domingo, 9 de outubro de 2016

DEUS REVELANDO A JÓ OS MISTÉRIOS DO SEU ETERNO PODER !



















As minhas ovelhas ouvem a minha voz, eu as conheço , e elas me seguem  (João 10.27)

Texto Básico: Jó 38. 4-21. Aqui diz que; quando Jó estava reclamando com Deus, por tanto sofrimento vivido, por ter perdido tudo e estar vivendo como um "lixo humano". Foi tanta reclamação que Deus veio conversar com Jó, e fez-lhe uma pergunta. (v.4) Onde estava tu, quando eu lançava os fundamentos da terra, quando eu criava o mundo, onde é que você estava Jó?. E no versículo (v.7) A grande revelação diz Deus: Quando as estrelas da alva, juntas alegremente cantavam, e rejubilavam TODOS OS FILHOS DE DEUS. Sabe o que Deus estava dizendo? É que naquela semana enquanto Deus criava o mundo, o céu fazia festa. O Termo usado aqui para (Estrelas da alva) é uma atribuição a anjos. Em seguida Ele faz a maior de todas as revelações para  um crente, E REJUBILAVAM TODOS OS FILHOS DE DEUS.
 Todos nós os filhos de Deus, fomos criados primeiramente em espírito, por isso é que o apostolo Paulo escreveu em (Efésios 1. 4) que nós fomos escolhidos antes da fundação do mundo, é porque nós em espíritos já existíamos.  Nós precisamos conscientizar do grande mistério que disse Jesus; (João 17. 14) Que nós não somos deste mundo, Ora se não somos deste mundo, é porque pertencemos a outro, assim como, ele Jesus também não é deste mundo.
Nós vivemos hoje misturados e confundidos quando andamos na rua, como um ser humano qualquer, temos o mesmo corpo, temos as mesmas aparências, sensações, as mesmas necessidades, até as mesmas fraquezas, contudo; com uma grande diferença :  O espírito que em nós habita é Propriedade exclusiva do Deus eterno. (Efésios 1.14) diz Paulo, que Deus virá um dia fazer o resgate da sua Propriedade que somos nós, para louvor de sua gloria.
Por isso Jesus disse; (João 6 -37) Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim, e o que vem a mim, (De modo nenhum eu lançarei fora.  É a garantia da salvação que o eleito de Deus tem, a qual ele nunca perderá, porque não está nele a segurança, mas, está em Cristo Jesus.  Ainda para dar maior certeza da salvação, é saber que ela teve a sua origem dirigida por Deus ainda lá na eternidade, e que, essa decisão não é do homem, se fosse do homem  até poderia  perder, porque seria imperfeita, insuficiente, mas, o que a palavra nos diz, é que foi Deus quem decidiu e escolheu.

 (Números 23- 19) diz: Deus não é homem, para que minta; nem filho de homem para que se arrependa. Porventura, tendo ele prometido não o fará? Ou tendo falado, não cumprirá?
O Senhor Jesus ainda disse: (João 6 .44) Ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou não o TROUXER. Isto é; ninguém por sua livre vontade por seu livre arbítrio pode aceitar o Senhor Jesus, se primeiro não ter sido escolhido, trazido, buscado por Deus. Não é nós que escolhemos Ele, pelo contrario, foi Ele que nos escolheu. A decisão nunca é do pecador, mesmo porque  nós já vimos que essa decisão foi feita por Deus lá na eternidade. O Senhor Jesus disse que nós não podemos aceitar, e nem tão pouco ir até Jesus, precisamos ser buscado, trazido, muitas vezes até carregado por Deus, o qual nos entrega, nos dando de presente a Jesus para que Ele nos salve. (João 6.37) Jesus diz: Todo aquele que o Pai me dá, esse vem a mim, e o que vem e mim, de modo nenhum, lançarei  fora.
Como é que eu sei, que sou um eleito de Deus, esse escolhido antes da fundação do mundo?. (João 10. 27) disse Jesus; As minhas ovelhas ouvem a minha vós, e me seguem. Que tão grande alegria nós temos, de um dia termos ouvido a mensagem da salvação em Cristo Jesus, e termos entregado a Ele as nossas vidas. Que triste é saber que o mundo hoje tem (7.5 bilhões de pessoas ) e que muitos embora ouçam a pregação da palavra de Deus, a maioria não o aceitam, e não o reconhecem como o salvador de suas almas. E assim sendo, cumprirá a palavra do Senhor Jesus que disse: Mateus 25. 31-34: Leia o texto!
Por ser assim uma decisão de Deus com respeito a nossa salvação, ela é imutável, irrevogável podemos até cair, pecar, como fazemos todos os dias de alguma forma, e para tanto, sofremos as conseqüências de nossas faltas, mas, jamais perderemos a graça da chancela  que Deus um dia colocou nas nossas vidas por  seu chamamento, por sua eleição ocorrido lá na eternidade. Por isso, o crente tem que ser alegre viver essa alegria com temor e tremor, mas com toda a intensidade, porque  já é mais do que vencedor, por Cristo Jesus nosso Senhor e salvador.
Que Deus abençoe grandemente a sua vida meu querido leitor, em nome de Jesus!    

Enéas Cândido de Lara


0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger