quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

A SEGURANÇA DA NOSSA SALVAÇÃO!


Salvação; eu ganhei um dia, posso perdê-la amanhã?

Quando recorremos a Palavra de Deus (Bíblia Sagrada) para encontrar nela essa resposta, deparamos nada menos do que o próprio Salvador Jesus dizendo: “Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim; e o que vem a mim, de maneira nenhuma o lançarei fora”(João 6. 37). Entenderam o que disse Jesus? (Se foi o Pai que me deu, não existe hipótese nenhuma para que eu o rejeite).
A escolha nunca é do pecador, mas sim, exclusivamente de Deus.  É Deus quem decide salvar quem Ele quer. Veja (Romanos 9.15)Terei misericórdia de quem me aprouver ter misericórdia e compadecer-me-ei de quem me aprouver ter compaixão” Salvação é um atributo exclusivo da graça misericordiosa de Deus. Para tanto, entendê-la se torna impossível, quando usamos os parâmetros da nossa razão e ou, lógica humana. Somente pela fé, podemos exultar de  grande alegria, por termos sido escolhidos pelo amor do nosso tão grande Deus.
 O que o Senhor Jesus está dizendo é, que nenhum pecado por mais grave que seja cometido por fraqueza humana, por um eleito de Deus, o qual Deus predestinando-o antes da fundação do mundo, separou trazendo de presente e o deu para Jesus salvar.  (esse é todo o glorioso diferencial, entre o homem comum, e o eleito de Deus ) O seu pecado não será impedimento para que ele seja salvo.(Romanos 4. 8) bem-aventurado o homem a quem o Senhor jamais imputará pecado”. Contudo, este sofrerá as conseqüências do ato praticado. Lembram de Davi, o homem segundo o coração de Deus? pois é, ele não só adulterou, como também  matou. E, por isso sofreu as terríveis conseqüências do seu pecado. Disse Deus: “Agora, pois, não se apartará  a espada jamais da tua casa”. para entender melhor Leia (2 Samuel 12. 10) a seqüência deste texto, narra o altíssimo preço pago por Davi pelo pecado cometido.

Em suma, não pode existir prazer tão excitante, gloria tão grande que possa valer a pena desobedecermos as leis do Senhor.  Porque, o preço cobrado por Deus é sofrível, doloroso, é o conseqüente absinto cálice que teremos de suportar. Porque Deus não cobra nada daquele homem que não lhe pertence, mas dos seus eleitos os quais amando antes da fundação do mundo, separando-os e, elegendo-os, guarda-os como a menina dos seus olhos. A estes, Ele os conduz com amor misericordioso e paternal, levando-os em segurança até a conquista da glória eterna. E para isso, Ele tem que empregar disciplina para que nossos passos se firmem no trilhar do seu Santo Caminho.
 Veja bem o que Diz a palavra de Deus: (Hebreus 12. 5-8) "Filho meu, não menospreze a correção que vem do Senhor, nem desmaies quando por Ele és reprovado; porque o Senhor corrige a quem ama e açoita a todo Filho a quem recebe. É para disciplina que perseverais (Deus vos trata como Filhos) ; pois que Filho há que o pai não corrige? Mas, se estais sem correção, de que todos se tem tornado participantes, logo, sois bastardos e não Filhos”
Como posso saber se sou um eleito de Deus? Leia (Romanos 8. 16)”O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus”. Este é maior de todos os milagres que ocorre na vida do pecador.” A conscientização de uma transformação de vida, experimentada e sentida através de pensamentos e ações que o faz ser nova criatura, inundado por uma verdadeira paz vivendo em novidade de vida. Para isso vive segundo as orientações do (Salmo 119. 11)” Guardo no coração as tuas palavras, para não pecar contra ti”.
Se és um filho de Deus e andas afligido por ter cometido um dia algum pecado, não desespere porque o amor de Deus é imensurável, e o preço já foi pago por Cristo Jesus, basta que se arrependa sinceramente e, confesse a Ele, e então, encontrarás a misericórdia do Seu grande e maravilhoso Amor, e o perdão das suas iniquidades!

Pense nisso, e que Deus te abençoe, em Nome de Jesus!
Enéas Cândido de Lara


0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger