sexta-feira, 21 de outubro de 2016

O pecado que maculou toda a Criação de Deus!

















Porque sabemos que toda a criação a um só tempo, geme e suporta angústias até agora (Rom. 8.22)
A gravidade do pecado dos nossos primeiros pais  foi tão devastadora, que não só trouxe maldição sobre si, mas a toda sua posteridade, como também, afetou toda a criação de sobre a  terra.
Gênesis.3.17-18).Maldita é a terra por tua causa; em fadigas obterás dela o, sustento durante os dias de tua vida”.

 Por outro lado, se Deus a tornou maldita, Ele também prometeu uma restauração. “E que, havendo feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele, reconciliasse consigo mesmo todas as cousas, quer sobre a terra, quer nos céus”. (Colossenses. 1. 20) O apostolo Paulo diz que Cristo reconciliará consigo todas as coisas no céu, na terra e debaixo da terraÉ justamente o que a graça de Deus através de Cristo Jesus nos fez. Nós estávamos debaixo de maldição, assim como toda a terra, mas Cristo se fez maldição em nosso lugar, para nos tornarmos purificados, justificados e santos, pelo altíssimo preço do seu vertido sangue naquela infamante Cruz do calvário. Contudo, enquanto aqui vivermos temos que enfrentarmos as conseqüências dessa natureza que está vivendo debaixo do cativeiro da corrupção, isto é, na escravidão do pecado.  Ela sofre as conseqüências dramáticas segundo a descrição de Paulo em (Rom. 8. 22) Porque sabemos que toda a criação a um só tempo, geme e suporta angustias até agora”.
Em outras palavras, a natureza está subjugada pela ação do pecado, e por isso é que as plantações hoje não produzem os melhores frutos, porque a grande quantidade de pragas atacam as sementes até antes mesmo de germinarem. E, então para se conseguir alguma produção os agricultores tem que usarem grandes quantidades de (Agrotóxicos) veneno estes, que contaminam os alimentos principalmente: hortaliças, legumes, e frutos. E nós consumidores destes produtos somos lentamente envenenados a cada dia. Isso tem sido a conseqüência da maldição de Deus.(Gênesis 3. 17-18). Maldita é a terra por tua causa; em fadiga obterás dela o sustento durante os dias da tua vida 

A despeito dessa tremenda tragédia, Deus tem  um plano para restaurar a natureza. Devemos estarmos cuidando dela com todo o amor, assim como o Criador desejava que o homem fizesse desde o principio. Entretanto, na verdade esta natureza só será redimida no dia da vinda de Jesus Cristo, a qual temos a promessa de novos céus e nova terra. Este contaminado mundo passará pela purificação do fogo. (2 Pedro 3. 7-13) até que em chamas ardentes seja destruída. O Senhor Jesus com grande ênfase nos alertou através de ensinamentos e parábolas para que estejamos vigilantes, preparados para que este dia não nos pegue de surpresa. Porque, Ele virá  como um ladrão a noite quando ninguém estiver esperando.
Ultimamente muitos falsos profetas tem surgido por ai anunciando o fim do mundo, mas nós temos que crer naquele que vai voltar Jesus Cristo, e Ele disse: “Mas a respeito daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão o Pai
(Mateus 24. 36) . Daí, a advertência: estejais vigilantes porque não sabeis a hora e nem o dia.
Você está preparado para encontrá-lo hoje? Porém, caso não seja a volta dEle, mas a sua ida, tem certeza da sua salvação? Pense nisso; E que Deus te abençoe grandemente amigo e irmão leitor desta mensagem!


Enéas Cândido de Lara
E-mail: eneaslara194@gmail.com.

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger