escreveu e determinou. Então, a frase com a qual Davi começou o (Salmo 11.1) ganhará um sentido todo especial de revigoramento em nosso coração: “No Senhor me refugio”.

Precisamos crer no agir do nosso Deus, e partilhar das palavras do (Salmo 37. 5)Entrega o teu caminho ao Senhor confia nele e o mais ele fará.
Que Deus Abençoe a tua vida  em nome de Jesus!

Enéas Cândido de Lara



Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger