segunda-feira, 30 de maio de 2016

O REQUERIDO PADRÃO DE AMOR DO SENHOR JESUS !

Texto Básico: (Mateus 5. 46) Disse Jesus: Porque se amardes os que vos amam, que recompensa tendes? Não fazem os publicanos também o mesmo?

Como é algo prazeroso o amar aqueles que nos amam. Mas, como se torna difícil amar aqueles que nos ignora, maltrata, ofende e busca sempre uma forma de nos prejudicar. Isso as vezes não acontece só na sociedade, fora do lar, mas até no convívio familiar com os cônjuges, os quais muitos tem que conviverem. Já vi casos de desavenças tão grandes que acabaram inevitavelmente nas barras dos tribunais em divorcio. É preciso buscar em Deus o poder de superação.
O profeta Oséias recebeu de Deus uma ordem difícil de cumprir. Disse Deus: Volta a viver com sua esposa e ame-­a.
Mas, como faria isso se ela tornara uma prostituta? (Oséias 3. 1) Como amar uma mulher adúltera e reconstruir o casamento? Diante do difícil pedido de Deus o profeta contudo, não hesitou em obedecer, mesmo porque, sabia do exemplo e da razão porque deveria fazê­-lo. Era que Deus estava profundamente triste com o seu povo, (o povo de Israel) o qual, estava igualmente se prostituindo e traindo o seu Deus, com deuses falsos.
 O amor de Deus é imensurável e incondicional, mesmo que os homens sejam imperfeitos, inconstantes na fidelidade do seu amor, Ele continuará fiel. Quando Deus criou o homem já sabia que Sua criatura faria escolhas erradas, e por isso não mereceria o seu amor, contudo prosseguiu no Seu projeto“Conhecido, com efeito, antes da fundação do mundo, porém manifestado no fim dos tempos, por amor de vós(I Pedro 1. 20) O seu amor é imensurável que se dispôs a entregar o Seu unigênito Filho no suplicio de uma horrenda, e maldita Cruz do calvário. Embora, nós não fossemos merecedores. Ao olharmos para o amor de Deus, podemos ver o quanto somos imperfeitos, limitados, e acentuadamente egoístas. Sabemos que temos muitas lutas a vencer, e a mais combativa e ferrenha que temos é contra nós mesmos. (Pois somos o nosso maior inimigo), ou seja; a nossa maculada carne humana. Contudo, ainda que seja difícil, temos um meta a ser alcançada, e um mandamento a ser cumprido (João 15. 12), Disse Jesus: “O meu mandamento é este: que vos ameis uns aos outros, ASSIM como eu vos amei”. Veja: que Jesus estabeleceu aqui como parâmetro; A grandeza do seu irrestrito amor. O profeta Oséias, teve que comprar a sua ex-­esposa para tê-­la de volta (Oséias 3. 2). O amor sempre tem um preço a ser pago, assim como o Senhor Jesus teve que pagar o maior de todos os preços, dando a Sua própria vida por nos amar, e assim, da mesma forma nos pede que renunciemos a nós mesmos, para que alcancemos a suprema vitória, a salvação de nossas almas.

O desafio da palavra de Deus é para que nós sejamos diferentes, rompamos com as reações naturais e instintivas do nosso ego, e que possamos dominá-­lo, para que passamos amar aquele que não merece o nosso amor, (por ser até nosso inimigo) mesmo que para isso, seja preciso nos humilharmos, assim como Jesus fez ao descer a este vale de lágrimas, Se humanizando viveu entre nós. Que possamos experimentar ainda que,seja uma fagulha do amor divino com que Deus nos amou, amando e orando por aqueles que se declaram nossos inimigos,ainda que isso nos seja difícil, e até traga prejuízo pessoal, porque só assim, estaremos vivendo o verdadeiro evangelho que o Senhor Jesus Cristo pregou, e que nós orgulhosamente ousamos chamá-­lo de nosso Senhor e Mestre. O apostolo Paulo exortando-­nos disse: “Sede, pois imitadores de Deus, como filhos amados”, (Efésios 5. 1) E por isso foi que o imperativo padrão de Deus se fez registrar: “SEDE SANTOS, PORQUE EU SOU SANTO” (I Pedro 1. 16)
Se somos na verdade filhos de Deus, temos que ser naturalmente parecidos com o nosso Pai, ainda que;imperfeitos,  trôpegos,  vacilantes, contudo; olhando firmemente para o autor e consumador da nossa salvação, Cristo Jesus o SENHOR.
 Pense nisso, e que Deus te abençoe em nome de Jesus!

Enéas Cândido de Lara

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Os enganos do pecado - Hernandes Dias Lopes




Assistam essa mensagem importante deste vídeo, do Pastor Hernandes Dias Lopes, sobre o: "ENGANO DO PECADO" !

O pecado passou há existir através da desobediência de nossos primeiros pais no Éden. O apostolo Paulo falando disso em (Romanos 5. 12) disse: Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram.
Aqui, a definição do verbo pecar,  teve a sua consumação pela ardilosa estratégia de satanás, usando para isso  de um artificio de convencimento que foi  irresistível e fatal.  A "SEDUÇÃO". O diabo viu que Eva ao passar pela proibida "arvore do bem e do mal" , ela ficava olhando e desejando comer daquele fruto tão apreciável, de aparência apetitosa, inebriante e sedutora (Gênesis 3. 6). Então, o diabo usou das suas infernais tentações,  para fazê-la pecar. Porque a gravidade de eternal consequências do pecado cometido, foi justamente a irresponsabilidade da atitude  em menosprezar a advertência pré-estabelecida  da lei de Deus.
A primeira arma do diabo foi a (SEDUÇÃO), e ele continuou usando o mesmo artificio com o passar do tempo,  até com Jesus Cristo, quando o levou ao pináculo do templo, e mostrando a glória do mundo, disse: Tudo isso te darei se, prostrado, me adorares.(Mateus 4. 9) Graças a Deus ele não conseguiu enganar Jesus, e nem o   poderia fazê-lo, mas como desgraçadamente ele continua a enganar os homens,  mostrando a glória do mundo, e os seus atrativos e prazeres que encantam os corações carnais  sem Deus. Por isso, escreveu o apostolo Paulo: Porque os que se inclinam para a carne cogitam das cousas da carne; mas os que se inclinam para o Espírito, das cousas do Espírito........Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus.(Romanos 8. 5-8)

Dessa forma, o pecado é realmente um grande e terrível  engano! Uma artimanha ardilosa por  uma estratégia infernal,  que seduz um coração desavisado, oferecendo as especiarias da farta mesa de satanás, que é a glória do mundo, e seus prazeres mundanos que encantam os olhos carnais e leva o homem a cometer uma gravíssima ofensa em rebeldia contra a Santidade de Deus.
Não pode existir glória maior, prazer mais excitante que valia a pena optar pelo prazer desta vida carnal, porque ela é tão instável, insegura,  passageira, finita, passa tão rapidamente, conquanto, a outra ela é eterna, nunca mais  terá fim.  E, se você ainda não decidiu escolher a vida  com Cristo Jesus, que é eterna no gozo celestial para todo o sempre, a oportunidade é agora. Pense nisso! 
Que Deus te abençoe meu amigo leitor, em Nome de Jesus!

Enéas Cândido de Lara 

terça-feira, 24 de maio de 2016

VINDE E ARRAZOEMOS !


“Feliz é a nação cujo Deus é o SENHOR, e o povo que ele escolheu para sua herança” (Salmo 33. 12).
Quando o apostolo João faz a definição de Deus e ele diz: DEUS É AMOR. A justa qualificação ao divino Ser de Deus, nós ao vê-LO manifestando essa Sua natureza amorosa, imensurável  nas atitudes, nos relacionamentos, nas Suas promessas, nas alianças, nos pactos feitos, na Sua longanimidade, tolerância  para com o Seu povo eleito, que Ele escolhera dentre todos os povos da terra. Quando nós através da Bíblia Sagrada, tomamos conhecimento da natureza do nosso Deus, mas acima de tudo, deste grandioso amor com que Ele dirigiu o Seu povo eleito, escolhido através dos tempos, é algo maravilhoso,fascinante, lindíssimo o Seu agir, ainda que contraditado lhe fora por um povo obstinado e rebelde, inconstante que muitas vezes o abandonaram, viraram-lhe as costas e foram infiéis indo atrás de deuses estranhos.
750 anos A/C  o povo de Israel viveu um dos momentos mais degradantes da sua história, quando Deus levanta então por Seu grande amor, e terna misericórdia o profeta Isaias, para trazer para aquele povo ingrato, desobediente, obstinado uma proposta de perdão, e de reconciliação. O capítulo de (Isaías 1. 1 a 20) descreve a situação lamentável, triste do povo de Israel, e nos (V.2. 3) vemos a tristeza manifestada de Deus, quando Ele disse:” Ouvi. Ó céus, e dá ouvidos, ó terra, porque o SENHOR é quem fala: Criei Filhos e os engrandeci, mas eles estão revoltados contra mim.( ai Deus como que num desabafo, de coração triste com o seu povo) Ele diz: O boi conhece o seu possuidor, e o jumento, o dono da manjedoura; mas Israel não tem conhecimento, o meu povo não entende”. Como Deus se mostrava amargurado, triste com aquele que era o seu povo eleito, escolhido dentre todos os povos da terra. Mas, tem uma coisa simplesmente maravilhosa em nosso Deus, Ele é fiel em todos os Seus caminhos, e acima de tudo em Suas promessas que jamais falhará.
Veja o (Ver.4.5-6)Ai desta nação pecaminosa, povo carregado de iniquidade, raça de malignos, filhos corruptores; abandonaram o SENHOR, blasfemaram do Santo de Israel, voltaram para trás. O povo tinha desprezado Deus, virado-lhes  as costas, esquecido de todas as maravilhosas bênçãos com que Deus os conduziu até ali. Eles eram um povo sem memória, esquecidiços, e acima de tudo ingratos com aquele que lhes foi a razão de ainda estarem vivos. No (V.5-6) disse Deus: Por que haveis de ainda ser feridos, visto que continuais em rebeldia? Toda a cabeça está doente, e todo o coração, enfermo. Desde a planta do pé até a cabeça não  há nele cousa sã, senão feridas, contusões e chagas inflamadas, umas e outras não espremidas, nem atadas, nem amolecidas com óleo.
O que particularmente eu entendo aqui é, Deus dizendo: (Vocês estão podres, fedorentos, carcomidos por chagas mortais). Entretanto, é bom que se diga, que o povo de Israel continuava em seus rituais, oferecendo seus sacrifícios, holocaustos indo normalmente ao templo,  trazendo ofertas e dízimos. Mas, então o que estava errado com o povo de Israel?. Eles eram frios cumpridores da lei, crentes dentro da igreja, mas infiéis, corruptos, iníquos da porta pra fora. E Deus diz uma coisa muito forte (V.14) Eu estou cansado de sofrer e continuando (V. 15) Ele disse: Por isso quando multiplicais as vossas orações, NÃO AS OUÇO. Que coisa triste é quando ficamos sem a comunhão com Deus por causa de nossos pecados, quando nossas orações não são ouvidas por Ele, e nem respondidas.
A despeito de todas esses obstáculos Deus sempre abre uma porta, uma oportunidade de reconciliação com Ele, e no (V.18) Deus usa o seu profeta Isaías para vir de encontro com o seu povo e fazer-lhes uma das mais lindas expressões de amor ao seu povo eleito, e escolhido, Ele disse: “Vinde e arrazoemos”. Sabe o que Deus estava dizendo? Vinde conversar comigo, vamos entrar em entendimento. Isso é lindo, maravilhoso quando Deus abre-nos a oportunidade para o diálogo, quando Ele for procurado por nós com um coração arrependido, suplicante e humilde, então nossa oração é aceita, ouvida e respondida. Na continuação Deus mostra-se disposto a perdoar e diz: ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão  com a lã. Não há limites nas misericórdias de Deus, e nem tão pouco o tamanho do nosso  pecado cometido, que o Sangue de Cristo Jesus vertido naquela tosca, rude, e nefanda cruz, não o possa perdoar.
Deus continua hoje a fazer-nos o mesmo convite. VINDE E ARRAZOEMOS”, foi este o ensinamento que o Senhor Jesus nos ensinou, quando disse “Orai sem cessar” quando mantemos comunhão com Deus,
através de nossas orações, nossos pecados são perdoados, nossas orações são ouvidas, e Deus estará de ouvidos abertos ao nosso clamor, e Ele nos será por retaguarda, força e poder para vencermos os obstáculos deste vale de lágrimas, até aquele dia em que formos chamados para com Ele reinarmos para todo o sempre. Aleluia!

Que Deus te abençoe meu amigo leitor desta mensagem, em nome de Jesus.
Enéas Cândido de Lara


sábado, 21 de maio de 2016

Disse Jesus: Vós sois a luz do mundo. (Mateus 5. 14)


Que tremenda responsabilidade pesa sobre nossos ombros.  Que imensurável é o galardão em recebermos do Senhor Jesus, esta dotação deste  imperativo glorioso de sermos "Luz do mundo". Mas, tem muito mais: Jesus disse que aquele que O ama, guardará a sua palavra, e o Pai o amará, e continuando Ele disse: viremos e faremos nele morada, assim nos permitindo partilhar de Sua Santidade.  Porque, por sua imensurável misericórdia nos comprou por preço tão grandioso, através do vergonhoso e sofrível calvário. Precisamos ser fiel a Ele, a este Senhor que não nos obriga, não nos força a fazer a Sua vontade, mas simplesmente pede com amor, que andemos em  novidade de vida, não como um escravo que foi comprado por um altíssimo preço, mas sim, agora  como filho amado.
(Salmo 119. 18) "Desvenda os meus olhos, para que eu contemple as maravilhas da tua lei". Que possamos aprender há pedir ao Senhor que nossos olhos sejam abertos, desvendados, para que possamos contemplar a beleza do nosso tão grande Deus, através das obras de suas mãos, e assim, possamos encontrar nEle descanso, proteção e regozijo como; Davi que contemplando a beleza de um céu estrelado, obras grandiosas do Deus Criador, podia ver nelas o próprio Deus. Mas, não só ver, como também ouvir a Sua  mensagem que altissonante é proclamada, onde Deus continua ininterruptamente a nos dizer: EU SOU O TEU DEUS!
(Hebreus 13. 5)De maneira alguma, te deixarei, nunca jamais te abandonarei.

Meu amigo, meu irmão se conscientize da glória tremenda que é a tua vida. Tire os olhos das restrições circunstanciais sofríveis desta vida, que te faz sofrer e que, limitam o teu viver, e estenda o teu olhar para o imensurável visível da glória de Deus, através da própria natureza, e se encontrar em ti gratidão por tudo o que Deus já fez em tua vida, então glorifique o Seu Santo Nome. Que Deus te abençoe e guarde e te faça entender o Seu grande amor, manifestado em Cristo Jesus o Seu Filho amado, para salvação de todo o que  nEle crer.

Que Deus te abençoe, em Nome de Jesus. Amém !
Enéas Cândido de Lara


quarta-feira, 18 de maio de 2016

O NOSSO ESTRANHO JARDIM ZOOLÓGICO !


Nós encontramos grandes dificuldades quando fazemos um auto-exame com relação à pecados cometidos no passado. E até o Salmista percebeu isso, como é difícil julgarmos a nós mesmos. E que sem a devida confissão destas faltas e pecados,  não obtemos o perdão de Deus. Este é o condicional  estabelecido por Deus, o qual tem validade para todo o Ser humano indistintamente.

Conta-se que em uma festa ocorrida em uma grande mansão, durante as conversas entre grupos alguém mencionou a palavra (pecado), então foi motivação de risos entre todos. Com exceção de um deles que era um grande empresário e que era crente. Então, este disse: É lamentável que a expressão pecado tenha por muitos uma conotação humorística, mas quero dizer uma coisa: Do mais profundo do meu coração. Eu tristemente sou possuidor de um Zoológico. Aqui dentro em mim existia um feroz leão o qual rugia contra minha esposa,  uma serpente pronta pra dar um bote, uma enguia sorrateira que infiltrava em todas as partes a custa da minha verdade, e  até um ouriço que anti-social feria à quem o tocava. Eu tenho que reconhecer que com as minhas próprias forças nunca jamais conseguiria acabar com essas feras. E que quando elas surgiam, acabava estragando tudo a minha volta. 

Se para você a palavra pecado tem sido cômica , então chame de Stress, falta de caráter, desvio de personalidade, etc. Para mim, isso continua a se chamar pecado. E ele está dentro de todo o ser humano, queira admitir, ou não. E somente existe um, que tem domínio sobre todas as feras deste estranho Zoológico, que é o Senhor Jesus Cristo. E graças a Deus ele passou a ter as chaves e o domínio completo, sendo aquele que transformou a minha vida em uma nova criatura, sendo assim é o controlador eficaz da minha vida.

Pense nisso !

Enéas Cândido de Lara

terça-feira, 17 de maio de 2016

sexta-feira, 13 de maio de 2016

TU ÉS O HOMEM !

Texto Básico: 2 Samuel 12. 7.

Que tremenda tragédia aconteceu no Jardim do Éden !
Quando o homem que foi a alegria de Deus ao criá-lo dizer: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança....(Gênesis 1. 26) O pecado de Adão e Eva, na quebra da lei de Deus foi algo brutal, irremediável, porque apos a desobediência  o ser humano tornou-se um indigno pecador, que maculou com uma nódoa maldita, uma ferrugem infernal que corroeu, e impregnou a sua natureza, e conseqüentemente adquirindo os influxos malignos de satanás. Quando Deus vem encontrá-los e pergunta: Onde estás? respondeu Adão: Ouvi a tua voz no jardim, e, porque estava nu, tive medo, e me escondi..(Gênesis 3. 10) perguntou Deus: Quem te fez saber que estavas nu? Comeste da arvore de que te ordenei que não comesses?.(ver. 11)
Aqui, a primeira conseqüência da nódoa maldita que entranhou a sua alma (ver. 12) Adão já de coração corrompido, pecador não demonstrou humildade, não teve capacidade de reconhecer o seu pecado, e suplicar perdão, mas quis justificar o seu erro culpando  Deus por isso. Foi a mulher que Tu me deste  por esposa.....!.( ou seja; a culpa não é minha). Tomou uma postura corrompida, evasiva, mentirosa em querer justificar o injustificável.

Há.. que depravação total  entranhou a natureza humana, maculando o  seu Ser de modo que é incapaz de por si só fazer um auto- exame e, encontrando a sua miserabilidade humana, chorar o seu pecado, e se humilhando pedir misericórdia . O pecado tornou o homem insensível, cego, egocêntrico, irresponsável, e ligeiramente acusador vendo o erro dos outros, e sendo condescendente consigo mesmo. Vejamos: quando Davi pecou, ele teve dificuldade para reconhecer o seu pecado, foi preciso que Deus mandasse o profeta Natã  para lhe contar uma triste e revoltante historia, para que o próprio Davi chegasse a conclusão da gravidade do seu pecado. (2 Samuel 12. 5) Diante de tão grave relato disse Davi: Tão certo como vive o SENHOR; o homem que fez isso deve ser morto” Então disse o profeta  Natã: Tu és o homem!. 
Uma das grandes dificuldades que muitos crentes tem  é reconhecer o seu pecado. Quantas tentativas para justificar suas faltas. Como o pecado cometido por nós em nossa mente é minimizado, não avaliamos com a gravidade que ele representa. Em contrapartida, quando olhamos o nosso próximo, temos a facilidade de impiedosamente condená-lo. O Senhor Jesus nos exortou a cuidarmos das nossas vidas, e não das dos outros.(Mateus 7. 3)
Que a ação misericordiosa do Espírito Santo nos assista, convencendo-nos dos nossos pecados e, nos leve à  uma postura de humilhação e arrependimento sincero na presença Santa de nosso Deus.

TU és o homemque sinceramente arrependido, confessar a Deus seus pecados, receberá dEle misericórdia, perdão, e salvação para tua alma!  Pense nisso! 
Que Deus te  abençoe em Nome de Jesus.

Enéas Cândido de Lara 

terça-feira, 10 de maio de 2016

A EMOCIONANTE HISTÓRIA DO DIVINO E ETERNO AMOR DE DEUS!

 O pecado criou uma barreira  intransponível
 entre Deus e o homem. O relacionamento
 foi cortado, interrompido, e Adão e Eva
 foram expulsos da presença de Deus,
 e do Paraíso.
Ó inebriante vermelho pecado!
Que em forma de fruto mostraste
O sonho do grande mistério!
Que o irresistível desejo  incitaste.
O diabo astuto e a espreita,
Conspirava traição!
Por ter sido por Deus condenado
A eternal perdição.
Cheio de tanto rancor,
Impiedoso e traiçoeiro...
Quis com Deus competir
Vendo em Eva, o forte desejo
Do  fruto; o sabor sentir,
Aproximou se ardiloso embusteiro.
Disse: Coma Eva..!  igual  a Deus tornarás !
Conhecendo o bem e o mal,
Poder e independência  terás,
E, experimentareis liberdade  afinal .
Eva outra vez, o fruto a olhar
Que maldita  fascinação!                                                  
Desejo irrefletido e incontido,
Que do mandamento esquecido
Veio em desobediência pecar.
Diante de tão grande desgraça !
Que o diabo pensou consumar,
Fazendo assim como ele;
O homem também pecar.

Só não avaliou do amor a grandeza,
Antes dos tempos eternos; o fato a luz
Que em onisciência havia Deus projetado,
Em pagamento orçado
O Sangue remidor de Jesus.
Quando em tão grande e sofrível Brado!
No calvário ecoou...
Está tudo consumado!
Pelo preço deste Sangue derramado,
Ao pecador sua dívida e culpa,  PAGOU!

Enéas Cândido de Lara


sábado, 7 de maio de 2016

Porquanto há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem.(I Timóeo 2.5)

 Olhe bem para essa imagem! Ela retrata exatamente a maior conquista da
nossa trajetória humana. A Salvação de nossas almas!
Disse Jesus:"Eu sou a porta". Se alguém entrar por mim, será salvo"{......} (João 10. 9)

No caminho de nossas vidas existem somente duas portas.  Uma é a porta do Céu que é Jesus Cristo, e a outra é a porta do inferno.  Numa dessas portas nós vamos ter que inquestionavelmente entrar um dia. "Não temos como escapar dessa realidade". Qual porta você tem escolhido para entrar?.

O Senhor Jesus nos adverte que para entrar nessa porta que é Ele, tem um condicional estabelecido. Disse Jesus:"Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim"(João 14. 6).  O Senhor Jesus por te amar com amor eterno, pagou no suplicio daquele horrível calvário, o maior de todos os preços para te salvar, com o derramar do seu sangue, purificando-o de suas  culpas e  pecados. 
 A imagem ilustrativa acima, retrata claramente essa verdade. Se você não tiver Jesus Cristo como o seu único Salvador pessoal, não entrará no descanso eterno. Porque, segundo a imagem ilustrativa, para entrar no Céu tem que estar andando na sustentação  do poder desse único caminho, que pela fé nos faz regenerados, transformados, justificados mediante o derramado sangue de Cristo Jesus, que morrendo nessa infamante e até então "Maldita Cruz" trouxe para todo aquele que nele crer a salvação para sua alma.

Em contrapartida, nessa mesma  imagem, vemos pessoas caindo no precipício horrível do fogo eterno, o qual será para toda a eternidade.  Isso, porque, menosprezando o grande e divino amor de Cristo Jesus, não o aceitaram como salvador de suas almas. Naquele dia, não poderão se beneficiar dessa graça que é a Sua Cruz, que nos faz a ligação desta vida com a vida eterna . 

  Essa segurança da nossa travessia, está em Cristo Jesus, que somente pela fé no Seu sacrifício nós somos lavados, purificados de todas as nossas injustiças e pecados.(João 1. 7) E assim, podemos vitoriosamente chegarmos  as moradas eternas da glória, para reinarmos por toda a eternidade.  Lamentavelmente existirão muitos que não crerão na realidade dessa verdade, e como o próprio Jesus disse:"Mas vós não credes, porque não sois das minhas ovelhas. As minhas ovelhas ouvem a minha voz; e eu as conheço, e elas me seguem. Eu lhes dou a vida eterna; jamais perecerão, e ninguém as arrebatará da minha mão"(João 10. 26-28). No entanto, existem muitos neste mundo, que ainda  não conhecem a graça maravilhosa do amor de Deus, manifestado em Cristo Jesus,  para a salvação de suas  almas. É preciso urgentemente estarmos levando essa boa nova de salvação, enquanto ainda é tempo. A palavra de Deus nos diz em (Hebreus 4. 7)" HOJE, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso coração".
Não existe em nossa vida decisão mais importante que essa, porque ela definirá o futuro da nossa eternidade.
Pense nisso! E, que Deus vos abençoes, em Nome de Jesus!

Enéas Cândido de Lara


quinta-feira, 5 de maio de 2016

A SOBERANIA IRRESISTÍVEL E GRACIOSA DE DEUS O PAI !


(Gênesis 2. 17) Disse Deus: Mas da arvore do conhecimento do bem e do mal não comerás; porque, no dia que dela comeres, certamente morrerás.
Adão comeu dessa arvore, ele morreu ou não? O texto nos diz que ele continuou vivendo e viveu por  930 anos. O que foi  que deu errado? Será que Deus mentiu? Deus não disse que  NO DIA, ou seja  no ato que comesse morreria ?

Há.....Deus não falhou não! Adão de verdade morreu (Espiritualmente). Adão continuou vivendo normalmente como um Ser humano como nós, tomando decisões, e fazendo escolhas. Contudo, só no contexto humano, Espiritualmente estava morto, como também é morto todo aquele que ainda não passou pela justificação, através da fé pelo vertido sangue de Cristo Jesus.
(Efésios 2. 1) diz Paulo: Ele vos deu vida, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados. O que Paulo esta dizendo é que um homem sem Deus esta morto, e um morto jamais poderá fazer escolha Espiritualmente. Poderá sim, fazer todas as escolhas humanas, mas decidir escolher servir a Deus jamais!. O texto escrito por Paulo é muito claro.
 Um homem morto Espiritualmente só pode ouvir, e entender a palavra de Deus depois que passar pelo milagre da ressurreição. (João 5. 21) Pois assim como o Pai ressuscita e vivifica os mortos, Assim também o filho vivifica aqueles a quem quer.

Veja bem! A decisão com relação ao morto espiritual é, exclusivamente decidida por  Deus. E Jesus disse aqui: Que Ele vivifica a quem  quer. Ou seja; é uma escolha que parte exclusivamente dEle, e não do homem. Portanto, não existe o famigerado (Livre arbítrio Espiritual) mas, é Jesus que decide escolher o homem que quiser. Veja um exemplo importantíssimo: (Lucas 9. 57-62) dois homens que não foram chamados decidiram por contra própria seguir Jesus, mas Jesus conhecendo os seus corações, sabendo que eles estavam interessados em recompensas humanas,( algo esse explorado por certos ministérios que faz encher as suas igrejas hoje) Entretanto, Jesus respondeu ao primeiro: “As raposas têm seus covis, as aves do céu, ninhos; mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça”( em outras palavras; não tenho nada daquilo que você está interessado). Ao terceiro disse: “Ninguém que, tendo posto a mão no arado, olha para trás é apto para o reino dos céus” ( ou seja; seguir a Cristo tem que desligar do mundo e de sua gloria. Mas, com o segundo a historia foi diferente. Foi Jesus quem o convidou; SEGUE-ME, Aleluia! O convite tem que vir dele, é Ele quem escolhe, simplesmente porque é Ele quem salva, e Ele disse que “vivifica, ou seja; da vida eterna a quem quer” Portanto, quem somos nós para confrontar o SENHOR JESUS ?

(João 6. 44)Disse Jesus: “Ninguém pode vir a mim se o Pai, que me enviou, não o “TROUXER”.  Jesus está dizendo que o homem não vem por conta própria, mas, que ele é escolhido, predestinado, buscado e TRAZIDO.  A expressão (Trouxer) no Grego tem o significado de aplicar força descomunal sobre algo, como pegar e arrastar. Sabe de uma coisa meu irmão! Não se escandalize com o que estou dizendo.  É isso que Deus faz com o seu (Predestinado) ele vai ser salvo até mesmo contra a sua vontade. Porque, Salvação é um atributo exclusivo da graça de Deus que Ele tomou antes mesmo do mundo existir. (Efesios 1. 4) “Assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor nos PREDESTINOU para ele, para adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade”. Deus é absolutamente Soberano, não há nada que possa impedir o realizar da Sua vontade.  Em contrapartida, jamais entenderá esse propósito gracioso do amor do Pai, aquele que não é eleito, predestinado, escolhido antes da fundação do mundo como está escrito acima. O apostolo Paulo disse:" Mas, se o nosso evangelho ainda está encoberto, é para os que se perdem"(2Coríntios 4. 3) Ou talvez, porque ainda não é o seu tempo de ser chamado, e por isso a revelação ainda não lhe foi concedida .
Que Deus te abençoe meu amigo e irmão em nome de Jesus.
No fraterno amor de Cristo Jesus, Amém !

Enéas Cândido de Lara


domingo, 1 de maio de 2016

DIA 01 DE MAIO: O DIA DO TRABALHO !


Texto Básico: (Gênesis 3. 17- 19) Disse Deus: Maldita é a terra por tua causa; em fadigas obterás dela o sustento durante os dias de tua vida. No suor do teu rosto comerás o teu pão.

Será o trabalho uma benção, ou  maldição?
Ao olharmos para o texto acima, notamos que Deus ao amaldiçoar a terra por causa do pecado do homem, Ele não disse que o trabalho em si seria uma maldição. Vejamos a citação de (Gênesis 2. 15) Deus colocou o homem no jardim do Éden, e antes mesmo de pecar, quando ainda era santo, sua função era a de cultivar, e guardar o jardim. Portanto, fomos criados para trabalhar. Em contrapartida o pecado cometido agregou ao trabalho o sofrimento, lutas, dificuldades, fadigas, suor do rosto etc. veja o (Ver. 18) A terra produzirá cardos e espinhos. Ou seja; diversas pragas  que devoram as plantações, além do árduo trabalho natural do seu cultivo. 
Hoje, com mais evidência notamos que se faz acentuar o labor, o sofrimento principalmente dos nossos bravos agricultores para conseguirem produzirem os frutos da terra. Porque, não se colhe os grãos, legumes, hortaliças sem que o agricultor faça uso de fortes “Agrotóxicos” que por vez acabam contaminando os frutos da terra, e por conseguinte, também somos envenenados lentamente todos os dias. A alta tecnologia usada hoje como; implementos agrícolas, maquinários ameniza o sofrimento mas, não os isenta das conseqüências sofríveis do seu labor. Evidentemente que tudo isso é conseqüência da gravidade do pecado que maculou toda a criação de Deus. Mas, voltando para o tema Trabalho, onde muitas pessoas desafeiçoadas a ele, dizem ser o trabalho um castigo, veja o que disse Jesus: (João 5. 17) disse Jesus:Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também. 
O trabalho tem procedência divina, emana da natureza Santa de Deus, Ele é quem mais trabalha, está de plantão 24 horas por dia, Seu Ser não dormita, não toscaneja um segundo sequer, seja para ouvir a oração de um aflito durante o dia, ou em alta madrugada, dentro da igreja ou na solidão de um deserto.(Salmo 34. 15) Os olhos do Senhor repousam sobre os justos, e os seus ouvidos estão abertos ao seu clamor. Portanto, o apostolo Paulo nos diz: (Efésios 5. 1) Sede imitadores de Deus como Filhos amados.  Deus em toda a sua essência, em toda Sua natureza Ele é AMOR , e por nos amar Ele guarda, Ele sustenta, e protege, e tanto foi imensurável  este amor, que Ele se doou   na pessoa de Cristo Jesus seu Filho amado, para nos salvar da condenação eterna. E o apostolo Paulo falando disso, disse: Porque fostes comprados por preço. Agora, pois, glorifique a Deus no vosso corpo (Corintios 6. 20).
Que assim, com grande alegria, vivamos  demonstrando que somos filhos de Deus, sendo um bom trabalhador, começando com o nosso trabalho secular, mas sem perder o foco principal que é a seara do Senhor, que já se faz branqueada para ceifa. Pense nessa nossa grande responsabilidade!

Que Deus te abençoe e te guarde, em nome de Jesus. Amém !

Enéas Cândido de Lara


Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger