domingo, 18 de setembro de 2016

DESVENDA-ME OS OLHOS PARA QUE VEJA!

Texto básico: "O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus"(Romanos 8.16)

Segundo bem afirma  o apostolo Paulo no texto básico acima, os mistérios insondáveis da graça de Deus registrados na Sua palavra a "Bíblia Sagrada" são direcionados para o nosso espírito, e não para a nossa carne, mesmo porque, se quiséssemos entender os mistérios divinos  jamais  conseguiríamos. Disse Deus:"Porque, assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos, mais altos do que os vossos pensamentos".(Isaías 55.9) Dai, o leitor que tentará entender a grandeza imensurável do amor de Deus, revelado através da Santa Escritura, usando para isso tão somente os olhos carnais, correrá o risco das costumeiras e distorcidas interpretações equivocadas, pois será como um cego a tatear pelas ruas da cidade, sem contudo poder ver a beleza do raiar do sol, nem tão pouco as emocionantes flores de um  jardim florido...... Assim, são aqueles que embora tendo perfeita visão humana, mas espiritualmente são cegos. Que embora, nós o vejamos a declamar longos textos Bíblicos, contudo, reproduzindo somente a fria letra do texto, sem poderem ver por trás, os mistérios grandiosos de uma mensagem divina e profunda, da graça  do amor de Deus o Pai. 

 Para que possamos ter  essa transcendente visão e, ao lermos  a "Bíblia Sagrada"entendermos  a voz de Deus, é preciso que o façamos precedentemente com sincera oração, buscando a Deus a graça maravilhosa da intervenção do Espírito Santo, para que os nossos olhos se abram para que possamos ver além da fria letra, o recado de Deus para o nosso coração. Esse foi o pedido que o Salmista fez.  no (Salmo 119. 18)"Desvenda os meus olhos, para que eu contemple as maravilhas da tua lei". Sem a intervenção do Espírito Santo de Deus, jamais poderemos contemplar as riquezas da Sua glória, na manifestação do Seu imensurável poder.   Geazi o moço do profeta Eliseu, ao levantar certa manhã, ele viu toda a cidade de Dotã cercada por inimigos, então foi tomado de grande aflição e voltou  apressadamente para dentro, e disse a Eliseu:"Ai! Meu Senhor! Que faremos! Respondeu Eliseu: "Não temas, porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles"(2 Reis 6. 16) Mas, como convencer o moço Geazi dessa realidade? Se o que ele  podia ver era algo completamente diferente.  Então Eliseu orando disse: "SENHOR, peço-te que abras os olhos para que vejaO SENHOR abriu os olhos do moço, e ele viu que o monte estava cheio de cavalos e carros de fogo, em redor de Eliseu"
Que semelhantemente a oração de Eliseu, seja também a nossa de  todos os dias, para que essa mesma realidade possamos ver e sentir pela fé, nas infalíveis promessas do Senhor Jesus Cristo que disse:"E eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século"(Mateus 28. 20).  Quando o crente crendo inteiramente nas promessas do Senhor Jesus, poderá também pela fé, calmamente descansar, ainda que esteja vivendo na turbulências de uma grande tempestade. "Entrega o teu caminho ao SENHOR, confia nele, e o mais ele fará"(Salmo 37. 5)

Que Deus te abençoe  grandemente, e te faça enxergar além do horizonte da vida os mistérios da Sua graça e amor. 
Enéas Cândido de Lara

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger